Vereador de Bocaina (SP) é preso pela PF acusado de tráfico internacional; suspeito morre em ação

Do UOL, em Bauru (SP)

Uma ação da PF (Polícia Federal) no interior paulista prendeu no último sábado (19) o vereador Fabiano Romão (PHS), 35, de Bocaina (298 km de São Paulo), por suspeita de associação ao tráfico internacional de drogas. Na operação, um homem de 26 anos, também de Bocaina e suspeito de integrar a quadrilha, morreu após troca de tiros com policiais – segundo nota da PF, o homem morto no confronto já possuía em seus antecedentes criminais duas prisões em flagrante por envolvimento com o tráfico de entorpecentes. Um terceiro suspeito, que seria o chefe do grupo, continua foragido.

O vereador foi surpreendido em um canavial na região de Bocaina, entre as cidades de Boa Esperança do Sul (301 km de São Paulo) e Gavião Peixoto (306 km de São Paulo), próximo a uma pista clandestina de pouso onde um avião faria a entrega de drogas e armas vindas do Paraguai. Segundo a PF, o vereador e o restante do grupo já estavam sendo investigados.

A operação, comandada pela PF de Araraquara (273 km de São Paulo), contou com o apoio da FAB (Força Aérea Brasileira) para monitorar, via radar, o deslocamento da aeronave suspeita. Ao perceber o cerco policial, o piloto do avião suspeito desistiu do pouso e arremeteu. Segundo a FAB, o avião foi acompanhado até a fronteira do Paraguai, resistiu à ordem para pousar e adentrou ao espaço aéreo do país vizinho.

Fabiano Romão foi conduzido para a Cadeia Pública de São Carlos, onde permanecerá à disposição da Justiça. Além do vereador, dois carros, duas armas e seis galões de combustível para a aeronave foram apreendidos.

A reportagem não encontrou o advogado do vereador para falar sobre o assunto.

Notícias relacionadas

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos