UOL Notícias Fotos

Raio atinge avião na Colômbia

Raio atinge avião na Colômbia

16/08/2010

Informações sobre o álbums
  • editoria:Geral
  • galeria: Raio atinge avião na Colômbia
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/100816aviaocolombia_album.jhtm
  • totalImagens: 15
  • fotoInicial: 3
  • imagePath: http://n.i.uol.com.br/ultnot/album/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20100816195703
Fotos
Um avião que foi atingido por um raio ao aterrissar na ilha de San Andrés, no norte da Colômbia, deixou no mínimo uma pessoa morta, segundo fontes da Aeronáutica Civil colombiana. Segundo a Embaixada do Brasil em Bogotá, havia quatro brasileiros a bordo. Três já foram liberados do hospital. O avião, um Boeing 737-700, partiu de Bogotá à 0h07 no horário local (2h07 no horário de Brasília) e pousou em San Andrés duas horas depois. "Achamos que o avião ia explodir", diz passageiro brasileiro Richard Garcia/ Periodico El Isleno/ AP Mais
Um avião que foi atingido por um raio ao aterrissar na ilha de San Andrés, no norte da Colômbia, deixou no mínimo uma pessoa morta, segundo fontes da Aeronáutica Civil colombiana. Segundo a Embaixada do Brasil em Bogotá, havia quatro brasileiros a bordo. Três já foram liberados do hospital. O avião, um Boeing 737-700, partiu de Bogotá à 0h07 no horário local (2h07 no horário de Brasília) e pousou em San Andrés duas horas depois. "Achamos que o avião ia explodir", diz passageiro brasileiro Richard Garcia/ Periodico El Isleno/ AP Mais
Um avião que foi atingido por um raio ao aterrissar na ilha de San Andrés, no norte da Colômbia, deixou no mínimo uma pessoa morta, segundo fontes da Aeronáutica Civil colombiana. Segundo a Embaixada do Brasil em Bogotá, havia quatro brasileiros a bordo. Três já foram liberados do hospital. O avião, um Boeing 737-700, partiu de Bogotá à 0h07 no horário local (2h07 no horário de Brasília) e pousou em San Andrés duas horas depois. "Achamos que o avião ia explodir", diz passageiro brasileiro RCN/TVNews/ Reuters Mais
Um avião que foi atingido por um raio ao aterrissar na ilha de San Andrés, no norte da Colômbia, deixou no mínimo uma pessoa morta, segundo fontes da Aeronáutica Civil colombiana. Segundo a Embaixada do Brasil em Bogotá, havia quatro brasileiros a bordo. Três já foram liberados do hospital. O avião, um Boeing 737-700, partiu de Bogotá à 0h07 no horário local (2h07 no horário de Brasília) e pousou em San Andrés duas horas depois. "Achamos que o avião ia explodir", diz passageiro brasileiro RCN/TVNews/ Reuters Mais
Um avião que foi atingido por um raio ao aterrissar na ilha de San Andrés, no norte da Colômbia, deixou no mínimo uma pessoa morta, segundo fontes da Aeronáutica Civil colombiana. Segundo a Embaixada do Brasil em Bogotá, havia quatro brasileiros a bordo. Três já foram liberados do hospital. O avião, um Boeing 737-700, partiu de Bogotá à 0h07 no horário local (2h07 no horário de Brasília) e pousou em San Andrés duas horas depois. "Achamos que o avião ia explodir", diz passageiro brasileiro Richard Garcia/ AFP Mais
Um avião que foi atingido por um raio ao aterrissar na ilha de San Andrés, no norte da Colômbia, deixou no mínimo uma pessoa morta, segundo fontes da Aeronáutica Civil colombiana. Segundo a Embaixada do Brasil em Bogotá, havia quatro brasileiros a bordo. Três já foram liberados do hospital. O avião, um Boeing 737-700, partiu de Bogotá à 0h07 no horário local (2h07 no horário de Brasília) e pousou em San Andrés duas horas depois. "Achamos que o avião ia explodir", diz passageiro brasileiro Richard Garcia/ AFP Mais
Um avião que foi atingido por um raio ao aterrissar na ilha de San Andrés, no norte da Colômbia, deixou no mínimo uma pessoa morta, segundo fontes da Aeronáutica Civil colombiana. Segundo a Embaixada do Brasil em Bogotá, havia quatro brasileiros a bordo. Três já foram liberados do hospital. O avião, um Boeing 737-700, partiu de Bogotá à 0h07 no horário local (2h07 no horário de Brasília) e pousou em San Andrés duas horas depois. "Achamos que o avião ia explodir", diz passageiro brasileiro Reuters Mais
Um avião que foi atingido por um raio ao aterrissar na ilha de San Andrés, no norte da Colômbia, deixou no mínimo uma pessoa morta, segundo fontes da Aeronáutica Civil colombiana. Segundo a Embaixada do Brasil em Bogotá, havia quatro brasileiros a bordo. Três já foram liberados do hospital. O avião, um Boeing 737-700, partiu de Bogotá à 0h07 no horário local (2h07 no horário de Brasília) e pousou em San Andrés duas horas depois. "Achamos que o avião ia explodir", diz passageiro brasileiro EFE / Força Aérea Colombiana Mais
Um avião que foi atingido por um raio ao aterrissar na ilha de San Andrés, no norte da Colômbia, deixou no mínimo uma pessoa morta, segundo fontes da Aeronáutica Civil colombiana. Segundo a Embaixada do Brasil em Bogotá, havia quatro brasileiros a bordo. Três já foram liberados do hospital. O avião, um Boeing 737-700, partiu de Bogotá à 0h07 no horário local (2h07 no horário de Brasília) e pousou em San Andrés duas horas depois. "Achamos que o avião ia explodir", diz passageiro brasileiro EFE/ Polícia Nacional da Colômbia Mais
Um avião que foi atingido por um raio ao aterrissar na ilha de San Andrés, no norte da Colômbia, deixou no mínimo uma pessoa morta, segundo fontes da Aeronáutica Civil colombiana. Segundo a Embaixada do Brasil em Bogotá, havia quatro brasileiros a bordo. Três já foram liberados do hospital. O avião, um Boeing 737-700, partiu de Bogotá à 0h07 no horário local (2h07 no horário de Brasília) e pousou em San Andrés duas horas depois. "Achamos que o avião ia explodir", diz passageiro brasileiro EFE / Força Aérea Colombiana Mais
Um avião que foi atingido por um raio ao aterrissar na ilha de San Andrés, no norte da Colômbia, deixou no mínimo uma pessoa morta, segundo fontes da Aeronáutica Civil colombiana. Segundo a Embaixada do Brasil em Bogotá, havia quatro brasileiros a bordo. Três já foram liberados do hospital. O avião, um Boeing 737-700, partiu de Bogotá à 0h07 no horário local (2h07 no horário de Brasília) e pousou em San Andrés duas horas depois. "Achamos que o avião ia explodir", diz passageiro brasileiro Reuters/ Polícia Nacional da Colômbia Mais
Um avião que foi atingido por um raio ao aterrissar na ilha de San Andrés, no norte da Colômbia, deixou no mínimo uma pessoa morta, segundo fontes da Aeronáutica Civil colombiana. Segundo a Embaixada do Brasil em Bogotá, havia quatro brasileiros a bordo. Três já foram liberados do hospital. O avião, um Boeing 737-700, partiu de Bogotá à 0h07 no horário local (2h07 no horário de Brasília) e pousou em San Andrés duas horas depois. "Achamos que o avião ia explodir", diz passageiro brasileiro EFE/ Polícia Nacional da Colômbia Mais
Um avião que foi atingido por um raio ao aterrissar na ilha de San Andrés, no norte da Colômbia, deixou no mínimo uma pessoa morta, segundo fontes da Aeronáutica Civil colombiana. Segundo a Embaixada do Brasil em Bogotá, havia quatro brasileiros a bordo. Três já foram liberados do hospital. O avião, um Boeing 737-700, partiu de Bogotá à 0h07 no horário local (2h07 no horário de Brasília) e pousou em San Andrés duas horas depois. "Achamos que o avião ia explodir", diz passageiro brasileiro Navy Press/Reuters Mais
Um avião que foi atingido por um raio ao aterrissar na ilha de San Andrés, no norte da Colômbia, deixou no mínimo uma pessoa morta, segundo fontes da Aeronáutica Civil colombiana. Segundo a Embaixada do Brasil em Bogotá, havia quatro brasileiros a bordo. Três já foram liberados do hospital. O avião, um Boeing 737-700, partiu de Bogotá à 0h07 no horário local (2h07 no horário de Brasília) e pousou em San Andrés duas horas depois. "Achamos que o avião ia explodir", diz passageiro brasileiro Armada Nacional/EFE Mais
Um avião que foi atingido por um raio ao aterrissar na ilha de San Andrés, no norte da Colômbia, deixou no mínimo uma pessoa morta, segundo fontes da Aeronáutica Civil colombiana. Segundo a Embaixada do Brasil em Bogotá, havia quatro brasileiros a bordo. Três já foram liberados do hospital. O avião, um Boeing 737-700, partiu de Bogotá à 0h07 no horário local (2h07 no horário de Brasília) e pousou em San Andrés duas horas depois. "Saímos correndo com medo do fogo", diz brasileira que sobreviveu Richard Garcia/Periodico El Isleno/AP Mais

Últimos álbuns publicados

Hospedagem: UOL Host