Copiloto de avião desaparecido estava noivo de uma piloto de outra cia aérea

Kuala Lumpur, 17 mar (EFE).- O copiloto do avião desaparecido com 239 pessoas a bordo, Fariq Abdul Hamid, planejava se casar com uma piloto de outra companhia aérea, publicou nesta segunda-feira o jornal "The Daily Express" da Malásia.

Hamid, de 27 anos, tinha ficado noivo da capitã Nadira Ramli, de 26 anos, que trabalha para a companhia AirAsia.

Eles se conheceram há nove anos, quando estudavam na escola de pilotos de Langkawi, no noroeste da Malásia.

A namorada está licenciada desde o desaparecimento e refugiada em um hotel de Kuala Lumpur junto com a família dele.

O voo MH370 saiu de Kuala Lumpur em direção a Pequim na madrugada de 8 de março e desapareceu do radar cerca de 40 minutos após a decolagem com 227 passageiros e 12 tripulantes a bordo.

Neste momento da investigação suspeita-se que as causas do desaparecimento do avião podem ser: sequestro, terrorismo e problemas psicológicos ou pessoais de alguém no interior do avião.EFE

fb/cd

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos