UOL Notícias Internacional
 

01/06/2009 - 07h40

Avião da Air France desaparece dos radares perto do Brasil; Força Aérea Brasileira faz buscas em Fernando de Noronha

Do UOL Notícias*
Em São Paulo

Atualizada às 9h42

Um Airbus da Air France com 228 pessoas que fazia o trajeto entre o Rio de Janeiro e Paris desapareceu dos monitores dos radares nesta segunda-feira na costa do Brasil, informaram fontes aeroportuárias francesas.

De acordo com assessoria de imprensa da Air France, o avião, um Airbus A330, que decolou do Aeroporto Internacional Tom Jobim por volta das 19h (horário de Brasília) de domingo deveria pousar às 11h10 locais (6h10 de Brasília) no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris.

De acordo com o diretor da comunicação da Air France, Francois Brousse, é muito provável que o avião "tenha sido atingido por um raio". "O avião entrou em uma zona de tormenta com fortes turbulências que provocaram falhas", afirmou Brousse durante uma coletiva de imprensa.

Em um comunicado a Air France avisa que uma mensagem automática foi recebida às 23h14 (horário de Brasília) indicando problemas no circuito elétrico do Airbus. A aeronave decolou com 216 passageiros, incluíndo um bebê, sete crianças, 82 mulheres e 126 homens.

ESPECIFICAÇÕES DO AIR A330-200

Comprimento58,8 m
Altura 17,40 m
Diâmetro da fuselagem5,64 m
Largura máxima da cabine 5,28 m
Comprimento das asas (somadas)60,3 m
Distância máxima que percorre com o máximo de passageiros12.500 km
Peso máximo na decolagem230 t
Peso máximo no pouso180 t
Capacidade máxima de combustível139.100 l
Peso máximo sem combustível 170 t
Carga máxima 36,4 t

O avião começou a voar em 2005 e passou por manutenção em 16 de abril.

Segundo informações do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica, dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) estão realizando as buscas no Oceano Atlântico. O último contato feito pelo avião com o controle ocorreu às 22h33. Segundo a Aeronáutica, o contato seguinte deveria ter sido feito às 23h20, o que não ocorreu.

A FAB também informou que, por volta das 2h10, o avião deveria ter passado pela Ilha do Sal, no Atlântico, em Cabo Verde. E, como não houve o contato, às 2h30 começaram as buscas pelo Airbus. Um avião partiu de Dakar, no Senegal, para ajudar nas buscas pelo Airbus

O coronel da Aeronáutica, Henry Munhoz, afirmou que a comunicação na Ilha do Sal, em Cabo Verde, é muito boa e os radares de lá não detectaram a passagem do avião. "Todo o controle é feito por comunicação, porque não há radar pelo mar, é a conversa do piloto. Durante a madrugada, essa comunicação cessou, aumentando a apreensão do que poderia ter acontecido com a aeronave", explicou.

Henry Munhoz informou que quando o avião decola, se desenha uma rota, e é por meio dela que se realizam as buscas. Ele lembrou que a FAB é responsável pelo espaço aéreo do país e mais dois espaços equivalentes à área do Brasil no oceano Atlântico.

Avião desaparece do radar

  • Divulgação

    Modelo A-330 da Airbus, semelhante ao avião que desapareceu dos radares nesta segunda-feira durante um voo que fazia o trajeto Rio de Janeiro-Paris


"Portanto, boa parte do oceano Atlântico entre o Brasil e a África está sob nossa responsabilidade". O coronel não confirmou relatos de mau tempo na região onde o avião teria desaparecido e também ressaltou que auxílios internacionais também podem acontecer.

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, em comunicado divulgado há pouco, pediu que as autoridades concentrem todos os seus esforços para seguir alguma pista sobre o paradeiro do avião. Ao ser informado do ocorrido, Sarkozy manifestou "profunda preocupação", de acordo com o comunicado.

Segundo Jean-Louis Borloo, ministro francês, a esta altura, o combustível da aeronave já teria se esgotado. "Infelizmente temos que encarar agora o cenário mais dramático", disse.

A Air France confirmou não ter notícias do voo AF 447 entre Rio de Janeiro e Paris com 216 passageiros e 12 tripulantes a bordo, que desapareceu na manhã desta segunda-feira dos monitores de controle quando sobrevoava o Oceano Atlântico.

A empresa divulgou uma nota; leia a íntegra:

"A Air France lamenta informar que se encontra sem notícias do voo AF 447 que efetuava a ligação entre Rio de Janeiro e Paris, Charles de Gaulle, com chegada prevista às 11h15 (hora local). O voo decolou do Rio no dia 31 de maio às 19h locais.

216 passageiros estão a bordo.

A tripulação é composta de 12 pessoas: 3 tripulantes técnicos e 9 comissários.

A Air France divide a emoção e a inquietação das famílias envolvidas. Os familiares serão recebidos num local especialmente reservado no aeroporto de Paris Charles de Gaulle 2, assim como no do Galeão."


No Brasil, a Air France disponibilizou o número 0800 881 2020 para informações sobre os passageiros. Também foi disponibilizado um número de telefone de emergência para quem estiver na França: 0800 800 812 e em outros países (00 33) 1 57021055.

*Com informações da AFP, EFE, AP, Reuters e Jovem Pan AM

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h59

    0,52
    2,477
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h16

    -3,44
    52.432,43
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host