Compulsão por compras é doença e tem tratamento, diz psicóloga

Do UOL
Em São Paulo

Você costuma sair do shopping cheio de sacolas com coisas que provavelmente nunca vai usar? E sente um misto de prazer e culpa? Cuidado, você pode ter uma compulsão por compras. Esse foi o tema do programa @saúde desta semana, que traz depoimentos de integrantes do grupo Devedores Anônimos de São Paulo.

Um dos integrantes conta que chegou a gastar R$ 60 mil em uma única viagem, utilizando o cartão de crédito do pai. "Uma hora você compra porque está triste, daí essa tristeza aumenta e você compra para ficar feliz e, mesmo quando está feliz, você começa a comprar", descreve o jovem, revelando o ciclo vicioso da compulsão.

 

Em entrevista a Jairo Bouer, a psicóloga Tatiana Filomensky, do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (Universidade de São Paulo), explica que o limite entre o gostar de comprar e a compulsão é tênue. Mas o sofrimento que se segue à prática pode definir o comportamento compulsivo. "A dívida não é um critério diagnóstico, porém é presente em 90% dos casos", conta. 

Comprar compulsivamente é um transtorno do impulso que muitas vezes está associado a outros problemas, como depressão, ansiedade ou transtorno afetivo bipolar. Por isso, às vezes é necessário o acompanhamento psiquiátrico e o uso de medicamentos. Segundo Filomensky, homens e mulheres podem sofrer da compulsão, mas elas procuram mais ajuda. 

Notícias relacionadas

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos