"Sempre transei bem e, de repente, mesmo com muito desejo, não mantenho a ereção"

Pergunta

Prezada Rosely: com 40, 45, 50 anos, os homens vão perdendo o apetite sexual. Continua tendo muito desejo, mas não tem mais tesão suficiente para segurar a ereção. Sou casado, sempre transei bem com minha mulher e, de repente, mesmo com muito desejo, não mantenho a ereção, o que leva a não conseguir ter mais uma boa trepada, pelo menos no que concerne à penetração. Aí vem a mulher, já também com seus 40, 45, 50 anos, e me acusa de estar mole, de não mais a desejar, e fica cobrando. Puxa, será que a mulher não consegue entender que o sexo diminui com o tempo e que isso deve ser encarado de forma natural, ficando uma grande amizade, um grande carinho entre os dois?"

Resposta

Não sei não, mas acho que sua fala vai ser muito contestada por seus colegas de mesma idade...:)

Mas o fato é que o corpo de um homem de 50 anos funciona de modo diferente de um que tem 30, 35 anos, e mais ainda de um jovem de 18, que, por sinal, vive o ápice do vigor sexual. Mas como sexo é sexo, nessa área ninguém gosta de sofrer mudanças!

Porém as mudanças físicas não impedem o tesão, o desejo, e uma boa vida sexual, com direito a prazer e tudo mais. E nesse tudo mais, inclua a experiência, a sabedoria, a paciência e, portanto, maiores possibilidades de enriquecer a vida sexual.

Nessa idade o homem pode ter uma ereção menos vigorosa? Pode. Pode demorar mais tempo para conseguir ter uma outra ereção? Pode também. E pode ter ereção sem ejacular? Também...

Mas nada disso atrapalha a transa, se o homem aceitar as mudanças por que passa. Claro que se ele se sentir insatisfeito com o que acontece com seu organismo, vai querer deixar o sexo de lado. Pois reagir assim é uma pena...

Aos 40, 45, 50 anos, o homem bem que pode ter aprendido mais a usar o corpo todo na vida sexual. Penetração? Sexo não é só isso! Sabendo usar mais as mãos e a boca, por exemplo, só para ficar no mais óbvio, você pode ter e dar muito prazer a sua mulher.

Você acredita mesmo que o que ela reclama em você é da falta de vigor da ereção de seu pênis? Não sei não...que tal ousar outras coisas e deixar esse intenso desejo fluir de outras maneiras? Vai ver é isso que sua mulher cobra de você.

Em frente que, enquanto há vida, há possibilidade de prazer! :)

(28/09/00)



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos