UOL Notícias Cotidiano
 

26/03/2009 - 10h04

Pedaços de avião caem sobre casas em Manaus

Do UOL Notícias*
Em São Paulo
Atualizado às 12h38

Pedaços de um avião cargueiro DC-10 da empresa aérea americana Arrow Cargo caíram sobre 21 casas em Manaus na madrugada desta quinta-feira. O avião saiu 1h40 do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, na capital amazonense, com destino a Bogotá, na Colômbia. Inicialmente, acreditava-se que as partes da aeronave tivessem atingido somente 12 residências.

Segundo o Corpo de Bombeiros de Manaus, o incidente não deixou feridos.

"Foram apenas fragmentos da carenagem da turbina que caíram sobre essas casas. Felizmente, os prejuízos se limitaram a telhados danificados, a uma parede rachada e à perfuração da lataria de alguns carros", relatou o coronel Antônio Dias, comandante do Corpo de Bombeiros do Amazonas. No entanto, há suspeitas de que parte da própria turbina tenha caído da aeronave.

De acordo com Dias, ao receber as informações sobre o ocorrido, a torre de comando do aeroporto acionou os quatro tripulantes do cargueiro, mas ficou decidido que não havia necessidade de interromper o voo.

O Seripa (Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) de Manaus informou que DC-10 da Arrow Cargo aterrissou nesta quinta-feira no Aeroporto Internacional José María Córdova, na região metropolitana de Medellín, na Colômbia, e não em Bogotá. A Força Aérea Brasileira não sabe porque o plano de voo foi alterado durante a viagem.

"Parecia o fim do mundo"

Uma moradora do bairro Terra Nova, em Manaus, disse que o forte barulho causado pela queda dos fragmentos do DC-10 fez com que sua família saísse correndo de casa assustada, "sem saber o que tinha causado o barulho e destruído a nossa sala", disse ela. "Parecia o fim do mundo".



A Defesa Civil de Manaus enviou equipe ao local para avaliar os estragos e cadastrou as famílias após a queda dos fragmentos para tomar as providências necessárias.

Segundo a assessoria de imprensa do órgão, quatro casas localizadas na mesma rua sofreram as maiores avarias. Uma delas teve o banheiro destruído. Outra teve parte da fachada aberta por um grande pedaço da fuselagem da aeronave. A mesma parte de metal também atingiu um carro.

As outras residências foram atingidas por estilhaços do revestimento do avião. Não foi preciso transferir ninguém por insegurança das casas.

A assessoria de comunicação do 7º Comando da Aeronáutica, em Manaus, informou que o caso será investigado pelo Centro Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Ceripa).

Depois de concluído o laudo investigativo, as informações serão repassadas à direção do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), em Brasília.

*Com informações das agências Estado e Brasil

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h59

    1,21
    2,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h46

    -1,10
    56.252,56
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host