Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2014/05/14/moradores-de-sp-contam-por-que-andam-de-bicicleta-na-cidade.htm
  • totalImagens: 15
  • fotoInicial: 13
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20140514150332
    • São Paulo [5106]; São Paulo [5110];
    • Bicicleta [52585]; Ciclovia [9372];
Fotos

O engenheiro aposentado Omar Marrach, 63, pedala desde 2004. "Não dá para andar de carro em São Paulo. O trânsito está muito ruim. Você perde muito tempo, você se estressa. Então a bicicleta é a saída". Ele usa a bicicleta para passear e se deslocar até lugares onde pratica natação, como o Sesc Pinheiros, na zona oeste. Diz que é perigoso pedalar onde não há estrutura para bicicletas e reivindica a implantação de mais ciclovias na cidade Reinaldo Canato/UOL Mais

O paisagista Jorge Fix tem duas bicicletas. Usa a mais simples três vezes por semana. Sempre para trabalhar. E faz isso há dois anos. Ele chega de picape à região dos Jardins, na zona oeste de São Paulo, tira a bicicleta do bagageiro e sai pedalando para visitar clientes nos arredores. "Começaram a tirar vagas para estacionar carro e aí comecei a usar a bicicleta. Ou você paga o estacionamento, que é caríssimo, ou você vai de bicicleta" Reinaldo Canato/UOL Mais

Esther Curi Melo, 19, mora na Vila Madalena e pratica atletismo no Esporte Clube Pinheiros, tudo na zona oeste de São Paulo. No começo do ano, depois de muitos anos sem pedalar, comprou uma bicicleta e deixou de andar de ônibus. "É muito trânsito, ficava agoniada. Faço esse trajeto [de bicicleta] todos os dias para eu ir treinar mais rápido" Reinaldo Canato/UOL Mais

Há quase dez anos o publicitário Paulo Rios, 43, passou a ir de bicicleta ao trabalho. Motivo: estresse no trânsito. "Comecei a brigar no trânsito. Brigava até com a minha mulher, deixando ela nervosa, ameaçando a família inteira. Aí optei [pela bicicleta]." Usa eventualmente o carro da família nos fins de semana para fazer compras grandes ou quando vai viajar. Mas o trânsito de São Paulo ainda irrita o publicitário. Quando não pedala, prefere caminhar a dirigir Reinaldo Canato/UOL Mais

O vigia Edson Pereira da Silva, 37, não tem carro e anda de bicicleta há 12 anos. Pedala todos os dias para ir ao trabalho e até para levar o filho de 8 anos à escola. Prefere a bicicleta ao transporte público. "A condução demora muito. Aqui [na bicicleta] é bem mais compensador" Reinaldo Canato/UOL Mais

O escritor e artista plástico Fabio Junqueira, 56, passou a andar mais de bicicleta em 2014 e fez desse hábito uma profissão. "Queria mudar de vida. Chega de escritório", diz. Em abril, começou a trabalhar como "bike courier", ou seja, faz entregas com sua bicicleta. "Por mais que esteja esse trânsito louco, andar de bicicleta não estressa", afirma. "Em São Paulo, você acredita que precisa de carro e que não dá para andar de bicicleta, o que não é verdade", diz sem deixar de cobrar a implantação de ciclovias na região central da cidade Reinaldo Canato/UOL Mais

A arquiteta Melina Valente pedala quase todos os dias. Faz isso em São Paulo desde 2008 quando voltou de uma temporada em Berlim. "Eu usava muito a bicicleta lá. Então tomei gosto". Utiliza a bicicleta para ir ao trabalho, para fazer compras e até para ir ao cinema. Diz que era preciso ser "um viking desbravador" para pedalar na avenida Faria Lima, na zona oeste de São Paulo, antes da existência da ciclovia. "Com essa ciclovia, ficou muito mais fácil a vida". Melina reclama, porém, do visual dos capacetes, item de segurança para ciclistas. "Não uso capacete porque não é bonito" Reinaldo Canato/UOL Mais

O pintor Luis Antonio Mendes, 41, é um ciclista experiente: pedala diariamente há 14 anos. Morador do Jardim Ângela, na zona sul, percorre longas distâncias para trabalhar. O material de trabalho é levado em uma mochila Reinaldo Canato/UOL Mais

O professor Vitor Rangel pedala há seis anos. Ele usa a bicicleta para trabalhar e passear. Elogia a ciclovia da avenida Faria Lima, na zona oeste de São Paulo, mas alerta os pedestres distraídos. "O pessoal acha que aqui é calçada. Fica no celular, vai andando, não presta atenção no que está acontecendo. Devia ter mais sinalização para indicar que aqui não é para andar" Reinaldo Canato/UOL Mais

O analista de suprimentos Rodolfo Braga tem sua própria bicicleta há quatro anos e anda com ela nos fins de semana. Durante a semana, aluga outra para pedalar no Parque do Povo, perto de seu trabalho, e para almoçar Reinaldo Canato/UOL Mais

Há seis meses, o empresário Leandro Cavaleri Gerhardinger resolveu deixar o carro na garagem e começar a pedalar. Ele usa a bicicleta para se deslocar de casa para o trabalho. "Alterei minha forma de ver São Paulo. Eu andava só de carro. Andando de bicicleta tenho uma perspectiva diferente, muito mais legal" Reinaldo Canato/UOL Mais

O empresário Luiz Henrique Mozes tem uma loja virtual de cosméticos e usa a bicicleta para entregar produtos na cidade. Ele reclama que motoristas "jogam o carro em cima" de ciclistas nas ruas Reinaldo Canato/UOL Mais

A estudante Bárbara Coelho pedala desde o começo do ano. Tem uma bicicleta, mas também aluga com frequência. Resolve pedalar quando não quer usar o transporte público. Usa bicicleta para trabalhar e para passear Reinaldo Canato/UOL Mais

O dentista Tom Falcão, 54, é outro ciclista experiente: usa bicicleta há 20 anos e faz isso quase todo dia para o deslocamento entre sua casa e o trabalho. "Acabei tomando gosto." O carro passa a maior parte do tempo na garagem Reinaldo Canato/UOL Mais

O estudante de música George Lucas Aran Nercessian, 23, tem bicicleta e pedala desde criança, mas diz que intensificou o hábito nos últimos meses. Usa a bicicleta para ir à faculdade e para outros deslocamentos. Quase não anda de carro. Quando não pedala, prefere usar o metrô Reinaldo Canato/UOL Mais

Moradores de SP trocam carro por bicicleta para evitar estresse

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos