UOL Notícias Notícias
 

27/02/2008 - 17h43

Homem-aranha francês é preso novamente em SP após escalar Edifício Itália, prédio que ele diz ser "horrível"

Bruno Aragaki

Em São Paulo
Preso na tarde desta quarta-feira (27) depois de finalmente conseguir escalar o Edifício Itália, em São Paulo, Alain Robert, o "homem-aranha" francês, destilou seu veneno em entrevista ao UOL antes de ser detido pela segunda vez na semana. Também revelou uma de suas práticas menos conhecidas: "convocar" a imprensa com antecedência em busca da maior repercussão possível para suas aventuras.

Reuters
Alain Robert, 46, o "homem-aranha francês" escalou o Edifício Itália nesta quarta (27)
FOTOS DO "HOMEM-ARANHA" EM SP
EXPULSO DO BRASIL
A estratégia de autopromoção do "homem-aranha" falhou na sua primeira tentativa de escalar o prédio em São Paulo. Segundo ele, a culpa foi "da Globo". A TV, avisada por ele da intenção, teria "exagerado" na produção e chamado a atenção da polícia ao tentar transmitir a escalada ao vivo pelo programa "Fantástico" no último domingo.

Robert, 46, acabou detido na noite de domingo após a tentativa fracassada de subir os 165 metros edifício sem equipamento de proteção (como sempre faz).

Liberado pela polícia ainda no domingo, afirmou ao UOL que tentaria novamente a escalada ("já é uma questão de honra", disse) do edifício que classificou de "horrível".

Cumpriu a promessa na tarde desta quarta-feira e acabou novamente detido. Segundo informação da Polícia Militar, voltará a ser liberado depois de assinar o termo circunstanciado de ocorrência.

Na entrevista feita por telefone na segunda-feira (25), ele mostrou-se indignado com a intervenção da polícia ("no Brasil, dá menos problema andar com cocaína que escalar um prédio") e usou palavras pouco elogiosas para falar dos policiais, da arquitetura do prédio e do Brasil.

Leia abaixo trechos da entrevista:

O que aconteceu na noite deste domingo?
Eu deveria escalar o Terraço Itália para o Fantástico (programa da TV Globo). Mas eles são tão discretos (ironicamente) que foi tudo por água abaixo...

Você poderia falar um pouco mais alto?
Eu já estou falando alto, mas você não me escuta... bom, a qualidade (da ligação) não é das melhores, hein?

Por que você foi preso?
Num prédio assim, de acesso complicado, com muitos seguranças, onde não há um só lugar por onde seja possível passar sem ser visto, você não pode levar um caminhão com três horas de antecedência sem querer chamar a atenção.

Você escala prédios sem pedir autorização?
Se você pedir ao Edifício Itália autorização para escalar o prédio, você acha que eles vão te dar?

Não sei...
É óbvio que não. Dos cerca de 80 prédios que já escalei, só tive autorização em dez, acho. Eram empresas que faziam grandes eventos e me contratavam para escalar os seus prédios como parte do show. Agora se eu chegar ao Terraço Itália (restaurante no alto do Edifício Itália), fizer "toc-toc-toc, bom dia, sou Alain Robert, posso escalar o Edifício Itália?", eles vão me responder "fuck you".

Risos...
E agora chega a polícia. Isso começa a me irritar. Não é o caso de pedir autorizações. Quase todas as escaladas que consegui até hoje foram ilegais. Às vezes sou preso, vou parar na cadeia...

Você já foi preso outras vezes?
Você não conhece minha história? Estou no Guiness (Book, o livro dos recordes), apareço toda semana nas tevês do mundo inteiro e todo mundo sabe que Alain Robert faz escaladas ilegais.

Suas escaladas são ilegais? E como você faz com a polícia?
São. Assim é que é, não dá para pedir autorização. Pago advogados e no final sou solto, não cometo crimes. A polícia deveria se ocupar dos traficantes, e não de mim. Aqui (no Brasil) dá menos problema andar com cocaína do que tentar escalar um prédio. Com 100g de coca, é como se você estivesse com uma balinha de hortelã. Agora, se você tentar escalar a p... do edifício Itália, você está na m....

Como a polícia te descobriu?
Porque todo mundo sabe, os seguranças me encheram, a TV Globo são um bando de ..., o Fantástico ... (e mais palavrões).

E como a polícia te tratou? O que te disseram?
Com a polícia foi tudo bem. Os policiais são idiotas, caras sem cultura, corruptos. Não existe nada de mais idiota que um policial. Mas não me disseram nada, não tinha um que falasse inglês ou francês.

Você fala português?
Eu só sei "tudo bem", "tudo bom", "obrigado", "blá blá blá" e é tudo. Mas quem me pegou foram os seguranças. Que são a mesma coisa - um tira, por princípio, é um imbecil, se você abrir a cabeça, vai estar vazia. Eles me agarraram pelos pés enquanto eu subia.

E o que aconteceu na delegacia?
Fiquei lá três horas para nada, assinei um dossiê e fui embora. Já disse, no Rio de Janeiro todo mundo sabe quem vende cocaína e ninguém faz nada. As drogas matam milhares de pessoas e não é um problema. Já se você tentar escalar um prédio...

Parece que essa não foi a primeira vez que você tenta escalar o edifício Itália...
Há doze anos eu quis fazer algo também com o Fantástico, mas foi ainda pior, não consegui nem começar a subir.

E por que você insiste em escalar o Edifício Itália? Há outros prédios altos em São Paulo
Porque ele é simbólico... Ok, honestamente, ninguém conhece nenhum prédio do Brasil, o único prédio que é um pouco conhecido em São Paulo é esse. Você conhece, por nome, outros prédios em São Paulo?

Tem o edifício do Banespa, que também é simbólico, o Copan, de Oscar Niemeyer, um dos arquitetos mais influentes da América Latina...
Não interessa. O único prédio que me interessa, por ser um pouco conhecido, um poco mítico, é o Itália. Eu não tô nem aí para o mais influente da América Latina, Copan, nada disso.

Há doze anos você havia escalado o prédio da Fiesp...
Sim, escalei o prédio da Fiesp, mas bem, a Fiesp, ninguém conhece, não me serviu de nada. Mesmo o Terraço Itália, é conhecido no Brasil, mas não é famoso no mundo. Se você diz Nova Iorque, todo mundo conhece as torres gêmeas, o Empire State; se você diz Malásia, todo mundo conhece o Petrona. Mas Fiesp ou Terraço Itália? Isso existe aqui, e é só isso.

Por que você, então, escolheu vir pro Brasil?
Porque eu vivo assim, eu viajo, vou para Nova Iorque, depois para o Brasil, é a minha maneira de ganhar dinheiro.

A sua profissão é alpinista?
Isso. Vendo DVDs, escrevo livros, dou palestras, faço propagandas, tem um montão de coisas no meu site.

Você quer tentar escalar o Edifício Itália outra vez?
Para falar a verdade, arquitetonicamente acho o edifício horrível, aquilo lá não parece nada. Mas virou uma questão de honra... Mas não sei, vão me pegar no mesmo lugar, do mesmo jeito, tentar de novo vai servir de quê? Não, desisto, já estou cansado. Você não conseguiria para mim o telefone da Reuters, da AFP, da AP (agências de notícias internacionais)?

Conseguiria sim. Você precisaria dos meios de comunicação, então?
Isso. Reuters, AFP e AP e eu posso reconsiderar fazer o negócio. Eu te aviso. Eu sou honesto e me interessa fazer também. Não quero mais caminhão, holofotes, luz para noite. Tem que ser discreto...

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h59

    2,94
    2,479
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h17

    4,38
    54.628,60
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host