PM diz que flagrou crianças de dez anos roubando em praias da zona sul do Rio

Do UOL, no Rio

A Polícia Militar do Rio de Janeiro informou nesta quinta-feira (21) que duas crianças de dez anos de idade foram levadas ao Conselho Tutelar após terem sido flagradas envolvidas nos roubos e arrastões que assustaram banhistas no feriado de quarta-feira (20), Dia da Consciência Negra, nas praias do Arpoador, Ipanema e Leblon, na zona sul da capital fluminense.

Praias da zona sul do Rio vão receber delegacia móvel

Segundo a PM, 25 pessoas foram conduzidas à delegacia, sendo que três homens ficaram detidos por furto e quatro menores foram apreendidos pelo mesmo crime. De acordo com o comandante do 23º Batalhão (Leblon), tenente-coronel Luiz Octávio Lopes, grupos de menores brigaram na areia, causaram correria e aproveitaram para cometer pequenos delitos.

O patrulhamento nas três praias foi realizado por 180 policiais, ainda de acordo com a corporação, e não está previsto aumento no efetivo para o próximo final de semana. A Polícia Civil informou que a partir de sábado (23) uma delegacia móvel começará a funcionar na orla da zona sul.

Segundo a Polícia Civil, a delegacia será instalada em um ônibus, cuja localização deve ser definida até sexta-feira (22). Também será montado um trailer do IFP (Instituto Félix Pacheco) para identificação dos suspeitos em caso de prisão.

Ainda de acordo com a Civil, a instalação da delegacia tem como objetivo facilitar o registro das ocorrências, já que muitas vezes as vítimas acabam não se deslocando até a unidade policial mais próxima.

Menores aproveitam protesto para fazer arrastão no Rio

Durante o dia de ontem, a 14ª Delegacia de Polícia (Leblon) ficou cheia de vítimas que foram registrar furtos na praia, ocorridos entre o Leblon e Ipanema.

Após detenções, a tenda montada pela PM na areia foi alvo de pedras e latas de cerveja de grupos que queriam a liberação dos suspeitos. Agentes usaram cassetetes e até cadeiras de praia em confronto com suspeitos no Arpoador.

A Guarda Municipal, que atua em apoio ao trabalho da polícia, informou que o seu efetivo foi reforçado desde a última semana, com a antecipação em um mês da operação de verão, que normalmente é iniciada no começo de dezembro.

O reforço praticamente triplicou o número de guardas atuando no trânsito, calçadão e areia, passando de 140 para cerca de 400 em toda a orla. Somente na zona sul, serão 140 guardas trabalhando na areia nos dias de maior movimento, além dos guardas de trânsito atuando no entorno.

Notícias relacionadas

 

Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos