UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA



 Internacional

17/08/2005 - 16h37
Necrotérios têm dificuldades para conservar corpos para identificação

MARACAIBO, Venezuela, 17 Ago (AFP) - Os dois pequenos necrotérios do Hospital Universitário da cidade de Maracaibo precisavam nesta quarta-feira de mais produtos químicos e câmaras refrigeradoras para conservar os corpos dos passageiros do avião colombiano que caiu na terça-feira na Venezuela.

É necessário conservar os corpos porque o processo de identificação é lento e vai durar no mínimo 70 horas, disse à imprensa a médica Yanina Perozo, diretora regional de Saúde.

"É um processo lento, trabalhoso, que tem de ser feito com muito cuidado. Necessitamos de impressões digitais e dentais para poder identificar os corpos", disse Perozo, que coordena as operações.

Ela acrescentou que espera também a chegada de "reativos químicos provenientes de estados vizinhos".

Antropólogos e dentistas legistas também se deslocaram para Maracaibo para trabalhar em conjunto com funcionários da polícia científica (CICPC), que tenta identificar os corpos.

No total, estão trabalhando nos necrotérios cerca de 100 pessoas, entre médicos, empregados e operários.

Na noite de terça-feira, a AFP teve acesso ao necrotério da Medicatura, onde os corpos ou partes deles eram descarregados em bolsas plásticas negras e brancas por caminhões de carga, que viajaram cerca de 100km até Maracaibo desde o local do acidente, na Serra de Perija, na fronteira com a Colômbia.

"Quase nenhum corpo está completo", repetem insistentemente membros das equipes de resgate.

O mau cheiro dos corpos pode ser sentido a vários metros.

À noite, operários levavam a pé bolsas de gelo para ajudar a refrigerar os corpos no interior dos necrotérios.

ÍNDICE DE ÚLTIMAS NOTÍCIAS  IMPRIMIR  ENVIE POR E-MAIL

Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA