UOL Notícias Especial Trânsito
 
Pela primeira vez, uma rua em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte (MG), foi fechada e coberta por grama nesta terça-feira (22) em razão do Dia Mundial Sem Carro.
  • Rayder Bragon/UOL

    Acostumados ao burburinho, moradores desaceleraram o passo e observaram o gramado colocado bem no centro de Betim (MG)

  • Rayder Bragon/UOL

    Ricardo Teixeira, conhecido por "Mister Bus", foi um dos convidados do evento na cidade. Ele distribuiu panfletos aos motoristas


A rua chamou a atenção de quem passava pelo local. Acostumados ao burburinho, moradores desaceleraram o passo e observaram o gramado bem no centro da cidade. A rua escolhida foi a alameda Maria Turíbia, esquina com a avenida Amazonas, a via mais movimentada da cidade.

Segundo Eduardo Lucas, diretor da Transbetim (empresa responsável pelo trânsito da cidade), a ideia foi despertar nas pessoas a vocação por uma mobilidade menos agressiva ao meio ambiente. "O nosso transporte está muito centrado no modelo individual, ou seja, cada vez mais as pessoas andam sozinhas nos carros, o que gera um impacto negativo no tráfego do município", disse.

De acordo com Lucas, o município conta com frota de 110 mil veículos para uma população de aproximadamente 460 mil moradores. "Ainda não chegamos a um nível de trânsito caótico como o de Belo Horizonte ou São Paulo, mas se não fizermos nada, estamos caminhando para isso", ressaltou. Durante o evento, mudas de árvores foram distribuídas para a população.

"Mister Bus"
Além do inusitado gramado, os moradores de Betim também se depararam com um homem que usava um chapéu em formato de ônibus. Ricardo Teixeira, conhecido por "Mister Bus", foi um dos convidados do evento. Ele distribuiu panfletos aos motoristas, que continham dicas de segurança para o condutor.

Questionado sobre o apelido, ele vinculou o nome à paixão que nutre pelos ônibus. "Eu sempre gostei de ônibus, desde criança. E, assim, eu me transformei em um especialista em informações de transporte coletivo. Desde 1996 eu ajudo as pessoas a encontrar os ônibus corretos para os locais para onde elas querem ir", explicou.

Para, tanto, Teixeira criou o guia "Está perdido no Ponto?", que traz os bairros de Belo Horizonte com as respectivas linhas de coletivos que servem aos locais. O livreto é vendido por R$ 4.

Teixeira afirma que percorre as ruas da capital mineira tirando dúvidas sobre o transporte público na cidade e, além disso, criou o "disque-coletivo". "Qualquer pessoa pode ligar para o meu celular, que eu respondo na hora qual é o coletivo que ela deverá pegar para chegar ao seu destino", afirmou. Ele também criou um site contendo diversas informações sobre as linhas de ônibus.

Se não bastasse, "Mister Bus" foi contratado pela BHtrans (empresa que fiscaliza e gerencia o trânsito de Belo Horizonte) para prestar o serviço informativo ao morador da capital.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h59

    -0,27
    2,236
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h16

    1,78
    52.111,85
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host