UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

18/12/2005 - 13h21
Tamanho do novo campeão peso-pesado russo impressiona lutadores

Da Reuters
Em Berlim

Observar o gigante boxeador russo Nikolai Valuev passar por cima das cordas do ringue --e não entre elas-- deve ter sido uma visão intimidante para os 43 boxeadores que ele venceu em sua carreira invicta de 12 anos.

Com 2,13 metros e 147 quilos, Valuev faz mais do que o chão tremer quando entra no ringue. Natural de São Petersburgo, o pugilista de 32 anos conhecido como "o melhor do oriente" usou o tamanho para destronar o campeão da Associação Mundial de Boxe John Ruiz, dos Estados Unidos, no sábado e se tornou o primeiro campeão peso-pesado russo.

Porém, mais do que a vantagem de 25 cm e 45 kg de Valuev, foi o olhar ameaçador do russo e sua expressão do tipo "mal está fazendo cócegas" cada vez que Ruiz conseguia encaixar um soco que aparentemente exauriram o norte-americano ao longo dos 12 rounds.

"Foi uma luta difícil, mas eu mereci vencer", disse Valuev, que depois de ganhar o cinturão de Ruiz em uma decisão disputada o viu ser tomado pelo abatido treinador de Ruiz, Norman Stone. Stone pegou o cinturão durante um bate-boca no ringue logo depois da luta, e acenou com ele antes que cinco guarda-costas o levaram a um canto e tiraram o cinturão de suas mãos.

"Não dá pra ganhar na Alemanha a não ser que você os espanque", disse Stone em coletiva de imprensa, ainda soltando faíscas horas depois da decisão apertada em favor de Valuev de dois dos três juízes. O terceiro deu o empate.

"Nós fomos roubados", disse Stone.

Valuev ficou tão imperturbável diante dos arroubos de Stone, no ringue e na coletiva de imprensa, quanto pelos golpes de Ruiz em seus rins, no queixo e no resto da cabeça durante a luta diante de dez mil espectadores na arena Max Schmeling, em Berlim.

"Todos os meus sonhos se realizaram", disse ele. "Nem estou pensando que sou o primeiro campeão russo dos pesos-pesados agora. Penso em melhorar ainda mais e como posso ser ainda melhor na próxima luta."

Valuev lutou muito bem contra Ruiz, que talvez tenha comparado erroneamente Valuev a King Kong antes da luta e ainda afirmou que seria fácil acertar a cabeça do russo por ela ser "do tamanho de um Volkswagen". Valuev, que luta com o preconceito contra seu tamanho intimidante e aparência de vilão desde a adolescência, não achou graça nos comentários de Ruiz.

"A princípio eu lutei para lidar com este corpo, não tinha coordenação", disse Valuev à revista alemã Stern magazine, que disse que seu objetivo principal é provar que "não é um monstro e sim um esportista."

Pode ter lhe faltado estilo, mas o jab de esquerda de Valuev judiou do rosto de Ruiz. Ele esteve lento algumas vezes mas quando seus golpes entravam, o suor no rosto inchado de Ruiz voava para fora do ringue e atingia os espectadores na primeira fila.

Na juventude, Valuev jogou basquete e mais tarde praticou atletismo, tornando-se campeão russo júnior no disco. Aos 20 anos, voltou-se para o boxe na universidade. Ele atraiu pouca atenção até recentemente, porque a maioria de suas vitórias foi sobre oponentes obscuros.

Isso mudou no sábado. Ele disse estar pronto para ajudar a unificar as quatro divisões de peso-pesado com um torneio em busca do campeão definitivo.

Embora tenha treinado longamente na Alemanha, que se tornou um celeiro para lutadores de peso-pesado, como os irmãos Klitschko da Ucrânia, Valuev mantém suas raízes na Rússia. Ele e sua esposa Galina, que pesa 100 quilos a menos que ele, e seu filho de três anos, vivem em um flat de cinquenta metros quadrados em São Petersburgo. Eles estão de mudança para uma casa, mas ele gostaria de poder levar todos seus vizinhos consigo.

ÍNDICE DE ÚLTIMAS NOTÍCIAS  IMPRIMIR  ENVIE POR E-MAIL

Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA