Monti diz que quer 'mudar modo de viver dos italianos'

WASHINGTON, 9 FEV (ANSA) - A revista Time dedicou sua última edição ao primeiro-ministro da Itália, Mario Monti, que declarou à publicação que pretende "mudar o modo de viver dos italianos".

"A política cotidiana deseducou os italianos" e há a tendência a ver "todo o mal" na classe política, argumentou o premier. Ele afirmou que quer passar um senso de "meritocracia" e competitividade", que, segundo ele, "acreditamos que seja necessário".

Na entrevista publicada, Monti diz que o país acumulou sua dívida pública "porque os governos que se sucederam eram muito próximos da vida dos cidadãos comuns, muito desejosos de satisfazer os pedidos de todos e assim agiram contra os interesses das gerações futuras".

Questionado sobre o porquê de Silvio Berlusconi ter passado a apoiar o governo técnico, ele respondeu: "creio que [ele] vê como está ganhando terreno do ponto de vista da credibilidade internacional" aquele que "mais se diz favorável a esta transformação da Itália", opinou.

A revista estampa uma foto de Monti com a seguinte chamada: "Pode este homem salvar a Europa?"

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos