Airbus da Avianca sofre pane e obriga pilotos a retornar a aeroporto de Recife

Aliny Gama
Especial para o UOL Notícias
Em Recife

Um avião da companhia aérea Avianca, que faria o trecho Recife-Petrolina, neste sábado (6), sofreu uma pane, e os pilotos foram obrigados a retornar com a aeronave. O Airbus A318 levava cerca de 100 pessoas – entre passageiros e tripulantes - num voo que deveria durar pouco mais de uma hora. Depois do pouso, o avião ficou estacionado no pátio do aeroporto Internacional Gilberto Freyre, na região metropolitana de Recife (PE), onde mecânicos realizaram reparos no Airbus.

A aeronave decolou do aeroporto de Recife, por volta das 11h40, com chegada prevista ao aeroporto Nilo Coelho, em Petrolina (721 km do Recife), às 13h. Porém, o Airbus voltou logo após a decolagem, depois que os pilotos informaram à torre problemas no avião, que pousou na capital pernambucana próximo de meio-dia.

A assessoria de imprensa da companhia aérea informou ao UOL Notícias que não tinha detalhes do voo, como quantidade de passageiros e tripulantes da aeronave. Mas confirmou que “por prudência, os pilotos decidiram retornar após perceberem problemas técnicos no avião”. Segundo a empresa, não houve risco de acidente com o Airbus A318 nem pouso forçado.

O retorno do avião causou tumulto no saguão do aeroporto de Recife, já que passageiros reclamaram que não teriam sido acomodados em hotéis, como determina a lei para casos de espera superior a quatro horas.

Segundo a empresa, todos os passageiros receberam assistência. Alguns deles teriam sido acomodados em hotéis, enquanto outros foram remanejados a voos de outras companhias que saíram à tarde do aeroporto de Recife.

Segundo o painel de voos da Infraero, um novo voo da Avianca com trajeto Recife-Petrolina deve decolar do Recife às 22h20. A Avianca passou a operar no país em abril de 2010, substituindo a marca OceanAir. O modelo Airbus A318 começou a ser usado pela companhia aérea em maio.
 

 

Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos