UOL NewsUOL News
UOL BUSCA
FALE COM UOL NEWS

30/11/2007 - 18h27
Leia a íntegra do bate-papo com o infectologista Esper Kallás

Veja o programa em vídeo

da Redação

Neste sábado será comemorado o Dia Internacional de Luta contra a Aids, doença que atinge mais de 33 milhões de pessoas em todo o mundo, segundo estimativa da ONU (Organização das Nações Unidas). Para tirar dúvidas sobre a doença, o UOL News recebeu em seu estúdio o infectologista Esper Kallás, professor da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) e membro do núcleo de infectologia do Hospital Sírio Libanês. Confira a seguir a íntegra do bate-papo.

(04:03:47) Rosa fala para Dr. Esper Kallás: qual o risco de contrair Aids na relação homossexual feminina?

(04:21:12) Dr. Esper Kallás: Rosa, não existe relação com risco zero. Todas têm algum risco. As que oferecem mais chances são aquelas em que ocorre lesão, como as que envolvem penetração. Entre duas mulheres, o risco é menor, mas ainda há risco.

(04:04:06) tico fala para Dr. Esper Kallás: no jornal de minha cidade de hoje diz que é diagnosticado um caso de HIV positivo por dia... isso é uma epidemia?

(04:22:14) Dr. Esper Kallás: tico, nós vivemos uma das maiores epidemias no mundo de Aids. É no mundo inteiro. Ma é claro que há regiões em que á pior, como na África do Sul.

(04:04:31) pet fala para Dr. Esper Kallás: meu ex-marido está infectado há quase nove anos. Durante um ano estive com ele sem saber. Faço exames anuais e graças a Deus até hoje não tenho nada. Ainda existe alguma possibilidade de algum exame meu dar positivo?

(04:26:40) Dr. Esper Kallás: pet, hoje em dia há testes bastante eficazes para detectar o vírus. O HIV demora cerca de 20 dias para se manifestar e ser detectado. Se você fez o teste depois desse período e não deu nada, você ainda não foi infectada.

(04:04:41) eu-mesmo fala para Dr. Esper Kallás: dr. tire uma dúvida minha, por favor. Fiz sexo com uma desconhecida uma vez, há uns 2 anos, sem camisinha. Fiz exames de sangue recentes e pelo hemograma está tudo ok com o sangue. Posso considerar que estou limpo? Nunca tive coragem de fazer o exame.

(04:27:27) Dr. Esper Kallás: eu-mesmo, não dá para considerar "limpo" só por isso. Você tem que fazer o exame de Aids. Não podemos ter medo de fazer o exame.

(04:12:17) Claudio fala para Dr. Esper Kallás: Dr., existe algum tipo de sangue imune ao vírus?

(04:28:37) Dr. Esper Kallás: Claudio, existem algumas características genéticas muito raras que estão associadas a uma menor chance de adquirir HIV. Mas não existe ninguém que está totalmente imune.

(04:13:07) Teste fala para Dr. Esper Kallás: Através do sexo oral pega-se Aids?

(04:30:31) Dr. Esper Kallás: Teste, no sexo oral existe a chance teórica de transmissão. Se você tem uma lesão na boca e no órgão genital da pessoa também tiver, você pode pegar. A chance é bem pequena, mas pode acontecer. O ideal é fazer sempre com camisinha.

(04:17:04) greco fala para Dr. Esper Kallás: o chá verde ajuda no tratamento do HIV?

(04:31:15) Dr. Esper Kallás: greco, não tem nenhuma evidência científica que comprove isso, apesar de ter ocorrido um debate sobre isso.

(04:20:21) mari pergunta para Dr. Esper Kallás: Dr. Esper Kallás gostaria de saber quanto tempo demora para sair em um exame de sangue se uma pessoa tem Aids ou não?

(04:31:48) Dr. Esper Kallás: mari, pegou o vírus, em média, 20 dias a um mês já dá para saber através do exame.

(04:20:53) DAI fala para Dr. Esper Kallás: Boa tarde, doutor! Gostaria de saber quais são os riscos de infecção por HIV no sexo oral e se existe diferença na probabilidade de contágio entre homens e mulheres.

(04:32:57) Dr. Esper Kallás: DAI, no sexo oral, o risco de pegar Aids é muito baixo. Leve em consideração a presença de machucados na boca. Caso ocorra ejaculação, as chances também aumentam.

(04:25:16) Roberto fala para Dr. Esper Kallás: de quanto é o tempo médio de vida dos portadores do HIV hoje?

(04:34:35) Dr. Esper Kallás: Roberto, se a pessoa faz o diagnóstico precoce e inicia o tratamento logo, ela vive normalmente. Tem família, trabalha, tem filhos.

(04:28:02) vitor fala para Dr. Esper Kallás: Um casal HIV positivo pode transar sem camisinha?

(04:36:35) Dr. Esper Kallás: vitor, vamos imaginar que uma pessoa tem HIV e ela está fazendo tratamento, e ela transa com uma pessoa que tem um vírus resistente ao medicamento que ela está tomando. Isso pode colocar o tratamento em risco. Por isso, indico sempre usar camisinha.

(04:32:48) Beto fala para Dr. Esper Kallás: Há alguma possibilidade de fazer sexo com uma pessoa com Aids e não ser contaminado?

(04:37:41) Dr. Esper Kallás: Beto, há sim. O vírus não se transmite tão fácil assim. Mas acredito que você não vai querer correr esse risco, não é? Por menor que ele seja.

ÍNDICE DE NOTÍCIAS  IMPRIMIR  ENVIE POR E-MAIL

29/07/2014

15h31- EA anuncia serviço de assinatura mensal de jogos

15h03- Apresentação teatral de The Last of Us revela epílogo inédito do jogo

15h01- Desbloqueie a tela de seu smartphone com uma tatuagem

15h00- Tecnologia de armazenamento líquido poderia guardar 1 TB em uma colher

14h58- Novo Unreal Tournament ganha vídeo com bastidores de produção e gameplay Team Deathmacth

14h45- No Brasil, apenas 8% das empresas assumem ter serviços de cloud

14h25- Jogador quebra o próprio recorde e vence Halo em 96 minutos

14h04- Battlefield 4 estará de graça por 168 horas no Game Time do Origin

13h47- China abre investigação contra Microsoft por monopólio

13h47- Tradução automática: uma nova realidade para o Skype


Shopping UOL

Conversor DigitalMelhore sua TV Home TheaterAs principais marcas pelos menores preços. Clique TV LG Scarlet 42Nova! FULL HD. Faça de sua sala um cinema! Confira as promoções.