MP-RJ denuncia dois homens acusados de matar grávida por vingança

Do UOL, em São Paulo

O MP-RJ (Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro) denunciou à 1ª Vara Criminal da Comarca da Capital - Tribunal do Júri, Jéfferson Costa da Silva e César Augusto Hotz da Silva pelo assassinato da ex-namorada de Jéfferson, ocorrido no dia 3 de dezembro de 2011, em Campo Grande.

De acordo com o promotor, Bruno de Lima Stibich, os dois são acusados de homicídio por motivo fútil e de maneira que impossibilitou a defesa da vítima. Jefférson já está preso desde 27 de fevereiro deste ano e teve a prisão preventiva decretada dois dias depois.

O crime foi cometido por volta de 1h na rua Azhaury Mascarenhas, altura do nº 44.228 da avenida Brasil. Ana Lídia Silva Paulino estava grávida de quatro meses e foi morta a tiros com uma Glock, 9 mm, arma de uso restrito, fornecida por César, amigo de Jéfferson.

Ele teria chamado a mulher com o pretexto de conversarem. De acordo com a denúncia, o assassinato teria sido cometido por vingança já que Jéfferson estaria incomodado com o fato de a vítima estar contando na Comunidade da Carobinha que ele mantinha relacionamento homossexual com outro morador da localidade.

Caso condenados, os denunciados poderão cumprir de 12 a 30 anos de prisão.

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos