MP do Rio investiga tortura contra detentos por agentes penitenciários

No Rio

O MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) instaurou um procedimento de investigação criminal (PIC) para apurar a possível prática de crime de tortura por agentes da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) contra quatro detentos do Presídio Milton Dias Moreira, em Japeri, na última quinta-feira (24).

Os investigados são os agentes que estavam de plantão na base do Serviço de Operações Especiais (SOE) de Japeri, na Baixada Fluminense, onde os presos foram prestar depoimento. A denúncia foi apresentada pelo advogado de duas das vítimas e confirmada pelos advogados dos demais.

O MP solicitou à penitenciária a qualificação completa de cinco agentes que estavam no local na data e que são suspeitos do crime. Também foi requisitado o boletim de atendimento médico dos presos, realizado no Hospital de Emergência de Japeri.

As possíveis vítimas são os detentos Sidnei de Souza Coutinho, Ítalo Gomes Nery, Tiago Rosa e Seny Junior. A investigação levará em torno de 90 dias.

As condições dos presídios brasileiros
As condições dos presídios brasileiros

Notícias relacionadas

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos