UOL Notícias Notícias
 

19/12/2008 - 17h03

México: Governo aumentará salário mínimo em 4,6% para 2009

ANSA
CIDADE DO MÉXICO, 19 DEZ (ANSA) - A Comissão Nacional de Salários Mínimos do México decidiu nesta sexta-feira promover um aumento médio de 4,6% no valor do salário mínimo pago no país para o próximo ano.

Com o reajuste, que será implementado no 1º de janeiro, o valor passará a ser de 54,80 pesos (cerca de US$ 4) por dia trabalhado para as três regiões geográficas em que se divide o país, de acordo com a entidade, formada por representantes do governo, sindicatos e empresas.

Em um mês de 22 dias úteis, o valor chegaria a 1.205,60 pesos, o equivalente a US$ 88. Atualmente, as quantias variam entre 49,50 pesos e 52,59 pesos por dia, dependendo da região.

Para Arturo Alcalde, advogado trabalhista e representante dos sindicatos, o aumento ainda é insuficiente para melhorar a qualidade de vida da população.

Ele lembrou que, no ano passado, o reajuste anunciado fora de 4%, sob a justificativa de que estaria equiparado à taxa de inflação para 2008. "Foi um erro", indicou, ressaltando que o México deve fechar o ano com uma inflação acima dos 6%.

Já Hugo Otalo, representante do setor empresarial, qualificou o aumento como "justo", e ressaltou que os executivos estão fazendo um "esforço importante" para não cortar postos de trabalho diante do impacto da crise financeira internacional.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h59

    0,23
    2,268
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h16

    0,19
    58.992,11
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host