Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2014/06/13/fotografo-mostra-cemiterio-de-avioes-da-2-guerra-de-colecionador-nos-eua.htm
  • totalImagens: 15
  • fotoInicial: 9
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20140613060100
    • Segunda Guerra Mundial [53151];
    • EUA [5300]; Ohio [5275];
    • Aviões [13537]; Internacional [35978];
Fotos

O fotógrafo norte-americano Johnny Joo teve acesso a uma coleção incrível de aviões da 2ª Guerra Mundial. As aeronaves foram compradas por Walter Soplata, dono de um ferro-velho, e guardadas em um terreno em Ohio. As fotos estão no livro ''Empty Spaces'' (Espaços vazios, em tradução livre, disponível em http://architecturalafterlife.com/empty-spaces/) sobre o cinturão da ferrugem, área de industrialização mais antiga nos EUA, no nordeste do país Facebook/UrbanExplorationUS/Johnny Joo Mais

As aeronaves foram compradas por Walter Soplata, dono de um ferro-velho, e guardadas em um terreno em Ohio. Segundo o ''Huffington Post'', a família dele mantém a localização exata do cemitério de aviões em segredo para evitar que o ferro-velho atraia coletores Facebook/UrbanExplorationUS/Johnny Joo Mais

O fotógrafo norte-americano Johnny Joo teve acesso a uma coleção incrível de aviões da 2ª Guerra Mundial. Entre eles, estão modelos B-25, Vultee BT-15 Trainer, FG-1D Corsair e Fairchild c-82 Boxcar. As fotos estão no livro ''Empty Spaces'' (Espaços vazios, em tradução livre, disponível em https://www.facebook.com/UrbanExplorationUS) sobre o cinturão da ferrugem, área de industrialização mais antiga nos EUA, no nordeste do país Facebook/UrbanExplorationUS/Johnny Joo Mais

As aeronaves foram compradas por Walter Soplata, dono de um ferro-velho, e guardadas em um terreno em Ohio. Entre elas, estão modelos B-25, Vultee BT-15 Trainer, FG-1D Corsair e Fairchild c-82 Boxcar. Segundo o ''Huffington Post'', Soplata morreu há alguns anos e sua família manteve o cemitério de aviões --ela se recusa a vendê-los a museus Facebook/UrbanExplorationUS/Johnny Joo Mais

O fotógrafo norte-americano Johnny Joo teve acesso a uma coleção incrível de aviões da 2ª Guerra Mundial. As fotos estão no livro ''Empty Spaces'' (Espaços vazios, em tradução livre, disponível em https://www.facebook.com/UrbanExplorationUS) sobre o cinturão da ferrugem, área de industrialização mais antiga nos EUA, no nordeste do país Facebook/UrbanExplorationUS/Johnny Joo Mais

As aeronaves foram compradas por Walter Soplata, dono de um ferro-velho, e guardadas em um terreno em Ohio. Segundo o ''Huffington Post'', a família dele mantém a localização exata do cemitério de aviões em segredo para evitar que o ferro-velho atraia coletores Facebook/UrbanExplorationUS/Johnny Joo Mais

O fotógrafo norte-americano Johnny Joo teve acesso a uma coleção incrível de aviões da 2ª Guerra Mundial. Entre eles, estão modelos B-25, Vultee BT-15 Trainer, FG-1D Corsair e Fairchild c-82 Boxcar Facebook/UrbanExplorationUS/Johnny Joo Mais

As aeronaves foram compradas por Walter Soplata, dono de um ferro-velho, e guardadas em um terreno em Ohio. Segundo o ''Huffington Post'', a família dele mantém a localização exata do cemitério de aviões em segredo para evitar que o ferro-velho atraia coletores Facebook/UrbanExplorationUS/Johnny Joo Mais

As aeronaves foram compradas por Walter Soplata, dono de um ferro-velho, e guardadas em um terreno em Ohio. Entre elas, estão modelos B-25, Vultee BT-15 Trainer, FG-1D Corsair e Fairchild c-82 Boxcar. Segundo o ''Huffington Post'', Soplata morreu há alguns anos e sua família manteve o cemitério de aviões --ela se recusa a vendê-los a museus Facebook/UrbanExplorationUS/Johnny Joo Mais

As fotos estão no livro ''Empty Spaces'' (Espaços vazios, em tradução livre, disponível em https://www.facebook.com/UrbanExplorationUS) sobre o cinturão da ferrugem, área de industrialização mais antiga nos EUA, no nordeste do país Facebook/UrbanExplorationUS/Johnny Joo Mais

As aeronaves foram compradas por Walter Soplata, dono de um ferro-velho, e guardadas em um terreno em Ohio. Segundo o ''Huffington Post'', a família dele mantém a localização exata do cemitério de aviões em segredo para evitar que o ferro-velho atraia coletores Facebook/UrbanExplorationUS/Johnny Joo Mais

As aeronaves foram compradas por Walter Soplata, dono de um ferro-velho, e guardadas em um terreno em Ohio. Segundo o ''Huffington Post'', Soplata morreu há alguns anos e sua família manteve o cemitério de aviões --ela se recusa a vendê-los a museus Facebook/UrbanExplorationUS/Johnny Joo Mais

As fotos estão no livro ''Empty Spaces'' (Espaços vazios, em tradução livre, disponível em https://www.facebook.com/UrbanExplorationUS) sobre o cinturão da ferrugem, área de industrialização mais antiga nos EUA, no nordeste do país Facebook/UrbanExplorationUS/Johnny Joo Mais

As aeronaves foram compradas por Walter Soplata, dono de um ferro-velho, e guardadas em um terreno em Ohio. Segundo o ''Huffington Post'', Soplata morreu há alguns anos e sua família manteve o cemitério de aviões --ela se recusa a vendê-los a museus Facebook/UrbanExplorationUS/Johnny Joo Mais

As aeronaves foram compradas por Walter Soplata, dono de um ferro-velho, e guardadas em um terreno em Ohio. Segundo o ''Huffington Post'', a família dele mantém a localização exata do cemitério de aviões em segredo para evitar que o ferro-velho atraia coletores Facebook/UrbanExplorationUS/Johnny Joo Mais

Americano mantém cemitério de aviões da 2ª Guerra

Mais álbuns de UOL Notícias x

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos