Espanhol de 112 anos é o homem mais velho do mundo, diz Guinness

Nova York, 26 jul (EFE).- O espanhol Salustiano Sánchez Blázquez, músico de Salamanca de 112 anos que vive em Nova York há mais de 80, se tornou o homem mais idoso do mundo, de acordo com o site do Guinness World Records.

Sánchez assume o lugar do japonês Jiroemom Kimura, que era considerado o homem mais velho do planeta até falecer em junho aos 116 anos.

Após sua morte, a organização revisou os relatórios do censo, documentos de imigração e registros de casamento, e determinou que o espanhol é o único homem nascido em 1901 e que possui um registro de nascimento.

Nascido em 8 de junho de 1901 em El Tejado de Béjar, uma cidade de Salamanca, Sánchez sempre sentiu uma paixão especial pela flauta, um instrumento de sopro muito parecido com a gaita de fole que toca desde pequeno.

Embora tenha frequentado a escola até os dez anos e se considere "autodidata", em seus 112 anos de vida viajou por vários países por motivos de trabalho, embora tenha sido o amor que fez se instalar em Nova York.

A humildade que o caracteriza, segundo seus parentes, leva a afirmar que não sente que tenha alcançado nada especial ao se transformar no homem mais idoso na Terra.

O homem mais velho do mundo afirma que o segredo desta longevidade é comer um banana por dia e sua dose diária dos analgésicos Anacin para tratar as dores que sente, segundo um comunicado do Guinness World Record.

A aventura pessoal de Sánchez começou aos 17 anos, quando se mudou para Cuba junto com o irmão mais velho e um pequeno grupo de amigos para trabalhar nos campos de açúcar e, dois anos depois, foi para os Estados Unidos para trabalhar nas minas de carvão da cidade Lynch, no estado de Kentucky.

Finalmente, Sánchez se instalou na zona das cataratas do Niagara no estado de Nova York, onde reside atualmente e onde em 1934 se casou com o amor de sua vida, Pearl.

Fruto deste casamento, o espanhol teve três filhos, sete netos, 15 bisnetos e cinco tataranetos.

Nos últimos anos e apesar da idade avançada, Sánchez se mantém muito ativo e entre seus passatempos preferidos está a jardinagem, as palavras cruzadas e os jogos de cartas com os amigos.

Atualmente, a japonesa Misao Okawa, de 115 anos, é considerada a mulher mais idosa do mundo, embora segundo o Guinness World Records, a pessoa que mais anos viveu no planeta tenha sido Jeanne Louise Calmet, que morreu no sul da França em 1997 aos 122 anos.

Últimas de Notícias

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos