Vitamina D em excesso faz mal ao coração, afirma estudo

Do UOL Ciência e Saúde
Em São Paulo

  • Leonardo Wen/Folha Imagem - 02.11.2009

    No estudo, pacientes com grandes concentrações de vitamina D no sangue tinham três vezes mais riscos de desenvolver fibrilação atrial

    No estudo, pacientes com grandes concentrações de vitamina D no sangue tinham três vezes mais riscos de desenvolver fibrilação atrial

Baixos níveis de vitamina D podem causar danos ao coração. Mas uma nova pesquisa apresentada durante evento anual da American Heart Association mostrou que, em grandes quantidades, o nutriente pode causar fibrilação atrial. A alteração faz com que o órgão bata mais rápido e descompassado.

Os pesquisadores analisaram 132 mil pacientes de um centro médico de Utah, nos EUA, e os que tinham grandes concentrações de vitamina D no sangue tinham três vezes mais riscos de desenvolver a doença.

Ainda que a maioria da população obtenha essa vitamina a partir da luz solar, em regiões mais frias é comum o uso de suplementos com esse nutriente para proteger o coração e os ossos. 

De acordo com Jared Bunch, autor do estudo, cada um absorve os suplementos de uma maneira diferente. Para que a quantidade ingerida seja correta e não cause problemas à saúde, é preciso testar os níveis do nutriente no

A quantidade indicada de vitamina D é de 41 a 80 nanogramas por decilitro. Os pacientes do estudo apresentavam mais de 100.

Os pesquisadores alertam que os pacientes que tenham sido diagnosticados recentemente com fibrilação atrial e tomem a vitamina precisam checar os níveis do nutriente no sangue.

Peixes como atum ou salmão são considerados as melhores fontes naturais de vitamina D.
 



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos