Incêndio em Valparaíso deixa 11 mortos (2)

SANTIAGO, 13 ABR (ANSA) - Um incêndio de proporções enormes atingiu a cidade litorânea de Valparaíso, no Chile, e deixou, até o momento, 11 mortos. De acordo com dados oficiais, mais de cinco mil pessoas foram evacuadas da cidade e quinhentas casas ficaram destruídas.   

O incêndio começou no final da tarde chilena em uma floresta que fica no caminho de La Pólvora (que liga a cidade a Santiago) e avançou para os bairros habitados de La Cruz, El Litre, Mariposas, Las Canas e Merced. Segundo o prefeito da cidade, Jorge Castro as pessoas estão "sem eletricidade, o que significa que a coluna de fogo está criando um panorama dantesco e está avançando de maneira incontrolável". Ainda de acordo com Castro, o incêndio já devastou cerca de 300 hectares de terra.   

A presidente do Chile, Michelle Bachelet, está em Valparaíso para gerenciar o Comitê de Emergência no local. Além disso, ela declarou a cidade como zona de exceção de catástrofe para que as Forças Armadas atuem de maneira livre para evacuação e garantam a segurança da zona atingida.   

Há preocupação também das autoridades para evacuar cerca de dois mil detentos que estão em Valparaíso. Nove presas, que estavam com seus filhos pequenos para amamentação, foram transferidas para uma cidade vizinha.   

De acordo com a Defesa Civil do país, 3,5 mil homens, entre bombeiros, policiais e Forças Armadas, estão trabalhando para combater o incêndio e ajudar as pessoas. Também estão sendo utilizados 12 aviões para ajudar a controlar o incêndio. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Últimas de Notícias



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos