Escola separa gêmeos e mãe passa a educar um deles sozinha!

Do UOL, em São Paulo

  • Ross Perry/Syndication/Reprodução

    Maggie Wilby e seus filhos gêmeos Ben e Oliver vivem um drama familiar: os garotos estudam separados pela falta de vagas na mesma escola

    Maggie Wilby e seus filhos gêmeos Ben e Oliver vivem um drama familiar: os garotos estudam separados pela falta de vagas na mesma escola

É de se esperar que irmãos gêmeos, que chegam em alguns casos a sentir as mesmas sensações apesar da distância, não se separem durante a vida.

Muito menos se são crianças, quando as brincadeiras e aventuras são mais intensamente divididas.

O destino, porém, não está do lado dos garotos ingleses Ben e Oliver Wilby, de seis anos. Animados com a ideia de ir juntos para a escola, eles logo tiveram uma péssima surpresa: apenas Oliver conseguiu uma vaga para estudar perto de casa, em Ossett, em Yorkshire, na Inglaterra.

Ben, por sua vez, foi chamado para uma escola localizada a 2,8 quilômetros de distância de casa. Pior para a mãe dos garotos, Maggie Wilby. Separada e sem dirigir, ela não se conforma: começou a educar Ben, o que tem feito há cerca de sete meses.

Preocupação materna

Mas aprender em casa é bem menos divertido e estimulante, e isso preocupa Maggie. "Oliver tem muitos novos amigos e participa de viagens escolares, enquanto Ben perde tudo isso. É horrível porque os primeiros anos da escola são muito importantes", diz.

Maggie bem tentou matricular Ben em instituições mais próximas, mas recebeu a resposta de que elas já estavam com suas cadeiras ocupadas e que, por razões legais, não podiam abrir uma exceção.

As autoridades locais, no entanto, prometem ajudar os pequenos Ben e Oliver em seu sonho de estudar juntos. "Estamos trabalhando para que eles possam frequentar a mesma sala de aula", disse um porta-voz do distrito de Wakefield. (Com informações do Daily Mail)

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos