Briga entre presos de facções criminosas em cadeia do Maranhão deixa 4 mortos

Aliny Gama
Do UOL, em Maceió

Uma briga entre membros de uma facção criminosa resultou na morte de quatro presos do CDP (Centro de Detenção Provisória) do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, na manhã desta terça-feira (17). Os assassinatos ocorreram dentro do bloco Gama, do CDP, após desentendimentos do grupo pelo comando do local.

As condições dos presídios brasileiros
As condições dos presídios brasileiros

Segundo a Sejap (Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária), os presos usaram facas artesanais para assassinar os quatro internos. Três dos quatro mortos foram decapitados e um outro foi esfaqueado.

Equipes do IML (Instituto Médico Legal) e do Icrim (Instituto de Criminalística) estão no local fazendo a remoção dos corpos e periciando o local dos crimes. A Delegacia de Homicídios está investigando o caso.

O motim foi contido por homens do Geop (Grupo Especial de Operações Penitenciárias), com apoio da Força Nacional. "A situação foi devidamente controlada, e o estabelecimento passa por uma revista completa", informou a Sejap.

De acordo com dados da 1ª Vara de Execuções Penais, o CDP está superlotado, com quase o dobro da capacidade de detentos, que é de 392 internos, mas atualmente 738 pessoas estão detidas no local.

Disputa de facções

Esta não é a primeira vez que ocorrem mortes devido à disputa pela liderança de facções no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Nove internos foram assassinados durante a disputa entre integrantes de facções criminosas rivais que estão presos na Cadet (Casa de Detenção) no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, no dia 9 de outubro. O tumulto deixou 20 internos feridos.

Uma briga entre as facções "Bonde dos 40" e "PCM" (Primeiro Comando do Maranhão) vitimou cinco presos no dia 1º de outubro. O tumulto entre os presos foi ocasionado devido à chegada de grupo de 18 detentos, que estava custodiado na CCPJ (Central de Custódia Preso de Justiça) do Anil. A transferência dos presos ocorreu em cumprimento à determinação da 2ª Vara de Execução Penal.

Notícias relacionadas

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos