Mulher mata marido, corta genitais e mantém corpo na cama por 19 dias em Nova Iguaçu

Gustavo Maia
Do UOL, no Rio

Uma mulher foi presa neste domingo (16) acusada de matar o marido a facadas, cortar seus órgãos genitais e manter seu corpo deitado na cama por 19 dias. O crime aconteceu no dia 28 de maio no bairro Ponto Chic, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Policiais da 58ª DP prenderam Luzinete Silva de Paula, 50 anos, depois que vizinhos sentiram um mau cheiro vindo da residência do casal e acionaram a polícia. Ela foi detida em cumprimento a um mandado de prisão preventiva pelo crime de homicídio qualificado.

Segundo a Polícia Civil, em depoimento já na delegacia, Luzinete confessou ao delegado Marcos Henrique de Oliveira que matou o marido, Antônio Joaquim Moreira de Carvalho, 78 anos, e disse ter cometido o crime por ciúmes.

O corpo de Antônio já estava em estágio avançado de decomposição.

A mulher foi apresentada pela polícia na manhã desta segunda-feira (17) na 58ª DP, que fica no bairro da Posse, em Nova Iguaçu.

Notícias relacionadas

 

Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos