Informações sobre o álbums
  • editoria:Geral
  • galeria: Enquete
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2015/01/15/violencia-no-rio-de-janeiro-em-2015.htm
  • totalImagens: 245
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20110610213816
Fotos
30.dez.2015 - Familiares e amigos do jovem Wesley Daniel Santos Oliveira, que morreu após ser baleado quando saia da igreja na comunidade do Jacarezinho, na zona norte do Rio de Janeiro, protestam após o enterro do rapaz no Cemitério de Inhaúma. Segundo a Polícia Militar, policiais do Batalhão de Choque envolveram-se em um tiroteio com criminosos no local. Os policiais, segundo a PM, encontraram Wesley ferido e o encaminharam à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Engenho Novo, mas ele não sobreviveu Daniel Castelo Branco/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
25.dez.2015 - O feirante Marcos dos Santos (de boina) se emociona durante o enterro do filho, Marcos Vinicius dos Santos, morto aos 11 anos em tiroteio na Cidade de Deus, no Rio de Janeiro. "Perdi a metade de mim. Mataram uma criança, um anjo", disse o pai em entrevista ao "Bom dia Rio", da TV Globo. Homens entraram atirando em um beco da favela, deixando duas pessoas mortas e outras duas feridas. O enterro do menino, no Cemitério do Pechincha, teve a presença de muitos moradores da comunidade Márcio Mercante/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
2.dez.2015 - Uma nova perícia realizada pela Polícia Civil no carro onde estavam os cinco jovens assassinados por PMs do 41º BPM , em Costa Barros, na zona norte do Rio de Janeiro, neste fim de semana, identificou ao menos 63 marcas de tiros no veículo Fabiano Rocha/Agência O Globo

Mais
30.nov.2015 - Parentes dos jovens assassinados por PMs no Rio de Janeiro prestam últimas homenagens às vítimas durante o enterro, no cemitério de Irajá, zona norte da capital fluminense. O veículo onde os rapazes estavam foi atingido por mais de 50 tiros de fuzil Júlio César Guimarães/UOL

Mais
30.nov.2015 - Bandeira do Brasil furada, em alusão a marcas de tiros, foi uma das formas de protesto durante o enterro de cinco jovens assassinados por PMs no Rio de Janeiro. O veículo onde os rapazes estavam foi atingido por mais de 50 disparos de fuzil Júlio César Guimarães/UOL

Mais
30.nov.2015 - Mãe de um dos cinco jovens mortos por PMs no Rio de Janeiro quando saíam para uma comemoração se desespera antes do enterro do filho, no cemiterio de Irajá, na zona norte. O veículo onde os rapazes estavam foi atingido por mais de 50 tiros de fuzil Júlio César Guimarães/UOL

Mais
29.nov.2015 - Um grupo de cinco jovens foi morto nas proximidades da Estrada João Paulo, em Costa Barros, subúrbio do Rio de Janeiro, durante a madrugada. Os amigos de infância tinham acabado de voltar do Parque de Madureira e iam lanchar na comunidade quando o carro em que eles estavam foi alvo de disparos de PMs José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo

Mais
15.nov.2015 - O vereador Luciano Nascimento Batista (PC do B), mais conhecido como Luciano DJ, foi assassinado na madrugada deste domingo (15), em Seropédica, na Baixada Fluminense. Luciano DJ foi morto a tiros quando saía de uma casa de shows. De acordo com a Polícia Civil, um inquérito foi instaurado para apurar as circunstâncias da morte Fabiano Rocha/Extra/Agência O Globo

Mais
2.nov.2015 - Duas pessoas morreram e uma ficou ferida após homens iniciarem um tiroteio na rua Barão de São Félix, no centro do Rio de Janeiro, por volta das 5h desta segunda-feira (2). Os corpos das vítimas estão no IML (Instituto Médico-Legal). Uma das vítimas morreu no local, e as demais foram levadas ao Hospital Souza Aguiar, também na região central, por um carro que passava pelo local. Uma delas não resistiu, e a outra segue hospitalizada Pablo Jacob/Agência O Globo

Mais
28.out.2015 - Familiares de vítimas da violência contra policiais, amigos e colegas de farda participam nesta quarta-feira (28) de uma manifestação de repúdio à violência contra membros da Polícia Militar do Rio de Janeiro, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Durante o ato, os presentes fizeram homenagem a Neandro Santos de Oliveira, queimado vivo por traficantes da favela Final Feliz, em Costa Barros, na zona norte da capital fluminense, em 12 de outubro. A vítima era soldado do 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes) Polícia Militar do Rio/Facebook

Mais
21.out.2015 - Coletes balísticos e fardas da Polícia Militar, munições e carregadores de fuzil 762 foram apreendidos em operação realizada pela Draco/IE (Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e de Inquéritos Especiais) e pela Delegacia de Homicídio da Capital na Favela do Aço, em Paciência, na zona oeste do Rio de Janeiro. Os policiais também encontraram um revólver e seis carros roubados. Segundo a polícia, os objetos pertenciam a milicianos que atuam em uma favela vizinha e sequestraram um vigilante, resgatado durante a ação Divulgação/Seseg-RJ

Mais
21.out.2015 - Policiais Militares se emocionam e choram durante o enterro do PM Neandro Santos de Oliveira, no Rio de Janeiro. Neandro, desparecido desde a semana passada, foi queimado vivo por traficantes da favela Final Feliz, em Costa Barros, segundo informações relatadas à polícia por um suspeito detido nesta terça-feira (20) Guilherme Pinto / Extra / Agência O Globo

Mais
15.out.2015 - A Polícia Militar do Rio de Janeiro esteve na região do Complexo do Chapadão, na zona norte do Rio de Janeiro, onde realizou mais uma ação com o objetivo de localizar o soldado Neandro Santos de Oliveira, desaparecido desde a última segunda-feira (12) Fabiano Rocha/Agência O Globo

Mais
11.out.2015 - Caixões representando vítimas da violência foram colocados na praia de Copacabana durante protesto da ONG Rio de Paz, no Rio de Janeiro. Segundo os organizadores, o Estado do Rio já registrou 4.000 mortes violentas em 2015 Ricardo Moraes/Reuters

Mais
3.out.2015 - Policiais presos deixam o BEP, em Benfica, em direção ao presídio em Niterói Gabriel de Paiva/Ag. O Globo

Mais
2.out.2015 - Tropa de elite usa toucas ninjas para transferir 130 policiais presos após a Justiça do Estado do Rio de Janeiro determinar o fechamento do Batalhão Especial Prisional (BEP), localizado em Benfica, zona norte do Rio de Janeiro. A decisão ocorreu após uma magistrada da Vara de Execuções Penais ser agredida por militares presos nesse batalhão, durante uma inspeção de rotina. Os presos serão transferidos para um presídio em Niterói Domingos Peixoto / Agência O Globo

Mais
2.out.2015 - Policiais militares chegam ao Batalhão Especial Prisional (BEP), fechado pela Jusitça, após uma juíza da Vara de Execuções Penais ser agredida por PMs presos durante uma inspeção de rotina, em Benfica, Rio de Janeiro Fabiano Rocha/Ag. O Globo

Mais
1º.out.2015 - Movimentação policial no BEP (Batalhão Especial Prisional) da Polícia Militar do Rio de Janeiro, em Benfica, na zona norte da capital fluminense, onde a juíza Daniela Barbosa foi agredida durante inspeção no local, nesta quinta-feira (2) Rafael Moraes/Agência O Globo

Mais
30.set.2015 - Familiares e amigos colocam flores durante sepultamento do adolescente Eduardo Felipe Santos Victor, 17, no cemitério São João Batista, em Botafogo, zona sul do Rio de Janeiro. A vítima foi morta por policiais militares da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Providência Armando Paiva/Eleven/Estadão Conteúdo

Mais
27.set.2015 - Jovem entra pela janela em ônibus na rua Ana Neri, em Benfica, na zona norte do Rio, neste domingo (27). Momentos depois, policiais militares entraram no veículo e retiraram do ônibus o rapaz, que teve de seguir o caminho a pé. A PM reforçou o policiamento no subúrbio e no acesso às praias do Rio depois de uma onda de arrastões Fabiano Rocha/Extra/Agência O Globo

Mais
26.set.2015 - Policiamento é reforçado na praia de Copacabana e no Arpoador, na zona sul do Rio de Janeiro. Começou hoje a Operação Verão no Rio, que conta com um esquema de segurança no entorno da orla, no subúrbio e na Baixada Fluminense, para evitar ocorrência de arrastões e roubos nas praias cariocas Fábio Motta/Estadão Conteúdo

Mais
26.set.2015 - Policial aborda passageiro de ônibus em barreira montada pela Polícia Militar em Bonsucesso, na zona norte do Rio de Janeiro. Começou hoje a Operação Verão no Rio, que conta com um esquema de segurança no entorno da orla, no subúrbio e na Baixada Fluminense, para evitar ocorrência de arrastões e roubos nas praias cariocas Marcos Arcoverde/Estadão Conteúdo

Mais
25.set.2015 - Segundo o relato da publicitária Luciana Passos, autora da foto, o taxista sentado na calçada foi esfaqueado pelo motorista do ônibus que teria sido "fechado" na rua Visconde de Pirajá, em Ipanema, zona sul do Rio de Janeiro Luciana Passos/Twitter

Mais
24.set.2015 - Avessos a entrevistas, mas animados com o alcance midiático dos assaltos, os jovens suspeitos de promover arrastões na zona sul do Rio de Janeiro vêm transformando redes sociais em janelas para seu cotidiano em locais que ocupam o topo das estatísticas de violência na capital fluminense, como Penha, Jacarezinho e Manguinhos Reprodução/Facebook

Mais
24.set.2015 - Em seus perfis e grupos de discussão, os jovens suspeitos de promover arrastões na zona sul do Rio de Janeiro compartilham fotos de jornais com flagrantes de assaltos ("aceita que dói menos"), imagens aéreas da correria em praias ("olha eu ali de branco") e registros caseiros de fuzis, carabinas e drogas ("hoje a noite vai ser pesada") Reprodução/Facebook

Mais
24.set.2015 - Colares dourados estão entre as imagens mais compartilhadas pelas páginas ligadas a arrastões na zona sul do Rio de Janeiro Reprodução/Facebook

Mais
24.set.2015 - Avessos a entrevistas, mas animados com o alcance midiático dos assaltos, os jovens suspeitos de promover arrastões na zona sul do Rio de Janeiro vêm transformando redes sociais em janelas para seu cotidiano em locais que ocupam o topo das estatísticas de violência na capital fluminense, como Penha, Jacarezinho e Manguinhos Reprodução/Facebook

Mais
24.set.2015 - As fotos são tiradas com celulares, em lajes ou pequenos cômodos localizados no eixo mais pobre do Rio de Janeiro, a dezenas de quilômetros da orla da zona sul Reprodução/Facebook

Mais
24.set.2015 - Colares dourados estão entre as imagens mais compartilhadas pelas páginas ligadas a arrastões na zona sul do Rio de Janeiro Reprodução/Facebook

Mais
24.set.2015 - Jovens se organizam em coretos, termo ligado a "bondes" ou grupos de adolescentes que se reúnem para praticar furtos na zona sul do Rio de Janeiro Reprodução/Facebook

Mais
24.set.2015 - O fim de semana nas praias da orla da zona sul carioca foi marcado por cenas de arrastões e violência generalizada. Muitos que pensavam aproveitar o forte calor na cidade acabaram sendo vítimas de roubos, assaltos e entraram em pânico com a correria na areia. Houve tumultos em Copacabana, no Arpoador, em Ipanema e em Botafogo. Pelo menos 30 pessoas foram detidas Fernando Maia/UOL

Mais
24.set.2015 - A reportagem do UOL visitou a praia de Copacabana, uma das mais badaladas do Rio, e conversou com moradores sobre os arrastões do sábado (19) e do domingo (20). Segundo eles, os atos recentes de violência geraram um clima de insegurança coletiva no bairro. Os entrevistados afirmaram que, nos arrastões da década de 90, frequentes nos fins de semana de sol, não havia a mesma "crueldade" por parte dos criminosos Fernando Maia/UOL

Mais
24.set.2015 - Para o jornalista Umberto Borges, 72, a polícia "precisa ser mais enérgica" no combate à violência. Ele defende a redução da maioridade penal como alternativa. "O menor de idade mata, rouba, estupra, mas não tem correção para eles. Ficam presos às vezes, mas dois ou três anos depois saem pior." Fernando Maia/UOL

Mais
24.set.2015 - O militar da reserva Antônio Justino, 66, pediu "policiamento ostensivo" nas praias da zona sul carioca. "(...) para diminuir um pouco, pelo menos, e afastar essas pessoas, principalmente nos fins de semana", completou. "Não tem nada de preconceito ou de racismo, todo mundo sabe que eles aproveitam o fim de semana para roubar na praia." Fernando Maia/UOL

Mais
24.set.2015 - O português Aurelino Santos, 86, é casado com uma brasileira e viaja ao Rio há 20 anos. "Aqui eu aprendi o que significa o arrastão, mas se você perguntar lá em Portugal, ninguém sabe o que é isso. As praias portuguesas não têm nada parecido. Mas o Brasil é um país maravilhoso, e o Rio tem a beleza que muitas outras cidades não têm." Fernando Maia/UOL

Mais
24.set.2015 - A pensionista Sueidy Baêta Costa, 69, afirmou que os arrastões de hoje são mais violentos em comparação com os da década de 90. "Na década de 90, o arrastão era até meio pacífico, como diz o outro. Eles vinham, puxavam a bolsa e corriam. É totalmente diferente do arrastão de hoje, que beira a calamidade pública. Não havia essa violência e essa brutalidade." Fernando Maia/UOL

Mais
24.set.2015 - Segundo o químico aposentado Raul Ricardo, 68, morador de Copacabana há 15 anos, os criminosos estão mais organizados. "Eles se comunicam antes e se preparam para agir. Usam o celular ou o WhatsApp para trocar informações sobre locais de maior movimentação. Etá ficando profissional", ironizou. "Dentro desses elementos, há sempre um que é mais inteligente. Dizem que a maioria é analfabeta e não estuda, mas certamente há o cabeça do grupo." Fernando Maia/UOL

Mais
24.set.2015 - Gilka Chaves, 85, há meio século residente em Copacabana, afirmou que não se sente à vontade para circular livremente pelas ruas e avenidas do bairro. "Piorou 100%. Antigamente, a gente andava cheia de joias aqui em Copacabana, mas hoje não dá para fazer isso", disse Fernando Maia/UOL

Mais
24.set.2015 - Teresinha Silva Soares, 60, afirmou que não tem mais coragem de ir à praia nos fins de semana. "Está assim tudo muito liberado. Os pivetes estão soltos em Copacabana. Não temos mais liberdade e o direito de vir à praia. Eu fico com medo. Faço ginástica no Leme, mas não na praia. Prefiro fazer mais afastado." Fernando Maia/UOL

Mais
24.set.2015 - Segundo Dulce Cantanhede, 82, os arrastões de hoje são mais graves porque os criminosos "já chegam para ferir ou para matar". Ela afirmou que, na década de 90, os assaltos com correria generalizada eram mais esporádicos e aconteciam apenas no verão. "Hoje, para você ver, não estamos nem no verão ainda e já estão tocando o terror." Fernando Maia/UOL

Mais
24.set.2015 - O professor Luiz Antônio, gaúcho de Santa Maria e residente no bairro há 25 anos, afirmou que os arrastões da década de 90 eram mais concentrados. "Eu tenho visto pequenos arrastões em toda a praia. Parece que hoje a coisa é mais espalhada", comentou Fernando Maia/UOL

Mais
20.set.2015 - Jovens de classe média em Copacabana entram em confronto com os que iam nos ônibus para zona norte na avenida Nossa Senhora de Copacabana Marcelo Carnaval/Ag. O Globo

Mais
20.set.2015 - Em meio a correria, policiais capturam jovem que roubou casal na praia do Arpoador, em Ipanema, na zona sul do Rio de Janeiro Domingos Peixoto/Agência O Globo

Mais
17.set.2015 - A Defensoria Pública informou que acionará a Justiça sobre a apreensão de 24 adolescentes ontem pela Polícia Militar (PM). Os jovens estavam dentro de um ônibus da Linha 474, que liga o Jacaré, na zona norte do Rio de Janeiro, a Ipanema, na zona sul. De acordo com a Defensoria, a ação policial contraria uma decisão da Vara da Infância e da Juventude, do último dia 10, que proíbe a apreensão de crianças e adolescentes sem que haja flagrante Marcelo Theobld / Extra / Ag. O Globo

Mais
17.set.2015 - A Defensoria Pública informou que acionará a Justiça sobre a apreensão de 24 adolescentes ontem pela Polícia Militar (PM). Os jovens estavam dentro de um ônibus da Linha 474, que liga o Jacaré, na zona norte do Rio de Janeiro, a Ipanema, na zona sul. De acordo com a Defensoria, a ação policial contraria uma decisão da Vara da Infância e da Juventude, do último dia 10, que proíbe a apreensão de crianças e adolescentes sem que haja flagrante Marcelo Theobld / Extra / Ag. O Globo

Mais
8.set.2015 - Um fuzil .556 de fabricação turca foi apreendido pela Polícia Federal na tarde desta terça-feira (8) em Inhaúma, na zona norte do Rio de Janeiro, junto a drogas e munições pertencentes à quadrilha do traficante Vladimir Guilherme Ramos de Queiroz, o "Barney", morto no mês passado. A arma, de uso exclusivo das Forças Armadas, e as drogas estavam escondidas em uma mala deixada dentro de um carro parado em um estacionamento. Com auxílio de cães farejadores, foram encontrados 14 tabletes de cocaína, 31 sacolas contendo vários pinos de cocaína cada uma, três sacos com diversas trouxinhas de maconha, além de munição calibre .762 e .556 Divulgação/Polícia Federal

Mais
8.set.2015 - Movimentação durante operação da Divisão de Homicídios e da Core (Coordenadoria de Recursos Especiais) da Polícia Civil do Rio de Janeiro na comunidade de Manguinhos, na zona norte da capital fluminense, nesta terça-feira. Um adolescente foi baleado e morreu. Em protesto, moradores montaram barricadas e interditaram a avenida Leopoldo Bulhões, uma das principais vias da região. Até as 15h, não havia informação sobre a autoria dos disparos. Os policiais procuravam por um suspeito de assassinar um policial na Ilha do Governador, também na zona norte do Rio, em abril deste ano Paulo Campos/Estadão Conteúdo

Mais
2.set.2015 - Funcionário se prepara para guinchar ônibus incendiado durante protesto de moradores do morro do Preventório, em Niterói, ocorrido na noite desta segunda-feira (1º). O motivo do ato seria a morte de um jovem, que foi baleado durante uma ação da Polícia Militar na comunidade. Três ônibus foram incendiados durante manifestação Gabriel de Paiva/Agência O Globo

Mais
31.08.2015 - A Polícia Civil do Rio de Janeiro realizou na manhã desta segunda-feira (31) uma operação em três comunidades da zona norte da capital para cumprir 12 mandados de prisão contra uma quadrilha de roubo de cargas. As ações ocorrem nas favelas Vila Cruzeiro, Kelson e Cidade Alta. Os criminosos procurados seriam responsáveis por roubar veículos que transportam cerveja, cigarros e eletrônicos na avenida Brasil Thiago Lontra/Agência O Globo

Mais
28.ago.2015 - Amigos e familiares homenageiam Clayton da Silva Modesto, 17, durante enterro no cemitério de São João Batista, em Botofago no Rio de Janeiro (RJ). Clayton foi encontrado morto no Morro da Babilônia, na zona sul, na quarta-feira (26). O caso está sendo investigado. Colegas e parentes fizeram um protesto e acreditam no envolvimento de policiais na morte do rapaz José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo

Mais
21.ago.2015 - A rotina de guerra no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, deixou os moradores do complexo entrincheirados em suas casas em 81% dos dias deste ano. Um casal de moradores contabilizou 190 de um total de 232 dias neste ano. Houve apenas 42 consecutivos de trégua em abril, após a morte de Eduardo de Jesus, 10, atingido por um tiro de fuzil na porta de casa. Na foto, o colégio Theophilo de Souza Pinto atingido por vários tiros Domingos Peixoto / Agência O Globo

Mais
21.ago.2015 - Homem é baleado em tiroteio com policiais militares na UPP da Babilônia, na zona sul do Rio de Janeiro Marcelo Piu / Agência O Globo

Mais
11.ago.2015 - O policiamento foi reforçado na comunidade da Mangueira, na zona norte do Rio de Janeiro, após um intenso tiroteio entre policiais e traficantes na manhã desta terça-feira (11). Um homem foi baleado e morreu Carlos Moraes/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
11.ago.2015 - Um homem morreu depois de ser baleado em tiroteio na favela da Mangueira, nesta terça-feira (11), na zona norte do Rio de Janeiro, entre PMs da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) e homens armados. Após o confronto, um grupo de moradores realizou um protesto no local. Manifestantes mais exaltados atearam fogo a objetos e depredaram ônibus. Um paralelepípedo foi lançado contra os policiais e acabou quebrando a vidraça dianteira de um veículo da PM Guilherme Pinto/Agência O Globo

Mais
31.jul.2015 - Polícia reforça contingente na Linha Vermelha após arrastão na Linha Vermelha, na altura do Complexo da Maré arrastão Marcelo Piu/Agência O Globo

Mais
14.jul.2015 - Familiares de Ana Cleide Ferreira Lima da Silva, de 41 anos, na UPA de Costa Barros, na Zona Norte do Rio de Janeiro, Ana Cleide morreu na manhã nesta terça-feira (14) no Morro da Pedreira, em Costa Barros, após ser atingida por um tiro nas costas quando seguia para um posto de saúde marcar uma consulta para a sogra. A morte da empregada doméstica aconteceu durante o confronto entre policiais e traficantes na região Fábio Gonçalves/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
14.jul.2015 - Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreende um caminhão carregado de produtos de informática, avaliados em R$ 1,5 milhão, em Queimados, na Baixada Fluminense, na tarde de terça-feira (14). Policiais faziam ronda pela rodovia quando viram bandidos armados em uma caminhonete e iniciaram uma perseguição. Durante a fuga, os suspeitos bateram em pelo menos dois carros, mas conseguiram escapar. A carga foi recuperada, e integrantes da equipe de escolta da carga que haviam sido feitos de reféns, foram libertados sem ferimentos Divulgação/Polícia Rodoviária Federal

Mais
12.jul.2015 - O corpo da policial militar Vanessa da Conceição de Oliveira, de 24 anos, foi enterrado na tarde deste domingo (12), no cemitério Parque Niterói, em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro. Ela morreu após a viatura que dirigia ter capotado na noite de sábado (11). Vanessa e outro policial faziam uma ronda quando souberam de um roubo de carro e foram averiguar. Eles se perderam e acabaram próximos ao Morro do Salgueiro, onde se depararam com os criminosos e foram atacados Maíra Coelho/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
12.jul.15 - Em uma perseguição a um veículo suspeito, dois policiais foram parar por engano na entrada do Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. O carro do 35º BPM (Itaboraí) foi atacado por cerca de 15 bandidos. O condutor tentou fazer o retorno, mas a viatura acabou capotando com os tiros. Um dos PMs --identificado como soldado Edudardo-- conseguiu sobreviver ao se esconder em uma das casas da região, mas a soldado Vanessa da Conceição de Oliveira, 24, foi encontrada desacordada e levada ao Hospital Estadual Alberto Torres, onde já chegou morta Rommel Pinto/Agência o Dia/Estadão Conteúdo

Mais
11.jul.2015 - O corpo do office-boy Alexandre de Oliveira, de 46 anos, foi velado e sepultado no Cemitério do Catumbi, no centro do Rio de Janeiro, neste sábado (11). Alexandre foi morto durante um assalto dentro da estação Uruguaiana, do Metrô da capital fluminense Luiz Souza/Futura Press/Estadão Conteúdo

Mais
10.jul.2015 - Parente da vitima de latrocínio chega a estação de metrô Uruguaiana, no centro do Rio de Janeiro. Outras duas pessoas teriam sido feridas na ação. O criminoso fugiu do local Foto Domingos Peixoto/Agência o Globo

Mais
10.jul.2015 - Um homem morreu baleado dentro da estação de metrô Uruguaiana, no centro do Rio de Janeiro, de acordo com informações do 5º Batalhão de Polícia Militar. A princípio, segundo testemunhas, o passageiro teria sido vítima de latrocínio. O criminoso fugiu do local Reprodução/Twitter/Voz da Comunidade

Mais
30.jun.2015 - Soldados comemoram saída do Exército do Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. O comando foi entregue à Polícia Militar, que irá implantar UPPs (Unidade de Polícia Pacificadora) na região Domingos Peixoto/Agência O Globo

Mais
20.jun.2015 - Familiares e amigos de Rafael Camilo Neris, 23, morto durante ação do BOPE (Batalhão de Operações Especiais) na comunidade da Coroa, na zona norte do Rio, fizeram um protesto na frente do Palácio Guanabara, nesta terça-feira (30). Eles saíram do enterro em passeata rumo a sede do goevrno do Estado e pediam uma audiência com o Governador Luiz Fenrando Pezão, que no momento estava reunido com os governadores do sudeste. O manifestantes fecharam a rua Pinheiro Machado, em Larajeiras, com motos e fazendo um coração com capacetes ERBS Jr/Frame/Agência O Globo

Mais
30.jun.2015 - Amigos e familiares choram durante enterro do entregador de pizza Rafael Camilo Neris, 23, no cemitério do Catumbi, no Rio de Janeiro (RJ), nesta terça-feira (30). Rafael morreu após ser atingido por uma bala perdida no Morro da Coroa, durante uma operação do Batalhão de Operações Especiais (Bope) José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo

Mais
Familiares se indignam com a morte do entregador de pizza Rafael Camilo Neris, que aconteceu durante um confronto entre policiais do Bope (Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar) e traficantes da Coroa, favela da região central do Rio de Janeiro. Neris foi baleado na noite deste domingo (28) e chegou a ser levado para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro, mas não resistiu Fabiano Rocha / Extra / Ag. O Globo

Mais
27.jun.2015 - Comunidades do Fallet e Fogueteiro em Santa Teresa, no centro do Rio de Janeiro, recebe reforço policial na manhã deste sábado (27), após uma sede da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) ter sido invadida. Não há informações sobre possíveis feridos e prisões José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo

Mais
19.jun.2015 - Homens da Força de Pacificação das Forças Armadas, que vai deixar o complexo de favelas da Maré no dia 30 de junho, patrulham terreno na comunidade Vila dos Pinheiros, na zona norte do Rio de Janeiro Fábio Teixeira/UOL

Mais
19.jun.2015 - Dentro de tanque, militares das Forças Armadas patrulham rua da comunidade Vila dos Pinheiros, no complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. A Força de Pacificação vai deixar as favelas no dia 30 de junho, após 15 meses de ocupação Fábio Teixeira/UOL

Mais
19.jun.2015 - Dentro de tanque, militares das Forças Armadas patrulham comunidade do complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. A Força de Pacificação vai deixar as favelas no dia 30 de junho, após 15 meses de ocupação Fábio Teixeira/UOL

Mais
19.jun.2015 - Tropa das Forças Armadas patrulha comunidade do complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. A Força de Pacificação vai deixar as favelas no dia 30 de junho, após 15 meses de ocupação Fábio Teixeira/UOL

Mais
19.jun.2015 - Militares das Forças Armadas patrulham comunidade do complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. A Força de Pacificação vai deixar as favelas no dia 30 de junho, após 15 meses de ocupação Fábio Teixeira/UOL

Mais
19.jun.2015 - Militares das Forças Armadas atuam em posto de bloqueio sob viaduto na entrada da comunidade Vila dos Pinheiros, no complexo da Maré, zona norte do Rio de Janeiro. A Força de Pacificação vai deixar as favelas no dia 30 de junho, após 15 meses de ocupação Fábio Teixeira/UOL

Mais
19.jun.2015 - Morador passa por barricada das Forças Armadas na entrada da comunidade Vila dos Pinheiros, no complexo da Maré, zona norte do Rio de Janeiro. A Força de Pacificação vai deixar as favelas no dia 30 de junho, após 15 meses de ocupação Fábio Teixeira/UOL

Mais
19.jun.2015 - Em barricada, militares das Forças Armadas observam movimentação na comunidade Vila dos Pinheiros, no complexo da Maré, zona norte do Rio de Janeiro. A Força de Pacificação vai deixar as favelas no dia 30 de junho, após 15 meses de ocupação Fábio Teixeira/UOL

Mais
24.jun.2015 - Viaturas da Polícia Militar ficam paradas na avenida Brasil, na entrada da comunidade Nova Holanda, no complexo da Maré, ona norte do Rio de Janeiro. A PM substitui as Forças Armadas no patrulhamento da favela no dia 1º de maio, mas, segundo moradores, os policiais se limitam a ficar no acesso à comunidade Fábio Teixeira/UOL

Mais
25.jun.2015 - Policiais montam guarda no acesso ao complexo de São Carlos, no Estácio, no centro do Rio de Janeiro, na manhã desta quinta-feira (25). O sargento da Polícia Militar Tarsis Doria Noia, 40, morreu após ser baleado quando passava por um beco do local. Ele seguia para uma padaria, onde iria comprar café da manhã para colegas da corporação, pouco antes de assumir o posto. Tarsis estava acompanhado de outro policial, que reagiu, mas o suspeito conseguiu fugir Fabiano Rocha/Extra/Agência O Globo

Mais
21.jun.2015 - Familiares, amigos e colegas de corporação compareceram neste domingo (21) ao enterro da policial militar Drielle Lasnor de Morais, 25, no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na zona oeste do Rio de Janeiro. A jovem foi atingida no rosto por disparo de arma de fogo feito por criminosos durante uma perseguição na estrada da Água Branca, em Bangu, na zona oeste. Desde então, Drielle estava internada no Hospital Alberto Torres, em São Gonçalo, na região metropolitana do Estado. Depois de quase um mês hospitalizada, a PM morreu no início da manhã deste sábado (20) Daniel Castelo Branco/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
17.jun.2015 - - Katia Coelho Maria leva neta, que foi atingida por uma pedra quando saia de um culto no Candomblé, ao IML (Instituto Médico Legal) para fazer exame de corpo de delito, no Rio de Janeiro Fabiano Rocha/Extra/Agência O Globo

Mais
17.jun.2015 - Fumaça surge na favela da Rocinha, em São Conrado, na zona sul do Rio de Janeiro, durante operação de combate ao tráfico de policiais do COE (Comando de Operações Especiais da Polícia Militar), com o apoio da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora), na manhã desta quarta-feira (17). Os policiais entraram na favela com o auxílio de blindados e helicópteros. Nas redes sociais, moradores relataram uma intensa troca de tiros, além de explosões de bombas e barulho de fogos de artifício Severino Silva/Agência O Dia/Estadão Contúdo

Mais
16.jun.2015 - Polícia Civil do Rio de Janeiro realiza na manhã desta terça-feira (16) uma megaoperação para localizar e prender traficantes de drogas que atuam em favelas dominadas por uma das facções que gerenciam o crime organizado na capital fluminense e na região metropolitana do Estado (Rio, Baixada Fluminense e Niterói). Até o momento, oito pessoas foram presas --no total, 26 são mandados de prisão cumpridos, já que 18 dos suspeitos já estavam detidos. A identificação dos detidos ainda não foi divulgada. Fábio Motta/Estadão Conteúdo

Mais
8.jun.2015 - Adolescentes acusados de matar o médico e clicista Jayme Gold na lagoa Rodrigo de Freitas, em maio deste ano, deixam o Fórum da Leopoldina, em Olaria, zona norte do Rio de Janeiro, após participar de audiência nesta segunda-feira (8). A Justiça tenta esclarecer a dinâmica do crime, após primeiros depoimentos apontarem contradições Uanderson Fernandes/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
7.jun.2015 - Leila Lima, 26, refém do ônibus sequestrado na zona sul do Rio de Janeiro (RJ) neste domingo (7), deixa delegacia da 12ªDP. O sequestrador, ainda não identificado, tem cerca de 30 anos e se entregou depois da chegada de homens do 19ºBPM em Copacapana João Laet/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
6.jun.2015 - A Polícia Civil do Rio de Janeiro desarticulou uma quadrilha especializada em promover roubos e furtos a casas de chineses que vivem na cidade. Os suspeitos Silvio Evangelista Barbosa, Victor Otavio Santos, Christian Ales Janer Signori, Alex Targino de Lima e Joselito de Jesus Santos foram presos em Copacabana, na zona sul da capital fluminense, e Caio Carvalho no bairro da Mooca, em São Paulo. João Rodrigues dos Santos e Marcos Lam Wong não foram encontrados pela polícia e são considerados foragidos Guilherme Pinto/Agência O Globo

Mais
2.jun.2015 - O jovem Michael Douglas Gonçalves da Silva, 19, foi preso no início da manhã desta terça-feira (2), em Comendador Soares, na Baixada Fluminense, Rio de Janeiro, pelos policiais da 56ª DP (Comendador Soares). Michael é acusado de esfaquear o estudante Pedro Arthur Britto Santa Cruz, 18, dentro de um trem, no último sábado Daniel Castelo Branco/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
29.mai.2015 - O policiamento na favela Santa Marta foi reforçado nesta sexta-feira (29), um dia depois de o primeiro tiroteio ser registrado na comunidade deste a instalação de uma UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) no local Gustavo Maia/UOL

Mais
27.mai.2015 - A mãe de um dos adolescentes presos pelo assassinato do ciclista Jaime Gold, 56, deixa audiência acompanhada de seu advogado nesta quarta-feira (27), no Fórum da Leopoldina, na zona norte do Rio de Janeiro, após o filho prestar depoimento. O jovem de 16 anos é apontado pela polícia como o autor das facadas que mataram a vítima em assalto na Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul da cidade Daniel Castelo Branco/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
26.mai.2015 - Alunos da Escola Municipal Monsenhor Alves Rocha, no Parque Proletário, na Penha, zona norte do Rio de Janeiro, aparecem sentados no corredor da unidade em foto divulgada nesta terça-feira (26) pelo Coletivo Papo Reto. As crianças foram levadas ao local para se protegerem de um tiroteio que acontecia fora da escola Divulgação/Coletivo Papo Reto

Mais
24.mai.2015 - Na manhã deste domingo (24), após uma tentativa de assalto, o compositor Josué Naval, de 55 anos, foi esfaqueado dentro de um ônibus da linha 378. A vítima foi socorrida e encaminhada para o hospital municipal Souza Aguiar, no centro, onde levou seis pontos no braço. O ladrão foi detido no local do crime por policiais militares Domingos Peixoto/Agência O Globo

Mais
24.mai.2015 - Manifestantes colocam faixa em barco para protestar contra ataques a ciclistas no Rio de Janeiro neste domingo (24). O ataque sofrido pelo médico Jaime Gold na terça-feira (19) que provocou sua morte foi o quarto esfaqueamento no lagoa Rodrigo de Freitas nas últimas semanas Silvia Izquierdo/AP

Mais
Um grupo de ciclistas realizou novo protesto neste domingo (24) para pedir mais segurança nas ciclovias. O encontro foi na lagoa Rodrigo de Freitas, zona sul do Rio Janeiro (RJ), onde o médico Jaime Gold foi assaltado e morreu vítimas de facadas na quarta-feira (20) Fábio Rossi / Agência O Globo

Mais
23.mai.2015 - Familiares e amigos de mais duas vítimas da violência no Rio de Janeiro fizeram um protesto em frente ao Palácio Guanabara, sede do governo estadual, em Laranjeiras, na zona sul, na manhã deste sábado (23). O estudante Gilson Pereira dos Santos, de 13 anos, e o carregador Anderson de Jesus Martins, de 24, foram mortos na última terça-feira (19) durante uma operação da Polícia Civil no Morro do Dendê, na Ilha do Governador (zona norte) Glaucon Fernandes/Eleven/Estadão Conteúdo

Mais
23.mai.2015 - Ciclistas participaram neste sábado (23) de uma missa campal na lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul do Rio de Janeiro, em homenagem ao médico Jaime Gold, morto a facadas no local na última terça-feira (19). Manifestantes discursaram e depois fizeram um minuto de silêncio. Eles também cobraram mais segurança na região Fábio Motta/Estadão Conteúdo

Mais
23.mai.2015 - Cerca de 150 pessoas vestindo preto fizeram na manhã deste sábado (23) um ato para cobrar mais segurança no entorno da lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul do Rio de Janeiro. Os manifestantes são alunos de empresas que orientam atividades físicas na região. Na última terça-feira (19), o médico Jaime Gold, que pedalava ao redor da lagoa, foi esfaqueado e morto Fábio Motta/Estadão Conteúdo

Mais
22.mai.2015 - A turista chilena Izidora Ribas Carmona deixa a DEAT (Delegacia Especial de Apoio ao Turista), no Rio de Janeiro, depois de prestar depoimento por ter sido esfaqueada na manhã desta sexta- feira (22), durante assalto na praça Paris, na Glória, zona sul da cidade. Testemunhas afirmaram que a turista de 32 anos teria reagido à abordagem. Ela foi ferida no pescoço e teve o tablet roubado Fábio Motta/Estadão Conteúdo

Mais
22.mai.2015 - Familiares dos dois mortos em operação policial na favela do Dendê, na Ilha do Governador, zona norte do Rio de Janeiro, estiveram nesta sexta-feira (22) na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro), no centro da capital fluminense, onde foram recebidos pelo presidente da Comissão de Direitos Humanos da Casa, Marcelo Freixo (PSOL). Os parentes das vítimas querem responsabilizar o Estado. "Eu espero ter uma resposta definitiva para a morte dele", afirmou Maria Aparecida Jesus de Mello, mãe do carregador Wanderson Jesus Martins, 24 Hanrrikson de Andrade/UOL

Mais
22.mai.2015 - A cuidadora de idosos Maria Aparecida Jesus de Mello, mãe do carregador Wanderson Jesus Martins, 24, um dos dois mortos em uma operação policial no Dendê, na Ilha do Governador (RJ), na terça-feira (19), afirmou que desconhecia o sentimento de insegurança na favela, principalmente por ser uma "moradora antiga". Maria Aparecida esteve nesta sexta-feira (22) na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro), no centro da capital fluminense, onde foi recebida pela Comissão de Direitos Humanos da Casa Hanrrikson de Andrade/UOL

Mais
22.mai.2015 - Local onde o médico Jaime Gold, 56, foi esfaqueado na noite da última terça-feira (19), na lagoa Rodrigo de Freitas, zona sul do Rio de Janeiro, recebe flores de visitantes e tem policiamento reforçado Gabriel de Paiva/Agência O Globo

Mais
21.mai.2015 - Um dos suspeitos de participação no tiroteio entre traficantes e policiais que resultou na morte do cinegrafista da TV Bandeirantes Gelson Domingos em novembro de 2011, na favela de Antares, na zona oeste do Rio de Janeiro, foi preso em flagrante. Rodrigo Feliciano Raimundo, 27, conhecido como RD, também é acusado de roubar o entregador de um bar Osvaldo Prado/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
21.mai.2015 - A Polícia Civil do Rio apreendeu, na manhã desta quinta-feira (21), um adolescente de 16 anos, suspeito de esfaquear o médico Jaime Gold, 56, na noite da última terça-feira (19), na lagoa Rodrigo de Freitas, zona sul da cidade. Ele já havia sido detido 15 vezes, sendo cinco por roubo com utilização de arma branca. Ele foi preso em casa, na comunidade de Manguinhos, na zona norte, por volta de 5h, por agentes da Delegacia de Homicídios e foi levado para a unidade de polícia na Barra da Tijuca Fábio Motta/Estadão Conteúdo

Mais
21.mai.2015 - A Polícia Civil do Rio apreendeu, na manhã desta quinta-feira (21), um adolescente de 16 anos, suspeito de ter esfaquear o médico Jaime Gold, 56, na noite da última terça-feira (19) na Lagoa Rodrigo de Freitas, zona sul da cidade. Ele já havia sido detido 15 vezes, sendo cinco por roubo com utilização de arma branca. Ele foi preso em casa, na comunidade de Manguinhos, na zona norte, por volta de 5h, por agentes da Delegacia de Homicídios e foi levado para a unidade, na Barra da Tijuca Fábio Motta/Estadão Conteúdo

Mais
21.mai.2015 - O corpo do médico Jaime Gold, 56, assassinado a golpes de faca durante um assalto na lagoa Rodrigo de Freitas, na terça-feira (19), é enterrado na manhã desta quinta-feira (21) no Cemitério Israelita do Caju, na zona norte do Rio de Janeiro José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo

Mais
21.mai.2015 - Flores são deixadas no local onde o médico Jaime Gold, 56, foi morto a golpes de faca enquanto andava de bicicleta, na lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul do Rio de Janeiro Cacau Fernandes/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
21.mai.2015 - Filho do médico Jaime Gold chega para o velório do pai, no Cemitério Israelita do Caju, na zona norte do Rio de Janeiro na manhã desta quinta-feira (21). O médico foi assassinado a golpes de faca durante um assalto na Lagoa Rodrigo de Freitas, na terça-feira (19) José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo

Mais
20.mai.2015 - Família e amigos comparecem ao sepultamento de Wanderson de Jesus, 24, no Cemitério do Cacuia, na zona norte do Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (20). O jovem e um adolescente de 12 anos foram mortos durante tiroteio no Morro do Dendê na manhã da terça-feira (19). Moradores que acusam policiais de terem disparado contra as duas vítimas protestaram em frente à 37ª DP (Ilha do Governador) e nas proximidades do Dendê Daniel Castelo Branco/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
20.mai.2015 - Ativistas da ONG Rio de Paz usaram tinta vermelha para simular sangue diante de uma bicicleta durante protesto pela morte do do médico Jaime Gold, que foi esfaqueado na noite de terça-feira (19), enquanto praticava ciclismo no local. O secretário de Segurança de Estado do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, classificou a morte como "inadmissível". A segurança foi reforçada ao redor da lagoa, com policiais montados a cavalo e também em bicicletas. Na placa se lê "Não mereço ser esfaqueado" Pilar Olivares/Reuters

Mais
20.mai.2015 - A ONG Rio de Paz realizou um ato público ao redor da Lagoa Rodrigo de Freitas, zona sul do Rio de Janeiro, em protesto pela morte do médico Jaime Gold, que foi esfaqueado na noite de terça-feira (19), enquanto praticava ciclismo no local Levy Ribeiro/Agência O Dia/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
20.mai.2015 - Ciclista tira foto de cartaz que protesta contra a violência na lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul do Rio de Janeiro. O médico Jaime Gold, 55, foi esfaqueado por ladrões quando andava de bicicleta na altura da Curva do Calombo, nas proximidades do centro náutico do Botafogo, na noite de terça-feira (19). Segundo a Polícia Civil, o ciclista, que morreu no hospital, levou três facadas no abdômen. Os assaltantes fugiram levando bicicleta, carteira, celular e outros objetos da vítima, que foi golpeada mesmo sem reagir ao assalto Marcia Foletto/Agência O Globo

Mais
20.mai.2015 - O médico Roberto Oberg, que prestou os primeiros socorros ao ciclista morto em assalto na Lagoa de Rodrigo Freitas, na zona sul do Rio de Janeiro, observa o local onde ocorreu o crime. A vítima é o também médico Jaime Gold, 55, que foi esfaqueado pelos ladrões quando andava de bicicleta na altura da Curva do Calombo, nas proximidades do centro náutico do Botafogo, na noite de terça-feira (19). Segundo a Polícia Civil, o ciclista levou três facadas no abdômen. Os assaltantes fugiram levando bicicleta, carteira, celular e outros objetos da vítima, que foi golpeada mesmo sem reagir ao assalto Márcia Foletto/Agência O Globo

Mais
19.mai.2015 - Protesto leva lojistas fecharem as portas, na Estrada do Cacuia, zona norte do Rio de Janeiro, após operação conjunta das polícias militar e civil no Complexo do Dendê, Ilha do Governador, que terminou com a morte de um trabalhador e um menor. Segundo testemunhas, um helicóptero da Polícia Civil teria atirado contra a favela Paulo Araújo/Agência O Dia/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
16.mai.2015 - Certificado de reservista de Alexandre Cavalcante de Oliveira, 35, que foi atingido por um tiro de fuzil na cabeça quando saía de casa, no morro do Telégrafos, na zona norte do Rio de Janeiro, durante uma suposta troca de tiros entre policiais da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Mangueira e traficantes, na noite do sábado (16). A família acusa os policiais de terem impedido moradores de chegarem ao local para socorrer o homem Mauro Pimentel/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
16.mai.2015 - Manifestação reúne mototaxistas no Complexo de São Carlos, na região central do Rio de Janeiro, após a morte dos colegas Rodrigo Marques Lourenço, 29, e Ramon de Moura Oliveira, 22. Eles foram mortos com tiros na cabeça, segundo laudo do IML, durante ação do Bope (Batalhão de Operações Especiais). Facções rivais disputam há dias o controle do Complexo de São Carlos João Laet/Agência O Dia/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
15.mai.2015 - Moradores do morro do São Carlos, localizado na cidade do Rio de Janeiro, voltaram a protestar na noite desta sexta-feira (15) por causa da morte de dois homens na comunidade. Policiais militares acompanharam o ato e houve confronto. Atacados com pedras e outros objetos, os PMs reagiram lançando bombas de gás. Moradores chegaram a fazer barricadas com sacos de lixo para tentar impedir o avanço dos policiais rumo ao alto do morro Alexandre Cassiano/Agência O Globo

Mais
15.mai.2015 - Clima de tensão na manhã desta sexta-feira (15) no Morro do São Carlos, no Estácio, por causa da morte de dois jovens na comunidade. Os corpos foram encontrados num matagal no alto da comunidade próximo as torres da Light. A comunidade fez um protesto no Largo do Estácio e queimou um ônibus. No fim da manhã a divisão de homicídios da Polícai Civil esteve no local para fazer a perícia e retirar os corpos Celso Barbosa/Brazil Photo Press/Agência O Globo

Mais
15.mai.2015 - Manifestantes bloqueiam rua com um trator durante um protesto contra a morte de dois moradores da comunidade do São Carlos, no Estácio, na zona norte do Rio de Janeiro (Brasil) Antonio Lacerda/EFE

Mais
15.mai.2015 - Manifestantes tiram condutor de trator do veículo durante um protesto contra a morte de dois moradores da comunidade do São Carlos, no Estácio, na zona norte do Rio de Janeiro (Brasil). Desde o dia 8 de maio, pelo menos dez pessoas foram mortas em uma guerra de facções na região Antonio Lacerda/EFE

Mais
15.mai.2015 - Policiais militares fazem buscas por manifestantes que teriam ateado fogo em ônibus durante protesto contra a morte de dois moradores da comunidade do São Carlos, no Estácio, na zona norte do Rio de Janeiro (Brasil). Desde o dia 8 de maio, pelo menos dez pessoas foram mortas em uma guerra de facções na região Antonio Lacerda/EFE

Mais
15.mai.2015 - Bombeiros tentam controlar chamas de barricada feita durante protesto contra a morte de dois moradores da comunidade do São Carlos, no Estácio, na zona norte do Rio de Janeiro (Brasil). Desde o dia 8 de maio, pelo menos dez pessoas foram mortas em uma guerra de facções na região Antonio Lacerda/EFE

Mais
15.mai.2015 - Morador tira foto de um ônibus em chamas durante protesto contra a morte de dois moradores da comunidade do São Carlos, no Estácio, na zona norte do Rio de Janeiro (Brasil). Desde o dia 8 de maio, pelo menos dez pessoas foram mortas em uma guerra de facções na região Antonio Lacerda/EFE

Mais
15.mai.2015 - Bombeiro trabalha no combate de um incêndio que atinge um ônibus durante protesto contra a morte de dois moradores da comunidade do São Carlos, no Estácio, na zona norte do Rio de Janeiro (Brasil). Desde o dia 8 de maio, pelo menos dez pessoas foram mortas em uma guerra de facções na região Antonio Lacerda/EFE

Mais
15.mai.2015 - Manifestantes incendeiam um ônibus durante protesto contra a morte de dois moradores da comunidade do São Carlos, no Estácio, na zona norte do Rio de Janeiro (Brasil). Desde o dia 8 de maio, pelo menos dez pessoas foram mortas em uma guerra de facções na região Antonio Lacerda/EFE

Mais
15.mai.2015 - Bombeiro trabalha no combate de um incêndio que atinge um ônibus durante protesto contra a morte de dois moradores da comunidade do São Carlos, no Estácio, na zona norte do Rio de Janeiro (Brasil). Desde o dia 8 de maio, pelo menos dez pessoas foram mortas em uma guerra de facções na região Antonio Lacerda/EFE

Mais
15.mai.2015 - Polícia faz buscas por criminosos depois de encontrarem dois corpos na comunidade do São Carlos, no Estácio, na zona norte do Rio de Janeiro. A violência vem assustando os moradores da região de Estácio, Catumbi e Santa Teresa desde o último fim de semana. Há uma guerra entre facções pelo controle da favela da Coroa, no Catumbi, e os tiroteios são constantes. As comunidades envolvidas na disputa possuem UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) Felipe Dana/AP

Mais
15.mai.2015 - Moradores observam policiais militares que fazem buscas por criminosos depois de encontrarem dois corpos na comunidade do São Carlos, no Estácio, na zona norte do Rio de Janeiro. A violência vem assustando os moradores da região de Estácio, Catumbi e Santa Teresa desde o último fim de semana. Há uma guerra entre facções pelo controle da favela da Coroa, no Catumbi, e os tiroteios são constantes. As comunidades envolvidas na disputa possuem UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) Felipe Dana/AP

Mais
15.mai.2015 - Morador lamenta após ver dois corpos encontrados na comunidade do São Carlos, no Estácio, na zona norte do Rio de Janeiro. A violência vem assustando os moradores da região de Estácio, Catumbi e Santa Teresa desde o último fim de semana. Há uma guerra entre facções pelo controle da favela da Coroa, no Catumbi, e os tiroteios são constantes. As comunidades envolvidas na disputa possuem UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) Felipe Dana/AP

Mais
15.mai.2015 - Fumaça de ônibus incendiado durante protesto contra a morte de dois homens é vista da comunidade do São Carlos, no Estácio, na zona norte do Rio de Janeiro. A violência vem assustando os moradores da região de Estácio, Catumbi e Santa Teresa desde o último fim de semana. Há uma guerra entre facções pelo controle da favela da Coroa, no Catumbi, e os tiroteios são constantes. As comunidades envolvidas na disputa possuem UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) Felipe Dana/AP

Mais
15.mai.2015 - Oficiais transportam o corpo de um homem que foi encontrado morto na comunidade do São Carlos, no Estácio, na zona norte do Rio de Janeiro. A violência vem assustando os moradores da região de Estácio, Catumbi e Santa Teresa desde o último fim de semana. Há uma guerra entre facções pelo controle da favela da Coroa, no Catumbi, e os tiroteios são constantes. As comunidades envolvidas na disputa possuem UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) Felipe Dana/AP

Mais
15.mai.2015 - Policiais militares patrulham a favela do São Carlos, no Estácio, na zona norte do Rio de Janeiro. Moradores queimaram dois ônibus durante um protesto realizado na manhã desta sexta-feira (15), nos arredores do hospital da Polícia Militar, na avenida Salvador de Sá. O ato teria como motivação, segundo relatos de testemunhas, as mortes de mais dois homens na comunidade do São Carlos, na quinta-feira (14) Antonio Lacerda/EFE

Mais
15.mai.2015 - Moradores da favela do São Carlos, no Estácio, na zona norte do Rio de Janeiro, queimaram um ônibus durante um protesto realizado na manhã desta sexta-feira (15), nos arredores do hospital da Polícia Militar, na avenida Salvador de Sá. A manifestação teria como motivação, segundo relatos de testemunhas, a violência crescente na região do Estácio, Catumbi e Santa Teresa. Desde o último fim de semana, há uma guerra entre facções pelo controle da favela da Coroa, no Catumbi Reprodução/Globo News

Mais
13.mai.2015 - O traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, chegou ao 1º Tribunal do Júri, no centro do Rio de Janeiro, onde será submetido nesta quarta-feira (13). Pelo menos 200 agentes das polícias Federal, Militar e do Depen (Departamento Penitenciário Nacional) vão atuar na segurança do julgamento do chefe do Comando Vermelho. Beira-Mar responderá pela acusação de homicídio qualificado em razão das mortes dos seguintes integrantes da facção criminosa ADA (Amigos dos Amigos): Ernaldo Pinto Medeiros, o Uê; Marcelo Lucas da Silva, o Café; Wanderley Soares, o Orelha; e Carlos Alberto da Costa, o Robertinho do Adeus. As mortes ocorreram em 2002 Severino Silva/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
12.mai.2015 - O entorno do Aterro do Flamengo ficou às escuras na noite desta terça-feira (12). Segundo moradores, o 'apagão' atingiu praticamente toda a extensão do parque, da Glória à praia de Botafogo. A região tem sido usada por grupos de assaltantes. Nas redes, um internauta escreveu: 'aterro às escuras, um perigo'. Segundo a RioLuz, órgão da prefeitura do Rio responsável pela iluminação pública, três subestações de energia da região foram desligadas, mas não informou o motivo Fernando Quevedo/Agência O Globo

Mais
12.mai.2015 - O alpinista industrial Ulisses da Costa Cancela, 36, morreu no último sábado (9) após entrar por engano em uma comunidade de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. A vítima trafegava pela rodovia BR-040 em direção a Petrópolis (RJ), onde morava com a mulher. Por volta das 23h de sábado, Cancela saiu de uma festa na casa de um amigo, em Duque de Caxias. No retorno a Petrópolis, o alpinista errou o caminho e acabou entrando na favela Vila Sapê, em Imbariê. Criminosos efetuaram disparos contra o veículo, e só motorista foi atingido. A mulher dele e outras duas pessoas, que também estavam no carro, nada sofreram. Cancela chegou a ser levado para um hospital da região, porém não resistiu aos ferimentos Reprodução/Facebook

Mais
11.mai.2015 - Os mototaxistas que atuam na favela da Rocinha, na zona sul do Rio de Janeiro, têm que pagar pedágio aos traficantes para transitar, mesmo com a presença dos 700 policiais que patrulham as ruas da comunidade. Os mototaxistas são obrigados a usar um adesivo em suas motos com a inscrição "Eu apoio 2015" --uma medida para identificar quem está em dia com o pagamento feito aos traficantes Divulgação

Mais
11.mai.2015 - Pai de jovem que foi morto no domingo (10) durante troca de tiros entre policiais e traficantes no Morro da Coroa, em Santa Teresa, região central do Rio de Janeiro, aguarda em frente ao IML (Instituto Médico Legal). Diego Rodrigues Lumiére, 20, foi atingido no pescoço e chegou morto ao Hospital Municipal Souza Aguiar Pablo Jacob/Agência O Globo

Mais
10.mai.2015 - Dois homens morreram atingidos por balas durante um tiroteio entre policiais e traficantes no Morro da Coroa, em Santa Teresa, no centro do Rio de Janeiro, na manhã deste domingo (10). Na noite de sexta-feira (8), durante tentativa de invasão na favela por uma facção rival, do Morro do Fallet, quatro pessoas morreram e cinco ficaram feridas. Segundo moradores, a troca de tiros de hoje aconteceu por volta das 10 horas Carlos Moraes/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
6.mai.2015 - Criminosos armados com fuzis arrombaram, com uma retroescavadeira, a fachada de uma videolocadora e levaram um caixa eletrônico que estava instalado dentro da loja na Pavuna, no subúrbio do Rio de Janeiro, na madrugada desta quarta-feira (6) Thiago Lara/ Agência O Dia/ Estadão Conteúdo

Mais
5.mai.2015 - Por conta da onda de assaltos nas ruas do centro do Rio de Janeiro, a Polícia Militar reforçou a patrulhamento com homens do Regimento de Polícia Montada. Na manhã desta terça-feira (5), PMs a cavalo faziam uma ronda pela área da Cinelândia, nas proximidades do Theatro Municipal e da Câmara de Vereadores Gabriel de Paiva/Agência O Globo

Mais
1º.abr.2015 - Policiais militares armados patrulham comunidade Praia de Ramos durante a ocupação do Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. A ação é o começo da de substituição gradual dos cerca de três mil homens das Forças Armadas que atuam no conjunto de favelas para a implantação de quatro UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) na região Fábio Teixeira/UOL

Mais
1º.abr.2015 - Policiais militares armados patrulham comunidade Praia de Ramos durante a ocupação do Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. A ação é o começo da de substituição gradual dos cerca de três mil homens das Forças Armadas que atuam no conjunto de favelas para a implantação de quatro UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) na região Fábio Teixeira/UOL

Mais
1º.abr.2015 - Policiais militares armados patrulham comunidade Praia de Ramos durante a ocupação do Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. A ação é o começo da de substituição gradual dos cerca de três mil homens das Forças Armadas que atuam no conjunto de favelas para a implantação de quatro UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) na região Fábio Teixeira/UOL

Mais
1º.abr.2015 - Homem trata peixes enquanto uma viatura da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) patrulha comunidade Praia de Ramos durante a ocupação do Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. A ação é o começo da de substituição gradual dos cerca de três mil homens das Forças Armadas que atuam no conjunto de favelas para a implantação de quatro UPPs na região Fábio Teixeira/UOL

Mais
28.abr.2015 - Ônibus da Polícia Militar estaciona em rua na comunidade Praia de Ramos, no Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. A favela vai receber a primeira UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Maré Fábio Teixeira/UOL

Mais
28.abr.2015 - Crianças brincam de ping pong improvisado na comunidade Praia de Ramos, no Complexo de Favelas da Maré, zona norte do Rio de Janeiro. Azulejos ou sandálias fazem as vezes de raquetes, uma porta colocada sobre a estrutura de uma churrasqueira velha se transformou em mesa, e um pedaço de madeira virou a rede Fábio Teixeira/UOL

Mais
28.abr.2015 - Os estudantes Gabriel Guedes e Nayla Freire, ambos de 16 anos, conversam sentados ao redor de uma mesa em uma área de lazer na comunidade Praia de Ramos, no Complexo de Favelas da Maré, zona norte do Rio de Janeiro Fábio Teixeira/UOL

Mais
28.abr.2015 - Banhistas tomam sol às margens do Piscinão de Ramos, na comunidade Praia de Ramos, que integra o Complexo de Favelas da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. A favela está ocupada pela PM desde o dia 1º de abril e vai receber a primeira UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Maré Fábio Teixeira/UOL

Mais
28.abr.2015 - Marlene Leal, 87, moradora da comunidade Praia de Ramos, no Complexo de Favelas da Maré, zona norte do Rio de Janeiro, vive em barraco improvisado na rua. "Aqui é muito sossegado. Minha casa nem teto tem", comenta a mulher. A favela está ocupada pela PM desde o dia 1º de abril e vai receber a primeira UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Maré Fábio Teixeira/UOL

Mais
28.abr.2015 - Moradores caminham por beco da comunidade Roquette Pinto, uma das 16 do Complexo de Favelas da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. A favela está ocupada pela PM desde o dia 1º de abril e vai receber a primeira UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Maré Fábio Teixeira/UOL

Mais
28.abr.2015 - Moradores caminham por beco da comunidade Roquette Pinto, uma das 16 do Complexo de Favelas da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. A favela está ocupada pela PM desde o dia 1º de abril e vai receber a primeira UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Maré Fábio Teixeira/UOL

Mais
28.abr.2015 - Ciclista passa por beco da comunidade Roquette Pinto, uma das 16 do Complexo de Favelas da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. A favela está ocupada pela PM desde o dia 1º de abril e vai receber a primeira UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Maré Fábio Teixeira/UOL

Mais
28.abr.2015 - Moradores caminham por beco da comunidade Roquette Pinto, uma das 16 do Complexo de Favelas da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. A favela está ocupada pela PM desde o dia 1º de abril e vai receber a primeira UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Maré Fábio Teixeira/UOL

Mais
30.abr.2014 - Um policial militar foi preso nesta quinta-feira (30), no Rio de Janeiro, sob suspeita de participar de uma milícia (organização criminosa) que atua no bairro de Campo Grande, na zona oeste da capital fluminense. O nome do PM não foi divulgado. A prisão ocorreu durante operação da Divisão de Homicídios da Polícia Civil Gabriel de Paiva/Agência O Globo

Mais
29.abr.2015 - A reportagem do UOL percorreu os 7,5 km da pista de lazer e ciclovia que circunda a Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul do Rio de Janeiro, para conversar com pedestres, ciclistas e frequentadores do local sobre a onda de assaltos protagonizada por menores armados com facas. O caso mais grave envolveu um jovem de 14 anos, atleta de remo do Flamengo, que foi esfaquedo na região do ombro. Ele não teve consequências mais graves. Dois suspeitos de participarem da ação criminosa foram apreendidos e identificados pela vítima Júlio César Guimarães/UOL

Mais
29.abr.2015 - O clima de insegurança na Lagoa está alterando a rotina de quem frequenta o local. É o caso da arquiteta Gisele Carvalho, 55, que passou a alugar bicicletas em vez de utilizar o próprio veículo. "A minha bicicleta eu deixo na garagem de casa, pois não dá para confiar. É uma sensação muito grande de intranquilidade", afirmou ela Júlio César Guimarães/UOL

Mais
29.abr.2015 - A aposentada Nilza Moreno (à esquerda), 68, afirmou já ter sofrido uma tentativa de assalto quando realizava uma caminhada matinal. "Como eu estava sem carteira e sem celular, ele [o criminoso] tentou levar os óculos que eu estava usando. A vontade que tive foi de empurrá-los e jogá-los na Lagoa. Como eu esbocei reagir, ele se assustou e acabou correndo", relatou. Amigo de Nilza, o engenheiro Joaquim Duarte, dono de uma oficina de bicicletas, disse que as reclamações de clientes são constantes. "Toda semana, pelo menos um cliente reclama de ter sofrido uma tentativa de assalto." Júlio César Guimarães/UOL

Mais
29.abr.2015 - Desde o último fim de semana, segundo a Polícia Militar, o patrulhamento é reforçado com rondas diárias de carros da PM, policiais a pé, veículos elétricos, motos e policiais militares em bicicletas. O esquema de policiamento começa às 6h. "O policiamento é distribuído na área da unidade conforme o registro das ocorrências, por isso é importante que a vítima registre a ocorrência na delegacia", informou a PM, em nota Júlio César Guimarães/UOL

Mais
29.abr.2015 - Roberto Duarte, 32, costuma levar o filho, Bernardo, 3, para brincar no Parque dos Patins, na Lagoa. Segundo ele, que disse frequentar o local há três anos, o clima de insegurança na região é constante. "Me considero um homem de sorte por nunca ter sido vítima aqui", afirmou Júlio César Guimarães/UOL

Mais
29.abr.2015 - O comerciante Ricardo Motta, que trabalha diariamente na Lagoa alugando triciclos no Parque dos Patins, afirmou que os assaltos sempre ocorreram na região, mas que há "altos e baixos". "Tem momentos em que os assaltos acontecem quase que diariamente, como agora, pelo que a gente ouve dos clientes. Mas há violência aqui como em todo lugar na cidade. Acredito até que, lá fora, acontece mais do que aqui. Mas por ser a Lagoa, um lugar nobre, a gente sempre espera que a segurança aqui seja maior", declarou Júlio César Guimarães/UOL

Mais
29.abr.2015 - Moradora da Lagoa, a pedagoga Mariana Borioni, 53, afirmou que os trechos mais perigosos estão situados nos arredores do Corte do Cantagalo. "Eles roubam e atravessam a pista. É uma área que tem muitas rotas de fuga", explicou ela, que disse frequentar o Parque dos Patins todos os dias, sempre pela manhã. "Aqui eu conheço todo mundo, até mesmo o pessoal que dorme na rua. A gente sabe quem é quem. Paz, você nunca vai ter. Eu fico com medo que vem pela frente", comentou Júlio César Guimarães/UOL

Mais
29.abr.2015 - Homem dorme na rua nos arredores da Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul do Rio de Janeiro, enquanto pedestres e ciclistas circulam pela pista destinada a atividades de lazer Júlio César Guimarães/UOL

Mais
29.abr.2015 - Desde o último fim de semana, segundo a Polícia Militar, o patrulhamento é reforçado com rondas diárias de carros da PM, policiais a pé, veículos elétricos, motos e policiais militares em bicicletas. O esquema de policiamento começa às 6h. "O policiamento é distribuído na área da unidade conforme o registro das ocorrências, por isso é importante que a vítima registre a ocorrência na delegacia", informou a PM, em nota Júlio César Guimarães/UOL

Mais
29.abr.2015 - Desde o último fim de semana, segundo a Polícia Militar, o patrulhamento é reforçado com rondas diárias de carros da PM, policiais a pé, veículos elétricos, motos e policiais militares em bicicletas. O esquema de policiamento começa às 6h. "O policiamento é distribuído na área da unidade conforme o registro das ocorrências, por isso é importante que a vítima registre a ocorrência na delegacia", informou a PM, em nota Júlio César Guimarães/UOL

Mais
29.abr.2015 - Desde o último fim de semana, segundo a Polícia Militar, o patrulhamento é reforçado com rondas diárias de carros da PM, policiais a pé, veículos elétricos, motos e policiais militares em bicicletas. O esquema de policiamento começa às 6h. "O policiamento é distribuído na área da unidade conforme o registro das ocorrências, por isso é importante que a vítima registre a ocorrência na delegacia", informou a PM, em notaairro da zona sul carioca e constatou que o clima de insegurança na Lagoa está alterando a rotina de quem frequenta o local Júlio César Guimarães/UOL

Mais
29.abr.2015 - A reportagem do UOL percorreu os 7,5 km da pista de lazer e ciclovia que circunda a Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul do Rio de Janeiro, para conversar com pedestres, ciclistas e frequentadores do local sobre a onda de assaltos protagonizada por menores armados com facas. O caso mais grave envolveu um jovem de 14 anos, atleta de remo do Flamengo, que foi esfaquedo na região do ombro. Ele não teve consequências mais graves. Dois suspeitos de participarem da ação criminosa foram apreendidos e identificados pela vítima Júlio César Guimarães/UOL

Mais
17.abr.2015 - Policial militar identificado como Santana chega encapuzado ao Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro, para participar da reconstituição da morte do menino Eduardo de Jesus Ferreira, 10, nesta sexta-feira (17) Carlos Moraes/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
9.abr.2015 - Criança brinca perto de policiais em rua no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro. No dia 2 de abril, o menino Eduardo de Jesus Ferreira, 10, foi morto por um tiro de fuzil na porta de casa durante uma ação da Polícia Militar. A foto foi feita na quinta-feira (9) Fábio Teixeira/UOL

Mais
9.abr.2015 - Criança observa o trabalho de policiais no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro. No dia 2 de abril, o menino Eduardo de Jesus Ferreira, 10, foi morto por um tiro de fuzil na porta de casa durante uma ação da Polícia Militar. A foto foi tirada na quinta-feira (9) Fábio Teixeira/UOL

Mais
9.abr.2015 - Crianças brincam perto de policiais em rua no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro. No dia 2 de abril, o menino Eduardo de Jesus Ferreira, 10, foi morto por um tiro de fuzil na porta de casa durante uma ação da Polícia Militar. A foto foi feita na quinta-feira (9) Fábio Teixeira/UOL

Mais
9.abr.2015 - Crianças brincam próximo a policiais em rua no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro. No dia 2 de abril, o menino Eduardo de Jesus Ferreira, 10, foi morto por um tiro de fuzil na porta de casa durante uma ação da Polícia Militar. A foto foi feita na quinta-feira (9) Fábio Teixeira/UOL

Mais
9.abr.2015 - Criança segue para a escola na comunidade de Nova Brasília no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro. No dia 2 de abril, o menino Eduardo de Jesus Ferreira, 10, foi morto por um tiro de fuzil na porta de casa durante uma ação da Polícia Militar. A foto foi feita na quinta-feira (9) Fábio Teixeira/UOL

Mais
9.abr.2015 - Crianças seguem para a escola na comunidade de Nova Brasília no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro. No dia 2 de abril, o menino Eduardo de Jesus Ferreira, 10, foi morto por um tiro de fuzil na porta de casa durante uma ação da Polícia Militar Fábio Teixeira/UOL

Mais
9.abr.2015 - Criança brinca perto de policial no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro. No dia 2 de abril, o menino Eduardo de Jesus Ferreira, 10, foi morto por um tiro de fuzil na porta de casa durante uma ação da Polícia Militar Fábio Teixeira/UOL

Mais
9.abr.2015 - Crianças caminham para a escola em rua no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro. No dia 2 de abril, o menino Eduardo de Jesus Ferreira, 10, foi morto por um tiro de fuzil na porta de casa durante uma ação da Polícia Militar. A foto foi feita na quinta-feira (9) Fábio Teixeira/UOL

Mais
9.abr.2015 - Crianças brincam em viela no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro. No dia 2 de abril, o menino Eduardo de Jesus Ferreira, 10, foi morto por um tiro de fuzil na porta de casa durante uma ação da Polícia Militar. A foto foi feita na quinta-feira (9) Fábio Teixeira/UOL

Mais
9.abr.2015 - Criança segue para a escola na comunidade de Nova Brasília no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro. No dia 2 de abril, o menino Eduardo de Jesus Ferreira, 10, foi morto por um tiro de fuzil na porta de casa durante uma ação da Polícia Militar Fábio Teixeira/UOL

Mais
17.abr.2015 - 17.abr.2015 - Policial passa a mão na cabeça de uma criança em Nova Brasília, no Complexo do Alemão, durante reconstituição da morte de Uanderson Manoel da Silva, 34, na manhã desta sexta-feira (17). Ele morreu no começo da noite do dia 11 após ser atingido por um tiro no tórax durante um confronto com suspeitos de tráfico de drogas no Complexo do Alemão Carlos Moraes/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
17.abr.2015 - Policiais militares chegam encapuzados ao Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro, para participar da reconstituição da morte do menino Eduardo de Jesus Ferreira, 10, nesta sexta-feira Fábio Teixeira/UOL

Mais
17.abr.2015 - A cadela Pipoca acompanha policiais civis durante a reconstituição da morte de seu dono Eduardo de Jesus, 10, no Complexo do Alemão, na zona norte da capital fluminense nesta sexta-feira (17). A vizinha Mairleia Santos conta que Pipoca chora todos dias a morte do menino e raramente está disposta a brincadeiras Erbs Jr./Frame/Estadão Conteúdo

Mais
17.abr.2015 - Moradores carregam cartaz em que pedem "Paz" durante reconstituição da morte do menino Eduardo de Jesus Ferreira, 10, no Complexo do Alemão, na zona norte da capital fluminense. Os pais da vítima, José Ferreira e Terezinha de Jesus Ferreira, estão no local junto com o chefe da Divisão de Homicídios, delegado Rivaldo Barbosa, que coordena os trabalhos Fabio Teixeira/UOL

Mais
17.abr.2015 - A Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Rio de Janeiro realizou na tarde desta sexta-feira (17) a reconstituição da morte do menino Eduardo de Jesus Ferreira, 10, no Complexo do Alemão, na zona norte da capital fluminense. Os pais da vítima, José Ferreira e Terezinha de Jesus Ferreira, estão no local junto com o chefe da Divisão de Homicídios, delegado Rivaldo Barbosa, que coordena os trabalhos Fabio Teixeira/UOL

Mais
17.abr.2015 - Policiais civis realizam a reconstituição da morte do comandante da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) Nova Brasília, Uanderson Manoel da Silva, de 34 anos, no Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro. Ele morreu no começo da noite do dia 11 após ser atingido por um tiro no tórax durante um confronto com suspeitos de tráfico de drogas no Complexo do Alemão Carlos Moraes/Agência O Dia/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
17.abr.2015 - Terezinha Maria de Jesus, mãe do menino Eduardo de Jesus Ferreira, que foi morto com um tiro na cabeça, aguarda a reconstituição do crime. Por volta das 17h desta sexta-feira (17), a principal linha de defesa dos policiais militares envolvidos na ação que resultou na morte do menino será posta à prova. Os PMs alegam que houve confronto no Complexo do Alemão na tarde do último dia 2, no local onde Eduardo morreu, mas a mãe do garoto, Terezinha Maria de Jesus, nega. Além disso, a perícia de local não chegou a confirmar marcas de tiroteio na região. Os PMs envolvidos participarão da reconstituição Severino Silva/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
17.abr.2015 - Carlos Roberto, marido de Elizabeth Francisco, que morreu durante uma ação do Batalhão de Choque da Polícia Militar, no dia 2 de abril, no Complexo do Alemão, na zona norte da capital fluminense, participa da reconstituição do crime Fábio Teixeira/UOL

Mais
17.abr.2015 - Terezinha Maria de Jesus, mãe do menino Eduardo de Jesus, 10, morto durante uma ação do Batalhão de Choque da Polícia Militar, no dia 2 de abril, no Complexo do Alemão, na zona norte da capital fluminense, participa da reconstituição do crime Fábio Teixeira/UOL

Mais
17.abr.2015 - A Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Rio de Janeiro realizou na tarde desta sexta-feira (17) a reconstituição da morte do menino Eduardo de Jesus Ferreira, 10, no Complexo do Alemão, na zona norte da capital fluminense. Os pais da vítima, José Ferreira e Terezinha de Jesus Ferreira, estão no local junto com o chefe da Divisão de Homicídios, delegado Rivaldo Barbosa, que coordena os trabalhos Fábio Teixeira/UOL

Mais
17.abr.2015 - A Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Rio de Janeiro realizou na tarde desta sexta-feira (17) a reconstituição da morte do menino Eduardo de Jesus Ferreira, 10, no Complexo do Alemão, na zona norte da capital fluminense. Os pais da vítima, José Ferreira e Terezinha de Jesus Ferreira, estão no local junto com o chefe da Divisão de Homicídios, delegado Rivaldo Barbosa, que coordena os trabalhos Fábio Teixeira/UOL

Mais
17.abr.2015 - A Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Rio de Janeiro realizou na tarde desta sexta-feira (17) a reconstituição da morte do menino Eduardo de Jesus Ferreira, 10, no Complexo do Alemão, na zona norte da capital fluminense. Os pais da vítima, José Ferreira e Terezinha de Jesus Ferreira, estão no local junto com o chefe da Divisão de Homicídios, delegado Rivaldo Barbosa, que coordena os trabalhos Fábio Teixeira/UOL

Mais
15.abr.2015 - A comerciante Cláudia Rocha morreu atingida por uma bala perdida na noite de terça-feira (14), no complexo de favelas da Maré, na zona norte do Rio. Ela estava dentro de casa, na Vila do João, quando foi atingida na cabeça por um tiro de fuzil. Cláudia é a terceira pessoa morta por balas perdidas durante supostas trocas de tiro em comunidades do Rio desde o início de abril Maré Vive/Reprodução Facebook

Mais
11.abr.2015 - Após a morte do filho Eduardo, 10, atingido na cabeça por um tiro de fuzil na porta de casa, durante uma operação da Polícia Militar no Complexo do Alemão, Teresa de Jesus Ferreira e o marido José Maria planejam deixar o Rio de Janeiro e voltar a morar na cidade natal de Teresa, a pequena Corrente (PI), a quase 900 km de Teresina Taís Vilela/UOL

Mais
11.abr.2015 - Teresa deixou Corrente (PI) há 23 anos em busca de uma vida melhor. Primeiro se mudou para Brasília e, depois, para o Rio de Janeiro, onde vivia com a família no Complexo do Alemão, na zona norte da cidade Paula Bianchi/UOL

Mais
11.abr.2015 - Teresa deixou Corrente (PI) há 23 anos em busca de uma vida melhor. Primeiro se mudou para Brasília e, depois, para o Rio de Janeiro, onde vivia com a família no Complexo do Alemão, na zona norte da cidade Paula Bianchi/UOL

Mais
12.abr.2015 - A irmã mais velha de Teresa, Lúcia (d), vive na casa com seis dos seus oito filhos que ainda não saíram de casa. Desde que a família chegou, os 11 se apertam na espaço Paula Bianchi/UOL

Mais
11.abr.2015 - A irmã mais velha de Teresa, Lúcia (à esquerda), vive na casa com seis dos seus oito filhos que ainda não saíram de casa. Desde que a família chegou, os 11 se apertam no espaço Paula Bianchi/UOL

Mais
11.abr.2015 - Na casa, são quatro cômodos com piso de chão batido e paredes que alternam pau a pique e alvenaria. No lugar de portas, cortinas. O banheiro, também fechado por uma cortina, fica no fundo do quintal. Uma torneira de plástico branca instalada rente ao teto faz as vezes de chuveiro Paula Bianchi/UOL

Mais
11.abr.2015 - Lúcia, irmã de Teresa, trabalha como lavadeira. A pia em que lava a louça e as roupas dos clientes fica ao ar livre, no quintal da casa Paula Bianchi/UOL

Mais
11.abr.2015 - A família costuma se reunir no quintal da casa Paula Bianchi/UOL

Mais
12.abr.2015 - No domingo (12), quando o enterro de Eduardo completou uma semana, a família toda seguiu junto com parte da vizinhança para o centro da cidade. Teresinha e José puxaram uma caminhada organizada em protesto pela morte até o cemitério Paula Bianchi/UOL

Mais
12.abr.2015 - Amigos e familiares cobriram o túmulo de cimento, sem lápide nem inscrições, com flores de plástico e velas Paula Bianchi/UOL

Mais
12.abr.2015 - À frente do túmulo, cimentaram uma cruz branca com o nome completo de Eduardo Paula Bianchi/UOL

Mais
12.abr.2015 - Depois a família voltou para casa para a visita de sétimo dia, quando a casa é aberta para receber familiares e vizinhos. Na mesa montada no quintal, duas bacias cheias de farofa dividiam espaço com biscoitos doces e salgados, chá, café e uma panela de leite fervido Paula Bianchi/UOL

Mais
12.abr.2015 - Cerca de 300 moradores da pequena cidade de Corrente, no sul do Piauí, participaram neste domingo de um protesto contra a morte de Eduardo. À frente do cortejo, os pais do menino, que chegaram à cidade junto com o corpo no dia 5, carregavam uma pequena cruz de metal branca com o nome completo da criança Paula Bianchi/UOL

Mais
12.abr.2015 - Após ato em homenagem ao menino Eduardo em Corrente (PI), parte do grupo seguiu com a família do garoto para a casa de Lurdes, tia do menino, para acompanhar a "visita de sétimo dia". É tradição da cidade e do interior do Estado receber os amigos e vizinhos em casa com um lanche após a celebração que marca o sétimo dia do enterro de um ente querido. Na mesa, duas bacias cheias de farofa dividiam espaço com biscoitos doces e salgados, chá, café e leite Taís Vilela/UOL

Mais
9.mar.2015 - A cúpula da Polícia Militar, ONGs das favelas da região e instituições que pesquisam e estudam a violência se reúnem nesta quinta-feira (9) em busca do consenso na sede do Iser (Instituto de Estudos da Religião), na zona sul do Rio de Janeiro, no fórum ?Alemão: saídas para a crise? Fernando Souza/Agência O Dia/Agência Estado

Mais
8.abr.2015 - Vista do Complexo do Alemão no Rio de Janeiro. Uma nova onda de violência vem atingindo as comunidades, levantando questões sobre a eficácia das UPPs e sua estratégia de pacificação que completa sete anos. O caso mais recente é a morte do menino Eduardo de Jesus, que tinha dez anos e foi atingido por uma bala durante operação no Alemão Yasuyoshi Chiba/AFP

Mais
9.abr.2015 - Policiais chegam para depor na delegacia de homicídio na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ), sobre a morte de Elizabeth Alves de Moura Francisco, 41 Domingos Peixoto/Agência O Globo

Mais
9.abr.2015 - O jornal que circula no Complexo do Alemão, Voz da Comunidade, que circula a partir desta sexta-feira (10), aborda a violência policial e mortes ocorridas no complexo nos últimas 100 dias Voz da Comunidade/Reprodução Twitter

Mais
9.abr.2015 - O jornal que circula no Complexo do Alemão, Voz da Comunidade, que circula a partir desta sexta-feira (10), aborda a violência policial e mortes ocorridas no complexo nos últimas 100 dias Voz da Comunidade/Reprodução Twitter

Mais
8.abr.2015 - Moradores do Rio de Janeiro (RJ) fazem manifestação no largo do Machado provocada pela morte de Eduardo de Jesus, 10 anos e contra e contra o secretário de segurança pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame nesta quarta-feira (8) Dirkan Júnior/Futura Press/Estadão Conteúdo

Mais
8.abr.2015 - Manifestante deita na rua e segura cartaz com os dizeres "Je suis Eduardo" na noite desta quarta-feira (8). Moradores do Rio de Janeiro (RJ) fazem manifestação no largo do Machado provocada pela morte de Eduardo de Jesus, 10,e contra o secretário de segurança pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame Dirkan Júnior/Futura Press/Estadão Conteúdo

Mais
Ativistas da ONG Rio de Paz fizeram um protesto nesta quarta-feira (8) no Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, para lembrar a morte do estudante Eduardo de Jesus Ferreira, 10, morto com um tiro na cabeça no Complexo do Alemão Gabriel de Paiva/Agência O Globo

Mais
6.abr.2015 - Policiais da UPP do Alemão, na localidade Canitá montaram uma barricada nesta segunda-feira (6) na área do Canitá. A proteção foi erguida a uns 30 metros do local onde ficava o container da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) que foi depredado por moradores na quinta-feira (2) após a morte do menino Eduardo de Jesus Ferreira de 10 anos, que levou um tiro na cabeça durante uma operação policial na favela do Areal Marcos de Paula/Estadão Conteúdo

Mais
4.abr.2015 - Fantasiado de coelho da Páscoa e vestido com um colete à prova de balas, o soldado Thiago Diorgenes, da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Providência, morro localizado na zona portuária do Rio de Janeiro, distribuiu chocolates para crianças e adolescentes da comunidade, no sábado (4). Imagens do soldado abraçado com jovens do morro durante o evento foram divulgadas no portal das UPPs do Rio e foram criticadas em redes sociais Divulgação/Portal UPP

Mais
6.abr.2015 - Colegas de sala de Eduardo de Jesus Ferreira fizeram desenhos em homenagem ao garoto, morto aos 10 anos na última quinta-feira (2) no Complexo do Alemão Caio Lima/Folhapress

Mais
5.abr.2015 - José Maria Ferreira de Sousa e Terezinha Maria de Jesus, pais do menino Eduardo de Jesus Ferreira, 10, morto com um tiro na cabeça no Complexo do Alemão, embarcam para Teresina (PI) no aeroporto Tom Jobim, no Rio de Janeiro, neste domingo (5). O enterro do menino será nesta segunda-feira (6) na cidade de Corrente, no interior do Piauí Fábio Gonçalves/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
5.abr.2015 - ONG Rio de Paz faz ato pela morte do menino Eduardo de Jesus, 10, morto na última quinta-feira (4) por um policial no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro. O ato coordenado pelo presidente da ONG Antônio Carlos Costa seguiu da avenida Princesa Isabel, em Copacabana, até o Posto 5, onde foi feito um enterro simbólico RBS Jr../Frame/Estadão Conteúdo

Mais
3.abr.2015 - Policiais do Batalhão de Choque fazem ronda na comunidade da Grota, no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro. Quatro pessoas morreram, entra elas um menino de 10 anos de idade, durante os confrontos com traficantes no local durante a semana Pablo Jacob/Agência O Globo

Mais
1º.abr.2015 - Policiais militares armados observam área do Piscinão de Ramos durante a ocupação do Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. A ação é o começo da de substituição gradual dos cerca de três mil homens das Forças Armadas que atuam no conjunto de favelas para a implantação de quatro Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) na região Levy Ribeiro/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
1º.abr.2015 - Oficial tira foto durante o primeiro dia da Polícia Militar nas comunidades Praia de Ramos e a Roquette Pinto do Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. A ação é o começo da de substituição gradual dos cerca de três mil homens das Forças Armadas que atuam no conjunto de favelas para a implantação de quatro Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) na região Gabriel de Paiva/Agência O Globo

Mais
31.mar.2015 - Policiais detém homem durante uma operação na favela da Rocinha, no bairro de São Conrado, na zona sul do Rio de Janeiro. O trabalho dos policiais deixou mais de 1.000 alunos de uma escola municipal sem aula na manhã desta terça-feira (31) Christophe Simon/AFP

Mais
30.mar.2015 - O policiamento foi reforçado na favela da Mangueira, na zona norte do Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (30), depois que quatro suspeitos de envolvimento com tráfico foram mortos, na madrugada deste domingo (29), durante uma ação da Polícia Militar. Imagens da câmera de segurança de um prédio vizinho à favela divulgadas pela TV Globo nesta segunda-feira (30) mostram o momento em que cerca de dez criminosos entraram armados na favela. Segundo a PM, uma facção rival ao comando do tráfico na Mangueira tentou invadir a comunidade. O setor de inteligência da PM teria preparado uma ação para evitar o confronto entre os traficantes e, chegada do bando à favela, iniciou-se uma troca de tiros entre policiais e os supostos criminosos. O caso está sendo investigado pela 17ª DP (São Cristóvão) Reprodução/TV Globo

Mais
27.mar.2015 - Policiais militares fazem blitz na saída do túnel Zuzu Angel, sentido Lagoa, na zona sul do Rio de Janeiro. Bandidos em quatro motos fizeram um arrastão e roubaram motoristas nas primeiras horas desta manhã. Um suspeito foi preso e levado para a 14ª DP, no Leblon Fábio Gonçalves/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
20.mar.2015 - Caio Silva de Souza deixa a penitenciária Bandeira Stampa, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, no Rio de Janeiro (RJ), na tarde desta sexta-feira (20). Caio e Fabio Raposo Barbosa são acusados de acender e atirar o rojão que matou o cinegrafista da Band Santiago Andrade, em 6 de fevereiro de 2014, durante um protesto no centro, e vão responder ao crime em liberdade Ellan Lustosa/Futura Press/Estadão Conteúdo

Mais
7.mar.2015 - Policiais civis da 14ª Delegacia do Leblon prenderam, na manhã deste sábado (7), um dos suspeitos de sequestrar uma médica no shopping da Gávea, zona sul do Rio, no último dia 26. Heitor Silva Barro é acusado de ser o motorista da quadrilha que praticava sequestro relâmpago em shoppings do Rio de Janeiro. Ele foi preso em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense Carlos Moraes/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
3.mar.2015 - Uma estudante de 16 anos foi molestada dentro de um ônibus na Gávea, zona sul do Rio de Janeiro Alexandre Cassiano / Agência O Globo

Mais
11.fev.2015 - O Rio de Janeiro teve nesta terça-feira (10) mais uma noite marcada por atos de violência na cidade. No Rio Comprido, zona norte, um ônibus foi incendiado por criminosos na rua Aristides Lobo. Segundo informações do 4º BPM (São Cristóvão), um veículo da linha 711 (Estácio x Santa Rosa) foi interceptado por um grupo de dez pessoas em cinco motocicletas nas proximidades do morro do Turano. Os criminosos ordenaram a descida dos passageiros e do motorista e atearam fogo em seguida. O veículo foi rapidamente consumido pelas chamas Thiago Lontra/Agência O Globo

Mais
11.fev.2015 - O Rio de Janeiro teve nesta terça-feira (10) mais uma noite marcada por atos de violência na cidade. No Rio Comprido, zona norte, um ônibus foi incendiado por criminosos na rua Aristides Lobo. Segundo informações do 4º BPM (São Cristóvão), um veículo da linha 711 (Estácio x Santa Rosa) foi interceptado por um grupo de dez pessoas em cinco motocicletas nas proximidades do morro do Turano. Os criminosos ordenaram a descida dos passageiros e do motorista e atearam fogo em seguida. O veículo foi rapidamente consumido pelas chamas Thiago Lontra/Agência O Globo

Mais
9.fev.2015 - Policiais da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da favela do Salgueiro, na Tijuca, na zona norte do Rio de Janeiro, foram atacados a tiros por traficantes de drogas na noite desta segunda-feira (9). Durante o confronto, um suspeito morreu e dois policiais ficaram feridos após serem atingidos por disparos. Passado o confronto, um grupo de vândalos depredou um ponto de ônibus em uma rua próxima à comunidade. Um veículo teve os vidros quebrados Marcelo Carnaval/Agência O Globo

Mais
9.fev.2015 - Policiais da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da favela do Salgueiro, na Tijuca, na zona norte do Rio de Janeiro, foram atacados a tiros por traficantes de drogas na noite desta segunda-feira (9). Durante o confronto, um suspeito morreu e dois policiais ficaram feridos após serem atingidos por disparos Marcelo Carnaval/Agência O Globo

Mais
9.fev.2015 - Familiares e amigos choram no enterro do mototaxista Diego Algarve, 22, que foi morto por um policial da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) durante uma abordagem no Rio de Janeiro. A cerimônia foi realizada no cemitério de Irajá, nesta segunda-feira (9). O secretário de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, classificou como "desastrosa" a ação policial que matou o rapaz. Moradores disseram que Diego era mototaxista e que voltava de uma festa quando foi abordado por um policial da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora). O PM teria atirado no rapaz pelas costas porque ele teria demorado a atender a ordem de parar após passar pelo bloqueio policial Marcelo Piu / Agência O Globo

Mais
9.fev.2015 - Cartaz pendurado em açougue homenageia nesta segunda-feira (9) o mototaxista Diego Algarve, 22, morto por um policial da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) durante uma abordagem, no Rio de Janeiro. O secretário de Segurança do Rio, José Mariano Beltrame, classificou como "desastrosa" a ação policial que matou Algarve na favela Vila Cruzeiro, zona norte da capital fluminense Gabriel de Paiva/Agência O Globo

Mais
4.fev.2015 - A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu seis pessoas na manhã desta quarta-feira (4), durante uma operação na zona oeste da cidade. O objetivo da ação é desarticular uma quadrilha envolvida no contrabando de armas e drogas e em roubos de carga. Eles foram encaminhados para a Cidade da Polícia, na zona norte da cidade. Os suspeitos, entre eles um cadeirante, foram flagrados dirigindo um veículo com cerca de 50 quilos de maconha, além de munição. Os policiais também apreenderam seis pistolas José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo

Mais
30.jan.2015 - O corpo do soldado Bruno Guimarães Miguez, 30 anos, morto com um tiro na cabeça enquanto trabalhava na UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) da Cidade de Deus, na zona oeste do Rio, é sepultado nesta sexta-feira no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, também na zona oeste Celso Barbosa/ Brazil Photo Press/ estadão Conteúdo

Mais
25.jan.2014 - Dezenas de parentes e amigos de vítimas de balas perdidas se reuniram na manhã deste domingo (25), na praia de Copacabana, zona sul do Rio, para protestar contra a violência. No total, já chega a oito o número de vítimas baleadas na cidade Daniela Dacorso/Agência O Globo

Mais
25.jan.2014 - Uma mulher foi flagrada por agentes da Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro) com dois celulares e um carregador escondidos dentro de uma quentinha, neste domingo (25). Segundo a Seap, Regina Lúcia Alves Mendonça da Silva tentava levar o material para o filho, Jhober Mendonça da Silva, preso no Instituto Penal Plácido Sá Carvalho. O caso foi encaminhado para a projeção operacional da 34º DP, no complexo penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste da capital fluminense Divulgação/Seap

Mais
24.jan.2015 - Moradores de São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro, protestaram contra a ação da Polícia Militar, neste sábado (24), depois que um homem morreu durante uma operação policial em uma favela da cidade. Os manifestantes fecharam a rua Feliciano Sodré, queimaram objetos na via e lançaram pedras contra os policiais Ricardo Precioso/Agência O Globo

Mais
23.jan.2015 - Familiares e amigos participaram do enterro do menino Asafe William Costa Ibraim, 9, cemitério do Caju, na zona norte do Rio de Janeiro. Asafe foi atingido por uma bala perdida na cabeça no domingo (18), e teve morte cerebral constatada na tarde desta quarta-¬feira (21). O menino estava com família na área de lazer do Sesi (Serviço Social da Indústria) de Honório Gurgel, zona norte do Rio, quando foi ferido Ernesto Carriço/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Mais
15.jan.2015 - Drogas e aparelhos de comunicação por rádio foram apreendidos por policiais militares durante a abordagem a um menor de idade em uma moto roubada na comunidade da Kelson?s, no bairro da Penha, na zona norte do Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (15) Celso Barbosa/ Brazil Photo Press/ Estadão Conteúdo

Mais
15.jan.2015 - O Ministério Público do Rio (MP-RJ) e a Polícia Militar fazem operação na manhã desta quinta-feira (15) para cumprir 15 mandados de prisão preventiva contra traficantes dos morros do Fallet e do Fogueteiro, em Santa Teresa, na zona sul do Rio de Janeiro. Embora as comunidades estejam ocupadas por Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) desde fevereiro de 2011, a polícia diz ter identificado a existência de uma quadrilha ligada ao Comando Vermelho, principal facção criminosa do Rio Osvaldo Praddo/ Agência O Dia/ Estadão Conteúdo

Mais
14.jan.2015 - Ponto de ônibus onde foi assassinado o estudante Alex Schomaker Bastos, em Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro, vira local de homenagem e protesto contra a violência. Bastos foi alvo de uma tentativa de roubo e acabou morto a tiros por criminosos no dia 8 de janeiro Domingos Peixoto / Agência O Globo

Mais
13.jan.2015 - Cachorro do Batalhão de Ações com Cães (BAC) da Polícia Militar do Rio de Janeiro participa de operação do Bope na comunidade São José Operário, na zona oeste da capital fluminense. Armas e drogas foram apreendidas e suspeitos de controlar o tráfico de entorpecentes no local foram detidos Divlgação /Twitter/

Mais
12.jan.2015 - Foto divulgada pela Polícia Civil do Rio de Janeiro nesta segunda-feira (12) mostra o neozelandês Paul Barry Clarck, detido em Campo Grande, zona oeste do Rio, no sábado (10), pelo crime de estupro de vulnerável praticado contra um menino de nove anos. De acordo com policiais, o criminoso se aproveitava de sua semelhança com o Papai Noel para abusar das crianças do bairro. Clarck já havia sido indiciado pelo mesmo crime, praticado contra três crianças de nove, dez e onze anos Divulgação/ Polícia Civil

Mais
11.jan.2015 - Usando a frase ''Eu sou Alex'', a família do estudante de biologia, morto perto do campus da UFRJ, participa de manifestação na capital fluminense. Alex Schomaker tinha 23 anos e foi morto a tiros após reagir a um assalto em frente a um ponto de ônibus na universidade. O grupo interditou parcialmente a rua General Severiano, no bairro de Botafogo, na zona sul do Rio, para realizar o ato neste domingo (11) Ricardo Borges/Folhapress

Mais
9.jan.2015 - Policiais civis fazem operação no morro da Pedreira, em Costa Barros, na zona norte do Rio de Janeiro, na manhã desta sexta-feira (9), para localizar e prender Celso Pinheiro Pimenta, conhecido como Playboy. O suspeito é apontado como chefe do tráfico de drogas na região e, segundo a polícia, ordenou o roubo de 193 motocicletas no depósito do Departamento de Transportes Rodoviárias do Estado (Detro) na madrugada do último dia 31 Jose Lucena/ Futura Press/ Estadão Conteúdo

Mais
7.jan.2015 - Um executivo britânico, que não quis se identificar, foi esfaqueado nas costas por bandidos que tentaram roubar sua bicicleta na noite de segunda-feira (5), em frente à praça Paris, na Glória, zona sul do Rio de Janeiro. Mesmo ferido, ele conseguiu fugir e pedalar até um hospital. Esta é a quinta vez que a vítima, de 56 anos, sofre uma tentativa de assalto na região em menos de dois anos. Em um dos ataques, o diretor também levou um golpe de faca nas costas Fabio Rossi / Agência O Globo

Mais
4.jan.2015 - Os irmãos gêmeos Rogério Rocha (E) e Rodrigo Rocha deixam a 5ª DP do Rio de Janeiro, após denunciarem agressão feita por seguranças em uma boate gay no Centro do Rio de Janeiro, neste domingo (4). Eles foram encaminhados para o Instituto Médico Legal, onde farão o exame de corpo de delito Fábio Gonçalves/ Agência O dia/ Estadão Conteúdo

Mais
O Disque-Denúncia oferece R$ 5.000 por informações que levem à prisão de Jorge Ribeiro, o Zidane, apontado como o líder da ação que expulsou famílias de seis policiais militares e um policial civil de sua casas na comunidade Parque Cristóvão Colombo, em Duque de Caxias. Segundo a polícia, os policiais tinham seus nomes em uma lista de pessoas da região marcadas para morrer, feita pelos traficantes Divulgação/Disque-Denúncia

Mais

Violência no Rio de Janeiro em 2015

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos