UOL NewsUOL News
UOL BUSCA
FALE COM UOL NEWS
- Vai ao ar às quintas
- Saiba quem é Sophia

03/04/2006 - 15h20
Tire dúvidas sobre a declaração de Imposto de Renda

Veja o programa em vídeo

Da Redação

Para responder estas perguntas a jornalista Sophia Camargo conversou com os advogados especializados em Direito Tributário Isabela Bonfá de Jesus e Fábio Augusto Nascimento, da Braga & Marafon Consultores e Advogados; Elizabeth Lewandowski Libertuci, da Libertuci Advogados Associados e Jorge Henrique Zaninetti, da Tozzini, Freire, Teixeira e Silva Advogados.

1) Maria Joaquina

Quem deve declarar o IR?

Resposta: A declaração deve ser feita por todas as pessoas físicas que:

a) receberam, em 2005, rendimentos tributáveis (salários, aluguel, proventos de aposentadoria ou pensão, atividade rural, etc.) superiores a R$ 13.968,00;

b) tiveram rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte cuja soma foi superior a R$ 40 mil (FGTS, aviso prévio indenizado, rendimento de poupança, doação, herança, lucro na venda de bens e direitos, indenização por acidente de trabalho);

c) tiveram, em 31/12/2005, a propriedade ou posse de bens ou direitos, inclusive terra nua, com valor superior aR$ 80 mil;

d) participaram de quadro societário de empresa, inclusive inativa, como titular, sócio ou cooperado;

e) passaram à condição de residente do Brasil;

f) realizaram alienação de bens e direitos em que foram apurados ganhos de capital sujeitos à incidência de imposto;

g) aplicaram na bolsa de valores, futuros, mercadorias e assemelhadas;

obteve receita bruta de atividade rural de valor superior a R$ 69.840,00.



2) Paulo

Minha mãe tem 79 anos, mora em imóvel próprio com valor aproximado de R$ 80 mil e recebe aposentadoria de R$ 800,00. Posso declara-la como dependente?

Resposta: Sim, pois os rendimentos dela estão abaixo de R$ 13.968,00. Não se esqueça de declarar todos os bens, direitos e rendimentos de sua mãe.



3) Rita

Sou empregada de uma empresa e tenho o meu pai, que não é meu dependente legal, como meu agregado no plano de saúde. Posso deduzir esta despesa?

Resposta: Não.



4) Kleber

Enquanto estavam casados, meus pais tinham um imóvel. Com a separação, meu pai comprou a parte da minha mãe. Como minha mãe deve declarar esta venda?

Resposta: Ela deverá baixar este bem da declaração, zerando a coluna 31.12.2005 do bem correspondente e informando a quem foi feita a venda. Se o dinheiro foi colocado em uma conta corrente, aplicação ou mesmo utilizado para a compra de algum bem, não se esqueça de informar também na declaração, para que esta origem não se perca.



5) José

Em 2005 ganhei um prêmio da loteria. Onde informo este rendimento?

Resposta: Em Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva.



6) Eduardo

Minha esposa é minha dependente. Tenho que incluir sua renda na minha declaração, mesmo que ela esteja abaixo do mínimo tributável ou ela deve declarar como isenta?

Resposta: Se você for declara-la como sua dependente, deverá também declarar qualquer renda obtida por sua esposa. Se esta inclusão for aumentar o valor do imposto a pagar ou diminuir o valor do imposto a restituir, sua esposa poderá declarar como isenta a partir de agosto sem incorrer em nenhuma ilegalidade.



7) Hamilton

Recebi auxílio doença em 2005. Como declaro este rendimento?

Resposta: Em Rendimentos Isentos e não Tributáveis.



8) Hamilton

Como devo declarar valores recebidos em acordo judicial trabalhista?

Resposta: Depende da natureza dos rendimentos. Salários, férias e aviso prévio trabalhado são rendimentos tributáveis. Fundo de garantia, aviso prévio indenizado e outros rendimentos obtidos a título de indenização são rendimentos isentos. Décimo terceiro é rendimento sujeito à Tributação Definitiva/Exclusiva.

9) Ana Paula

Como devo proceder no caso de reembolso de despesas de médico que não estão conveniados? Paguei consultas e pedi reembolso.

Resposta: Deverá deduzir apenas o valor que efetivamente pagou, sem reembolso. Tudo o que foi reembolsado pela empresa não poderá ser deduzido.

10) Romildo

Valor de aluguel pago exclusivamente para moradia de filho universitário, que mora e estuda em outra cidade, pode ser considerado despesa com educação?

Resposta: Não.

11) Agenor

Em 2004 e 2005 paguei ao banco valores referentes ao financiamento da casa própria, porém, na declaração anterior, não lancei os valores pagos. Como posso fazer agora?

Resposta: O correto é retificar a declaração do ano passado, informando os valores efetivamente desembolsados.

12) Márcio

Recebi, em um processo trabalhista, cerca de R$ 44 mil, sendo que cerca de R$ 10 mil foram retidos a título de imposto de renda. Vou restituir este valor?

Resposta: A declaração de ajuste anual faz um balanço das despesas e das receitas do contribuinte e verifica se o imposto recolhido foi devido, se ainda falta alguma coisa a pagar ou mesmo se houve excesso de retenção do imposto, caso em que é concedida a restituição. Apenas fazendo a declaração o senhor poderá saber se tem imposto a restituir ou se ainda falta pagar imposto. Há impostos retidos na fonte que não são passíveis de restituição, caso do imposto recolhido a título de Tributação Exclusiva/Definitiva. Alguns exemplos: o imposto recolhido no 13º salário, o imposto recolhido dos ganhadores de loteria, alguns impostos sobre aplicação financeira.







13) Euclides

Meu filho estuda em universidade pública estadual e não paga mensalidade. Ainda assim posso deduzir as despesas de alimentação, aluguel e transporte que tenho com ele como gastos com instrução?

Resposta: Nenhuma destas despesas e nem mesmo material escolar podem ser deduzidos a título de gastos com instrução.



14) Marcos

Minha avó tem mais de 65 anos e sei que ela tem direito a um desconto especial na aposentadoria. Mas onde declaro este desconto?

Resposta: Os rendimentos de aposentadoria e/ou pensão recebidos por sua avó até o limite de R$ 13.968,00 devem ser declarados na ficha de Rendimentos Isentos e Não Tributáveis. Os rendimentos que ultrapassarem este valor deverão ser declarados em rendimentos tributáveis recebidos de pessoa jurídica (lembro que se ela tiver rendimentos superiores a este limite ela não poderá constar como sua dependente).



15) Junior

Tenho uma irmã com mais de 65 anos, ela depende inteiramente de mim para sobreviver. Posso declara-la?

Resposta: Se não for o responsável legal por ela, não.



16) Ana Maria

Posso fazer a declaração no modelo simplificado se meus rendimentos foram de R$ 20.900,00?

Resposta: Sim: tanto poderá optar pelo modelo simplificado ou completo; a senhora terá de avaliar a sua conveniência (o próprio programa permite verificar em qual dos modelos a restituição fica maior (ou imposto a pagar, menor). Apenas estará impedida de fazer a declaração simplificada online, direto na página da Receita.



17) Ana Maria

Tenho rendimentos de R$ 20.900,00. Serei obrigada a fazer a declaração completa por conta disso? Se for obrigada, posso incluir como dependente minha filha de 21 anos, que faz curso técnico?

Resposta: A senhora poderá optar tanto pela declaração completa quanto pela simplificada. Se escolher a declaração simplificada, estará automaticamente concordando em aceitar o desconto padrão de 20% dos seus rendimentos tributáveis (limitados a R$ 10.340,00). Se fizer a declaração completa, poderá incluir sua filha como sua dependente, deduzindo o valor de R$ 1.404,00 no ano, mais o limite de R$ 2.198,00 de gastos com instrução, além das despesas médicas (sem limite). Terá também de acrescentar os rendimentos dela e todos os bens que estiverem em nome de sua filha. Para saber qual declaração lhe será mais vantajosa, clique em Ferramentas (converter declaração para completa/simplificada) e faça as duas simulações. Vá em Resumo da Declaração e veja quanto terá de imposto a pagar ou a restituir em cada situação e decida qual irá oferecer à Receita.









18) José

Paguei durante o ano passado R$ 1800,00 referente ao plano de saúde do meu filho de 26 anos. Posso abater este valor do meu imposto?

Resposta: Não.



19) Jorge

Tenho 36 anos e um carrinho de churrasco. Ao longo de 10 anos juntei R$ 50 mil e agora estou comprando uma casa neste valor. Tenho que declarar o IR?

Resposta: Se o senhor não estiver obrigado por nenhuma outra causa, não será necessário declarar, pois o bem não ultrapassa o valor de R$ 80 mil (verificar se seus demais bens somados à casa não ultrapassam o limite). Confira: A declaração é obrigatória para as pessoas físicas que:

a) receberam, em 2005, rendimentos tributáveis (salários, aluguel, proventos de aposentadoria ou pensão, atividade rural, etc.) superiores a R$ 13.968,00;

b) tiveram rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte cuja soma foi superior a R$ 40 mil (FGTS, aviso prévio indenizado, rendimento de poupança, doação, herança, lucro na venda de bens e direitos, indenização por acidente de trabalho);

c) tiveram, em 31/12/2005, a propriedade ou posse de bens ou direitos, inclusive terra nua, com valor superior aR$ 80 mil;

d) participaram de quadro societário de empresa, inclusive inativa, como titular, sócio ou cooperado;

e) passaram à condição de residente do Brasil;

f) realizaram alienação de bens e direitos em que foram apurados ganhos de capital sujeitos à incidência de imposto;

g) aplicaram na bolsa de valores, futuros, mercadorias e assemelhadas;

obteve receita bruta de atividade rural de valor superior a R$ 69.840,00.



20) Daniela

Em 2005 fui demitida e depois entrei em outra onde fiquei até fevereiro deste ano. Como devo declarar o que recebi na rescisão?

Resposta: Depende da natureza dos rendimentos. Salários, férias e aviso prévio trabalhado são rendimentos tributáveis. Fundo de garantia, aviso prévio indenizado e outros rendimentos obtidos a título de indenização são rendimentos isentos. Décimo terceiro é rendimento sujeito à Tributação Definitiva/Exclusiva.



21) Ricardo

Quem ganha R$ 1.257,12 por mês está isento de declarar o imposto de renda agora?

Resposta: Não. O limite de isenção para o ano-base 2005 é de R$ 1.164,00 mensais, ou R$ 13.968,00 anuais.



22) Mônica

No ano passado recebi auxílio doença, mas continuo empregada. Posso ser dependente do meu marido?

Resposta: Sim.



23) Martha

Como manicure, consegui juntar R$ 12 mil e estou tendo dificuldades para enviar a declaração de IR porque me exigem o nome da fonte pagadora. E agora, o que devo fazer?

Resposta: Este valor está abaixo do limite de isenção do imposto. Se a senhora não está enquadrada em nenhuma outra obrigatoriedade, deve declarar-se isenta a partir de agosto.

Confira: A declaração é obrigatória para as pessoas físicas que:

a) receberam, em 2005, rendimentos tributáveis (salários, aluguel, proventos de aposentadoria ou pensão, atividade rural, etc.) superiores a R$ 13.968,00;

b) tiveram rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte cuja soma foi superior a R$ 40 mil (FGTS, aviso prévio indenizado, rendimento de poupança, doação, herança, lucro na venda de bens e direitos, indenização por acidente de trabalho);

c) tiveram, em 31/12/2005, a propriedade ou posse de bens ou direitos, inclusive terra nua, com valor superior aR$ 80 mil;

d) participaram de quadro societário de empresa, inclusive inativa, como titular, sócio ou cooperado;

e) passaram à condição de residente do Brasil;

f) realizaram alienação de bens e direitos em que foram apurados ganhos de capital sujeitos à incidência de imposto;

g) aplicaram na bolsa de valores, futuros, mercadorias e assemelhadas;

obteve receita bruta de atividade rural de valor superior a R$ 69.840,00.



24) Hedery

Não entendi muito bem o que você explicou sobre pensão alimentícia. Os valores que são pagos a mais do que determina a pensão judicial devem ser declarados como doação? Isso significa que podem ser deduzidos ou não?

Resposta: Somente a pensão alimentícia judicial pode ser integralmente deduzida. Os valores pagos a mais não podem ser deduzidos, mas devem ser declarados como doação. A doação não é tributada na esfera federal, mas também não é dedutível.



25) Inês

Posso deduzir o pagamento de condomínio de apartamento que não estava alugado?

Resposta: Não.



26) Inês

As benfeitorias efetuadas no imóvel durante o ano podem ser deduzidas como condomínio?

Resposta: Não. Benfeitorias que alterem a estrutura do imóvel podem ser somadas para valorizar o imóvel, mas não são dedutíveis.



27) Teresa

Tenho gastos com despesas de viagens. Posso deduzir estes valores?

Resposta: Não.



28) Nilson

Sempre declarei meu pai como meu dependente. Ele é aposentado, tem mais de 65 anos. Nos anos anteriores sempre foi isento, mas em 2005 recebeu R$ 14.843,00 de rendimentos isentos, R$ 228,34 de rendimentos tributáveis. Ele pode continuar a ser meu dependente? Se não, posso fazer a declaração dele em conjunto com a minha?

Resposta: Não. Só podem ser considerados dependentes os pais, avós e bisavós que, em 2005, tenham recebido rendimentos, tributáveis ou não, até R$ 13.968,00. Também não será possível fazer a declaração em conjunto, pois esta só é permitida aos cônjuges.



29) Maria do Carmo

O que posso deduzir do dependente?

Resposta: No formulário completo, é possível deduzir R$ 1..404,00 por ano com dependentes; R$ 2.198,00 por ano com despesas com educação; R$ 12.696,00 por ano com previdência pública ou privada para quem tem 65 anos ou mais; todas as despesas médicas, sem limite de gastos; todas as despesas com pensão alimentícia judicial, integralmente; contribuição previdenciária oficial; contribuição à previdência privada até o limite de 12% do total de rendimentos tributáveis; livro-caixa. Para quem optar pelo formulário simplificado, o desconto será de até 20% sobre os rendimentos tributáveis, sem necessidade de comprovação, limitado ao valor de $ 10.340,00



30) Ramon

Pago convênio médico para um afilhado adulto carente. Posso abater estes gastos?

Resposta: Não, a menos que seja seu tutor legal.



31) Frank

Meus pais estão incluídos no meu plano de saúde empresa, mas eles não são meus dependentes. Posso deduzir este gasto?

Resposta: Não. Só é possível deduzir estes gastos com dependentes.



32) Antonio

Posso considerar minha sogra como minha dependente? Arco com todas as despesas dela, mas a minha mulher faz declaração em separado, por não possuir muita renda.

Resposta: De acordo com a Lei nº 9.250, de 1995, art. 35, os pais podem ser considerados dependentes na declaração dos filhos, desde que não aufiram rendimentos, tributáveis ou não, superiores ao limite de isenção anual (R$ 13.698,00).

O sogro ou a sogra podem ser dependentes, desde que seu filho ou filha esteja declarando em conjunto com o genro ou a nora, e desde que o sogro ou a sogra não aufiram rendimentos, tributáveis ou não, superiores ao limite de isenção anual (R$ 13.698,00), nem estejam declarando em separado.



33) Celso

Minha renda somou R$ 15.720, mas se eu deduzir a pensão alimentícia que paguei, a renda cai para abaixo do limite de isenção. Ainda assim devo declarar?

Resposta: Sim, pois os rendimentos tributáveis ultrapassaram R$ 13.968,00.

34) Joel

Minha esposa está desempregada, mas continua recolhendo à Previdência Social. Como devemos lançar este valor?

Resposta: Este valor só poderá ser lançado se ela teve algum rendimento. Caso afirmativo, o valor poderá ser lançado na ficha Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Física/Exterior, no campo Previdência Oficial.

35) Claudia

Recebi um extrato do banco referente à previdência privada, no campo rendimentos tributáveis veio destacado um valor de R$ 12 mil e no campo imposto retido na fonte veio o valor de R$ R$ 1.900,00. Como devo lançar estes valores?

Resposta: Em Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica.



36) Denise

Posso deduzir o valor de aluguel que pago para o meu filho cursar uma faculdade fora da minha cidade?

Resposta: Não.

37) Vilma

Gostaria de saber qual é o limite máximo de doação em espécie que é isenta no IR?

Resposta: As doações são isentas do pagamento de IR, independentemente do seu valor.









38) Luiz Carlos

Nos últimos dois anos tenho declarado a pensão alimentícia para meus dois filhos: a mãe tem a guarda judicial. Ao mesmo tempo fiz a declaração de cada um deles recebendo a pensão. Isto está correto?

Resposta: Quem paga a pensão alimentícia deve declarar em pagamentos e doações efetuados, citando nome e cic da pessoa que recebe. Quem recebe, por sua vez, deve recolher mensalmente o carnê-leão sobre o valor que ultrapassar o limite de isenção e deve agora declarar, na ficha Rendimentos Recebidos de Pessoa Física/Exterior, o valor recebido durante o ano. Portanto, a forma como você tem procedido está correta.

39) Cleberson

Minha mãe e meu pai estão desempregados e eu os coloco como dependentes. Eu pago convênio de minha mãe. Posso declarar estes gastos?

Resposta: Sim, lembrando que seu pai e sua mãe só podem ser seus dependentes se tiveram, cada um, em 2005, rendimentos tributáveis ou não, inferiores a R$ 13.968,00.



40) Iraneide

Meu pai tem 83 anos e tem uma pequena poupança de R$ 5 mil, que ele fez quando recebeu uma apólice de seguro. Ele precisa declarar a poupança? Ele teve imposto retido na fonte.

Resposta: Se seu pai não estiver enquadrado em nenhuma das obrigatoriedades, ele está isento da declaração, pois a poupança é rendimento isento e só obrigaria a declarar se fosse superior a R$ 40 mil. Como ele teve imposto retido na fonte, ele pode declarar para restituir o que pagou. Devo lembrar que Imposto retido exclusivamente na fonte não é restituível e CPMF também não.

41) Alexandre

Comprei um apartamento por R$ 209 mil, entregue sem piso ou mobília. Pretendo vende-lo mobiliado. Como abater do lucro imobiliário a parte correspondente a estas despesas?

Resposta: São consideradas benfeitorias apenas as reformas que modifiquem a estrutura do apartamento. Mobília não é considerada benfeitoria. As benfeitorias podem ser adicionadas ao valor do apartamento e devem ser demonstradas por meio de notas fiscais, caso o fisco exigir comprovação.

42) Luiz Henrique

Sou aposentado pelo INSS por invalidez, preciso declarar imposto de renda? Onde buscar o comprovante de rendimentos?

Resposta: Verifique se o senhor se encaixa em alguma das obrigatoriedades a seguir. O INSS deveria ter enviado o comprovante ao senhor até o dia 28/02/2006. Se não o fez, o senhor pode procurar um posto para obter a cópia.

A declaração deve ser feita por todas as pessoas físicas que:

a) receberam, em 2005, rendimentos tributáveis (salários, aluguel, proventos de aposentadoria ou pensão, atividade rural, etc.) superiores a R$ 13.968,00;

b) tiveram rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte cuja soma foi superior a R$ 40 mil (FGTS, aviso prévio indenizado, rendimento de poupança, doação, herança, lucro na venda de bens e direitos, indenização por acidente de trabalho);

c) tiveram, em 31/12/2005, a propriedade ou posse de bens ou direitos, inclusive terra nua, com valor superior aR$ 80 mil;

d) participaram de quadro societário de empresa, inclusive inativa, como titular, sócio ou cooperado;

e) passaram à condição de residente do Brasil;

f) realizaram alienação de bens e direitos em que foram apurados ganhos de capital sujeitos à incidência de imposto;

g) aplicaram na bolsa de valores, futuros, mercadorias e assemelhadas;

obteve receita bruta de atividade rural de valor superior a R$ 69.840,00.



43) Ermival

Como declaro dependentes, achei melhor fazer a declaração completa. E o que pago à minha empregada doméstica, onde declaro?

Resposta: Pagamentos a empregado doméstico não são dedutíveis.

44) Priscila

Na última declaração figurei como dependente da minha mãe, que declarava minhas despesas de educação. A partir de setembro do ano passado comecei a trabalhar e vou fazer minha própria declaração. Assim, fui dependente da minha mãe apenas metade do ano. Como nós devemos fazer a declaração?

Resposta: Você poderá continuar figurando como dependente na declaração da sua mãe, mas ela terá de declarar os seus rendimentos. Se você optar por fazer a sua própria declaração, ela não poderá coloca-la como dependente.



45) Luciene

Um declarante recebeu em dinheiro a parte que lhe cabia do imóvel do pai que morreu. Este dinheiro recebido é tributado? Como devo lançar?

Resposta: Se o dinheiro foi recebido a título de doação ou herança, não é tributado. Ele deve lançar em Rendimentos Isentos e não Tributáveis.

Recebo uma mesada dos meus pais para estudos no valor de R$ 1.200,00 por mês. Eu preciso declarar este rendimento no meu imposto de renda? Não sou dependente na declaração dos meus pais e sempre enviei a declaração de isentos.

Resposta: Sim. Você deve declarar esta doação como rendimento isento e não tributável. Seu pai declara em doações e pagamentos efetuados.

47) Emerson

Comprei um automóvel financiado. Devo começar a declara-lo somente após a quitação do mesmo?

Resposta: Não, deverá declarar na declaração de ajuste do ano em que comprou o automóvel. Se comprou em 2005, deverá declara-lo agora. Informe apenas as parcelas pagas até 31.12.2005 e vá acrescentando, ano após ano, as parcelas pagas até a quitação.

46) Aline

Recebo uma mesada dos meus pais para estudos no valor de R$ 1.200,00 por mês. Eu preciso declarar este rendimento no meu imposto de renda? Não sou dependente na declaração dos meus pais e sempre enviei a declaração de isentos.

Resposta: Sim. Você deve declarar esta doação como rendimento isento e não tributável. Seu pai declara em doações e pagamentos efetuados.



48) Matias

Acabei de tirar meu CPF, tenho de me declarar como isento?

Resposta: Verifique se está obrigado a declarar. Se não estiver, não será necessário declarar-se como isento neste ano.

A declaração deve ser feita por todas as pessoas físicas que:

a) receberam, em 2005, rendimentos tributáveis (salários, aluguel, proventos de aposentadoria ou pensão, atividade rural, etc.) superiores a R$ 13.968,00;

b) tiveram rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte cuja soma foi superior a R$ 40 mil (FGTS, aviso prévio indenizado, rendimento de poupança, doação, herança, lucro na venda de bens e direitos, indenização por acidente de trabalho);

c) tiveram, em 31/12/2005, a propriedade ou posse de bens ou direitos, inclusive terra nua, com valor superior aR$ 80 mil;

d) participaram de quadro societário de empresa, inclusive inativa, como titular, sócio ou cooperado;

e) passaram à condição de residente do Brasil;

f) realizaram alienação de bens e direitos em que foram apurados ganhos de capital sujeitos à incidência de imposto;

g) aplicaram na bolsa de valores, futuros, mercadorias e assemelhadas;

obteve receita bruta de atividade rural de valor superior a R$ 69.840,00.





49) Klemerton

Minha namorada sempre faz declaração de isento, mas ela teve imposto retido na fonte. Ela tem como recuperar este dinheiro?

Resposta: Sim, ela deve fazer a declaração de ajuste anual, mesmo não sendo obrigada, para que possa reaver o imposto retido a mais.



50) Daniela

Fui demitida e comprei um carro com o dinheiro da dispensa. Como devo declarar?

Resposta: Declare o valor da rescisão de acordo com a natureza das verbas. Salários, férias e aviso prévio trabalhado são rendimentos tributáveis. Fundo de garantia, aviso prévio indenizado e outros rendimentos obtidos a título de indenização são rendimentos isentos. Décimo terceiro é rendimento sujeito à Tributação Definitiva/Exclusiva. Quando for declarar o carro, informe no item discriminação que o dinheiro das verbas trabalhistas foi utilizado para compra do automóvel.

ÍNDICE DE NOTÍCIAS  IMPRIMIR  ENVIE POR E-MAIL

23/04/2014

12h41- Imperador dos "Glassholes" agora sente vergonha de usar o dispositivo

12h40- Dilma sanciona Marco Civil, mas mantém polêmica sobre a privacidade

12h38- Novo extensor de sinal Wi-Fi da ASUS, RP-AC52 dual-band tem velocidade de até 733Mbit/s

12h20- Gibabyte mostra três placas-mãe com o chipset Z97

12h09- Sanção do Marco Civil é "histórica", diz ministro da Justiça

12h08- WhatsApp diz ter atingido marca de 500 milhões de usuários no mundo

12h05- Criador da web defende carta magna da internet para garantir direitos de usuários

11h42- Universidade desenvolve controle de videogame capaz de ler emoções do jogador

11h36- Nike nega intenção de abandonar pulseiras FuelBand (ao menos por enquanto)

11h24- É revelada a primeiríssima imagem do próximo Call of Duty