Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2012/07/27/conheca-objetos-estranhos-engolidos-por-paciente-de-hospital-no-rio.htm
  • totalImagens: 23
  • fotoInicial: 12
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20120727060000
    • Rio de Janeiro [5108]; Rio de Janeiro [5105]; Sudeste [46294];
    • aplicativo notícias [55626];
Fotos

O médico otorrinolaringologista Walter Machado, do Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro, coleciona objetos bizarros engolidos por pacientes que são atendidos por ele no hospital Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Objetos estranhos engolidos por pacientes são colocados em murais no Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Objetos estranhos engolidos por pacientes são colocados em murais no Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro. A coleção traz escovas de dente, garfos, tampas de refrigerantes, pulseiras, botões de roupas, brincos e outros itens Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Objetos estranhos engolidos por pacientes são colocados em murais no Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro. A coleção traz tampas de refrigerantes, pulseiras, botões de roupas, brincos e outros objetos Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Objetos estranhos engolidos por pacientes são colocados em murais no Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro. A coleção traz tampas de refrigerantes, pulseiras, botões de roupas, brincos e outros objetos Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Objetos estranhos engolidos por pacientes são colocados em murais no Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro; a coleção é organizada pelo médico otorrinolaringologista Walter Machado Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Objetos estranhos engolidos por pacientes são colocados em murais no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Rio de Janeiro. Segundo o médico otorrinolaringologista Walter Machado, geralmente os pacientes tentam utilizar objetos como escovas de dente para causar vômito, e acabam "sugando" itens aparentemente impossíveis de se engolir Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Diversos tipos de objetos engolidos por pacientes são colocados em murais no Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Roach (prótese dentária) engolida por paciente do Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro, integra a coleção do médico otorrinolaringologista Walter Machado, que reúne objetos bizarros engolidos por pacientes que são atendidos por ele no hospital Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Roach (prótese dentária) engolida por paciente do Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro, integra a coleção do médico otorrinolaringologista Walter Machado, que reúne objetos bizarros engolidos por pacientes que são atendidos por ele no hospital Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Diversos tipos de objetos engolidos por pacientes do Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro, são expostos em um mural. A lista é extensa e inclui moedas, próteses dentárias e outros itens Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Diversos tipos de objetos engolidos por pacientes do Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro, são expostos em um mural. A lista é extensa e inclui moedas e outros itens Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Diversos tipos de objetos engolidos por pacientes do Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro, são expostos em um mural. A lista é extensa e inclui moedas, brincos, pulseiras e outros itens Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Diversos tipos de objetos engolidos por pacientes do Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro, são expostos em um mural. A lista é extensa e inclui moedas, brincos e outros itens Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Radiografia mostra objeto engolido por paciente do Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Pingente de bonequinha engolido por um bebê de 8 meses que foi atendido no Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Médico mostra pingente de bonequinha engolido por um bebê de 8 meses que foi atendido no Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Radiografia mostra objeto engolido por paciente do Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Um prego, que estava inserido no corpo de um paciente do Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro, integra a coleção de objetos bizarros retirados pelo médico otorrinolaringologista Walter Machado Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Radiografia mostra prego presente no corpo de um paciente do Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro, que hoje integra a coleção de objetos bizarros retirados pelo médico otorrinolaringologista Walter Machado Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Radiografia mostra prego presente no corpo de um paciente do Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro, que hoje integra a coleção de objetos bizarros retirados pelo médico otorrinolaringologista Walter Machado Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Objeto engolido por paciente do Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro, que hoje integra a coleção de objetos bizarros retirados pelo médico otorrinolaringologista Walter Machado Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Médicos e enfermeiros do Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro, atendem criança que engoliu objeto Ana Carolina Fernandes/UOL Mais

Conheça objetos estranhos engolidos por paciente de hospital no Rio

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos