Informações sobre o álbums
  • editoria:Geral
  • galeria: Conheça as personalidades que dão nome a alguns dos aeroportos internacionais do Brasil
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/120313_aeroportos_album.htm
  • totalImagens: 23
  • fotoInicial: 12
  • imagePath: http://n.i.uol.com.br/ultnot/album/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:direita
  • timestamp: 20120410181402
    • Aeroportos pelo Brasil [59480];
Fotos
MG
<b>Aeroporto Internacional Tancredo Neves</b>: em Confins (MG), leva o nome do ex-governador mineiro. Tancredo nasceu na cidade mineira de São João Del Rey, foi vereador, primeiro-ministro do país após a renúncia do presidente Jânio Quadros, deputado federal e senador. Ele então assumiu o governo do Estado e foi eleito presidente da República em 1985. Na véspera de sua posse foi internado em estado grave e morreu em 21 de abril Acervo Infraero (1) /Folhapress (2) Mais
DF
<b>Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek</b>: em Brasília (DF), leva o nome do ex-presidente do Brasil. Juscelino Kubitschek de Oliveira, o JK, nasceu em Diamantina (MG), foi deputado federal em 1934, prefeito de Belo Horizonte em 1940 e governador de MG de 1950 a 54. Venceu as eleições para a presidência da República em 1955 e fundou Brasília em 1960. Depois disso ainda atuou como senador em 62, mas o regime militar cassou seu mandato em 64. Morreu em um acidente de trânsito em 1976 Acervo Infraero (1) /Folhapress, 1959 (2) Mais
MT
<b>Aeroporto Internacional Marechal Rondon</b>: em Cuiabá (MT), leva o nome do patrono das Comunicações. Nascido no Mato Grosso, Rondon serviu ao Exército e dedicou-se à construção de linhas telegráficas. Fundou o Serviço de Proteção ao Índio e em 1913 foi atingido por uma flecha envenenada, mas não morreu e ordenou aos comandados que não reagissem: "Morrer, se preciso for. Matar, nunca". Recebeu o título de marechal e foi indicado ao Nobel da Paz Acervo Infraero (1) /Folhapress, 1953 (2) Mais
PR
<b>Aeroporto Internacional Afonso Pena</b>: em Curitiba (PR), leva o nome do ex-presidente da República. Afonso Augusto Moreira Pena nasceu em Santa Bárbara (MG), estudou direito em São Paulo e entrou na política em 1874, como deputado provincial. Foi deputado por quatro vezes seguidas e atuou no Executivo durante o Império (1882-1885). Foi deputado constituinte, presidente da província de MG e presidente da República. Morreu de pneumonia, em 1909 Acervo Infraero (1) /Reprodução (2) Mais
CE
<b>Aeroporto Internacional Pinto Martins</b>: em Fortaleza (CE), leva o nome do 1º aviador a cruzar o céu do Brasil, vindo dos EUA. Euclides Pinto Martins nasceu em Camocim (CE) e dirigiu um hidroavião biplano, que foi de Nova York ao Rio de Janeiro. Foi encontrado morto em 1924 Acervo Infraero (1) /Reprodução (2) Mais
AM
<b>Aeroporto Internacional Eduardo Gomes</b>: em Manaus (AM), leva o nome do brigadeiro conhecido como "marechal do ar". Gomes nasceu em Petrópolis (RJ) e foi desterrado para a ilha de Trindade no episódio dos "18 do Forte". Após libertação, foi transferido para a Força Aérea Brasileira. Disputou duas vezes a Presidência da República. Morreu em 1981 e foi proclamado "Patrono da Força Aérea Brasileira" Acervo Infraero (1) /Folhapress (2) Mais
RN
<b>Aeroporto Internacional Augusto Severo</b>: em Natal (RN), leva o nome do engenheiro e abolicionista potiguar. Augusto Severo de Albuquerque Maranhão nasceu em Macaíba (RN) em 1864 e desenvolveu a dirigibilidade dos balões. É considerado "Mártir da Tecnologia Aeronáutica". Em 1902, construiu em Paris seu balão, de 30 m de altura e tecnologia avançada. Quando estava a 400 m de altura, o balão foi visto em chamas e explodiu, matando Severo Acervo Infraero (1) /FSP, 1997 (2) Mais
RS
<b>Aeroporto Internacional Salgado Filho</b>: em Porto Alegre (RS), leva o nome do 1º ministro da Aeronáutica do Brasil. Joaquim Pedro Salgado Filho nasceu em 1888, em Porto Alegre, formou-se em Direito e foi escolhido por Getúlio Vargas para dirigir a Aeronáutica brasileira durante a 2ª Guerra. Ele reorganizou o setor aeronáutico e focou na proteção à navegação costeira. Permaneceu à frente do Ministério da Aeronáutica até 1945. Morreu em 1950, num acidente de avião Acervo Infraero (1) /Reprodução (2) Mais
PE
<b>Aeroporto Internacional Gilberto Freyre</b>: em Recife (PE), leva o nome do autor brasileiro, que ficou conhecido por "Casa-Grande & Senzala", de 1933. Com o livro, Freyre revolucionou a historiografia: em vez do registro cronológico de guerras e reinados, estudou o cotidiano por meio da história oral, documentos pessoais, manuscritos de arquivos públicos e privados, anúncios de jornais e outras fontes até então ignoradas. Seu mandato como deputado federal foi marcado pela luta contra o racismo. Em 1954, apresentou propostas para eliminar as tensões raciais na ONU Acervo Infraero (1) /Luiz Novaes, Folhapress, 1983 (2) Mais
RJ
<b>Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim (Galeão)</b>: no Rio de Janeiro (RJ), leva o nome do compositor e instrumentista carioca. Antonio Carlos Brasileiro Jobim, o Tom Jobim, nasceu na Tijuca e sua paixão pelo Rio contribuiu para a homenagem no aeroporto. Seu 1º sucesso foi a música "Tereza da Praia". Foi operado em Nova York (EUA) de um câncer na bexiga, mas teve uma parada respiratória e morreu em dezembro de 1994 Acervo Infraero (1) /Frederico Rozário, Folhapress, 1991 (2) Mais
BA
<b>Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães</b>: em Salvador (BA), leva o nome do deputado brasileiro. Luís Eduardo era filho do ex-governador da Bahia e ex-senador Antonio Carlos Magalhães, o ACM. Nascido em 1955, foi eleito deputado estadual aos 23 anos. Em 1995, tornou-se presidente da Câmara dos Deputados e, por força do cargo, ocupou a Presidência da República duas vezes. Morreu de infarto, em 1998 Acervo Infraero (1) /FSP, 1997 (2) Mais
SP
<b>Aeroporto Internacional André Franco Montoro</b>: em Guarulhos (SP), leva o nome do ex-governador de São Paulo. Montoro nasceu em São Paulo, em 1916. Foi vereador e deputado estadual. Em 1978, apresentou emenda constitucional que restabeleceria eleições diretas para governador e foi rejeitado. Em 1988, fundou o PSDB e depois disputou uma vaga no Senado, mas foi derrotado. Em 1994, elegeu-se pela quarta vez deputado federal por SP, reelegendo-se quatro anos depois. Morreu em 1999 Acervo Infraero (1) /Matuiti Mayezo, Folhapress, 1983 (2) Mais
PA
<b>Aeroporto Internacional Júlio Cezar Ribeiro</b>: em Belém (PA), leva o nome do "pai do dirigível". Nascido na cidade paraense de Acará, em 1843, foi professor, autor, poeta, jornalista, funcionário público, diretor da Biblioteca Pública do Pará, secretário de Estado e um inventor brasileiro reconhecido como o precursor da dirigibilidade aérea. Morreu em 1887 Acervo Infraero (1) /Reprodução (2) Mais
MS
<b>Aeroporto Internacional Antônio João</b>: em Campo Grande (MS), leva o nome do tenente conhecido como herói da Guerra da Tríplice Aliança. Ele nasceu em Poconé, em 1826, e ingressou no Exército como soldado voluntário, em 1841. Vinte e três anos mais tarde (1864) assumiu a liderança da Colônia Militar de Dourados (então província do Mato Grosso) na invasão de paraguaios. Morreu no mesmo ano Acervo Infraero (1) /Reprodução (2) Mais
SC
<b>Aeroporto Internacional Hercílio Luz</b>: em Florianópolis (SC), leva o nome do engenheiro e político catarinense que fez história no Estado de Santa Catarina. Ele nasceu em Desterro (antigo nome da ilha de Florianópolis) em 1860, foi governador do Estado por três vezes, além de senador da república. Morreu em 1924 Acervo Infraero (1) /Reprodução (2) Mais
GO
<b>Aeroporto Internacional Santa Genoveva</b>: em Goiânia (GO), leva o nome da santa católica francesa padroeira de Paris, capital da França. Ela nasceu em Nanterre, em 423 d.C. Acervo Infraero (1) /Reprodução (2) Mais
PI
<b>Aeroporto Internacional Prefeito Dr. João Silva Filho</b>: em Parnaíba (PI), leva o nome do ex-prefeito do município do Estado. Silva Filho foi considerado um político íntegro no seu tempo e esteve à frente da cidade de 1983 a 1988 Acervo Infraero (1) /Reprodução (2) Mais
PB
<b>Aeroporto Internacional Presidente Castro Pinto</b>: em João Pessoa (PB), leva o nome do patrono da Cadeira 33 da Academia Paraibana de Letras. Nascido em Mamanguape, em 1863, João Pereira de Castro Pinto foi jornalista, deputado, juiz federal, redator oficial do Senado, deputado federal, e senador. Em 1912 se tornou governador da Paraíba. Morreu em 1944, aos 80 anos Acervo Infraero (1) /Reprodução (2) Mais
AL
<b>Aeroporto Internacional de Zumbi dos Palmares</b>: em Maceió (AL), leva o nome do último líder do Quilombo dos Palmares, que ficava em Alagoas. Zumbi nasceu no quilombo, como negro livre, em 1655, mas foi capturado e entregue a um missionário português, que o deu estudo. Em 1670, Zumbi escapou e voltou ao quilombo, do qual tornou-se líder oito anos depois. Mas em 1694, Palmares foi destruído e Zumbi morreu em novembro de 1695 Acervo Infraero (1) /Reprodução (2) Mais
TO
<b>Aeroporto Brigadeiro Lysias Rodrigues</b>: em Palmas (TO), leva o nome do piloto militar e escritor brasileiro. Nascido no Rio de Janeiro, em 1896, Lysias exerceu notável influência para a criação do Ministério da Aeronáutica. Morreu em 1957. Acervo Infraero (1) /Reprodução (2) Mais
RO
<b>Aeroporto Internacional Governador Jorge Teixeira de Oliveira</b>: em Porto Velho (RO), leva o nome do ex-governador de Rondônia. Nascido em 1922, Oliveira formou-se em Educação Física, foi prefeito de Manaus (AM), paraquedista, especialista em guerra na selva e primeiro comandante do Colégio Militar de Manaus. Morreu em 1987 Acervo Infraero (1) /Reprodução (2) Mais
AC
<b>Aeroporto Internacional Plácido de Castro</b>: em Rio Branco (AC), leva o nome do líder da Revolução Acriana. Nascido em 1873, José Plácido de Castro ingressou na vida militar aos 16 anos, lutou na Revolução Federalista ao lado dos maragatos e governou o Estado Independente do Acre. Morreu em 1908 Acervo Infraero (1) /Reprodução (2) Mais
MA
<b>Aeroporto Internacional Marechal Cunha Machado</b>: em São Luís (MA), leva o nome do maranhense conhecido como "capitão da corveta" Acervo Infraero (1) /Reprodução (2) Mais

Conheça as personalidades que dão nome a alguns dos aeroportos internacionais do Brasil

Mais álbuns de UOL Notícias x

Veja mais:

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos