"Cheguei em casa e o bebê estava nascendo", conta marido de mulher que deu à luz sozinha no RS

Lucas Azevedo
Do UOL, em Porto Alegre

  • Luiz Armando Vaz/Agência RBS

    Sheila Renata Machado, 30, deu à luz um menino sozinha em casa, na madrugada desta segunda-feira (10)

    Sheila Renata Machado, 30, deu à luz um menino sozinha em casa, na madrugada desta segunda-feira (10)

O bebê Gabriel, nascido na madrugada desta segunda-feira (10) apenas com o auxílio da mãe, a dona de casa Sheila Renata Machado, 30, em Sapucaia, região metropolitana de Porto Alegre, passa bem.

Segundo o pai da criança, o servente de obra Gildomar Oliveira Felipe, 27, o susto foi grande. "Cheguei em casa e o bebê estava nascendo. Então ajudei nos primeiros socorros. Foi um sofrimento", relata o pai, enquanto visitava o filho na noite de ontem na maternidade do hospital São Camilo, na cidade vizinha de Esteio, onde mãe e bebê estão em observação.

Ele contou que o socorro não pode se aproximar do casebre no qual o casal vive, às margens de um riacho. "Ajudei no parto e levei o bebê até a viatura da polícia, que não tinha como chegar lá em casa", disse ao UOL.

O drama do casal teve início por volta das 4h30, quando Sheila começou a sentir as primeiras contrações. Assustado, Machado saiu pelas ruas do bairro Nova Sapucaia atrás de auxílio.

Enquanto isso, na casa, a mãe, sentindo fortes dores, não pode conter a chegada de Gabriel. Ao lado de Sheila, o filho mais velho do casal, de dois anos, era a única companhia.

Minutos depois, Machado estava de volta. Os policiais militares ficaram no caminho, já que a viatura não tinha espaço para andar até o casebre.

Depois do apuro, Machado agora torce para que a vida mude. Na pequena propriedade cria porcos e galinhas, e espera a caridade de alguém para melhorar as condições de vida. "Uma carroça para ajudar no trabalho estaria de bom tamanho", revela o pai.

"Hoje, aqui no hospital, uma senhora trouxe roupinhas e fraldas. Coisa que eu teria que trabalhar mais de um mês para comprar", revela, agradecido.

Mãe e filho devem receber alta nesta quarta-feira (12). Quem quiser ajudar, pode entrar em contato com a maternidade do hospital, através do telefone (51) 2126-8300.

Últimas de Cotidiano

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos