37.MP denuncia senador Valdir Raupp (PMDB-RO) por crime contra o sistema financeiro

Data de Divulgação

13.ago.2010

O escândalo

O Superior Tribunal Federal (STF) aceitou em 12.ago.2010 denuncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o senador Valdir Raupp (PMDB-RO) e vai abrir ação penal contra ele. A notícia foi veiculada pelo jornal "O Estado de S.Paulo", em 13.ago.2010.

Para o Ministério Público, Raupp praticou suposto desvio de verbas de convênio com o Banco Mundial quando era governador de Rondônia (de 1995 a 1999), noticiou o "Estadão".

O convênio era de US$ 167 milhões, destinados ao gerenciamento de recursos naturais de Rondônia. O jornal menciona que Raupp teria ainda firmado convênio com o Ministério do Planejamento e Orçamento "para repasse de pouco mais de R$ 21 milhões para a execução do Plano Agropecuário e Florestal de Rondônia (Planafloro)".

Apesar de Raupp ter se comprometido a aplicar os recursos no Planafloro, permitiu a transferência da verba para o Tesouro do Estado e para a Secretaria de Fazenda de Rondônia, "com o objetivo de saldar despesas diversas do Estado", relatou o jornal sobre a denúncia do Ministério Público.

Outro lado
Após o STF decidir pela ação penal, o senador Raupp afirmou sua inocência e considerou o recebimento da denúncia como um equívoco, publicou o "Estadão".

"O convênio terminou adimplente. Não houve prejuízo para o Estado", disse o senador ao jornal. Na época de divulgação do escândalo, em 13.ago.2010, Raupp fazia campanha para se reeleger senador nas eleições de 3.out.2010.

O que aconteceu?

Nada.

 

Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos