Tiroteio em escola do Rio vira "massacre de Columbine" brasileiro na internet

Do UOL Notícias
Em São Paulo

A invasão a uma escola municipal no Rio de Janeiro por um atirador fez internautas brasileiros compararem a tragédia com o "massacre de Columbine", nos EUA, em 1999. Na época, dois estudantes de uma escola no Colorado atiraram contra professores e alunos do Instituto Columbine e provocaram a morte de 13 pessoas. No Twitter, o termo "Columbine está entre os mais utilizados no Brasil. "Realengo", bairro do Rio onde se localiza a escola municipal, chegou a estar entre os mais utilizados no Twitter no mundo na manhã de hoje (7).

Na ação em Columbine, os estudantes Eric Harris, 18, e Dylan Klebold, 17, mataram 12 estudantes e um professor antes de cometerem suicídio.

Segundo documentos obtidos na investigação do caso, o ódio e o desprezo pelos companheiros foram a principal causa que levou dois estudantes a executar, há sete anos, o maior massacre numa escola na história dos Estados Unidos.


"Quando começar a matar, há provavelmente umas 100 pessoas na escola que não quero que morram. O resto deve morrer", escreveu Eric Harris em seu diário pessoal, em outubro de 1998.

"Odeio todos por me excluirem de tantas coisas, e será melhor terem medo de mim", "Ódio! Estou cheio de ódio e gosto disso. A natureza humana é a morte", acrescenta.

 

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos