UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

22/12/2005 - 12h28
2005: Cronologia de acontecimentos internacionais

Lisboa, 22 Dez (Lusa) - Cronologia dos principais acontecimentos que marca ram o mundo em 2005.

Janeiro 06 Jan: Dirigentes asiáticos, representantes da ONU, dos Estados Unidos e União Europeia (UE) reúnem-se em Jacarta para coordenar a ajuda aos países ating idos pelo tsunami de 26 de Dezembro de 2004 (mais de 217.000 mortos e desapareci dos).

09 Jan: O poder e os rebeldes do Exército Popular de Libertação do Sudão ( SPLA) assinam um acordo de paz no sul do Sudão, pondo fim a 21 anos de guerra. 10 Jan: Cuba decide normalizar as relações com todos os países da União Eu ropeia. A 31 Jan, a UE, que tinha imposto sanções políticas em 2003, suspende-as por um período de seis meses que será renovado em Junho por mais um ano.

15 Jan: Mahmud Abbas, eleito a 09 Jan, toma posse como novo presidente da Autoridade Palestiniana, sucedendo a Yasser Arafat (morto em Novembro). Abbas re conduz Ahmad Qorei como primeiro-ministro e afirma querer alcançar uma paz negoc iada com Israel. 15 Jan: O soldado norte-americano Charles Graner, considerado culpado de m aus-tratos a detidos na prisão iraquiana de Abu Ghraib, é condenado a 10 anos de prisão. A 27 Set, a soldado Lynndie England, conhecida depois de ter sido divul gada uma fotografia em que surge a sorrir ao pé de um prisioneiro nu e com uma t rela, é condenada a três anos de cadeia. Nove militares foram julgados e condena dos após a revelação dos primeiros casos de sevícias em Abu Ghraib, em 2004.

20 Jan: O Presidente norte-americano, George W. Bush, reeleito em Novembro de 2004 por quatro anos, toma posse para o segundo mandato.

24 Jan: Na sequência da "Revolução Laranja", o novo Presidente ucraniano, Viktor Iuchtchenko, nomeia, um dia depois de tomar posse, Iulia Timochenko como primeira-ministra interina. A 08 Set, Iuchtchenko demite o governo Timochenko, d evido a acusações de corrupção e lutas entre elementos da equipa executiva.

30 Jan: Primeiras eleições multipartidárias em mais de 50 anos no Iraque, boicotadas pelos sunitas. A lista xiita obtém a maioria absoluta no Parlamento, contra os curdos. Os sunitas conseguem apenas alguns mandatos.

Fevereiro 08 Fev: Cimeira israelo-palestiniana em Charm el-Cheikh (Egipto), a primei ra a esse nível desde 2000. Mahmud Abbas e Ariel Sharon proclamam o fim de mais de quatro anos de violência e Israel compromete-se a transferir para os palestin ianos o controlo de cinco cidades da Cisjordânia.

10 Fev: A Coreia do Norte declara ter-se dotado da bomba atómica para se p roteger dos Estados Unidos, que acusa de quererem derrubar o seu regime. 14 Fev: O ex-primeiro-ministro libanês Rafic Hariri é assassinado em Beiru te, num atentado que faz 20 mortos e 220 feridos. A oposição acusa os poderes li banês e sírio e multiplicam-se as manifestações contra a tutela de Damasco. A 20 Out, um relatório da comissão de inquérito da ONU aponta responsabilidades aos serviços secretos sírios e libaneses, bem como elementos próximos do Presidente sírio, Bachar al-Assad. 28 Fev: No Iraque, 118 pessoas morrem em Hilla (centro), no atentado mais mortífero desde a queda de Saddam Hussein, reivindicado pelo grupo do líder da A l-Qaida no Iraque, Abu Mussab al-Zarqawi.

Março 04 Mar: A morte de um agente dos serviços secretos italianos, Nicola Calip ari, por disparos norte-americanos durante a libertação da jornalista italiana G iuliana Sgrena, após um mês de cativeiro, provoca grande polémica em Itália sobr e a presença dos cerca de 3.000 soldados italianos estacionados no Iraque. Roma inicia em Agosto uma retirada progressiva.

08 Mar: O líder independentista tchetcheno Aslan Maskhadov, considerado um moderado, é morto pelas forças especiais russas após cinco anos de perseguição.

28 Mar: Um sismo de magnitude 8,7 na escala de Richter abala a ilha indoné sia de Nias, ao largo de Samatra, matando mais de 900 pessoas.

31 Mar: O norte-americano Paul Wolfowitz, "número dois" do Pentágono e um dos principais artífices da guerra no Iraque, torna-se o 10/o presidente do Banc o Mundial, sucedendo a James Wolfensohn. A sua nomeação provoca uma onda de crít icas, particularmente na Europa.

31 Mar: O partido do Presidente do Zimbabué, Robert Mugabe, a União Nacion al Africana do Zimbabué-Frente Patriótica (Zanu-PF), vence as eleições legislati vas. A oposição denuncia fraudes maciças.

31 Mar: A cidadã norte-americana Terry Schiavo, em coma há mais de 15 anos , morre de desidratação 13 dias depois de ter sido privada de alimentação por vi a artificial. O caso Schiavo, inicialmente uma disputa familiar, assume contorno s de debate nacional sobre a eutanásia.

Abril 02 Abr: Morte do Papa João Paulo II, aos 84 anos, após 26 anos como chefe da Igreja Católica. É sepultado a 08 Abr numa cripta da basílica de São Pedro, n o final de grandiosas cerimónias fúnebres. A 19 Abr, o cardeal conservador Josep h Ratzinger torna-se o 265/o Papa e o primeiro Papa alemão em 482 anos, sob o no me de Bento XVI.

06 Abr: Eleição de Jalal Talabani para a presidência do Iraque. É a primei ra vez na história do país que um curdo acede a tal cargo. No dia seguinte, o xi ita Ibrahim al-Jaafari é nomeado primeiro-ministro.

06 Abr: O príncipe Rainier III do Mónaco morre aos 81 anos, após mais de 5 5 anos de reinado. A 12 Jul, o seu filho, o príncipe Alberto, sucede-lhe, como A lberto II.

07 Abr: Índia e Paquistão iniciam a primeira ligação de autocarro entre as partes indiana e paquistanesa de Caxemira em quase 60 anos, um gesto histórico que simboliza uma aproximação entre as duas potências nucleares rivais, que cons ideram "irreversível" o processo de paz.

13 Abr: A ONU adopta uma Convenção Internacional para a Repressão do Terro rismo Nuclear.

22 Abr: Início, em Madrid, do maior julgamento da Al-Qaida alguma vez real izado na Europa, com a presença de 24 homens acusados de terem constituído uma c élula terrorista activa em Espanha e, alguns deles, de terem colaborado na organ ização dos atentados de 11 de Setembro de 2001 nos Estados Unidos. 25 Abr: A Roménia e a Bulgária assinam, no Luxemburgo, o tratado de adesão à União Europeia, que os dois países deverão integrar a 01 de Janeiro de 2007.

26 Abr: A partida dos últimos soldados sírios representa o fim oficial da presença de Damasco no Líbano.

27-28 Abr: O Presidente russo, Vladimir Putin, é o primeiro dirigente do K remlin a deslocar-se a Israel desde a sua criação, em 1948. Maio 05 Mai: O Partido Trabalhista do primeiro-ministro britânico, Tony Blair, obtém a maioria absoluta nas eleições legislativas antecipadas. É o seu terceiro mandato consecutivo.

12-13 Mai: No Uzbequistão, um grupo armado toma de assalto uma prisão da c idade de Andijan, desencadeando combates com o exército. A repressão de milhares de manifestantes que apoiavam os insurgentes faz, segundo testemunhas e ONG, en tre 500 e 1.000 mortos. Tachkent admite apenas 187 vítimas, nega ter aberto fogo sobre os manifestantes e rejeita qualquer inquérito independente.

16 Mai: No Kuwait, as mulheres obtêm pela primeira vez o direito de voto e de elegibilidade, após uma alteração pelo Parlamento da lei eleitoral. Em Junho , o governo nomeia duas mulheres para o único conselho municipal do país. A xiit a Maasuma al-Mubarak torna-se a primeira mulher nomeada ministra (do Planeamento e secretária de Estado do Desenvolvimento Administrativo).

29 Mai: Os franceses rejeitam em referendo (54,67 por cento de "não") a Co nstituição Europeia, abrindo uma grave crise na Europa e infligindo uma derrota aos seus dirigentes, sobretudo ao Presidente, Jacques Chirac. A França é o prime iro país da UE a rejeitar o tratado constitucional, seguida, a 01 Jun, pela Hola nda, onde o "não" obtém 61,6 por cento.

