Pintas e verrugas oculares podem ser indício de tumor

São Paulo - Pintas e verrugas na região dos olhos e pálpebras devem ser examinadas com atenção, pois podem indicar a existência de um tumor. O alerta é da oftalmologista especializada em plástica ocular Fernanda Takay, do Instituto de Moléstias Oculares (IMO). O tumor pode ser benigno ou maligno, mas a especialista indica que é importante procurar auxílio médico. A verruga ou a pinta "pode se modificar, crescer, sangrar, e, em alguns casos, dar origem a feridinhas que não cicatrizam", diz a oftalmologista, por meio da assessoria de imprensa do IMO.

A retirada das pintas e verrugas pode ser feita com ultra-som ou exérese (remoção cirúrgica). Depois, é necessário fazer uma biópsia para identificar se há necessidade de acompanhamento oncológico. Segundo Fernanda, vários fatores podem ser a causa do aparecimento de verrugas e pintas, como genética, excesso de exposição ao sol ou presença do papiloma vírus (HPV).

Uma pessoa tem, em média, de 17 a 25 pintas, mas o número pode passar de cem em alguns casos. Quando isso acontece, o fato se repete também em outros membros da família. Essas pessoas devem fazer acompanhamento do desenvolvimento das pintas, principalmente se houver casos de melanoma (câncer de pele) em algum familiar.

O melanoma tem origem congênita em 8% dos casos, de acordo com Fernanda. "Quanto maior o número de pintas, maior a incidência desses tumores", considera a oftalmologista. As informações são da assessoria de imprensa do IMO.

AE

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos