Top da Semana

18/02 a 24/02 por Mauricio Stycer

Perigos que vêm de onde menos se espera marcaram esta semana. Uma menina de 3 anos morreu depois de ser atropelada por um jet ski, pilotado por um adolescente de 13, em Bertioga. Uma garota de 14 anos morreu ao cair de uma atração do parque de diversões Hopi Hari. Um objeto metálico caiu do céu numa zona rural no Maranhão. E uma trave apareceu de forma misteriosa na frente do jogador Deivid, fazendo com que perdesse o gol mais feito do ano.

Atropelada e morta por um jet ski

Mais uma tragédia envolvendo jet ski circulando por área proibida da praia. A pequena Grazielly Almeida Lames, em sua primeira incursão no mar, brincava com a mãe na área rasa da praia de Bertioga quando o aparelho a atingiu na cabeça. O adolescente suspeito de dirigir o jet ski fugiu do local sem prestar socorro. E não compareceu à polícia no dia marcado para depor, segundo seu advogado, para evitar ser exposto a constrangimento público. Leia mais

Tragédia no parque de diversões

Uma das atrações mais procuradas do Hopi Hari, pela sensação de perigo que provoca, o chamado "elevador" foi cenário de um acidente fatal, envolvendo uma jovem de 14 anos. Segundo a polícia, ela se soltou do assento do brinquedo e caiu. O elevador tem 69,5 metros de altura, o equivalente a um prédio de 23 andares. Durante a queda livre, chega a atingir 94 km/h. Leia mais

O perigo vem do céu

Na famosa história de Asterix, o chefe da aldeia gaulesa, Abracurcix, costuma repetir que só teme uma coisa: "que o céu caia sobre nossas cabeças". Os moradores de Riacho dos Poços, povoado na zona rural do Maranhão, devem ter pensado algo parecido ao verem o objeto metálico de 30 quilos e 1 metro de diâmetro que caiu do céu. Cientistas brasileiros estão estudando o caso. Leia mais

No meio do caminho tinha uma trave

Diante de Deivid, aparentemente, só havia o gol vazio. Era esta, ao menos, a visão de milhares de pessoas que assistiam a Vasco x Flamengo naquele momento. Para o atacante, porém, havia algo mais, imperceptível. E ele chutou a bola na trave. Além de ter perdido o gol mais feito do ano, contribuiu para a derrota da equipe rubro-negra. No dia seguinte, foi corajoso, reconheceu o erro e disse: "Não sou jogador frouxo, covarde e otário." Leia mais

Vitória dos vândalos no Carnaval de SP

Para quem, como Roberto Justus, considera que o Carnaval de São Paulo já está no mesmo padrão do carioca, a apuração do desfile deste ano mostrou que ainda há muitas dificuldades pelo caminho. Atos de vandalismo cometidos por integrantes de escolas que se julgaram prejudicadas pelos jurados impediram a apuração de terminar. A Mocidade Alegre ficou com o título, mas a imagem que ficará de 2012 é a do vândalo que rasgou os votos diante das câmaras de TV. Leia mais

A consagração de Paulo Barros

Em mais um "desfile-espetáculo", o carnavalesco Paulo Barros surpreendeu o público e conquistou os jurados, faturando o seu segundo título e o terceiro da história da Unidos da Tijuca. Apesar da escolha do enredo, uma homenagem ao cantor e compositor Luiz Gonzaga, ter desagradado a Barros, ele mais uma vez mostrou porque é considerado o sucessor de Joãosinho Trinta. "Foi dito que eu não gostava de fazer enredos tipicamente brasileiros. Mesmo não sendo um enredo autoral meu, abracei a ideia", disse. Leia mais

Na TV, pouca audiência e baixaria

Uma das novidades na cobertura de Carnaval na televisão foi o fato de a Record, que deu as costas para a festa, ter obtido índices de audiência superiores aos concorrentes. Na Globo, chamou a atenção o esforço para não falar dos Jogos Olímpicos de 2012, durante o desfile da União da Ilha. E na RedeTV!, o cirurgião Dr. Rey brilhou como rei das baixarias. Veja o vídeo: Leia mais

Strauss-Kahn em novo escândalo

O ex-diretor do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn, está envolvido em outro escândalo, desta vez na França. A polícia investiga a sua responsabilidade em uma rede de prostituição pela qual já foram processadas oito pessoas. O político participou de festas em Lille, Paris e Washington nas quais havia prostitutas. Em maio de 2011, foi detido em Nova York após a denúncia de estupro apresentada por uma camareira de hotel, o que lhe obrigou a renunciar ao comando do FMI. Leia mais

Chefe exigia que a funcionária usasse jeans apertados

O assédio sexual e moral se revela das formas mais bizarras. Na cidade de Plymouth, na Inglaterra, um sujeito pressionava sua funcionária a usar jeans apertados no trabalho. Matthew Flynn, sócio da empresa, foi condenado a pagar 21.681 libras (equivalente a R$ 58 mil ) de indenização. Segundo a vítima, cujo nome não foi divulgado, Flynn a criticou por usar jeans largos e disse que ela só podia trabalhar com um modelo bem apertado. Leia mais

10º

Duas mulheres mexem com o imaginário popular no "BBB"

O "BBB12" voltou a ser assunto durante o Carnaval por conta de duas de suas beldades. A gaúcha Laisa, considerada vilã da casa, foi eliminada com rejeição pesada, de 88%. Já Renatinha causou furor ao beijar e se deitar com o terceiro homem desde que começou o confinamento. Objeto de inveja e preconceito, a jovem foi chamada de "Renata Surfistinha" no Twitter. Leia mais



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos