Presidente iraquiano é internado em estado grave por coágulo no cérebro

Em Bagdá

  • AFP- 2.fev.2010

    O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad (esq.), cumprimenta o colega iraquiano, Jalal Talabani

    O presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad (esq.), cumprimenta o colega iraquiano, Jalal Talabani

O presidente iraquiano, Jalal Talabani, de 79 anos, foi internado em estado grave em um hospital de Bagdá após apresentar um coágulo no cérebro, informaram nesta terça-feira veículos de comunicação locais.

O chefe de Estado ingressou ontem à noite no hospital de Madinat al Tib na capital, afirmaram os veículos de imprensa.

Em comunicado, a presidência explicou que "recentemente Talabani fez muitos esforços para obter a estabilidade do país e, como consequência do cansaço, teve um emergência de saúde e foi transferido a um hospital".

A nota acrescenta que a equipe médica que trata de Talabani emitirá mais tarde um relatório sobre seu estado de saúde.

A última aparição pública de Talabani, que é curdo, foi ontem à noite nas televisões do país durante uma reunião com o primeiro-ministro Nouri al-Maliki para estudar a crise pela qual o Iraque passa, onde hoje se completa o primeiro aniversário da retirada das tropas americanas.

Em fevereiro de 2007, Talabani foi hospitalizado em Amã durante 18 dias após sofrer uma indisposição em seu país. A equipe médica que lhe atendeu atribuiu a doença do presidente à "fadiga" provocada pelo estresse que lhe gerava a situação no Iraque.

Talabani, um moderado que lidera a União Patriótica do Curdistão (UPK), chegou à presidência do Iraque em 2005 e se tornou dessa forma o primeiro presidente curdo na história do país, composto por diferentes etnias e crenças.

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos