UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

13/06/2007 - 17h08
Ídolo português, goleiro Vítor Baía anuncia fim de carreira

Porto, 13 Jun (Lusa) - O goleiro português Vítor Baía, reserva do brasileiro Hélton no Porto, anunciou nesta quarta-feira o fim de sua carreira no futebol e agora assumirá o cargo de diretor das relações externas portista, segundo o presidente do clube, Pinto da Costa.

No auditório do Estádio do Dragão, Vítor Baía foi direito ao assunto: "Este é o meu último ano como jogador profissional, ou seja, vou pousar as luvas", explicou o jogador com mais títulos conquistados no futebol mundial.

Vitor Baía (ex-Barcelona e ex-seleção lusa) é um ídolo em Portugal e foi para o banco do Porto com a entrada de Hélton, na temporada 2005/06.

O agora diretor da administração portista manifestou "muito orgulho" pelos "quase 20 anos de carreira", lembrou sua passagem pelo Barcelona (1996-1999) e concluiu dizendo que "não é um momento fácil".

"Mas agrada-me muito o fato de me manter ligado ao Porto", acrescentou.

Depois desta breve declaração, que não teve direito a perguntas, coube a Pinto da Costa informar o cargo que o clube reservou para o goleiro e frisar que esta quarta-feira não é uma despedida, porque essa será em um jogo de homenagem durante a pré-temporada, no Estádio do Dragão, diante dos torcedores portistas.

Baía terá a seu cargo as relações com a Fida e a Uefa, enquanto em Portugal será "responsável executivo" pelos planos que o clube tem para "o relançamento da marca Porto".

Simultaneamente, Baía continuará no Conselho Superior do Porto, órgão para o qual foi eleito recentemente.

Vítor Manuel Martins Baía nasceu há 37 anos na Afurada, um bairro piscatório de Vila Nova de Gaia, na região do Porto. Disputou 700 jogos e conquistou 30 títulos repartidos entre o Porto e o Barcelona, entre os quais uma Liga dos Campeões da Europa, uma Copa da Uefa, uma Copa Intercontinental, dez campeonatos portugueses e um espanhol.

Estreou com 19 anos na equipe principal do Porto, contra o Guimarães, em setembro de 1989. Dois anos mais tarde, fez o seu batismo no gol da seleção portuguesa.

Baía criou uma fundação a que deu o seu nome - Fundação Vítor Baía 99 [o número da sua camisa nos últimos anos] - com o objetivo de ajudar crianças e adolescentes carentes.

UOL Celular

Acompanhe as notícias do UOL no seu celular: wap.uol.com.br


Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA