Morre em Nova York o ator Ben Gazzara, aos 81 anos


Nova York, 3 fev (EFE).- O ator americano Ben Gazzara faleceu nesta sexta-feira, aos 81 anos, em um hospital de Nova York, vítima de um câncer de pâncreas, segundo confirmou o periódico "The New York Times".

Aluno da lendária escola nova-iorquina Ator's Studio, pela qual passaram outras estrelas de Hollywood como Marlon Brando e Al Pacino, o ator deu seus primeiros passos no mundo da interpretação no teatro.

Gazzara brilhou nos palcos da Broadway e chegou a interpretar Brick na peça "Gata em Teto de Zinco Quente", mas na posterior versão cinematográfica o papel ficou com Paul Newman.

Após estrear em Hollywood com "O Rancoroso" em 1957, uma de suas atuações mais célebres aconteceu dois anos mais tarde, em "Anatomia de um Crime", filme que foi indicado a sete prêmios no Oscar.

Gazzara se tornou mais tarde o ator mais escalado por seu amigo John Cassavetes, que o dirigiu em produções como "Os Maridos" (1970), "A Morte de um Bookmaker Chinês" (1976) e "Noite de Estreia" (1977).

O ator também se destacou como um mafioso em "Capone", de Steve Carver, e como o enigmático Klein em "A Trapaça" (1997), de David Mamet.

Gazzara também é lembrado por sua participação em séries como "Alma de Aço", no final da década de 1960, o que lhe valeu duas nominações ao Emmy.

Nascido em Nova York em 28 de agosto de 1930 no seio de uma família de origem italiana, Gazzara foi casado três vezes e teve um famoso romance com a atriz Audrey Hepburn, ao lado de quem protagonizou o filme "A Herdeira" (1979).

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos