PM faz operação em favelas do Rio após policial ser baleado na cabeça

Do UOL, no Rio

  • Jadson Marques/Estadão Conteúdo

    Policiais do 27º BPM (Santa Cruz) realizam operação na favela do Rola, na zona oeste

    Policiais do 27º BPM (Santa Cruz) realizam operação na favela do Rola, na zona oeste

Policiais militares do 27º BPM (Santa Cruz) realizam uma operação nesta quinta-feira (2) nas comunidades de Antares e do Rola, em Santa Cruz, na zona oeste do Rio de Janeiro, um dia depois de um atentado contra um cabo lotado no mesmo batalhão. Ainda não há informações sobre prisões e/ou apreensões.

Participam da ação cerca de 60 homens, que contam com o apoio de um blindado da Polícia Militar, o "caveirão". Houve tiroteio na chegada dos agentes à favela, mas não há registro de feridos.

Na tarde de quarta-feira (1º), um policial militar do 27º BPM foi baleado na cabeça quando fazia o patrulhamento da comunidade junto a outros PMs. Ele foi atacado por vários homens armados que dispararam em direção à guarnição ao perceberem a chegada dos policiais.

O PM ferido foi socorrido no Hospital Municipal Pedro 2º, em Santa Cruz. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o estado do policial é muito grave. A PM informou que os criminosos conseguiram fugir.

No início da madrugada de quarta, outro policial militar, da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Rocinha, foi baleado na coxa e no pé em uma troca de tiros com homens na comunidade. Segundo a Coordenadoria das UPPs, policiais faziam patrulhamento pela rua 1, subida da Roupa Suja, quando criminosos atiraram de cima de uma laje.

O PM foi socorrido e levado para o Hospital Miguel Couto, no Leblon, zona sul da capital fluminense, onde passou por uma cirurgia. De acordo com a Polícia Militar, o estado de saúde do policial é bom.

Notícias relacionadas

 

Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos