UOL NewsUOL News
UOL BUSCA
FALE COM UOL NEWS

14/03/2005 - 19h38
Vírus da hepatite C é perigoso e pode estar presente em atividades corriqueiras, como fazer as unhas ou ir ao dentista

Veja a entrevista em vídeo

Da Redação

Mais devastadora das infecções de fígado, a hepatite C é uma epidemia silenciosa prestes a explodir. Os números da doença ainda são raros no país, mas o Ministério da Saúde estima que pelo menos 1,5 milhão de brasileiros já tiveram contato com o vírus causador do mal.

A transmissão do vírus da hepatite C se dá exclusivamente através do sangue. As principais formas de contágio são as transfusões sanguíneas e o compartilhamento de seringas por usuários de drogas injetáveis. Cerca de 30% dos casos de hepatite C, contudo, se devem a causas não identificadas.

"Dentro dessas causas não identificadas, podemos destacar o contato com material contaminado pelo vírus da hepatite C", explica o infectologista Eduardo Medeiros. "A utilização de material dentário não esterilizado, por exemplo, pode trazer sérios problemas, bem como o uso de equipamentos cortantes no cabeleireiro, na manicure etc."

Para prevenir a hepatite C, deve-se exigir agulhas descartáveis no acupunturista e no tatuador e lâminas novas no cabeleireiro. Fazer as unhas também exige cuidados especiais.

"O ideal é que cada pessoa leve seus próprios aparelhos ou observe como o profissional esteriliza seus equipamentos", orienta o patologista clínico João Renato Pinho. "No caso, a manicure deve lavar os aparelhos entre um uso e outro numa solução de água sanitária por pelo menos meia hora."

Quem recebeu transfusão de sangue antes de 1993 deve realizar o teste contra hepatite C porque antes desse ano não se fazia uma triagem específica nas doações. O tratamento da infecção dura de seis meses a um ano. Cerca de 70% dos portadores do vírus da hepatite C desenvolvem algum processo inflamatório de longa duração no fígado e alguns casos evoluem para uma cirrose ou até mesmo um câncer.

ÍNDICE DE NOTÍCIAS  IMPRIMIR  ENVIE POR E-MAIL

22/07/2014

07h13- Oportunistas usam tragédia do MH17 para espalhar spam nas redes sociais

06h00- Suporte personalizado é principal destaque no tablet da Galinha Pintadinha

06h00- Saiba como extrair áudio de vídeos armazenados no celular ou computador

02h30- 'Joy of Tech', Nitrozac & Snaggy

02h30- Relatório prevê futuro "sombrio" para a internet

02h00- Confira o 'garfo inteligente' e outras bugigangas tecnológicas

02h00- Empregados são vigiados digitalmente

02h00- Repórter abre mão de dinheiro físico e passa 48 horas usando apenas bitcoins

02h00- Uso de bitcoins no mundo real esbarra em burocracias tecnológicas

01h30- Opinião: Indignação na internet é uma maneira de protestar com toques