UOL EconomiaUOL Economia
UOL BUSCA

29/08/2007 - 12h51

Entenda o que é superávit primário

Da Redação
Em São Paulo
Superávit primário do setor público consolidado é o quanto de receita a União, os Estados, os municípios e as empresas estatais conseguem economizar, sem considerar os gastos com os juros da dívida pública.

A economia do governo é feita quando se arrecada mais do que se gasta. É essa sobra que o país usa para pagar os juros da dívida.

Segundo o governo, obter o superávit primário é importante para conter o aumento da dívida pública e de evitar a moratória (calote) no futuro.

A dívida pública é contraída, entre outras situações, quando o governo vende títulos para os aplicadores. Ele promete aos investidores pagar juros a mais no futuro, como acontece com qualquer outro investimento financeiro.

Se o governo não economizar, a dívida pode crescer muito e ele não tem como pagar. Isso caracterizaria o calote.

Fazer muito superávit primário não tem só esse lado bom de guardar dinheiro para pagar as dívidas. O governo realiza essa economia aumentando impostos e deixando de gastar, por exemplo, em investimentos em obras e serviços.

Isso prejudica o crescimento da economia: as empresas investem menos, contratam poucos trabalhadores ou chegam a demiti-los. Tudo isso enfraquece o desenvolvimento econômico.
Mais
País economiza 27% mais para pagar juros; valor atinge R$ 80 bi no ano
Gasto do setor público com juros sobe no mês em julho para R$ 14 bi
Dívida pública aumenta para 44,4% do PIB
Leia outras notícias em UOL Economia

Shopping UOL