UOL EconomiaUOL Economia
UOL BUSCA

Imposto de Renda

DICAS
 
PREPARANDO A DECLARAÇÃO

Qual modelo escolher: simplificado ou completo?

Antes de discutir em maior detalhe quais são as despesas dedutíveis para fins de imposto de renda, acreditamos que seja mais relevante discutir as diferentes formas de declarar imposto de renda.

Se você tem que entregar sua declaração de imposto de renda, pode escolher entre dois tipos de formulários: simplificado ou completo. Em ambos os casos você irá precisar dos seguintes documentos:
Informativo sobre rendimentos da empresa onde trabalha ou onde trabalhou;
Informativo sobre aplicações financeiras dos bancos onde tem ou teve conta;

Recibos de gastos médicos, gastos com educação etc., apesar de não ser necessário anexá-los na declaração.As principais diferenças entre os dois tipos de modelos estão resumidas abaixo:


Modelo Simplificado
As declarações simplificadas podem ser feitas por qualquer contribuinte. Entretanto, nesse modelo as deduções são substituídas por um desconto padrão de 20% sobre os rendimentos tributáveis, desde que o desconto não ultrapasse o valor de R$ 11.167,20.

Desta forma, o modelo simplificado é indicado para pessoas que não possuem muitas deduções, uma vez que, nesse caso, é aconselhável optar pelo modelo completo. Ao preencher o modelo simplificado, você terá de informar o CNPJ ou CPF da sua principal fonte pagadora, mas também deve indicar nos campos indicados os rendimentos de todas as fontes. Vale lembrar que, se o valor do seu patrimônio for de até R$ 20.000,00, você poderá ainda optar pela entrega da declaração simplificada online através do site da Receita Federal.

Modelo Completo
Caso você não se enquadre no modelo simplificado, ou seja, tem muitas deduções a fazer, como plano de saúde, gastos com educação, dependentes etc., poderá declarar o imposto da maneira completa, onde é necessário informar todos os gastos e rendimentos ocorridos no ano. Não deixe de guardar todos os seus recibos e comprovantes de rendimentos, pois você nunca sabe se sofrerá uma eventual fiscalização da Receita Federal.

Se o total das suas deduções exceder o limite de R$ 11.167,20, sua melhor opção é fazer a declaração completa. Apesar das deduções com dependente serem limitadas a R$ 1.516,32 e as despesas com educação terem o limite individual anual de R$ 2.373,84, as despesas médicas podem ser deduzidas integralmente e, como o imposto sobre alguns investimentos já é pago na fonte, não é difícil ter deduções acima desse limite.

Caso você opte pelo modelo completo, não deixe de guardar os comprovantes de rendimentos e das despesas por cinco anos, no mínimo, prazo durante o qual a Receita Federal pode pedir a comprovação das deduções se existir suspeita de sonegação.

Leia também:
- Como fazer a sua declaração
- Quem deve declarar Imposto de Renda
- Rendimentos tributáveis
- Rendimentos isentos e não-tributáveis
- Comparando o modelo simplificado com o completo
- Declaração Anual de Isento
- Deduções permitidas por lei
- Como é feita a retenção do IR na fonte

CALENDÁRIO

Shopping UOL