31 Mai: O multimilionário russo e ex-proprietário do gigante petrolífero I ukos, Mikhail Khodorkovski, considerado culpado de fraude fiscal em grande escal a, é condenado a nove anos de prisão (pena reduzida para oito anos em Setembro).

A Iukos foi praticamente desmantelada em Dezembro de 2004.

Junho 06 Jun: No Brasil, o deputado Roberto Jefferson, aliado do governo, acusa o Partido dos Trabalhadores (PT), no poder, de ter montado um amplo sistema de c ompra de votos de deputados por intermédio de financiamentos ilícitos, desencade ando uma crise política. O escândalo, conhecido como "mensalão", fez com que Jos é Dirceu, o principal ministro do Presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Sil va, envolvido neste caso, se demitisse a 16 Jun. 10 Jun: A União Europeia e a China concluem um acordo que permitirá limita r as importações de têxteis chineses na Europa até ao final de 2007.

11 Jun: A jornalista francesa Florence Aubenas e o seu guia iraquiano, Hus sein Hanun, são libertados após 157 dias de cativeiro no Iraque.

17 Jun: A União Europeia mergulha numa das mais graves crises da sua histó ria, depois de não ter conseguido, no Conselho Europeu do final da presidência l uxemburguesa, chegar a acordo sobre as Perspectivas Financeiras 2007-2013.

21 Jun: A visita do primeiro-ministro vietnamita, Phan Van Khai, à Casa Br anca representa a normalização das relações entre Washington e Hanoi, 30 anos ap ós o fim da guerra do Vietname.

24 Jun: O ultraconservador Mahmud Ahmadinejad vence as eleições presidenci ais do Irão, por uma larga margem em relação ao seu adversário, o moderado Hache mi Rafsandjani.

28 Jun: Dezasseis militares norte-americanos morrem na queda do helicópter o em que seguiam atingido por fogo inimigo no leste do Afeganistão. O ano de 200 5 foi o pior ano para o exército norte-americano em termos de mortes desde a sua chegada ao Afeganistão, no final de 2001.

Julho 06 Jul: Uma jornalista do New York Times, Judith Miller, é detida durante 85 dias por recusar-se a revelar as suas fontes no inquérito sobre a fuga de inf ormação para os "media" do nome de uma agente da CIA (serviços secretos externos norte-americanos), Valerie Plame. O marido de Plame, o ex-embaixador Joseph Wil son, tinha questionado publicamente os "falsos pretextos" invocados pela adminis tração Bush para invadir o Iraque em 2003. A jornalista acabará por testemunhar depois de a sua fonte, Lewis Libby, chefe de gabinete do vice-presidente, Dick C heney, autorizar. Libby será acusado, a 28 Out, de perjúrio, falsos testemunhos e entrave à justiça. O conselheiro presidencial Karl Rove foi também citado nest e caso.

07 Jul: Em Londres, três atentados suicidas no metro e um quarto num autoc arro fazem 52 mortos e mais de 700 feridos. Os autores dos atentados, reivindica dos pela Al-Qaida, são jovens islamitas britânicos. A 21 Jul é tentada uma nova série de explosões, mas os detonadores não funcionam e a 22 de Julho, a Scotland Yard mata por engano um cidadão brasileiro de 27 anos, Jean Charles de Menezes, com oito tiros na cabeça numa estação do Metro. 17 Jul: O governo indonésio e os rebeldes de Aceh chegam a um acordo para restaurar a paz na província indonésia, após três décadas de um conflito que fez perto de 15.000 mortos. 23 Jul: Uma série de atentados na estância balnear egípcia de Charm el-Che ikh faz 68 mortos, entre os quais 20 estrangeiros. Três grupos reivindicam os at aques, dois deles dizendo-se ligados à Al-Qaida.

24 Jul: O candidato independente e ex-presidente João Bernardo "Nino" Viei ra é eleito Presidente da Guiné-Bissau, contra o candidato do partido no poder, que contesta os resultados do escrutínio.

28 Jul: A nave espacial norte-americana Discovery atraca na Estação Espaci al Internacional (ISS). Trata-se da primeira missão desde o acidente da nave Col umbia em 2003.

28 Jul: O Exército Republicano Irlandês (IRA) renuncia oficialmente a 35 a nos de luta armada e compromete-se a continuar por meios democráticos o seu obje ctivo de reunificação da Irlanda.

Agosto 01 Ago: O rei saudita Fahd ben Abdel Aziz morre aos 84 anos, após uma doen ça prolongada e 23 anos de reinado. Sucede-lhe o meio-irmão, o príncipe herdeiro Abdallah ben Abdel Aziz, de 82 anos.

08 Ago: O Irão desafia a comunidade internacional ao anunciar a retomada das actividades nucleares em Ispahan (centro), suspensas desde Novembro de 2004, na sequência de um acordo com a União Europeia. A 24 Set, a Agência Internacion al da Energia Atómica (AIEA) adopta uma resolução europeia que permite o posteri or envio do "dossier" iraniano para o Conselho de Segurança da ONU.

11 Ago: O Paquistão procede ao seu primeiro ensaio de disparo de um míssil de cruzeiro com capacidade nuclear, juntando-se ao clube das nações com capacid ade para produzir esse tipo de mísseis com controlo remoto com precisão cirúrgic a.

14 Ago: Um Boeing 737 cipriota despenha-se com 121 pessoas a bordo, perto de Atenas. Dois dias depois, um avião colombiano transportando 152 passageiros, todos franceses da Martinica, e oito tripulantes, despenha-se no noroeste da Ven ezuela.

15-23 Ago: Nos termos do plano Sharon, os colonos israelitas abandonam os 21 colonatos judeus da Faixa de Gaza e quatro colonatos isolados no norte da Cis jordânia. A 12 Set, as tropas israelitas retiram igualmente daquele território p alestiniano, após 38 anos de ocupação.

26 Ago: Início de uma vaga de emigrantes da África negra que tentam entrar nos enclaves espanhóis de Ceuta e Melilla, no norte de Marrocos. Catorze africa nos são mortos, alguns a tiro. Mais de 5.000 emigrantes subsaarianos serão repat riados por avião.

29 Ago: O furacão Katrina atinge o sul dos Estados Unidos, fazendo mais de 1.200 mortos e provocando fortes danos materiais ao longo da costa e rupturas d e diques em Nova Orleães (Luisiana), inundada a 80 por cento durante vários dias . Dezenas de milhares de pessoas fogem das zonas sinistradas. A 05 Out, a tempes tade tropical Stan faz mais de 2.000 mortos no México, El Salvador e Guatemala. Em 2005, a temporada ciclónica foi a mais intensa alguma vez registada no Atlânt ico.

31 Ago: Um gigantesco movimento de pânico numa ponte de Bagdad faz perto d e 1.000 mortos entre peregrinos xiitas.

Setembro 07 Set: No poder no Egipto há 24 anos, o Presidente Hosni Mubarak vence (c om 88,6 por cento) as primeiras eleições presidenciais pluralistas por sufrágio universal. 14-16 Set: A maior cimeira da história da ONU assinala o seu 60/o aniversá rio e termina com um compromisso sobre uma reforma da organização.

14 Set: No Iraque, pelo menos 128 pessoas morrem numa série de atentados e m Bagdad, reivindicados pela Al-Qaida, em resposta a uma operação norte-american a e iraquiana contra os rebeldes em Tall Afar (fronteira síria). 18 Set: Primeiras eleições parlamentares no Afeganistão desde 1969, última etapa da transição democrática iniciada no final de 2001. A principal inovação é a atribuição de 25 por cento dos lugares às mulheres.

20 Set: Morre, aos 96 anos, Simon Wiesenthal, o judeu austríaco "caçador d e nazis" que ajudou a levar a tribunal mais de 1.100 criminosos de guerra nazis.

29 Set: A ONU escolhe para coordenador da luta contra a gripe das aves, Da vid Nabarro, um britânico considerado um dos principais especialistas em matéria de saúde pública da Organização Mundial de Saúde (OMS). Outubro 03 Out: A procuradora do Tribunal Penal Internacional (TPI) para a ex-Jugo slávia, Carla del Ponte, permite à União Europeia lançar as negociações de adesã o com a Croácia, ao afirmar que Zagreb "está a cooperar totalmente" com o TPI.

07 Out: O prémio Nobel da Paz é atribuído à Agência Internacional da Energ ia Atómica (AIEA) e ao seu director, Mohamed ElBaradei, pelo seu trabalho contra a proliferação nuclear, quando a questão das armas de destruição maciça se mant ém actual na Coreia do Norte e no Irão.

08 Out: Um sismo de magnitude 7,6 na escala de Richter abalou Caxemira e o norte do Paquistão, fazendo 74.300 mortos, 82.000 feridos e mais de três milhõe s de desalojados.

10 Out: Início oficial em Belgrado das negociações com vista a integrar a Sérvia e Montenegro na União Europeia, um objectivo longínquo que permanece depe ndente da captura dos fugitivos dirigentes Radovan Karadzic e Ratko Mladic.

15 Out: O projecto de Constituição iraquiana, rejeitado pelos sunitas, que temem uma divisão do Iraque a prazo, é adoptado por referendo (78 por cento de "sim").

19 Out: Inicia-se em Bagdad o julgamento de Saddam Hussein, pelo massacre de Dujail (143 xiitas mortos em 1982). O presidente iraquiano deposto e sete col aboradores também acusados declaram-se inocentes.

25 Out: Com a morte de dois soldados, o balanço das baixas norte-americana s no Iraque atinge os 2.000 mortos.

27 Out: Em França, a morte acidental de dois jovens que estariam a ser per seguidos pela polícia, em Clichy-sous-Bois (subúrbios de Paris), desencadeia uma onda de violência urbana nocturna que vai estender-se a todo o país. De 27 Out a 17 Nov, mais de 9.000 veículos foram incendiados, 3.000 presumíveis delinquent es foram detidos e 126 polícias ficaram feridos. A 08 Nov, o governo instaurou o estado de emergência, prolongado por três meses, a 16 do mesmo mês.

Novembro 09 Nov: Na Jordânia, 60 pessoas, 16 das quais estrangeiras, morrem num tri plo atentado suicida contra hotéis de luxo em Amã. Os atentados, os mais graves que alguma vez atingiram a Jordânia, são reivindicados pelo extremista Abu Mussa b al-Zarqawi, líder da Al-Qaida no Iraque.

21 Nov: A série de sequestros no Iraque é retomada, com o rapto de uma cid adã alemã e do seu motorista iraquiano no norte do país. No dia seguinte, duas c anadianas, um britânico e um norte-americanos são sequestrados em Bagdad. A 05 D ez, um francês é também raptado. Neste momento, há cerca de 40 estrangeiros em c ativeiro ou dados como desaparecidos no Iraque.

22 Nov: A conservadora alemã Angela Merkel é eleita chanceler pela Câmara dos Deputados, tornando-se, aos 51 anos, a primeira mulher a dirigir a Alemanha e a mais jovem chefe de governo na história do pós-guerra do maior país da União Europeia.

23 Nov: Nova ordem de prisão para o ex-ditador chileno Augusto Pinochet (1 973-1990), colocado em prisão domiciliária. É acusado de fraude fiscal e de viol ações dos direitos humanos, no âmbito do inquérito sobre o assassínio de oposito res em 1975, durante a "Operação Condor", um plano de concertação das ditaduras sul-americanas na década de 70 para exterminar os opositores.

30 Nov: Shimon Peres, figura histórica do Partido Trabalhista israelita, d errotado nas primárias pelo chefe da central sindical Histadrut, Amir Peretz, an uncia que abandona a sua formação e que adere ao Kadima, o novo partido de Ariel Sharon.

Dezembro 02 Dez: Os Estados Unidos ultrapassam o limiar dos 1.000 executados, desde a reinstauração da pena de morte, em 1976, com a execução de Kenneth Boyd, por duplo assassínio, na prisão central de Raleigh (Carolina do Norte).

05-09 Dez: Périplo europeu da secretária de Estado norte-americana, Condol eezza Rice, quando na Europa estala a polémica em torno de informações sobre a a legada utilização de aeroportos europeus pela CIA para o transporte de prisionei ros islâmicos para prisões secretas na Europa de leste. Rice tranquiliza os parc eiros europeus quanto à utilização dos seus aeroportos, mas não responde às perg untas sobre as prisões secretas, dizendo apenas que os Estados Unidos não utiliz am a tortura.

08 Dez: O general croata Ante Gotovina, acusado pelo Tribunal Penal Intern acional (TPI) para a ex-Jugoslávia de crimes de guerra e crimes contra a humanid ade, é capturado em Espanha e transferido para a sede do tribunal, em Haia. A 12 Dez, declara-se inocente na primeira audiência.

17 Dez: Vinte e Cinco Estados membros da União Europeia conseguem, no Cons elho Europeu de Bruxelas, chegar a acordo sobre as Perspectivas Financeiras para o período 2007-2013, no final da presidência britânica semestral.

ANC.

ÍNDICE DE ÚLTIMAS NOTÍCIAS   IMPRIMIR   ENVIE POR E-MAIL

Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA