UOL Notícias Fotos

Tensão entre as Coreias

Tensão entre as Coreias

23/11/2010

Informações sobre o álbums
  • editoria:Geral
  • galeria: Tensão entre as Coreias
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/101123coreias_album.jhtm
  • totalImagens: 98
  • fotoInicial: 7
  • imagePath: http://n.i.uol.com.br/ultnot/album/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20101223131356
Fotos
Coluna de fumaça é vista na ilha sul-coreana de Yeonpyeong na disputada região do Mar Amarelo. Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana Yonhap/AFP Mais
Coluna de fumaça é vista na ilha sul-coreana de Yeonpyeong na disputada região do Mar Amarelo. Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana Yonhap/AFP Mais
Coluna de fumaça é vista na ilha sul-coreana de Yeonpyeong na disputada região do Mar Amarelo. Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana Yonhap/Reuters Mais
Coluna de fumaça é vista na ilha sul-coreana de Yeonpyeong na disputada região do Mar Amarelo. Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana Yonhap/Reuters Mais
Coluna de fumaça é vista na ilha sul-coreana de Yeonpyeong na disputada região do Mar Amarelo. Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana Yonhap/Reuters Mais
Sul-coreanos veem imagem de coluna de fumaça na ilha de Yeonpyeong, localizada no Mar Amarelo, em transmissão de TV em Seul. Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana Jung Yeon-J/ AFP Mais
Coluna de fumaça é vista na ilha sul-coreana de Yeonpyeong na disputada região do Mar Amarelo. Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana Truth Leem/ Reuters Mais
Coluna de fumaça é vista na ilha sul-coreana de Yeonpyeong na disputada região do Mar Amarelo. Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana Yonhap/Reuters Mais
Coluna de fumaça é vista na ilha sul-coreana de Yeonpyeong na disputada região do Mar Amarelo. Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana Yonhap/Reuters Mais
Coluna de fumaça é vista na ilha sul-coreana de Yeonpyeong na disputada região do Mar Amarelo. Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana Yonhap/Reuters Mais
Coluna de fumaça é vista na ilha sul-coreana de Yeonpyeong na disputada região do Mar Amarelo. Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana AFP Mais
Coluna de fumaça é vista na ilha sul-coreana de Yeonpyeong na disputada região do Mar Amarelo. Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana AFP Mais
Imagem divulgada pela Presidência da Coreia do Sul mostra o presidente sul-coreano Lee Myung-bak (c) com o ministro da Defesa Kim Tae-Young (dir.) durante reunião de segurança de emergência, nesta terça-feira (23), após ataques da artilharia norte-coreana à ilha Yeonpyeong na disputada região do Mar Amarelo Lee Kyung-Wo/ Presidência da Coreia do Sul/ AFP Mais
Barco traz passageiros da ilha sul-coreana Yeonpyeong após ataque da artilharia da Coreia do Norte, nesta terça-feira (23). Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana Ha Sa-Hun/Yonhap/ Reuters Mais
Coluna de fumaça é vista na ilha sul-coreana de Yeonpyeong na disputada região do Mar Amarelo. Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana AFP Mais
Imagem de TV mostra momento em que tiro da artilharia da Coreia do Norte atinge local na ilha sul-coreana de Yeonpyeong. Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana Reuters Mais
Imagem feita por celular mostra coluna de fumaça em local na ilha sul-coreana de Yeonpyeong atingido pela artilharia da Coreia do Norte. Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana Kyodo/ Reuters Mais
Moradores da ilha de Yeonpyeong desembarcam em um porto em Incheon, a oeste de Seul, após tiros disparados pela artilharia da Coreia do Norte. Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana Won Dae-Yeo/AFP Mais
Imagem de TV mostra fumaça em casa atingida por tiro da artilharia da Coreia do Norte disparado contra a ilha sul-coreana de Yeonpyeong. Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana Yonhap/ AP Mais
Imagem de TV mostra fumaça em casa atingida por tiro da artilharia da Coreia do Norte disparado contra a ilha sul-coreana de Yeonpyeong. Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana Yonhap/ AP Mais
Familiar de Seo Jeong-woo, militar sul-coreano morto na ilha de Yeonpyeong, chega a um hospital militar em Seongnam, na Coreia do Sul. Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana Yonhap/AP Mais
Presidente sul-coreano Lee Myung-bak encontra-se com seus principais assessores militares em Seul. Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana Yonhap/AP Mais
Bombeiros sul-coreanos preparam embarque em um barco para a ilha de Yeonpyeong. Pelo menos dois soldados morreram nesta terça-feira num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul, segundo o ministério da Defesa sul-coreana Lee Jin-man/AP Mais
<b>24.11.2010</b>: Local destruído por ataques aéreos da Coreia do Norte na ilha de Yeonpyeong, localizada na fronteira com a Coreia do Sul EFE Mais
<b>24.11.2010</b>: Local destruído por ataques aéreos da Coreia do Norte na ilha de Yeonpyeong, localizada na fronteira com a Coreia do Sul EFE Mais
<b>24.11.2010</b>: Moradores sul-coreanos embarcam para deixar a ilha de Yeonpyeong após ataques da Coreia do Norte AP Mais
<b>24.11.2010</b>: Moradores sul-coreanos embarcam para deixar a ilha de Yeonpyeong após ataques da Coreia do Norte AP Mais
<b>24.11.2010</b>: Ministro da defesa da Coreia do Sul faz um minuto de silêncio em homenagem às vítimas de bombardeio efetuado pela Coreia do Norte AP Mais
<b>24.11.2010</b>: Imagem aérea mostra casas destruídas na ilha sul-coreana de Yeonpyeong, um dia após o ataque da Coreia do Norte. As autoridades da Coreia do Sul encontraram nesta quarta-feira os corpos de dois civis entre os escombros de casas destruídas ontem no ataque norte-coreano Kim Hyun-tae/ Yonhap/ AP Mais
<b>24.11.2010</b>: Mãe de militar sul-coreano morto durante ataque da Coreia do Norte à ilha de Yeonpyeong chora diante de altar em memória da vítima, em Seul. As autoridades da Coreia do Sul encontraram nesta quarta-feira os corpos de dois civis entre os escombros de casas destruídas ontem no ataque norte-coreano Dong- A Ilb/ AFP Mais
<b>24.11.2010</b>: Militar ao lado de uma cratera observa região atingida por tiros da Coreia do Norte na ilha de Yeonpyeong. As autoridades da Coreia do Sul encontraram nesta quarta-feira os corpos de dois civis entre os escombros de casas destruídas ontem no ataque norte-coreano AP/Yonhap Mais
<b>24.11.2010</b>: Bicicletas destruidas são vistas em rua atingida por tiros da Coreia do Norte na ilha de Yeonpyeong. As autoridades da Coreia do Sul encontraram nesta quarta-feira os corpos de dois civis entre os escombros de casas destruídas ontem no ataque norte-coreano Ko Jae-young/ Guarda Costeira da Coreia do Sul/ AP Mais
<b>24.11.2010</b>: Foto divulgada nesta quarta-feira mostra bombeiros combatendo fogo na ilha de Yeonpyeong, atacada ontem pela Coreia do Norte. As autoridades da Coreia do Sul encontraram nesta quarta-feira os corpos de dois civis entre os escombros de casas destruídas ontem no ataque norte-coreano AFP Mais
<b>24.11.2010</b>: Bombeiro vasculha destroços em casa destruída na ilha de Yeonpyeong. As autoridades da Coreia do Sul encontraram nesta quarta-feira os corpos de dois civis entre os escombros de casas destruídas ontem no ataque norte-coreano AFP Mais
<b>24.11.2010</b>: Bombeiro vasculha destroços em casa destruída na ilha de Yeonpyeong. As autoridades da Coreia do Sul encontraram nesta quarta-feira os corpos de dois civis entre os escombros de casas destruídas ontem no ataque norte-coreano AFP Mais
<b>24.11.2010</b>: Bombeiros vasculham destroços em casa destruída na ilha de Yeonpyeong. As autoridades da Coreia do Sul encontraram nesta quarta-feira os corpos de dois civis entre os escombros de casas destruídas ontem no ataque norte-coreano AFP Mais
<b>24.11.2010</b>: Soldado sul-coreano observa casa destruída na ilha de Yeonpyeong. As autoridades da Coreia do Sul encontraram nesta quarta-feira os corpos de dois civis entre os escombros de casas destruídas ontem no ataque norte-coreano AP Mais
<b>25.11.2010</b>: Casas destruídas pelos ataques da Coreia do Norte são vistas na ilha de Yeonpyeong. A Coreia do Norte disparou dezenas de granadas de artilharia na ilha sul-coreana nesta terça-feira (23), matando dois soldados sul-coreanos e dois civis. Muitas casas foras destruídas no mais pesado ataque da Coreia do Norte à vizinha desde a Guerra da Coréia em 1953 Reuters Mais
<b>25.11.2010</b>: Soldado norte-coreano monta guarda ao longo da margem do rio Yalu, que faz fronteira com a China. A Coreia do Norte disparou dezenas de granadas de artilharia em uma ilha sul-coreana nesta terça-feira (23), matando dois soldados sul-coreanos e dois civis. Muitas casas foras destruídas no mais pesado ataque da Coreia do Norte à vizinha desde a Guerra da Coréia em 1953 AP Mais
<b>25.11.2010</b>: Soldados sul-coreanos participam de cerimônia no hospital de Seongnam para soldado morte no ataque da Coreia do Norte. A Coreia do Norte disparou dezenas de granadas de artilharia em uma ilha sul-coreana nesta terça-feira (23), matando dois soldados sul-coreanos e dois civis. Muitas casas foras destruídas no mais pesado ataque da Coreia do Norte à vizinha desde a Guerra da Coréia em 1953 AP Mais
<b>25.11.2010</b>: Soldado norte-coreana é vista nas margens do rio Yalu, que faz fronteira com a China. A Coreia do Norte disparou dezenas de granadas de artilharia em uma ilha sul-coreana nesta terça-feira (23), matando dois soldados sul-coreanos e dois civis. Muitas casas foras destruídas no mais pesado ataque da Coreia do Norte à vizinha desde a Guerra da Coréia em 1953 AP Mais
<b>25.11.2010</b>: Morador da ilha de Yeonpyeong, na Coreia do Sul, é vista em rua bombardeada pela Coreia do Norte. A Coreia do Norte disparou dezenas de granadas de artilharia na ilha sul-coreana nesta terça-feira (23), matando dois soldados sul-coreanos e dois civis. Muitas casas foras destruídas no mais pesado ataque da Coreia do Norte à vizinha desde a Guerra da Coréia em 1953 AP Mais
<b>25.11.2010</b>: Sul-coreano carrega janela em rua da ilha de Yeonpyeong, na Coreia do Su. A Coreia do Norte disparou dezenas de granadas de artilharia na ilha sul-coreana nesta terça-feira (23), matando dois soldados sul-coreanos e dois civis. Muitas casas foras destruídas no mais pesado ataque da Coreia do Norte à vizinha desde a Guerra da Coréia em 1953 AP Mais
<b>25.11.2010</b>: Manifestantes fazem protesto contra o líder norte-coreano Kim Jong Il. A Coreia do Norte disparou dezenas de granadas de artilharia em uma ilha sul-coreana nesta terça-feira (23), matando dois soldados sul-coreanos e dois civis. Muitas casas foras destruídas no mais pesado ataque da Coreia do Norte à vizinha desde a Guerra da Coréia em 1953 AP Mais
<b>25.11.2010</b>: Carros destruído é visto em rua da ilha de Yeonpyeong, na Coreia do Sul. A Coreia do Norte disparou dezenas de granadas de artilharia na ilha sul-coreana nesta terça-feira (23), matando dois soldados sul-coreanos e dois civis. Muitas casas foras destruídas no mais pesado ataque da Coreia do Norte à vizinha desde a Guerra da Coréia em 1953 AFP Mais
<b>25.11.2010</b>: Mulheres norte-coreanas são vistas nas margens do rio Yalu, que faz fronteira com a China. A Coreia do Norte disparou dezenas de granadas de artilharia em uma ilha sul-coreana nesta terça-feira (23), matando dois soldados sul-coreanos e dois civis. Muitas casas foras destruídas no mais pesado ataque da Coreia do Norte à vizinha desde a Guerra da Coréia em 1953 AFP Mais
<b>25.11.2010</b>: Foto do dia 23 divulgada nesta quinta-feira (25) mostra base sul-coreana em chamas após ser atingida por projéteis de artilharia norte-coreana na ilha de Yeonpyeong. A Coreia do Norte disparou dezenas de granadas de artilharia na ilha sul-coreana nesta terça-feira (23), matando dois soldados sul-coreanos e dois civis. Muitas casas foras destruídas no mais pesado ataque da Coreia do Norte à vizinha desde a Guerra da Coréia em 1953 Reuters Mais
<b>25.11.2010</b>: Soldado sul-coreano mostra parede marcada durante ataque na ilha de Yeonpyeong. A Coreia do Norte disparou dezenas de granadas de artilharia em uma ilha sul-coreana nesta terça-feira (23), matando dois soldados sul-coreanos e dois civis. Muitas casas foras destruídas no mais pesado ataque da Coreia do Norte à vizinha desde a Guerra da Coréia em 1953 AFP Mais
<b>25.11.2010</b>: O ex-primeiro-ministro do Japão Yukio Hatoyama presta homenagem aos soldados sul-coreanos mortos no ataque norte-coreano. A Coreia do Norte disparou dezenas de granadas de artilharia em uma ilha sul-coreana nesta terça-feira (23), matando dois soldados sul-coreanos e dois civis. Muitas casas foras destruídas no mais pesado ataque da Coreia do Norte à vizinha desde a Guerra da Coréia em 1953 AFP Mais
<b>25.11.2010</b>: Moradores da ilha sul-coreana de Yeonpyeong aguardam balsa no terminal de Incheon. A Coreia do Norte disparou dezenas de granadas de artilharia em uma ilha sul-coreana nesta terça-feira (23), matando dois soldados sul-coreanos e dois civis. Muitas casas foras destruídas no mais pesado ataque da Coreia do Norte à vizinha desde a Guerra da Coréia em 1953 AP Mais
<b>25.11.2010</b>: Mulher sul-coreana é vista em rua destruída de Yeonpyeong. A Coreia do Norte disparou dezenas de granadas de artilharia em uma ilha sul-coreana nesta terça-feira (23), matando dois soldados sul-coreanos e dois civis. Muitas casas foras destruídas no mais pesado ataque da Coreia do Norte à vizinha desde a Guerra da Coréia em 1953 AP Mais
<b>26.11.2010</b>: Soldados oferecem condolências em frente a altar em memória de dois fuzileiros mortos na Coreia do Sul após bombardeio norte-coreano Reuters Mais
<b>26.11.2010</b>: Helicóptero do Exército dos EUA voa área destruída pelos bombardeios norte-coreanos Reuters Mais
<b>26.11.2010</b>: Cachorro descansa sobre os escombros de uma casa destruída por bombardeios norte-coreanos em vila na ilha de Yeonpyeong Reuters Mais
<b>26.11.2010</b>: Polícia isola área de casas destruídas por bombardeios da artilharia norte-coreana em vila na ilha de Yeonpyeong, na Coreia do Sul Reuters Mais
<b>26.11.2010</b>: Manifestantes fazem enterro simbólico do líder norte-coreano Kim Jong-il e seu filho Kim Jong-un em protesto contra os ataques da Coreia do Norte à Coreia do Sul Reuters Mais
<b>26.11.2010</b>: Funcionário conserta fiação de uma casa destruída por bombardeios da artilharia norte-coreana em uma vila na ilha de Yeonpyeong, na Coreia do Sul Reuters Mais
<b>26.11.2010</b>: Pessoas fazem fila em frente a uma loja de alimentos na Coréia do Norte Reuters Mais
<b>26.11.2010</b>: Moradores carregam pertences enquanto tentam pegar um barco para sair da ilha de Yeonpyeong, na Coreia do Sul, três dias depois do bombardeio norte-coreano na região Ap Mais
<b>26.11.2010</b>: Cão perdido procura comida em meio aos destroços das casas da ilha de Yeonpyeong, na Coreia do Sul AFP Mais
<b>26.11.2010</b>: Cão é visto em meio aos destroços de sua casinha, onde foi deixado por seus donos após bombardeio norte-coreano na ilha de Yeonpyeong, na Coreia do Sul AP Mais
<b>26.11.2010</b>: Fumaça é vista em território norte-coreano após explosão e disparos serem ouvidos desde a ilha de Yeonpyeong, na Coreia do Sul. Segundo fontes militares sul-coreanas citadas pela "Yonhap", os disparos não foram dirigidos contra alvos da Coreia do Sul, no que parece ser um treinamento militar rotineiro das forças norte-coreanas Lee Jin-man/ AP Mais
<b>29.11.2010</b>: Policial sul-coreano checa cão em mochila, abandonada quando os moradores de Yeonpyeong foram evacuados após o ataque da Coreia do Norte. Ativistas sul-coreanos pediram que os policiais resgatem as centenas de cães abandonadas Kim Jae-Hwa/AFP Mais
<b>29.11.2010</b>: Navio sul-coreano patrulha as redondezas da ilha de Yeonpyeong Kim Jae-Hwa/AFP Mais
<b>29.11.2010</b>: Tanque militar sul-coreano em direção à ilha de Yeonpyeong, na Coreia do Sul Lee Jin-man/AP Mais
<b>29.11.2010</b>: Marines sul-coreanos fazem a segurança da ilha de Yeonpyeong, na Coreia do Sul Lee Jin-man/AP Mais
<b>29.11.2010</b>: Membros aposentados da marinha sul-coreana protestam contra o líder norte-coreano Kim Jong-il e seu filho Kim Jong-un, durante passeata em Gwangju, na região sul de Seul Hyung Min-woo/Reuters Mais
<b>29.11.2010</b>: Casas de madeira pré-fabricadaspara habitantes da ilha de Yeonpyeong que tiveram residências foram destruídas pelo ataque norte-coreano, na semana passada EFE Mais
<b>29.11.2010</b>: Um avião F/A-18E decola do porta avião americano USS George Washington para realizar exercícios conjuntos com a Coreia do Sul, no Mar Amarelo AFP Mais
<b>15.12.2010:</b> Estudantes sul-coreanos realizam exercício contra possível ataque aérea da Coreia do Norte, em Seul. A Coreia do Sul realizou nesta quarta-feira uma simulação de ataque norte-coreano nas principais localidades do país, onde os cidadãos tiveram 25 minutos para se refugiar em abrigos subterrâneos ao escutar as sirenes antiaéreas Lee Jae-Won /Reuters Mais
<b>15.12.2010:</b> Morador veste máscara contra gás na ilha de Yeonpyeong , a 115 km a noroeste de Seul. A Coreia do Sul realizou nesta quarta-feira uma simulação de ataque norte-coreano nas principais localidades do país, onde os cidadãos tiveram 25 minutos para se refugiar em abrigos subterrâneos ao escutar as sirenes antiaéreas Kim Ju-sung/Yonhap/ Reuters Mais
<b>15.12.2010:</b> Rua de Cheorwon, na Coreia do Sul, fica vazia durante exercício contra possível ataque norte-coreano. A Coreia do Sul realizou nesta quarta-feira uma simulação de ataque norte-coreano nas principais localidades do país, onde os cidadãos tiveram 25 minutos para se refugiar em abrigos subterrâneos ao escutar as sirenes antiaéreas Lee Hae-yong/Yonhap/ Reuters Mais
<b>15.12.2010:</b> Carros são parados e o trânsito é controlado em Seul durante exercício contra possível ataque norte-coreano. A Coreia do Sul realizou nesta quarta-feira uma simulação de ataque norte-coreano nas principais localidades do país, onde os cidadãos tiveram 25 minutos para se refugiar em abrigos subterrâneos ao escutar as sirenes antiaéreas Lee Jung-hoon/Yonhap/ Reuters Mais
<b>15.12.2010:</b> Estudantes sul-coreanos realizam exercício contra possível ataque aérea da Coreia do Norte, em Seul. A Coreia do Sul realizou nesta quarta-feira uma simulação de ataque norte-coreano nas principais localidades do país, onde os cidadãos tiveram 25 minutos para se refugiar em abrigos subterrâneos ao escutar as sirenes antiaéreas Lee Jae-Won/ Reuters Mais
<b>15.12.2010:</b> Estudantes sul-coreanos realizam exercício contra possível ataque aérea da Coreia do Norte, em Seul. A Coreia do Sul realizou nesta quarta-feira uma simulação de ataque norte-coreano nas principais localidades do país, onde os cidadãos tiveram 25 minutos para se refugiar em abrigos subterrâneos ao escutar as sirenes antiaéreas Lee Jae-Won/ Reuters Mais
<b>15.12.2010:</b> Sul-coreanos participam de exercício contra possível ataque aérea da Coreia do Norte em estação de metrô em Seul. A Coreia do Sul realizou nesta quarta-feira uma simulação de ataque norte-coreano nas principais localidades do país, onde os cidadãos tiveram 25 minutos para se refugiar em abrigos subterrâneos ao escutar as sirenes antiaéreas Lee Jae-Won/ Reuters Mais
<b>15.12.2010:</b> Sul-coreanos correm durante exercício contra possível ataque aérea da Coreia do Norte, em Seul. A Coreia do Sul realizou nesta quarta-feira uma simulação de ataque norte-coreano nas principais localidades do país, onde os cidadãos tiveram 25 minutos para se refugiar em abrigos subterrâneos ao escutar as sirenes antiaéreas Lee Jae-Won/ Reuters Mais
<b>20.12.2010 - </b>Moradores sul-coreanos são vistos em abrigo durante exercício militar. A Coreia do Sul realizou nesta segunda-feira (20) manobras militares perto da tensa fronteira no Mar Amarelo (Mar Ocidental), bem em frente à ilha de Yeonpyeong, que foi atacada no mês passado pela Coreia do Norte AP Mais
<b>20.12.2010 - </b>Moradores sul-coreanos são levados para abrigo durante exercício militar. A Coreia do Sul realizou nesta segunda-feira (20) manobras militares perto da tensa fronteira no Mar Amarelo (Mar Ocidental), bem em frente à ilha de Yeonpyeong, que foi atacada no mês passado pela Coreia do Norte AFP Mais
<b>20.12.2010 - </b>Soldado coloca máscara de gás em abrigo. A Coreia do Sul realizou nesta segunda-feira (20) manobras militares perto da tensa fronteira no Mar Amarelo (Mar Ocidental), bem em frente à ilha de Yeonpyeong, que foi atacada no mês passado pela Coreia do Norte AP Mais
<b>20.12.2010 - </b>Soldados sul-coreanos inspecionam área residencial na ilha de Yeonpyeong. A Coreia do Sul realizou nesta segunda-feira (20) manobras militares perto da tensa fronteira no Mar Amarelo (Mar Ocidental), bem em frente à ilha de Yeonpyeong, que foi atacada no mês passado pela Coreia do Norte AFP Mais
<b>20.12.2010 - </b>Sul-coreanos assistem ao vivo na televisão às principais notícias sobre o exercício militar. A Coreia do Sul realizou nesta segunda-feira (20) manobras militares perto da tensa fronteira no Mar Amarelo (Mar Ocidental), bem em frente à ilha de Yeonpyeong, que foi atacada no mês passado pela Coreia do Norte AFP Mais
<b>20.12.2010 - </b>Soldados sul-coreanos patrulham a ilha de Yeonpyeong. A Coreia do Sul realizou nesta segunda-feira (20) manobras militares perto da tensa fronteira no Mar Amarelo (Mar Ocidental), bem em frente à ilha de Yeonpyeong, que foi atacada no mês passado pela Coreia do Norte AFP Mais
<b>20.12.2010 - </b>Soldados sul-coreanos se abriga em um bunker durante exercício militar. A Coreia do Sul realizou nesta segunda-feira (20) manobras militares perto da tensa fronteira no Mar Amarelo (Mar Ocidental), bem em frente à ilha de Yeonpyeong, que foi atacada no mês passado pela Coreia do Norte AFP Mais
<b>20.12.2010 - </b> Norte-coreanos fazem protesto à luz de velas para lembrar as vítimas do ataque à ilha de Yeonpyeong no mês passado pela Coreia do Norte Park Ji-Hwa/AFP Mais
<b>20.12.2010 - </b> Ativistas seguram cartazes antiguerra denunciando as manobras feitas pela Coréia do Sul nesta segunda-feira (20), perto da tensa fronteira no Mar Amarelo (Mar Ocidental), bem em frente à ilha de Yeonpyeong, atacada no mês passado pela Coreia do Norte Park Ji-Hwa/AFP Mais
<b>21.12.2010 - </b>Soldados sul-coreanos patrulham a ilha de Yeonpyeong, próxima da fronteira com a Coreia do Norte, onde Seul realiza manobras militares Lee Sang-hak/Reuters Mais
<b>23.12.2010 - </b>A Coreia do Sul executou nesta quinta-feira as mais importantes manobras militares aéreas e terrestres do ano, que duraram menos de uma hora em Pocheon, perto da fronteira com a Coreia do Norte EFE Mais
<b>23.12.2010 - </b>A Coreia do Sul executou nesta quinta-feira as mais importantes manobras militares aéreas e terrestres do ano, que duraram menos de uma hora em Pocheon, perto da fronteira com a Coreia do Norte Park Ji-ho, Yonhap/AP Mais
<b>23.12.2010 - </b> A Coreia do Sul executou nesta quinta-feira as mais importantes manobras militares aéreas e terrestres do ano, que duraram menos de uma hora em Pocheon, perto da fronteira com a Coreia do Norte Park Ji-ho, Yonhap/AP Mais
<b>23.12.2010 - </b>A Coreia do Sul executou nesta quinta-feira as mais importantes manobras militares aéreas e terrestres do ano, que duraram menos de uma hora em Pocheon, perto da fronteira com a Coreia do Norte EFE Mais
<b>23.12.2010 - </b> A Coreia do Sul executou nesta quinta-feira as mais importantes manobras militares aéreas e terrestres do ano, que duraram menos de uma hora em Pocheon, perto da fronteira com a Coreia do Norte EFE Mais
<b>23.12.2010 - </b>A Coreia do Sul executou nesta quinta-feira as mais importantes manobras militares aéreas e terrestres do ano, que duraram menos de uma hora em Pocheon, perto da fronteira com a Coreia do Norte EFE Mais
<b>23.12.2010 - </b>A Coreia do Sul executou nesta quinta-feira as mais importantes manobras militares aéreas e terrestres do ano, que duraram menos de uma hora em Pocheon, perto da fronteira com a Coreia do Norte Wally Santana/Reuters Mais
<b>23.12.2010 - </b>Militares do exército sul-coreano realizam treinamento militar em Pocheon, a 30 quilômetros da fronteira com a Coreia do Norte ? que afirmou nesta quinta-feira (23) estar preparada para lançar uma "guerra santa" baseada em sua intimidação nuclear, informou a imprensa estatal local Park Jin Hee/Xinhua/AE Mais
Coreia do Sul realiza exercícios militares em Pocheon; as manobras contaram com 800 homens e incluíram testes com mais de cem tipos de armas pesadas Dong-A Ilb/AFP Mais
Coreia do Sul realiza exercícios militares em Pocheon; as manobras contaram com mais de cem tipos de armas pesadas, entre elas mísseis antitanque e canhões, além de aviões e helicópteros de combate Dong-A Ilb/AFP Mais
Foto sem data divulgada no dia 22 mostra o líder norte-coreano Kim Jong-Il; nesta quinta (23), Kim acusou a Coreia do Sul de levar "deliberadamente" a situação "à beira da guerra" KCNA via KN/AFP Mais

Últimos álbuns publicados

Hospedagem: UOL Host