Pessoas refugiadas em mesquita no Cairo são detidas pela Polícia

No Cairo (Egito)

As autoridades egípcias detiveram 385 pessoas que tinham se refugiado na mesquita de Al Fateh, localizada no centro do Cairo e desalojada no sábado pela Polícia, informou a televisão estatal em seu site.

A televisão, que cita fontes do Ministério do Interior egípcio, destacou que entre os detidos há três irlandeses, um turco e um sírio, sem dar mais detalhes.

Equipes especiais da Polícia egípcia retiraram as pessoas da mesquita do centro do Cairo onde se refugiavam centenas de manifestantes islamitas, que tiveram que ser protegidos de uma multidão de civis exaltados que pretendiam linchá-los.

A televisão acrescentou que 56 dirigentes da Irmandade Muçulmana, grupo ao qual pertencia o líder deposto Mohammed Mursi, foram detidos em diferentes províncias do país.

Partidários de Mursi se preparam para participar hoje de uma nova jornada de protestos contra o golpe militar que depôs o islamita, dentro do plano para continuar se mobilizando durante uma semana. 

Crise no Egito
Crise no Egito

Notícias relacionadas



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos