Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2014/03/31/atos-lembram-os-50-anos-do-golpe-militar-no-brasil.htm
  • totalImagens: 59
  • fotoInicial: 35
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20140331170256
    • Ditadura militar brasileira [28025]; Golpe de 1964 [74193]; Política [28132];
Fotos

31.mar.2014 - Parentes de desaparecidos políticos, estudantes e integrantes de movimentos sociais seguram cartazes de desaparecidos na época da ditadura militar durante ato no pátio do 36º DP, no Paraíso, zona sul de São Paulo, nesta segunda-feira (31), para lembrar os 50 anos do golpe que instaurou uma ditadura militar no Brasil. O local abrigou o antigo DOI-Codi (Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna) durante o regime militar. Cerca de 1.000 pessoas participaram do evento, inclusive antigos presos políticos Danilo Verpa/Folhapress Mais

31.mar.2014 - Parentes de desaparecidos políticos, estudantes e integrantes de movimentos sociais seguram cartazes de desaparecidos na época da ditadura militar durante ato no pátio do 36º DP, no Paraíso, zona sul de São Paulo, nesta segunda-feira (31), para lembrar os 50 anos do golpe que instaurou uma ditadura militar no Brasil. O local abrigou o antigo DOI-Codi (Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna) durante o regime militar. Cerca de 1.000 pessoas participaram do evento, inclusive antigos presos políticos Nelson Antoine/Foto Arena/Estadão Conteúdo Mais

31.mar.2014 - Parentes de desaparecidos políticos, estudantes e integrantes de movimentos sociais seguram cartazes de desaparecidos na época da ditadura militar durante ato no pátio do 36º DP, no Paraíso, zona sul de São Paulo, nesta segunda-feira (31), para lembrar os 50 anos do golpe que instaurou uma ditadura militar no Brasil. O local abrigou o antigo DOI-Codi (Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna) durante o regime militar. Cerca de 1.000 pessoas participaram do evento, inclusive antigos presos políticos Danilo Verpa/Folhapress Mais

31.mar.2014 - Homem faz performance durante ato no pátio do 36º DP, no Paraíso, zona sul de São Paulo, nesta segunda-feira (31), para lembrar os 50 anos do golpe que instaurou uma ditadura militar no Brasil. O local abrigou o antigo DOI-Codi (Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna) durante o regime militar. Cerca de 1.000 pessoas participaram do evento, inclusive antigos presos políticos Danilo Verpa/Folhapress Mais

31.mar.2014 - Parentes de desaparecidos políticos, estudantes e integrantes de movimentos sociais seguram cartazes de desaparecidos na época da ditadura militar durante ato no pátio do 36º DP, no Paraíso, zona sul de São Paulo, nesta segunda-feira (31), para lembrar os 50 anos do golpe que instaurou uma ditadura militar no Brasil. O local abrigou o antigo DOI-Codi (Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna) durante o regime militar. Cerca de 1.000 pessoas participaram do evento, inclusive antigos presos políticos Danilo Verpa/Folhapress Mais

31.mar.2014 - Parentes de desaparecidos políticos, estudantes e integrantes de movimentos sociais seguram cartazes de desaparecidos na época da ditadura militar durante ato no pátio do 36º DP, no Paraíso, zona sul de São Paulo, nesta segunda-feira (31), para lembrar os 50 anos do golpe que instaurou uma ditadura militar no Brasil. O local abrigou o antigo DOI-Codi (Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna) durante o regime militar. Cerca de 1.000 pessoas participaram do evento, inclusive antigos presos políticos Danilo Verpa/Folhapress Mais

31.mar.2014 - Parentes de desaparecidos políticos, estudantes e integrantes de movimentos sociais seguram cartazes de desaparecidos na época da ditadura militar durante ato no pátio do 36º DP, no Paraíso, zona sul de São Paulo, nesta segunda-feira (31), para lembrar os 50 anos do golpe que instaurou uma ditadura militar no Brasil. O local abrigou o antigo DOI-Codi (Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna) durante o regime militar. Cerca de 1.000 pessoas participaram do evento, inclusive antigos presos políticos Danilo Verpa/Folhapress Mais

31.mar.2014 - Parentes de desaparecidos políticos, estudantes e integrantes de movimentos sociais seguram cartazes de desaparecidos na época da ditadura militar durante ato no pátio do 36º DP, no Paraíso, zona sul de São Paulo, nesta segunda-feira (31), para lembrar os 50 anos do golpe que instaurou uma ditadura militar no Brasil. O local abrigou o antigo DOI-Codi (Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna) durante o regime militar. Cerca de 1.000 pessoas participaram do evento, inclusive antigos presos políticos Danilo Verpa/Folhapress Mais

31.mar.2014 - Parentes de desaparecidos políticos, estudantes e integrantes de movimentos sociais seguram cartazes de desaparecidos na época da ditadura militar durante ato no pátio do 36º DP, no Paraíso, zona sul de São Paulo, nesta segunda-feira (31), para lembrar os 50 anos do golpe que instaurou uma ditadura militar no Brasil. O local abrigou o antigo DOI-Codi (Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna) durante o regime militar. Cerca de 1.000 pessoas participaram do evento, inclusive antigos presos políticos Danilo Verpa/Folhapress Mais

31.mar.2014 - Alexandre Padilha (PT-SP), ex-ministro da Saúde e pré-candidato ao governo de São Paulo pelo PT, participou de ato no pátio do 36º DP, no Paraíso, zona sul de São Paulo, nesta segunda-feira (31), para lembrar os 50 anos do golpe que instaurou uma ditadura militar no Brasil. O local abrigou o antigo DOI-Codi (Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna) durante o regime militar. Cerca de 1.000 pessoas participaram do evento, inclusive antigos presos políticos Danilo Verpa/Folhapress Mais

31.mar.2014 - Alexandre Padilha (PT-SP), ex-ministro da Saúde e pré-candidato ao governo de São Paulo pelo PT, cumprimenta o pai durante ato no pátio do 36º DP, no Paraíso, zona sul de São Paulo, nesta segunda-feira (31), para lembrar os 50 anos do golpe que instaurou uma ditadura militar no Brasil. O local abrigou o antigo DOI-Codi (Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna) durante o regime militar. Cerca de 1.000 pessoas participaram do evento, inclusive antigos presos políticos Danilo Verpa/Folhapress Mais

31.mar.2014 - Parentes de desaparecidos políticos, estudantes e integrantes de movimentos sociais seguram cartazes de desaparecidos na época da ditadura militar durante ato no pátio do 36º DP, no Paraíso, zona sul de São Paulo, nesta segunda-feira (31), para lembrar os 50 anos do golpe que instaurou uma ditadura militar no Brasil. O local abrigou o antigo DOI-Codi (Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna) durante o regime militar. Cerca de 1.000 pessoas participaram do evento, inclusive antigos presos políticos Danilo Verpa/Folhapress Mais

31.mar.2014 - Parentes de desaparecidos políticos, estudantes e integrantes de movimentos sociais seguram cartazes de desaparecidos na época da ditadura militar durante ato no pátio do 36º DP, no Paraíso, zona sul de São Paulo, nesta segunda-feira (31), para lembrar os 50 anos do golpe que instaurou uma ditadura militar no Brasil. O local abrigou o antigo DOI-Codi (Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna) durante o regime militar. Cerca de 1.000 pessoas participaram do evento, inclusive antigos presos políticos Danilo Verpa/Folhapress Mais

31.mar.2014 - A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) realizou nesta segunda-feira (31) um ato público intitulado "Para Não Repetir", que relembra os 50 anos do golpe militar. O ato contou com a presença do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo Antônio Cruz/Agência Brasil Mais

31.mar.2014 - A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) realizou nesta segunda-feira (31) um ato público intitulado "Para Não Repetir", que relembra os 50 anos do golpe militar. O ato contou com a presença do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo Antônio Cruz/Agência Brasil Mais

31.mar.2014 - A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) realizou nesta segunda-feira (31) um ato público intitulado "Para Não Repetir", que relembra os 50 anos do golpe militar. O ato contou com a presença do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo Antônio Cruz/Agência Brasil Mais

31.mar.2014 - A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) realizou nesta segunda-feira (31) ato público intitulado "Para Não Repetir", que relembra os 50 anos do golpe militar. O ato contou com a presença do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo Antônio Cruz/Agência Brasil Mais

31.mar.2014 - A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) realizou nesta segunda-feira (31) um ato público intitulado "Para Não Repetir", que relembra os 50 anos do golpe militar. O ato contou com a presença do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo Antônio Cruz/Agência Brasil Mais

31.mar.2014 - Senado fez sessão especial para lembrar os 50 anos do golpe militar de 1964. O senador João Capiberibe (PSB-AP) afirmou nesta segunda-feira (31) que a subcomissão da Verdade do Senado vai "se engajar" no movimento pela revisão da Lei da Anistia Geraldo Magela/Agência Senado Mais

31.mar.2014 - Senado fez sessão especial para lembrar os 50 anos do golpe militar de 1964, nesta segunda-feira (31). Durante sessão solene, o senador João Capiberibe (PSB-AP) afirmou que a subcomissão da Verdade do Senado vai "se engajar" no movimento pela revisão da Lei da Anistia. Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda aponta que a maior parte da população (46%) é a favor da anulação da norma como ela é aplicada hoje Geraldo Magela/Agência Senado Mais

31.mar.2014 - Senado fez sessão especial para lembrar os 50 anos do golpe militar de 1964, nesta segunda-feira (31). Durante sessão solene, o senador João Capiberibe (PSB-AP) afirmou que a subcomissão da Verdade do Senado vai "se engajar" no movimento pela revisão da Lei da Anistia. Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda aponta que a maior parte da população (46%) é a favor da anulação da norma como ela é aplicada hoje Geraldo Magela/Agência Senado Mais

31.mar.2014 - Senador Pedro Simon (PMDB-RS) observa Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) discursando durante sessão especial do Senado para lembrar os 50 anos do golpe militar de 1964. Durante sessão solene, o senador João Capiberibe (PSB-AP) afirmou que a subcomissão da Verdade do Senado vai "se engajar" no movimento pela revisão da Lei da Anistia. Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda aponta que a maior parte da população (46%) é a favor da anulação da norma como ela é aplicada hoje Geraldo Magela/Agência Senado Mais

31.mar.2014 - Cartazes e faixas foram colados em frente à casa do coronel reformado Carlos Alberto Brilhante Ustra, em Brasília, nesta segunda-feira (31). Também conhecido como Dr. Tibiriçá, o coronel foi chefe do antigo DOI-Codi (Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna) do 2º Exército, em São Paulo, órgão de repressão da ditadura militar. Nesta segunda-feira, diversos atos marcam os 50 anos do golpe militar no Brasil Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil Mais

31.mar.2014 - Cartazes e faixas foram colados em frente à casa do coronel reformado Carlos Alberto Brilhante Ustra, em Brasília, nesta segunda-feira (31). Também conhecido como Dr. Tibiriçá, o coronel foi chefe do antigo DOI-Codi (Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna) do 2º Exército, em São Paulo, órgão de repressão da ditadura militar. Nesta segunda-feira, diversos atos marcam os 50 anos do golpe militar no Brasil Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil Mais

31.mar.2014 - Cartazes e faixas foram colados em frente à casa do coronel reformado Carlos Alberto Brilhante Ustra, em Brasília, nesta segunda-feira (31). Também conhecido como Dr. Tibiriçá, o coronel foi chefe do antigo DOI-Codi (Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna) do 2º Exército, em São Paulo, órgão de repressão da ditadura militar. Nesta segunda-feira, diversos atos marcam os 50 anos do golpe militar no Brasil Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil Mais

31.mar.2014 - Um roteiro composto por sete lugares marcantes para a memória e luta pela democracia durante a ditadura militar no Rio de Janeiro foi lançado nesta segunda-feira (31), chamado de "Circuito da Liberdade". Dentre os locais está a antiga sede da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) onde a funcionária Lyda Monteiro da Silva morreu, ao abrir uma carta-bomba, em 27 de abril de 1980. O ato faz parte de um conjunto de eventos realizados em todo país para lembrar os 50 anos do golpe militar Tomaz Silva/Agência Brasil Mais

31.mar.2014 - Um roteiro composto por sete lugares marcantes para a memória e luta pela democracia durante a ditadura militar no Rio de Janeiro foi lançado nesta segunda-feira (31), chamado de "Circuito da Liberdade". Dentre os locais está a antiga sede da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) onde a funcionária Lyda Monteiro da Silva morreu, ao abrir uma carta-bomba, em 27 de abril de 1980. O ato faz parte de um conjunto de eventos realizados em todo país para lembrar os 50 anos do golpe militar Tomaz Silva/Agência Brasil Mais

31.mar.2014 - Uma exposição alusiva à ditadura militar é instalada na Câmara dos Deputados nesta segunda-feira (31). A partir desta terça (1º) a Câmara vai realizar uma série de eventos para lembrar a luta pela volta da democracia e a resistência contra a ditadura Luis Macedo/Câmara dos Deputados Mais

31.mar.2014 - Uma exposição alusiva à ditadura militar é instalada na Câmara dos Deputados nesta segunda-feira (31). A partir desta terça (1º) a Câmara vai realizar uma série de eventos para lembrar a luta pela volta da democracia e a resistência contra a ditadura Luis Macedo/Câmara dos Deputados Mais

31.mar.2014 - Uma exposição alusiva à ditadura militar é instalada na Câmara dos Deputados nesta segunda-feira (31). A partir desta terça (1º) a Câmara vai realizar uma série de eventos para lembrar a luta pela volta da democracia e a resistência contra a ditadura Luis Macedo/Câmara dos Deputados Mais

31.mar.2014 - Movimentos sociais fazem manifestação em frente ao Congresso Nacional, nesta segunda-feira (21) lembrando os 50 anos do golpe militar que deu início à ditadura no Brasil Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil Mais

31.mar.2014 - Movimentos sociais fazem manifestação em frente ao Congresso Nacional, nesta segunda-feira (21) lembrando os 50 anos do golpe militar que deu início à ditadura no Brasil Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil Mais

31.mar.2014 - Movimentos sociais fazem manifestação em frente ao Congresso Nacional, nesta segunda-feira (21) lembrando os 50 anos do golpe militar que deu início à ditadura no Brasil Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil Mais

1º.abr.2014 - Grupo "O Levante Popular da Juventude" protestou em frente a casa de Aparecido Laertes Calandra, conhecido como "Capitão Ubirajara", no bairro Ipiranga, em São Paulo. O capitão é acusado de torturas e mortes ocorridas no Destacamento de Operações de Informações do Centro de Operações de Defesa Interna (DOI-Codi), no período da ditadura Avener Prado/Folhapress Mais

1º.abr.2014 - Estudantes picharam e colocaram faixas de protesto na casa de Aparecido Laertes Calandra, conhecido como "Capitão Ubirajara", no bairro Ipiranga, em São Paulo. O capitão é apontado como torturador atuante no DOI-Codi de São Paulo durante a ditadura Danilo Verpa/Folhapress Mais

1º.abr.2014 - Faixa estendida na Câmara dos Deputados provocou polêmica durante sessão destinada a relembrar o golpe de Estado que deu origem à ditadura militar no Brasil. A faixa trazia os dizeres "Parabéns militares. Graças a vocês, o Brasil não é Cuba" Antonio Augusto/Câmara dos Deputados Mais

1º.abr.2014 - A sessão solene realizada nesta terça-feira (1º) na Câmara dos Deputados para lembrar os 50 anos do golpe de 1964 terminou em confusão depois que uma faixa que dizia "Parabéns aos militares. Graças a vocês o Brasil não é Cuba!" foi estendida por militantes na galeria do plenário. Manifestantes mostraram cartazes com fotos de mortos e desaparecidos políticos Antonio Augusto / Câmara dos Deputados Mais

1º.abr.2014 - A sessão solene realizada nesta terça-feira (1º) na Câmara dos Deputados para lembrar os 50 anos do golpe de 1964 terminou em confusão depois que uma faixa que dizia "Parabéns aos militares. Graças a vocês o Brasil não é Cuba!" foi estendida por militantes na galeria do plenário. Uma mulher que se identificou como Ivone Luzardo, presidente da União Nacional das Esposas de Militares das Forças Armadas do Brasil, caiu no chão durante o conflito Antonio Augusto / Câmara dos Deputados Mais

1º.abr.2014 - Manifestantes viram as costas durante discurso do Deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) na sessão solene realizada nesta terça-feira (1º) na Câmara dos Deputados para lembrar os 50 anos do golpe de 1964. A solenidade terminou em confusão depois que uma faixa que dizia "Parabéns aos militares. Graças a vocês o Brasil não é Cuba!" foi estendida por militantes na galeria do plenário Antonio Augusto / Câmara dos Deputados Mais

1º.abr.2014 - A sessão solene realizada nesta terça-feira (1º) na Câmara dos Deputados para lembrar os 50 anos do golpe de 1964 terminou em confusão depois que uma faixa que dizia "Parabéns aos militares. Graças a vocês o Brasil não é Cuba!" foi estendida por militantes na galeria do plenário. Uma mulher que se identificou como Ivone Luzardo, presidente da União Nacional das Esposas de Militares das Forças Armadas do Brasil, caiu no chão e precisou de ajuda durante o conflito Sérgio Lima/Folhapress Mais

1º.abr.2014 - A sessão solene realizada nesta terça-feira (1º) na Câmara dos Deputados para lembrar os 50 anos do golpe de 1964 terminou em confusão depois que uma faixa que dizia "Parabéns aos militares. Graças a vocês o Brasil não é Cuba!" foi estendida por militantes na galeria do plenário. Uma mulher que se identificou como Ivone Luzardo, presidente da União Nacional das Esposas de Militares das Forças Armadas do Brasil, caiu no chão e precisou de ajuda durante o conflito Sérgio Lima/Folhapress Mais

1º.abr.2014 - Uma mulher que se identificou como Ivone Luzardo, presidente da União Nacional das Esposas de Militares das Forças Armadas do Brasil, foi contida pelos seguranças após ter caído no chão durante o conflito na sessão solene realizada nesta terça-feira (1º) na Câmara dos Deputados para lembrar os 50 anos do golpe de 1964, que terminou em confusão depois que uma faixa que dizia "Parabéns aos militares. Graças a vocês o Brasil não é Cuba!" foi estendida por militantes na galeria do plenário Sérgio Lima/Folhapress Mais

1º.abr.2014 - Uma mulher que se identificou como Ivone Luzardo, presidente da União Nacional das Esposas de Militares das Forças Armadas do Brasil, precisou de ajuda após ter caído no chão durante o conflito na sessão solene realizada nesta terça-feira (1º) na Câmara dos Deputados para lembrar os 50 anos do golpe de 1964, que terminou em confusão depois que uma faixa que dizia "Parabéns aos militares. Graças a vocês o Brasil não é Cuba!" foi estendida por militantes na galeria do plenário Renato Costa/ Frame/ Estadão Conteúdo Mais

1º.abr.2014 - O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) conversa com o deputado João Paulo Lima e Silva (PT- PE) na sessão solene realizada nesta terça-feira (1º) na Câmara dos Deputados para lembrar os 50 anos do golpe de 1964, que terminou em confusão depois que uma faixa que dizia "Parabéns aos militares. Graças a vocês o Brasil não é Cuba!" foi estendida por militantes na galeria do plenário Antônio Cruz/ Agência Brasil Mais

1º.abr.2014 - Manifestantes colocam esculturas na Cinelândia, centro do Rio de Janeiro, em protesto aos 50 anos do golpe militar ocorrido em 1º de abril de 1964 Fabio Teixeira/UOL Mais

1º.abr.2014 - Manifestantes fazem ato para lembrar os 50 anos do golpe que instaurou a ditadura militar no Brasil, na Cinelândia, centro do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (1º) Fabio Teixeira/UOL Mais

1º.abr.2014 - Manifestante pinta o rosto de preto para participar de ato que lembra os 50 anos do golpe que instaurou a ditadura militar no Brasil, na Cinelândia, centro do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (1º) Fabio Teixeira/UOL Mais

1º.abr.2014 - Manifestantes fazem ato para lembrar os 50 anos do golpe que instaurou a ditadura militar no Brasil, na Cinelândia, centro do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (1º) Fabio Teixeira/UOL Mais

1º.abr.2014 - Manifestante ergue cartaz onde se lê "Lugar de torturador é na cadeira" durante ato que lembra os 50 anos do golpe que instaurou a ditadura militar no Brasil, na Cinelândia, centro do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (1º) Fabio Teixeira/UOL Mais

1º.abr.2014 - Manifestante é detido por policiais durante ato que lembra os 50 anos do golpe que instaurou a ditadura militar no Brasil, na Cinelândia, centro do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (1º) Fabio Teixeira/UOL Mais

1º.abr.2014 - Manifestante é detido por policiais durante ato que lembra os 50 anos do golpe que instaurou a ditadura militar no Brasil, na Cinelândia, centro do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (1º) Fabio Teixeira/UOL Mais

1º.abr.2014 - Manifestante vestido de Batman ergue cartaz onde se lê "Resistir é preciso" em frente aos policiais durante ato que lembra os 50 anos do golpe que instaurou a ditadura militar no Brasil, na Cinelândia, centro do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (1º) Fabio Teixeira/UOL Mais

1º.abr.2014 - Manifestante ergue cartaz onde se lê "Terroristas vestem fardas" durante ato que lembra os 50 anos do golpe que instaurou a ditadura militar no Brasil, na Cinelândia, centro do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (1º) Fabio Teixeira/UOL Mais

1º.abr.2014 - Manifestantes são revistados por policiais durante ato que lembra os 50 anos do golpe que instaurou a ditadura militar no Brasil, na Cinelândia, centro do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (1º) Fabio Teixeira/UOL Mais

1º.abr.2014 - Manifestantes acendem velas e balançam bandeiras durante ato que lembra os 50 anos do golpe que instaurou a ditadura militar no Brasil, na Cinelândia, centro do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (1º) Fabio Teixeira/UOL Mais

1º.abr.2014 - Manifestantes desenham seus corpos no chão em homenagem aos mortos na ditadura, durante ato que lembra os 50 anos do golpe que instaurou a ditadura militar no Brasil, na Cinelândia, centro do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (1º) Fabio Teixeira/UOL Mais

1º.abr.2014 - Manifestantes desenham seus corpos no chão em homenagem aos mortos na ditadura, durante ato que lembra os 50 anos do golpe que instaurou a ditadura militar no Brasil, na Cinelândia, centro do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (1º) Fabio Teixeira/UOL Mais

1º.abr.2014 - Câmara dos Deputados inaugura busto do ex-deputado Rubens Paiva, cassado e morto na ditadura Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados Mais

4.abr.2014 - Banner contra a Ditadura Militar e lembrando os 50 anos do golpe de 64, é pendurado e ocupa 5 andares do prédio do Sindicato dos Comerciários do Estado de São Paulo, na região do Vale do Anhangabaú, em São Paulo J. Duran Machfee/ Futura Press/ Estadão Conteúdo Mais

Atos lembram os 50 anos do golpe militar no Brasil

Mais álbuns de UOL Notícias x

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos