Vitamina D em excesso faz mal ao coração, afirma estudo

Do UOL Ciência e Saúde
Em São Paulo

  • Leonardo Wen/Folha Imagem - 02.11.2009

    No estudo, pacientes com grandes concentrações de vitamina D no sangue tinham três vezes mais riscos de desenvolver fibrilação atrial

    No estudo, pacientes com grandes concentrações de vitamina D no sangue tinham três vezes mais riscos de desenvolver fibrilação atrial

Baixos níveis de vitamina D podem causar danos ao coração. Mas uma nova pesquisa apresentada durante evento anual da American Heart Association mostrou que, em grandes quantidades, o nutriente pode causar fibrilação atrial. A alteração faz com que o órgão bata mais rápido e descompassado.

Os pesquisadores analisaram 132 mil pacientes de um centro médico de Utah, nos EUA, e os que tinham grandes concentrações de vitamina D no sangue tinham três vezes mais riscos de desenvolver a doença.

Ainda que a maioria da população obtenha essa vitamina a partir da luz solar, em regiões mais frias é comum o uso de suplementos com esse nutriente para proteger o coração e os ossos. 

De acordo com Jared Bunch, autor do estudo, cada um absorve os suplementos de uma maneira diferente. Para que a quantidade ingerida seja correta e não cause problemas à saúde, é preciso testar os níveis do nutriente no

A quantidade indicada de vitamina D é de 41 a 80 nanogramas por decilitro. Os pacientes do estudo apresentavam mais de 100.

Os pesquisadores alertam que os pacientes que tenham sido diagnosticados recentemente com fibrilação atrial e tomem a vitamina precisam checar os níveis do nutriente no sangue.

Peixes como atum ou salmão são considerados as melhores fontes naturais de vitamina D.
 

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos