Barbosa decide amanhã se Dirceu pode ir ao enterro de Chávez

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Joaquim Barbosa, vai decidir nessa quinta-feira, se José Dirceu, ex-ministro-chefe da Casa Civil, pode viajar para o enterro de Hugo Chávez, presidente da Venezuela, que morreu na terça-feira.

Em petição ao STF, os advogados de Dirceu pediram ao STF para "viajar par a cidade de Caracas, na Venezuela, no intuito de acompanhar o enterro do presidente do referido país". O enterro será na sexta-feira.

"O requerente pretende estar presente ao funeral em razão da relação de amizade que mantinha com o excelentíssimo presidente Hugo Chávez", continua a petição dos advogados de Dirceu. "Caso haja autorização dessa egrégia Suprema Corte, o retorno ao país será realizado 24 horas após a cerimônia fúnebre", conclui a petição.

O passaporte de Dirceu está retido no STF desde novembro, quando foi confirmada a condenação do ex-ministro. No julgamento do mensalão, o STF concluiu que ele cometeu os crimes de corrupção ativa e de formação de quadrilha. Ao todo, Dirceu pegou dez anos e dez meses de prisão. Seus advogados pretendem recorrer assim que a decisão for publicada no "Diário da Justiça".

A assessoria do STF informou que Barbosa vai decidir a respeito do pedido na quinta-feira.

Últimas de Notícias

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos