Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2015/04/25/terremoto-de-grande-intensidade-atinge-o-nepal.htm
  • totalImagens: 290
  • fotoInicial: 290
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20150425044540
    • Nepal [5881]; Ásia [12051];
    • Terremoto [22198]; Internacional [35978];
Fotos

25.abr.2015 - Mapa divulgado pelo Serviço Geológico dos EUA (USGS, na sigla em inglês) mostra a localização do terremoto de magnitude 7,8 que atingiu a região central do Nepal e o norte da Índia na manhã deste sábado (25). Os tremores ocorreram por volta de 3h30 (horário de Brasília), com epicentro a 80 km da capital, Katmandu, e a 15 km de profundidade. O ministro da Informação do Nepal informou que cerca de 2,5 milhões de pessoas vivem na área atingida pelo terremoto USGS/EPA/Efe Mais

25.abr.2015 - Autoridades observam edifício desabado em Katmandu, depois de um terremoto de magnitude 7,8 atingir a capital do Nepal. Os tremores tiveram o epicentro registrado a 80 km de Katmandu e a 15 km de profundidade, segundo o Serviço Geológico dos EUA (USGS, na sigla em inglês). O centro do Nepal e o norte da Índia foram afetados por volta de 3h30 (horário de Brasília), com desabamentos e centenas de mortes Zhou Shengping/Xinhua Mais

25.abr.2015 - Moradores de Katmandu se refugiam em escola depois de um terremoto de magnitude 7,8 atingir a capital do Nepal. Os tremores tiveram o epicentro registrado a 80 km de Katmandu e a 15 km de profundidade, segundo o Serviço Geológico dos EUA (USGS, na sigla em inglês) Navesh Chitrakar/Reuters Mais

25.abr.2015 - Vizinhos retiram um homem dos escombros de prédio destruído em Katmandu após um terremoto de magnitude 7,8 atingir a capital do Nepal. Os tremores tiveram o epicentro registrado a 80 km de Katmandu e a 15 km de profundidade, segundo o Serviço Geológico dos EUA (USGS, na sigla em inglês). O centro do Nepal e o norte da Índia foram afetados por volta de 3h30 (horário de Brasília), com desabamentos e centenas de mortes. Paquistão e Bangladesh também registraram tremores Narendra Shrestha/EPA/Efe Mais

25.abr.2015 - Moradores buscam sobreviventes de prédio destruído em Katmandu após um terremoto de magnitude 7,8 atingir a capital do Nepal. Os tremores, com epicentro a 80 km de Katmandu e a 15 km de profundidade, segundo o Serviço Geológico dos EUA (USGS na sigla em inglês), abalaram o centro do Nepal e o norte da Índia, sendo sentidos ainda no Paquistão e Bangladesh. Centenas de pessoas morreram Narendra Shrestha/EPA/Efe Mais

25.abr.2015 - Equipes de resgate trabalham na remoção de escombros em Katmandu, neste sábado (25), após o impacto do forte terremoto no Nepal na manhã deste sábado. Centenas de pessoas morreram Niranjan Shrestha/AP Mais

25.abr.2015 - Pedestres observam o que restou da fachada de um imóvel, que tombou sobre árvores nesta rua em Siliguri (480 km de Katmandu, Nepal), na Índia. O epicentro do terremoto ocorreu 80 km a noroeste da capital nepalesa, e países vizinhos também foram afetados. De acordo com a imprensa local, os tremores duraram entre 30 segundos e dois minutos Diptendu Dutta/AFP Mais

25.abr.2015 - Trecho de estrada em Katmandu fica destruído após o terremoto que atingiu o Nepal e países vizinhos neste sábado (25). Centenas de pessoas morreram, e várias construções desabaram Xinhua Mais

25.abr.2015 - Uma rachadura corta o asfalto nesta rua de Katmandu, onde centenas de pessoas morreram após a ocorrência de tremores de alta intensidade. Com medo dos desabamentos, a população saiu para as ruas Xinhua Mais

25.abr.2015 - Estudantes se agrupam fora dos prédios da escola onde estudam em Lucknow, na Índia, após os fortes tremores que atingiram o Nepal e países vizinhos neste sábado (25). Vários prédios entraram em colapso, e centenas de pessoas morreram Tumpa Mondal/Xinhua Mais

25.abr.2015 - Carro é atingido por poste da rede de energia elétrica em Katmandu (Nepal), durante o forte terremoto que atingiu a cidade neste sábado (25). O número de mortos chega a centenas, de acordo com informações divulgadas pelo Ministério do Interior. Com magnitude 7,8, os tremores causaram o colapso de vários prédios e construções históricas no Nepal, e também foram sentidos na Índia, Paquistão e Bangladesh Narendra Shrestha/EFE/EPA Mais

25.abr.2015 - Parentes de vítimas do terremoto no Nepal se emocionam em Katmandu, onde centenas de pessoas morreram neste sábado (25). Vários prédios desabaram na cidade, e também houve estragos no Vale de Katmandu, região que concentra milhares de habitantes. Com magnitude 7,8, o terremoto teve o epicentro registrado a cerca de 80 km da capital do Nepal e também foi sentido na Índia, Paquistão e Bangladesh Narendra Shrestha/EFE/EPA Mais

25.abr.2015 - Indianos recebem atendimento médico no hospital de Siliguri (Índia), cidade localizada a 480 km de Katmandu (Nepal), onde também foram sentidos os efeitos do terremoto que provocou enormes estragos, neste sábado (25), nos dois países. Com magnitude 7,8, os tremores podem ter tido duração entre 30 segundos até dois minutos, segundo relato de testemunhas às agências de notícias Diptendu Dutta/AFP Mais

25.abr.2015 - Prédio fica totalmente destruído em Katmandu, capital do Nepal, país atingido por fortes tremores neste sábado. Centenas de pessoas morreram e vários imóveis desabaram com o abalo sísmico de magnitude 7,8, que já é considerado o pior no país desde 1934 Navesh Chitrakar/Reuters Mais

25.abr.2015 - Voluntários trabalham na remoção de detritos no local onde se encontra a torre de Dharahara, marco histórico de Katmandu, que foi destruído pelo terremoto de magnitude 7,8 que atingiu o Nepal. Vários prédios residenciais e culturais foram atingidos no país, e centenas de pessoas morreram Niranjan Shrestha/AP Mais

25.abr.2015 - Montagem compara a torre de Dharahara, marco histórico em Katmandu, antes e depois do terremoto de magnitude 7,8 que atingiu o Nepal. A foto de cima foi tirada em julho de 2013; a de baixo, neste sábado (25) Sunil Sharma/Xinhua Mais

25.abr.2015 - A praça de Durbar, em Katmandu, também teve prédios históricos afetados, como pode-se ver na comparação de fotos. A imagem de cima mostra centenas de devotos participando de uma procissão aos deuses Ganesh, Kumari e Bhairav, no último dia do festival Indrajatra, em setembro de 2013. A imagem de baixo mostra os estragos provocados pelo terremoto de magnitude 7,8 neste sábado (25) Sunil Sharma/Xinhua Mais

25.abr.2015 - Sem poder voltar para casa, seja porque o imóvel foi destruído ou pelo risco de novos tremores em Katmandu, moradores da capital do Nepal passarão a noite na rua. O país foi atingido por um forte terremoto neste sábado (25), de magnitude 7,8, deixando centenas de mortos em várias localidades e muitos prédios históricos em ruínas Narendra Shrestha/EFE/EPA Mais

25.abr.2015 - Moradores de Katmandu se protegem com panos e cobertas para dormir na rua, após o Nepal ser drasticamente atingido por um terremoto neste sábado (25). Sem poder voltar para casa por conta do risco de novos tremores, eles colocaram colchões em canteiros públicos e ficarão sujeitos a uma queda de temperatura, na madrugada, perto de 10ºC Narendra Shrestha/EFE/EPA Mais

25.abr.2015 - Indianos da Força Nacional de Resposta a Desastres preparam doações que serão enviadas ao Nepal de avião, em apoio às vítimas do terremoto que atingiu fortemente o país neste sábado (25). O voo partirá da estação Hindon da Força Aérea, em Nova Déli, capital da Índia, que também sentiu efeitos dos tremores. Com magnitude 7,8, o terremoto provocou uma série de desabamentos na região de Katmandu, com centenas de mortes Rajesh Kumar/AFP Mais

25.abr.2015 - Integrantes da Força Nacional de Resposta a Desastres da Índia embarcam no avião que os levará até o Nepal, onde darão apoio às vítimas do terremoto. A região de Katmandu teve vários desabamentos de prédios públicos, residenciais e históricos, e muitas pessoas ficaram sem poder voltar para casa Rajesh Kumar/AFP Mais

25.abr.2015 - O montanhista Azim Afif e outras quatro pessoas da Universiti Teknologi Malaysia sobreviveram à avalanche que atingiu o acampamento onde o grupo estava (foto), neste sábado (25), na base do monte Everest. Acredita-se que o deslizamento de neve tenha sido provocado pelo forte terremoto que atingiu o Nepal, com tremores de magnitude 7,8 Azim Afif/AP Mais

25.abr.2015 - Soldados chineses continuam a missão de resgate no condado de Nyalan, no Tibete. Os tremores ocorreram por volta de 3h30 (horário de Brasília), com epicentro a 80 km da capital, Katmandu, e a 15 km de profundidade. O ministro da Informação do Nepal informou que cerca de 2,5 milhões de pessoas vivem na área atingida pelo terremoto Xinhua Mais

25.abr.2015 - Pessoas tentam retirar escombros de templo na praça Hanumandhoka Durbar, em Katmandu, capital do Nepal. O país foi atingido por um forte terremoto neste sábado (25), de magnitude 7,8, deixando centenas de mortos em várias localidades e muitos prédios históricos em ruínas Sunil Sharma/AP Mais

25.abr.2015 - Membros da Força Aérea do Sri Lanka carrega mantimentos em aviões rumo ao Nepal. Vários prédios residenciais e culturais foram atingidos no país, e centenas de pessoas morreram Ishara Kodiara/AFP Mais

25.abr.2015 - Moradores se reúnem do lado de fora de edifícios severamente afetados pelo terremoto de magnitude 7.8 que atingiu Katmandu na manhã deste sábado (25). Durante o dia, o número de mortos foi sendo atualizado, chegando a quase 2.000 mortos, segundo o ministério do Interior do Nepal, neste domingo, no abalo sísmico mais violento do país em 80 anos Xinhua Mais

25.abr.2015 - Soldados chineses ajudar moradores em Gyirong, no Tibete, a retirar pertences de casa danificada pelo terremoto de 7,8 com epicentro no Nepal, ocorrido neste sábado. Ao menos 17 pessoas morreram e 13 ficaram na província chinesa do Tibete, enquanto mais de 1.800 pessoas morreram no Nepal, e mais de 4.000 ficaram feridas Xiao Fugui/Xinhua Mais

26.abr.2015 - Membros da Força Aérea de Sri Lanka carregam avião de carga, no aeroporto internacional em Katunayake, com suprimentos emergenciais que serão levados neste domingo para vítimas do terremoto no Nepal. O tremor de intensidade 7,8 deixou mais de 1.800 mortos e gerou uma crise humanitária no país, um dos mais pobres da Ásia Ishara S. Kodikara/AFP Mais

26.abr.2015 - Criança recebe tratamento médico em hospital do condado de Nyalam, no Tibete (China). No Nepal, onde foi o epicentro do terremoto de 7.8 de magnitude, milhares de pessoas morreram Chogo/Xinhua Mais

26.abr.2015 - Moradores buscam membros da família presos nos escombros de casas desabadas durante o terremoto que atingiu Bhaktapur e demais cidades do Nepal no sábado de manhã. As equipes de resgate cavam com as mãos, enquanto o número de mortos continua subindo. A polícia nepalesa calcula em 1.900 mortos em todo o país Navesh Chitrakar/Reuters Mais

26.abr.2015 - Turistas e moradores dormem em área ao ar livre de Katmandu neste domingo, um dia após 40% do Nepal ser abalado por um terremoto de magnitude 7,8 que pode ter causado milhares de mortes. Na manhã deste domingo a polícia calculava em 1.900 mortos Pratap Thapa/Xinhua Mais

26.abr.2015 - Moradores buscam membros da família presos nos escombros de casas desabadas durante o terremoto que atingiu Bhaktapur e demais cidades do Nepal no sábado de manhã. As equipes de resgate cavam com as mãos, enquanto o número de mortos continua subindo. A polícia nepalesa calcula em 1.900 mortos em todo o país Navesh Chitrakar/Reuters Mais

26.abr.2015 - Homem ferido é carregado por colegas ao Acampamento Base do monte Everest, nesta manhã, para ser resgatado por helicóptero um dia depois que uma avalanche provocada pelo forte terremoto que atingiu o Nepal devastar o acampamento. Equipes de resgate em todo o país buscam sobreviventes do tremor que já causou a morte de quase 2.000 pessoas Roberto Schmidt/AFP Mais

26.abr.2015 - Helicóptero se prepara para pousar e carregar um ferido no Acampamento Base do monte Everest, nesta manhã, um dia depois que uma avalanche provocada pelo forte terremoto que atingiu o Nepal devastar o acampamento. Equipes de resgate em todo o país buscam sobreviventes do tremor que já causou a morte de quase 2.000 pessoas Roberto Schmidt/AFP Mais

26.abr.2015 - Nepalês ferido no forte terremoto que atingiu o país brinca com sua filha em hospital de Katmandu. Cerca de 35 réplicas foram sentidas na capital entre o sábado e este domingo (26), incluindo um de intensidade 6,7. Milhares de pessoas passaram a noite nas ruas no vale de Katmandu, onde vivem cerca de 2,5 milhões de pessoas, conforme as autoridades alertam que as réplicas podem provocar novos desabamentos Manish Swarup/AP Mais

26.abr.2015 - O sino de um templo é encontrado em meio aos escombros de um templo que desabou após um forte terremoto em Kathmandu, Nepal. O tremor de magnitude 7,8 na escala Richter foi o pior abalo sísmico do país desde 1934 Gopen Rai/Reuters Mais

26.abr.2015 - Um sino antigo é encontrado em meio aos destroços que tomaram conta da praça Durbar, em Patan (Nepal), um dia após o pior abalo sísmico do país desde 1934 Xinhua Mais

26.abr.2015 - Mulher se desespera ao saber da morte de um membro família em Bhaktapur, Nepal, um dia após o pior abalo sísmico do país desde 1934 Navesh Chitrakar/Reuters Mais

26.abr.2015 - Familiares choram durante cerimônia de cremação, realizada em Katmandu, de uma das vítimas do terremoto que devastou o Nepal. O tremor de magnitude 7,8 na escala Richter foi o pior abalo sísmico do país desde 1934 Niranjan Shrestha/AP Mais

26.abr.2015 - Menina dorme em uma rua de Katmandu, no Nepal, em meio as suspeitas de novos tremores no país que foi devastado por terremoto de magnitude 7,8 na escala Richter Foi o pior abalo sísmico do país desde 1934 Zhou Shengping/ Xinhua Mais

26.abr.2015 - Os membros de uma instituição de resgate alemã aguardam no aeroporto de Frankfurt, na Alemanha, para embarcar para o Nepal em uma missão de apoio ao país que sofreu o pior abalo sísmico desde 1934. A ISAR (International Search and Rescue) está enviando ao país cerca de 52 socorristas, incluindo médicos, especialistas treinados na busca de pessoas soterradas sob os escombros e cães farejadores Christoph Schmidt/AP Mais

26.abr.2015 - Cão da instituição de resgate alemã ISAR (International Search and Rescue) aguarda no aeroporto de Frankfurt, na Alemanha, para embarcar para o Nepal em uma missão de apoio ao país que sofreu o pior abalo sísmico desde 1934 Wolfgang Rattay/Reuters Mais

26.abr.2015 - Cão da instituição de resgate alemã ISAR (International Search and Rescue) aguarda no aeroporto de Frankfurt, na Alemanha, para embarcar para o Nepal em uma missão de apoio ao país que sofreu o pior abalo sísmico desde 1934 AFP Mais

26.abr.2015 - Nepaleses observam rachadura em estrada de Kathmandu, Nepal, um dia após o pior abalo sísmico do país desde 1934 Niranjan Shrestha/AP Mais

26.abr.2015 - Nepaleses andam em meio aos danos causados em estrada de Katmandu, no Nepal, um dia após o pior abalo sísmico do país desde 1934 Prakash Mathema/AFP Mais

26.abr.2015 - Nepaleses andam em meio aos danos causados em estrada de Katmandu, no Nepal, um dia após o pior abalo sísmico do país desde 1934 Prakash Mathema/AFP Mais

26.abr.2015 - Em homenagem às vítimas do terremoto que devastou o Nepal, jovens acendem velas em Agartala, na Índia. Foi o pior abalo sísmico do país desde 1934. Países vizinhos, como Índia, Paquistão, Bangladesh e China, também foram afetados pelo tremor Jayanta Dey/Reuters Mais

26.abr.2015 - Em homenagem às vítimas do terremoto que devastou o Nepal, mulheres rezam em um templo de Ahmedabad, na Índia. Foi o pior abalo sísmico do país desde 1934. Países vizinhos, como Índia, Paquistão, Bangladesh e China, também foram afetados pelo tremor Amit Dave/Reuters Mais

26.abr.2015 - Equipes de resgate encontram sobrevivente preso em escombros em Katmandu, no Nepal, um dia após o pior abalo sísmico do país desde 1934 Prakash Mathema/AFP Mais

26.abr.2015 - Paramilitar resgata criança em Shigatse, na China, um dia após um terremoto de magnitude 7,8 atingir o Nepal -- o pior abalo sísmico do país desde 1934. Países vizinhos, como Índia, Paquistão, Bangladesh e China, também foram afetados pelo tremor Reuters Mais

26.abr.2015 - Mediante a falta de infraestrutura e mão-de-obra especializada, civis auxiliam nas buscas por sobreviventes em meios aos escombros da praça Durbar, em Katmandu, um dia após o pior abalo sísmico do Nepal desde 1934. Os voluntários retiram os concretos com as próprias mãos Prakash Mathema/AFP Mais

26.abr.2015 - Mediante a falta de infraestrutura e mão-de-obra especializada, civis auxiliam nas buscas por sobreviventes em meios aos escombros da Praça Durbar, em Katmandu, um dia após o pior abalo sísmico do Nepal desde 1934. Os voluntários retiram os concretos com as próprias mãos Sunil Sharma/Xinhua/AP Mais

26.abr.2015 - Mediante a falta de infraestrutura e mão-de-obra especializada, civis auxiliam nas buscas por sobreviventes em meios aos escombros da praça Durbar, em Katmandu, um dia após o pior abalo sísmico do Nepal desde 1934. Os voluntários retiram os concretos com as próprias mãos Niranjan Shrestha/AP Mais

26.abr.2015 - Artista indiano cria escultura em uma praia de Puri, na Índia, para pedir ajuda às vítimas do terremoto que devastou o Nepal Asit Kumar/AFP Mais

26.abr.2015 - Ao celebrar o tradicional Ângelus, na praça de São Pedro, no Vaticano, o papa Francisco rezou uma ave maria em homenagem às vítimas do terremoto do Nepal e pediu assistência aos afetados Gregorio Borgia/AP Mais

Câmera flagra avalanche momentos antes de atingir a base do Everest, que matou ao menos 17 pessoas. O fenômeno foi provocado pelo terremoto de magnitude 7,8 que devastou o Nepal --foi pior abalo sísmico do país desde 1934 Roberto Schmidt/AFP Mais

26.abr.2015 - Mulher segura a mão de parente morto em um hospital de Katmandu, no Nepal, um dia após o pior abalo sísmico do país desde 1934 Manish Swarup/AP Mais

26.abr.2015 - Turistas chineses desembarcam em Chengdu, no sudoeste da China, após sobreviverem ao terremoto de magnitude 7,8 que devastou o Nepal. Ao todo, 198 passageiros estavam a bordo do voo de resgate a chineses Xue Yubin/ Xinhua Mais

26.abr.2015 - Passageiros aguardam em sala de embarque do Aeroporto Internacional de Tribhuwan, em Katmandu, no Nepal, um dia após o pior abalo sísmico do país desde 1934 Wally Santana/AP Mais

26.abr.2015 - Passageiros enfrentam longas filas no Aeroporto Internacional de Tribhuwan, em Katmandu, no Nepal, um dia após o pior abalo sísmico do país desde 1934 Wally Santana/AP Mais

26.abr.2015 - A fisioterapeuta Monique Corrêa Santos, 32, é uma das brasileiras que estava em Katmandu, capital do Nepal, durante o terremoto de magnitude 7,8 --o pior abalo sísmico do país desde 1934. Ela e a amiga Danielle Sulamita Pio, 33, passeavam pela a região do Monte Everest. No Facebook, a família de Monique chegou a comunicar um possível sumiço das duas, mas disse ter recebido informações da Embaixada do Brasil de que elas passavam bem e embarcariam de volta ao Brasil ainda neste domingo Reprodução/Facebook Mais

26.abr.2015 - Turista caminha em meio aos escombros de um templo, em Katmandu, no Nepal um dia após um terremoto de magnitude 7,8 atingir o Nepal -- o pior abalo sísmico do país desde 1934. Países vizinhos, como Índia, Paquistão, Bangladesh e China, também foram afetados pelo tremor Adnan Abidi/Reuters Mais

26.abr.2015 - Vítimas do terremoto de 7,8 graus de magnitude que atingiu o Nepal no último sábado (25) são cremadas coletivamente no templo Pashupatinath, à beira do rio Bagmati, em Katmandu Bernat Armangue/AP Mais

26.abr.2015 - Turistas observam os destroços de um dos templos mais antigos de Katmandu que foi destruído após o terremoto que devastou o país no último sábado (25) Niranjan Shrestha Mais

26.abr.2015 - Moradores da cidade de Siliguri, na Índia, descansam e dormem em um campo de futebol. Grupos de ajuda internacional intensificaram os esforços para encontrar sobreviventes do terremoto de 7,8 de magnitude Diptendu Dutta/AFP Mais

26.abr.2015 - Veículos levam suprimentos para as áreas afetadas no condado de Gyirong, no Tibete. O número de mortos na região subiu para 17, disseram neste domingo as autoridades locais. Um total de 53 pessoas ficaram feridas e cerca de 12 mil foram evacuadas, de acordo com os membros da equipe de resgate Xinhua Mais

26.abr.2015 - Hóspede de hotel dorme do lado de fora do edifício na madrugada desta segunda-feira (27) em Katmandu, no Nepal Athit Perawongmetha/Reuters Mais

27.abr.2015 - A indiana Dalimi Baishya, que foi ferida durante um terremoto ocorrido no sábado (25) no Nepal, chega ao Aeroporto Internacional de Loknath Gopinath Bordoloi, em Guwahati, na Índia, depois de deixar Nova Déli. O terremoto de 7,8 de magnitude destruiu construções históricas e deixou milhares de mortos Biju Boro/AFP Mais

27.abr.2015 - Nepalesa passa por escombros de uma casa em Balaju, Katmandu, derrubada pelo terremoto de 7,8 de magnitude que dizimou partes da cidade no sábado (25). O fenômeno causou milhares de mortes, queda de monumentos históricos e a fuga em massa de turistas Prakash Singh/AFP Mais

27.abr.2015 - Indianos dormem em campo de futebol em Siliguri, na Índia, depois que um terremoto de magnitude 7,8 ocorrido no sábado (25) no Nepal ter atingido a região. Milhares de pessoas morreram e muitas dormem ao relento por terem perdido suas casas ou pelo medo de novos terremotos Diptendu Dutta/AFP Mais

27.abr.2015 - Nepaleses feridos pelo terremoto ocorrido no sábado (25) no Nepal são resgatados em helicóptero da Força Aérea Indiana de Trishuli Bazar para o aeroporto de Katmandu. O número de mortos pelo terremoto no Nepal já passa de 3.000 e deve subir diante da dificuldade de resgatar pessoas que vivem em vilarejos nas montanhas Altaf Qadri/AP Mais

O montanhista cearense Rosier Alexandre foi resgatado de helicóptero do Everest, no Nepal, na madrugada desta segunda-feira (27), horário de Brasília. Segundo informações da assessoria do montanhista, o tempo limpo permitiu que os helicópteros fizessem várias viagens para resgatar outros montanhistas que estavam no Campo 1, a 5.900 metros de altitude. Rosier relatou que ao descer do helicóptero viu um cenário de guerra, pela destruição que a avalanche causou no Campo Base. Rosier deve seguir para Gorak Shep, vilarejo próximo ao Everest, e lá permanecer nos próximos dias Arquivo pessoal Mais

27.abr.2015 - Pessoas se reúnem em torno da torre histórica de Dharahara, uma das atrações turísticas da capital do Nepal, destruída por um forte terremoto em Katmandu, no sábado (25). O terremoto de magnitude 7,8 na escala Richter atingiu o centro, leste e centro-oeste do Nepal, e foi seguido por pelo menos 15 tremores secundários Sunil Sharma/Xinhua Mais

27.abr.2015 - Casa da aldeia de Paslang, no município de Gorkha, no Nepal, fica destruída depois da passagem de terremoto de magnitude 7,8 na escala Richter que atingiu o país no sábado (25). Milhares de pessoas morreram e multidões perderam suas casas. As buscas por vítimas continuam Bishwo Ghimire /Visão Mundial/AP/ Mais

27.abr.2015 - Um homem senta-se sobre os escombros de uma estrutura após forte terremoto em Katmandu, no Nepal, no sábado (25). O terremoto de 7,8 graus na escala Richter atingiu o centro, leste e centro-oeste do país Nepal, e foi seguido por pelo menos 15 tremores secundários. Milhares de pessoas morreram e perderam suas casas Sunil Sharma/Xinhua Mais

27.abr.2015 - Israelense chega com bebê ao aeroporto de Sde Dov, em Tel Aviv, Israel, após ter sido evacuado do Nepal por causa dos fortes terremotos que atingiram o país no fim de semana, que deixaram milhares de mortos e feridos. Israel começou a evacuar crianças nascidas de mães de aluguel e seus pais israelenses em voos enviados para o Nepal. Muitos casais de homens israelenses vão ao Nepal ter filhos com a ajuda de mães de aluguel porque em Israel o procedimento é permitido apenas aos casais heterossexuais Nir Elias/Reuters Mais

27.abr.2015 - Homem e criança esperam por atendimento médico após terem sido evacuados ao aeroporto de Katmandu, no Nepal. Um forte terremoto de magnitude de 7,8 na Escala Richter atingiu o país no sábado (25), deixando milhares de mortos e desabrigados e construções históricas destruídas Altaf Qadri/AP Mais

27.abr.2015 - Polícia do Nepal e voluntários varrem os escombros à procura de sobreviventes em meio as ruínas de templo atingido por um forte terremoto no sábado (25), em Katmandu, Nepal. O tremor mais intenso atingiu magnitude de 7,8 na Escala Richter, deixando milhares de mortos e desabrigados Danish Siddiqui/Reuters Mais

27.abr.2015 - Abhishek Tamang, 4, recebe tratamento médico no Hospital Dhading, em Dhading, no Nepal, depois de ficar ferido em decorrência dos fortes terremotos que atingiram o país no sábado (25). O maior deles atingiu magnitude de 7,8 na Escala Richter, deixando milhares de mortos e desabrigados Athit Perawongmetha/Reuters Mais

27.abr.2015 - O israelense Ohad Chitman é recebido com um beijo de sua mãe no aeroporto de Sde Dov, em Tel Aviv, Israel, depois de ter sido evacuado do Nepal por causa dos fortes terremotos que atingiram o país no fim de semana. Israel começou a evacuar do país crianças nascidas de mães de aluguel e seus pais israelenses, um deles Chitman Nir Elias/Reuters Mais

O norte-americano Dan Fredinburg, um executivo da Google, e ex-namorado da atriz Sophia Bush, foi morto no monte Everest em uma avalanche desencadeada pelo forte terremoto de magnitude 7,8 que sacudiu o Nepal no sábado (25). Pelo menos 17 alpinistas morreram na montanha. Na foto, ele comemora chegada no topo do monte Kala Patthar, no Nepal Arquivo pessoal/Instagram Mais

27.abr.2015 - Uma flor surge no meio dos escombros de uma casa que desabou após o terremoto de sábado (25) em Bhaktapur, Nepal. Um forte terremoto de magnitude 7,8 destruiu cidades do país e deixou milhares de mortos Navesh Chitrakar/Reuters Mais

27.abr.2015 - Multidão se abriga em tendas no campo aberto de Tudikhel, en Katmandu, no Nepal, após um forte terremoto de 7,8 de magnitude ter atingido o país e regiões vizinhas, deixando milhares de mortos e desabrigados Sunil Sharma/Xinhua Mais

27.abr.2015 - Criança ferida no terremoto de sábado (25) no Nepal é carregada por soldado nepalês após terem sido evacuados em um helicóptero da Força Aérea indiana ao aeroporto de Katmandu. Um forte terremoto de magnitude 7,8 atingiu o país, deixando milhares de mortos e desabrigados e construções históricas destruídas Altaf Qadri/AP Mais

27.abr.2015 - Helicóptero resgata alpinistas no monte Everest, no Nepal. A região sofreu forte avalanche no sábado (25) em decorrência de um terremoto de magnitude 7,8 que atingiu o Nepal e países vizinhos, deixando milhares de mortos e feridos Namgyal Sherpa Nima/AP Mais

27.abr.2015 - Nepalês caminha por área de Bhaktapur, nos arredores de Katmandu, destruída pelo terremoto de 7,8 de magnitude que atingiu o Nepal no sábado (25). O fenômeno deixou milhares de mortos, feridos e desabrigados Niranjan Shrestha/AP Mais

27.abr.2015 - Policiais nepaleses carregam o corpo de Chandrawati Mahat, 38, em Katmandu, vítima do forte terremoto de magnitude 7,8 que atingiu o Nepal no sábado (25). O fenômeno deixou milhares de mortos, feridos e desabrigados Prakash Singh/AFP Mais

27.abr.2015 - Turista indiana dorme no chão do Aeroporto Internacional do Nepal, em Katmandu, enquanto aguarda para sair do país. Um forte terremoto de magnitude 7,8 sacudiu o país, deixando milhares de mortos e de pessoas dormindo nas ruas. Há uma corrida de pessoas que tentam sair do país com medo de novos tremores Manish Swarup/AP Mais

27.abr.2015 - Famílias fazem cremações em massa das vítimas do terremoto que sacudiu Katmandu, no Nepal, no sábado (25). Um terremoto de magnitude 7,8 deixou milhares de mortos, feridos e desabrigados Abir Abdullah/EFE Mais

27.abr.2015 - Homem senta-se sobre os escombros de sua casa em Bhaktapur, no Nepal, destruída após terremoto de magnitude 7,8 que sacudiu o país no sábado (25) Adnan Abidi/Reuters Mais

27.abr.2015 - Idosa de Bhaktapur, no Nepal, chora pela morte da neta, vítima de um terremoto de magnitude 7,8 que atingiu o país no sábado (25) Navesh Chitrakar/Reuters Mais

27.abr.2015 - Nepalês carrega seus pertences enquanto caminha por destroços deixados pelo terremoto que atingiu Bhaktapur, nos arredores de Katmandu, no Nepal. Um forte terremoto de magnitude 7,8 sacudiu o país no sábado (25) deixando milhares de mortos e dezenas de milhares dormindo nas ruas Niranjan Shrestha/AP Mais

27.abr.2015 - Barracas foram ao chão em acampamento base do monte Everest, no Nepal, depois de avalanche atingir a região. O desastre aconteceu em decorrência de um terremoto de magnitude 7,8 ter sacudido o Nepal no sábado (25). Pelo menos 17 montanhistas morreram. Outros foram resgatados por helicópteros. O fenômeno causou milhares de mortes e deixou outros milhares de feridos e desabrigados 6summitschallenge.com/Reuters Mais

27.abr.2015 - Helicóptero de resgate chega a acampamento base do monte Everest, no Nepal, depois que região foi atingida por um avalanche causada por forte terremoto. O desastre matou ao menos 17 montanhistas que escalavam na região. O terremoto de magnitude 7,8, que sacudiu o Nepal no sábado (25), matou milhares de pessoas e deixou outras milhares feridas e desabrigadas 6summitschallenge.com/Reuters Mais

27.abr.2015 - Nepaleses fazem fila para buscar água no Pavilhão Militar em Tundikhel, Katmandu, depois que parte da cidade foi arrasada por um terremoto e o recurso se tornou escasso. O tremor de magnitude 7,8 sacudiu várias partes do país, deixando milhares de mortos, feridos e desabrigados Pratap Thapa/Xinhua Mais

27.abr.2015 - Membros da Cruz Vermelha alemã preparam carga de ajuda humanitária para as vítimas do terremoto no Nepal em avião que embarca do Aeroporto de Berlim-Schönefeld, em Schönefeld, Brandemburgo Hannibal Hanschke/AFP Mais

27.abr.2015 - Equipe de resgate procura por sobreviventes em destroços de edifícios de Bhaktapur, nos arredores de Katmandu. As construções foram danificadas pelo terremoto de magnitude 7,8 que sacudiu o país no sábado (25), deixando milhares de mortos, feridos e desabrigados Prakash Mathema/AFP Mais

27.abr.2015 - Vista aérea de alguns edificios afetados pelo terremoto na praça Patan Durbar de Lalitpur, no Nepal. O número de mortos por conta do terremoto de magnitude 7,8 no sábado (25) está próximo de 4.000, a chuva da última noite e a falta de comunicação no país dificultam as atividades de resgate Kishor Rane/EFE Mais

27.abr.2015 - Vista aérea de alguns edificios afetados pelo terremoto na praça Patan Durbar de Lalitpur, no Nepal. O número de mortos por conta do terremoto de magnitude 7,8 no sábado (25) está próximo de 4.000, a chuva da última noite e a falta de comunicação no país dificultam as atividades de resgate Kishor Rane/EFE Mais

27.abr.2015 - Passageiros aguardam em um engarrafamento de centenas de veículos na estrada para a montanha de Kathmandu perto do epicentro do forte terremoto de sábado (25) no distrito de Gorkha, Nepal. Nesta segunda-feira (27) faltava combustível, alimentos, medicamentos, informação e trabalhadores durante para auxiliar nas atividades de socorro às vítimas Wally Santana/AP Mais

27.abr.2015 - Sophia Lama, 7, confere mensagens de esperança escritas para vítimas nepalesas em mural, em Nova York. O terremoto de magnitude 7,8 ocorrido neste sábado (25) deixou milhares de mortos e feridos, colocou abaixo edifícios e monumentos e provocou avalanches no Evereste Craig Ruttle/AP Mais

Socorristas trabalham sobre os escombros de uma construção destruída por conta do terremoto ocorrido neste sábado (25). O número de mortos por conta do terremoto de magnitude 7,8 no sábado (25) está próximo de 4.000, a chuva da última noite e a falta de comunicação no país dificultam as atividades de resgate Pratap Thapa/Xinhua Mais

27.abr.2015 - Família observa pira ardente durante cremação de um membro da família após terremoto em Bhaktapur ocorrido neste sábado (25). Funcionários do governo nepalês buscavam nesta segunda-feira (27) formas de conseguir ajuda externa para os desabrigados. Outras milhares de pessoas se deslocaram para regiões próximas de planícies Adnan Abidi/Reuters Mais

27.abr.2015 - Nepaleses vítimas do terremoto ocorrido sábado (25) deitam em macas em um helicóptero da força aérea indiana enquanto são levados de Trishuli Bazar para o aeroporto de Kathmandu, no Nepal. O número de mortos por conta do terremoto de magnitude 7,8 no sábado (25) está próximo de 4.000, a chuva da última noite e a falta de comunicação no país dificultam as atividades de resgate AP Photo/Altaf Qadri Mais

27.abr.2015 - Avião da força área indiana carregado de itens de ajuda humitária se aproxima do aeroporto de Katmandu, capital do Nepal. Nesta segunda-feira (27) faltava combustível, alimentos, medicamentos, informação e trabalhadores durante para auxiliar nas atividades de socorro às vítimas Altaf Qadri/AP Mais

27.abr.2015 - Imagem de vídeo feita a partir do voo de um drone sobre Katmandu no sábado (25) e divulgada nesta segunda-feira (27) capta a destruição do terremoto que atingiu o Nepal. O tremor de 7,8 de magnitude destruiu templos, casas e deixou milhares de vítimas. De acordo com autoridades locais, quase todos os gêneros de primeira necessidade estão em falta. No interior, a situação é pior Kishnor Rana/AP Mais

27.abr.2015 - Nepaleses caminham nesta segunda-feira (27) entre os escombros de estruturas afetadas em Katmandu pelo terremoto de magnitude 7,8 que atingiu o país no sábado (25). Equipes de resgate da Alemanha, dos Estados Unidos e da Índia estão chegando ao país para ajudar a buscar sobreviventes que ainda estejam presos sob os escombros Yonhap/EFE Mais

27.abr.2015 - Integrante de equipe de resgate observa o teto destruído de um edifício na praça Patan Durbar, em Katmandu, nesta segunda-feira (27). O Nepal foi atingido por um terremoto de 7,8 de magnitude no sábado (25), que deixou milhares de vítimas Yonhap/E Mais

27.abr.2015 - Equipes de resgate procuram por corpos nas ruínas da igreja Sitapyla em Kathmandu, no Nepal. Um terremoto de 7,8 de magnitude atingiu o país no sábado (25), deixando milhares de mortos e vários presos sob escombros. De acordo com autoridades locais, quase todos os gêneros de primeira necessidade estão em falta. No interior, a situação é pior Wally Santana/AP Mais

28.abr.2015 - Mulher senta-se sobre os escombros de sua casa em Sindhupalchowk, no Nepal, atingida pelo terremoto de magnitude 7,8 que sacudiu o país no sábado (25). A tragédia causou milhares de mortes e afetou 8 milhões de pessoas, segundo a ONU Danish Siddiqui/Reuters Mais

28.abr.2015 - Garoto observa casa em Katmandu, no Nepal, parcialmente destruída pelo terremoto. Um tremor de magnitude 7,8 sacudiu o país no sábado (25) e causou milhares de mortes. Segundo a ONU, o terremoto afetou a vida de 8 milhões de pessoas Navesh Chitrakar/Reuters Mais

28.abr.2015 - Moradores caminham por rua cheia de destroços em Sindhupalchowk, no Nepal, atingida pelo terremoto de magnitude 7,8 que sacudiu o país no sábado (25). A tragédia causou milhares de mortes e afetou 8 milhões de pessoas, segundo a ONU Danish Siddiqui/Reuters Mais

28.abr.2015 - Estrada da cidade de Xigaze, a sudoestedo Tibete, é danificada pelo terremoto e fica interrompida. Um tremor de magnitude 7,8 atingiu o Nepal, deixando milhares de mortos, e países vizinhos no sábado (25) Liu Dongjun/Xinhua Mais

28.abr.2015 - Mulher carrega criança enquanto sua mãe leva o carrinho do bebê cheio de cobertores em Katmandu, no Nepal. Um terremoto de magnitude 7,8 atingiu o país no sábado (25), causando destruição e milhares de mortes. Com medo de novos tremores, milhares de moradores da cidade deixaram suas casas Narendra Shrestha/EFE Mais

28.abr.2015 - Homem ferido em terremoto recebe tratamento médico em hospital público de Bhaktapur, no Nepal. Um terremoto de magnitude 7,8 atingiu o país no sábado (25), causando destruição e milhares de mortes. Com medo de novos tremores, milhares de moradores da cidade deixaram suas casas Bernat Armangue/AP Mais

28.abr.2015 - Equipe de resgate está pronta para ir ao Nepal partindo pelo Aeroporto Internacional de Taoyuan, em Taiwan. A equipe organizada pelo monastério Fo Guang Shan inclui médicos e especialistas em resgate. Um terremoto de magnitude 7,8 atingiu o Nepal no sábado (25), causando destruição e milhares de mortes Fo Guang Shan Monastery/EFE Mais

28.abr.2014 - Nepaleses formam fila para abastecer veículos em Katmandu. O terremoto de magnitude 7,8 que atingiu o Nepal no sábado (25) destruiu estruturas e pontos turísticos do país, além de provocar milhares de mortes e deixar centenas de milhares de desabrigados Prakash Mathema/AFP Mais

28.abr.2015 - Aldeões nepaleses se abrigam da chuva em Gorkha, Nepal, em 28 de abril de 2015. Equipes de resgate lutam para chegar às comunidades remotas que foram devastadas pelo terremoto de 7,8 de magnitude que matou milhares de pessoas Sajjad Hussain/AFP Mais

28.abr.2015 - Nepalesa ferida e sua família é resgatada pelo exército indiano em Gorkha, no Nepal. Equipes de resgate lutam para chegar às comunidades remotas que foram devastadas pelo terremoto de 7,8 de magnitude que matou milhares de pessoas Sajjad Hussain/AFP Mais

28.abr.2015 - Moradores da aldeia de Zham, na cidade de Xigaze, no Tibete, usam instalação telefônica improvisada para se comunicar com parentes. O povoado foi afetado pelo terremoto de magnitude 7,8 que sacudiu o Nepal no sábado (25) e pelos mais de 20 tremores subsequentes que causaram deslizamentos de terra e avalanches, bloqueando o acesso a algumas regiões Chogo/Xinhua Mais

28.abr.2015 - Turistas embarcam em um avião de carga Air Force C-130 da Malásia no aeroporto de Katmandu, no Nepal, após um terremoto de 7,8 de magnitude ter atingido o país no sábado (25), causando muita destruição e milhares de mortes Nicolas Asfouri/AFP Mais

28.abr.2015 - Mulheres choram antes da cremação de uma vítima do terremoto em Bhaktapur, próximo a Katmandu, no Nepal. O tremor de magnitude 7,8 que sacudiu o Nepal no sábado (25) deixou milhares de mortos e foi sentido nos países vizinhos Sedat Suna/EFE Mais

28.abr.2015 - Médicas israelenses carregam os bebês de um casal homossexual depois que chegaram ao aeroporto de Ben Gurion, próximo de Tel Aviv, vindos do Nepal. O casal teve teve três filhos nascidos de mães de aluguel nepalesas. Israel começou a repatriar seus cidadãos no Nepal na segunda-feira (27), entre eles dois grupos de bebês nascidos de mães de aluguel em Katmandu cujos pais são homossexuais israelenses Jack Gueza/AFP Mais

28.abr.2015 - Fotografias, um relógio e quadros permanecem intactos em meio aos escombros de propriedade em Bhaktapur, próximo à Katmandu, destruída pelo terremoto de magnitude 7,8 que sacudiu o Nepal no sábado (25), deixando milhares de mortos e centenas de milhares de desabrigados Sedat Suna/EFE Mais

28.abr.2015 - Restos mortais de vítimas do terromoto ocorrido no sábado (25) no Nepal são queimados em Katmandu, capital do país. Os trabalhos de resgate continuam dificultados devido ao mau tempo e falta de estrutura do país para responder a um desastre dessa magnitude. A equipe das Nações Unidas para avaliação e coordenação em casos de desastre (UNDAC) advertiu que o tempo para encontrar pessoas com vida está acabando Abir Abdullah/EFE Mais

28.abr.2015 - O sobrevivente Rishi Khanal, 27, é libertado por socorristas franceses das ruínas de um hotel de três andares na área de Gangabu em Katmandu, capital do Nepal. Nas regiões atingidas pelo terremoto, milhares de pessoas estão vivendo a céu aberto, sem água potável ou saneamento desde o terremoto de magnitude 7,8 ocorrido sábado (25) Niranjan Shrestha/AP Mais

28.abr.2015 - Vários soldados nepaleses participam de uma operação de resgate em um edifício derrubado durante o terremoto ocorrido no sábado (25). Os trabalhos de resgate continuam dificultados devido ao mau tempo e falta de estrutura do país para responder a um desastre dessa magnitude. A equipe das Nações Unidas para avaliação e coordenação em casos de desastre (UNDAC) advertiu que o tempo para encontrar pessoas com vida está acabando Abir Abdullah/EFE Mais

28.abr.2015 - Pessoas feridas recebem tratamento em um hospital em Katmandu. Aldeões famintos e desesperados correram em direção a helicópteros de socorro em áreas remotas do Nepal, implorando para serem levados para uma área segura, quatro dias após o terremoto que atingiu a capital do país e regiões do entorno no sábado (25) Prakash Mathema/AFP Mais

28.abr.2015 - Casas destruídas pelo terremoto ocorrido sábado (25) são observadas de um helicóptero das Forças Armadas indianas na região de Gorkha. Aldeões famintos e desesperados correram em direção a helicópteros de socorro em áreas remotas do Nepal, implorando para serem levados para uma área segura, como água e comida, quatro dias após o terremoto que atingiu a capital do país Sajjad Hussain/AFP Mais

28.abr.2015 - Moradores da vila Paslang, em Gorka, sentam em abrigo improvisado perto de uma área devastada depois do terremoto de sábado (25) que atingiu o Nepal Athit Perawongmetha/Reuters Mais

28.abr.2015 - Menina nepalesa cozinha em um campo montado acampamento montado em Katmandu. Os trabalhos de resgate continuam dificultados devido ao mau tempo e falta de estrutura do país para responder a um desastre dessa magnitude. A equipe das Nações Unidas para avaliação e coordenação em casos de desastre (UNDAC) advertiu que o tempo para encontrar pessoas com vida está acabando Prakash Singh/AFP Mais

28.abr.2015 - Homem caminha por escombros de casas danificadas pelo terremoto ocorrido no sábado (25) em Bhaktapur, perto da Katmandu, capital do Nepal. Os trabalhos de resgate continuam dificultados devido ao mau tempo e falta de estrutura do país para responder a um desastre dessa magnitude. A equipe das Nações Unidas para avaliação e coordenação em casos de desastre (UNDAC) advertiu que o tempo para encontrar pessoas com vida está acabando Menahem Kahana/AFP Mais

28.abr.2015 - Pessoas assistem à busca de socorristas por sobreviventes do terremoto que atingiu Katmandu, capital do Nepal, no sábado (25) Nicolas Asfouri/AFP Mais

28.abr.2015 - Rishi Khanal, 28, é carregado por policiais nepaleses após ser resgatado por equipes francesas de um prédio que desabou durante o terremoto no último sábado em Katmandu, no Nepal, nesta terça-feira (28). Ele teria ficado preso sob os escombros durante 80 horas em um quarto com outras três pessoas mortas Danish Siddiqui/Reuters Mais

29.abr.2015 - Nepaleses protestam contra o governo e pela demora na prestação de ajuda para às vítimas do terremoto, em Katmandu. Cerca de 200 manifestantes enfrentaram policiais, mas ninguém foi preso Niranjan Shrestha/AP Mais

29.abr.2015 - Vista aérea mostra casa danificadas em Gorkha, no Nepal. Aldeões famintos desesperados correram em direção a helicópteros que sobrevoaram a região. O governo da China anunciou nesta quarta-feira (29) o envio de uma segunda remessa de ajuda humanitária ao país, no valor de 40 milhões de iuanes (US$ 6,54 milhões), que serão destinados às vítimas do terremoto Sajjad Hussain/AFP Mais

29.abr.2015 - Vista aérea mostra casa danificadas em Gorkha, no Nepal. Aldeões famintos desesperados correram em direção a helicópteros que sobrevoaram a região. O governo da China anunciou nesta quarta-feira (29) o envio de uma segunda remessa de ajuda humanitária ao país, no valor de 40 milhões de iuanes (US$ 6,54 milhões), que serão destinados às vítimas do terremoto Sajjad Hussain/AFP Mais

29.abr.2015 - Mulher dá à luz em um hospital de campo criado pelo Exército paquistanês em Bhaktapur, perto de Katmandu, no Nepal. Os hospitais de Katmandu estão no limite de sua capacidade, mas feridos de outros distritos do país continuam chegando em busca de atendimento após o terremoto do último sábado (25) Diego Azubel/EFE Mais

29.abr.2015 - Homem passa pelas ruínas da praça de Bhaktapur, no Nepal, destruída após o terremoto do sábado (25). O número de mortos passou de 5.000 nesta quarta-feira (29), e autoridades reconheceram ter cometido erros na resposta inicial à tragédia, deixando sobreviventes isolados em vilarejos remotos esperando por ajuda Diego Azubel/EFE Mais

29.abr.2015 - Criança brinca nas ruínas da praça de Bhaktapur, no Nepal, destruída após o terremoto do sábado (25). O número de mortos passou de 5.000 nesta quarta-feira (29), e autoridades reconheceram ter cometido erros na resposta inicial à tragédia, deixando sobreviventes isolados em vilarejos remotos esperando por ajuda Diego Azubel/EFE Mais

29.abr.2015 - Imagem capturada pelo satélite Sentinel-1A mostra o antes e depois do terremoto que atingiu o Nepal no último dia 25 de abril. Cada faixa de cor representa cerca de 3 cm de deformação. A grande quantidade de faixas indica deformações com cerca de 1 metro ESA/DLR Mais

29.abr.2015 - Equipe japonesa se reúne para o início dos trabalhos de resgate no centro histórico de Katmandu, no Nepal. Além dos socorristas, o Japão doou mais de US$ 8 milhões para ajudar na reconstrução do país, devastado por um forte terremoto de magnitude 7,8 no dia 25 de abril. Mais de 5.000 mortes foram confirmadas e outros 11 mil feridos superlotam os hospitais do país Philippe Lopez/AFP Mais

29.abr.2015 - Mulheres observam escombros de construções que desabaram em uma rua da cidade de Bhaktapur, no Nepal, após os terremotos de sábado (25) Natalie Hawwa/ USAID Mais

29.abr.2015 - Nepaleses observam escombros de construções que desabaram em uma rua da cidade de Bhaktapur, no Nepal, após o terremoto de sábado (25) Natalie Hawwa/ USAID Mais

29.abr.2015 - Uma mulher caminha entre escombros deixados pelo terremoto ocorrido no sábado (25) na cidade de Lalitpur, no Nepal. O tremor de magnitude 7,8 deixou mais de 5.000 mortos e mais de 10.000 pessoas feridas Sunil Sharma/Xinhua Mais

29.abr.2015 - O templo Krishna Mandir, localizado na cidade de Lalitipur, resiste ao terremoto que atingiu o Nepal no sábado (25) Sunil Sharma/Xinhua Mais

29.abr.2015 - Pequena escultura permanece intacta entre escombros de casas e edifícios destruídos no terremoto ocorrido sábado (25) em Katmandu, Nepal. Cerca de 340 mil pessoas deixaram o vale de Katmandu por medo de novos tremores e surtos de doenças, disse a polícia nesta quarta-feira (29). O número de mortos no terremoto ultrapassou 5.000 e os feridos superaram 10.000 pessoas, enquanto o número de desabrigados está em 450 mil pessoas Diego Azubel/EFE Mais

29.abr.2015 - Vista da praça Hanumandhoka Durbar, na capital Katmandu, em ruínas após o terremoto que atingiu o Nepal no sábado (25) Sunil Sharma/Xinhua Mais

30.abr.2015 - Moradora de Gorkha, província do epicentro do terremoto que afetou grande parte do Nepal, passa diante dos destroços de sua casa, na manhã desta quinta-feira (30). A ONU lançou um apelo a países para que contribuam com abrigo, alimentação e cuidados médicos aos sobreviventes do tremor ocorrido no último sábado, e que causou a morte de mais de 5.000 pessoas no Nepal, sudoeste da China e norte da Índia Wolfgang Rattay/Reuters Mais

30.abr.2015 - Moradores de Katmandu descansam na manhã desta quinta-feira (30) em abrigo improvisado perto de edifícios danificados pelo terremoto que atingiu a cidade no sábado. A ONU lançou um apelo a países para que contribuam com abrigo, alimentação e cuidados médicos aos sobreviventes do tremor de intensidade 7,8 que matou mais de 5.000 pessoas no Nepal, sudoeste da China e norte da Índia Prakash Mathema/AFP Mais

29.abr.2015 - Morador observa nesta quarta-feira (29) a destruição causada pelo terremoto ocorrido no último sábado em construções de Sathighar, a norte de Katmandu. A ONU lançou um apelo a países para que contribuam com abrigo, alimentação e cuidados médicos aos sobreviventes do tremor ocorrido no último sábado, e que causou a morte de mais de 5.000 pessoas no Nepal, sudoeste da China e norte da Índia Divulgação/Comitê Internacional da Cruz Vermela/Palani Mohan/Reuters Mais

30.abr.2015 - O nepalês Pemba Tamang é carregado em uma maca após ser localizado em meio aos escombros de um imóvel em Katmandu, nesta quinta-feira (30). O resgate foi realizado com a ajuda de uma equipe de socorristas americanos, que ainda buscam outros dois jovens que teriam sobrevivido no mesmo local. Tamang passou cinco dias soterrado depois que o prédio no qual ele estava, com sete andares, foi destruído pelo terremoto do último sábado (25) Niranjan Shresta/AP Mais

30.abr.2015 - Um cão treinado pela polícia norte-americana busca por sobreviventes do terremoto no Nepal entre os escombros de um imóvel na capital Katmandu, na manhã desta quinta-feira (30). Mais cedo, a equipe de socorristas americanos que viajou ao Nepal para ajudar no trabalho de resgate conseguiu localizar Pemba Tamang, que estava ferido em meio aos escombros, junto com outros dois possíveis sobreviventes que ainda não foram encontrados Roberto Schmidt/AFP Mais

30.abr.2015 - Criança nepalesa carrega garrafas d'água para a tenda improvisada que abriga sua família em Katmandu, no Nepal, cidade que sofre com o rastro de destruição causado pelo terremoto que atingiu o país no último sábado (25). A ONU (Organização das Nações Unidas) emitiu um apelo de emergência pedindo a solidariedade de outros países. Há carência de doações de água potável, alimentos e remédios Manan Vatsyayana/AFP Mais

30.abr.2015 - Krishna Devi Khadka é levada em maca após ter sido retirada de escombros de prédio em Katmandu, no Nepal Bikram Rai/AP Mais

30.abr.2015 - Vítimas afetadas pelo terremoto no Nepal salvam pertences em uma casa danificada em Lalitpur, nos arredores de Katmandu, capital do país. Em poucos segundos, o terremoto de sábado (25) devastou Katmandu e arredores. Três dos sete locais do patrimônio mundial no vale de Katmandu foram severamente danificados, incluindo a Praça Durbar, onde há templos que datam do século 15 ao 18, de acordo com a Unesco, a agência cultural das Nações Unidas Niranjan Shrestha/AP Mais

30.abr.2015 - Mulher abriga-se sob guarda-chuva, enquanto caminha entre templos em boa parte destruídos após terremoto ocorrido no sábado (25). A ONU lançou um apelo para arrecadar US$ 415 milhões para ajudar na compra de alimentos, água e cuidados médicos para sobreviventes do terremoto em meio a raiva dos habitantes diante da incapacidade do governo para lidar com um desastre que matou mais de 5.000 pessoas Nicolas Asfouri/AFP Mais

30.abr.2015 - Um monge budista salva uma estátua de uma divindade de um mosteiro em torno do famoso santuário Swayambhunath depois que o mosteiro foi danificado pelo terremoto de sábado (25), em Katmandu, capital do Nepal. A ONU lançou um apelo para arrecadar US$ 415 milhões para ajudar na compra de alimentos, água e cuidados médicos para sobreviventes do terremoto em meio à revolta dos habitantes diante da incapacidade do governo para lidar com um desastre que matou mais de 6.000 pessoas Niranjan Shrestha/AP Mais

30.abr.2015 - Integrantes das Forças Armadas do Nepal descarregam itens de ajuda humanitária em Charikot, no distrito de Dholka, no Nepal. A ONU lançou um apelo para arrecadar US$ 415 milhões para ajudar na compra de alimentos, água e cuidados médicos para sobreviventes do terremoto em meio a raiva dos habitantes diante da incapacidade do governo para lidar com um desastre que matou mais de 6.000 pessoas Prakash Singh/AFP Mais

30.abr.2015 - Mulheres nepalesas e crianças esperam na fila para receber alimentos distribuídos por uma organização não-governamental no centro de Katmandu, no Nepal. A ONU lançou um apelo para arrecadar US$ 415 milhões para ajudar na compra de alimentos, água e cuidados médicos para sobreviventes do terremoto em meio a raiva dos habitantes diante da incapacidade do governo para lidar com um desastre que matou mais de 6.000 pessoas Menahem Kahana/AFP Mais

1º.mai.2015 - Nepalesas fazem fila nesta sexta-feira (1º) para receber cesta básica diária de alimentos, distribuída pelo exército em acampamento montado em Katmandu onde os moradores da cidade que perderam suas casas vivem após o terremoto do último sábado (25). O tremor de magnitude 7,8 causou mais de 6.200 mortes no país, que encontra uma crise humanitária pela falta de recursos para lidar com a tragédia Roberto Schmidt/AFP Mais

1º.mai.2015 - Militares ajudam no resgate de vítimas do terremoto do último sábado (25) no vilarejo nepalês de Bhaktapur, próximo a Katmandu. O tremor de magnitude 7,8 causou mais de 6.200 mortes no país, que encontra uma crise humanitária pela falta de recursos para lidar com a tragédia Daniel Marenco/Folhapress Mais

1º.mai.2015 - Moradores observam as ruínas, enquanto militares ajudam no resgate de vítimas do terremoto do último sábado (25) no vilarejo nepalês de Bhaktapur, próximo a Katmandu. O tremor de magnitude 7,8 causou mais de 6.200 mortes no país, que encontra uma crise humanitária pela falta de recursos para lidar com a tragédia Daniel Marenco/Folhapress Mais

Estátua resiste em meio às ruínas de um templo hindu, em Katmandu, destruído pelo terremoto do último sábado (25) no Nepal Navesh Chitrakar/Reuters Mais

Moradores de Katmandu, capital do Nepal, se preparam para deixar a cidade de ônibus. O terremoto do último sábado (25) devastou a região. Cresce o temor em relação à propagação da doença em razão das restrições de acesso à água potável e a instalações com saneamento Abir Abdullah/EFE Mais

Mulheres fazem fila em um ponto de distribuição de água em Katmandu, capital do Nepal. O governo descartou a possibilidade de encontrar mais sobreviventes nos escombros. O terremoto do sábado passado (25) matou mais de 6.700 pessoas e devastou o país Menahem Kahana/AFP Mais

Moradores de Kharibot, que sobreviveram ao terremoto que atingiu o Nepal no sábado passado (25), disputam mantimentos de ajuda emergencial descarregada por um helicóptero do exército indiano. O governo nepalês descartou a possibilidade de encontrar mais sobreviventes nos escombros. O terremoto matou mais de 6.700 pessoas e devastou o país Sajjad Hussain/AFP Mais

Tendas foram montadas para abrigar sobreviventes desalojados pelo terremoto em Sindhupalchowk, no Nepal. O terremoto do último sábado (25) devastou o país, provocou a morte de quase 6.700 pessoas e deixou mais de 14 mil feridos Pratap Thapa/Xinhua Mais

No Nepal, equipes de salvamento conseguiram resgatar um idoso de 101 anos de idade dos escombros de sua casa destruída pelo terremoto que atingiu o país na última semana. As autoridades do país afirmam que o número de mortos chega a pelo menos sete mil AFP Mais

Um helicóptero aterrisa, neste domingo (3), em um campo de pouso improvisado para retirar soldados israelenses de uma das áreas afetadas pelo terremoto que abalou o Nepal na semana passada e que já matou pelo menos sete mil pessoas. Israel foi um dos países que enviou militares para ajudar no resgate às vítimas do terremoto Olivia Harris/Reuters Mais

3.mai.2015 - Um pai nepalês chora ao segurar o filho ferido pelo terremoto que atingiu o país na semana passada e que, segundo as autoridades, matou pelo menos seis mil pessoas. Pai e filho foram resgatados por uma equipe de salvamento da Índia Sajad Hussain/AFP Mais

4.mai.2015 - Nepaleses em volta de tendas montadas em Gorkha. As autoridades do Nepal pediram que as equipes de salvamento retornem a seus países de origem e que permanecem no país apenas os grupos que estão ajudando com alimentos e medicamentos Sajjad Hussain/AFP Mais

4.mai.2015 - Soldado passa em meio a pombos na praça Durbar, em Katmandu, no Nepal. O local faz parte do patrimônio da Unesco e ficou muito destruído após o terremoto no país. O governo disse que a reconstrução de sítios históricos é "máxima prioridade" Menahem Kahana/AFP Mais

4.mai.2015 - Pessoas oram por vítima do terremoto do dia 25 no Nepal em centro de cremação em Katmandu. Os templos crematórios estão sobrecarregados para atender as famílias das mais de 7.000 vítimas do sismo Menahem Kahana/AFP Mais

4.mai.2015 - Jipe permanece em meio à devastação causada por terremoto do dia 25 em Sindhupalchowk, no Nepal, uma das áreas mais atingidas pela tragédia Sukdev Chamling/Xinha Mais

4.mai.2015 - Criança chora ao ser vacinada em Lapsiphedi, próximo à capital Katmandu, no Nepal. Uma das maiores preocupações é a possibilidade de um surto de doenças devido ao grande número de pessoas que não têm casa. A campanha quer imunizar mais de meio milhão de crianças contra rubéola e sarampo Bernat Amangue/AP Mais

4.mai.2015 - Aldeões nepaleses circulam próximo a suas tendas em vila no distrito de Gorkha Laprak, no Nepal. Aeronaves de transporte dos Estados Unidos comprometeram-se a fazer "uma diferença imediata" para ajudar as pessoas prejudicadas pelo terremoto no país, transportando suprimentos e equipes de resgate para áreas remotas devastada por um terremoto que matou mais de 7.300 pessoas Sajjad Hussain/AFP Mais

4.mai.2015 - Mulher espera pela distribuição da ajuda humanitária em Dhunche, no Nepal Olivia Harris/Reuters Mais

4.mai.2015 - Nepaleses passam por casas destruidas e danificadas pelo terrremoto ocorrido no sábado (25) em Nuwakot, distrito ao norte de Katmandu. Chega a 7.365 mortos e 14 mil feridos, autoridades alertam que o número final será muito maior Prakash Mathema/AFP Mais

5.mai.2015 - Garoto atira pedras em prédios destruídos pelo terremoto do dia 25 em Katmandu, no Nepal Olivia Harris/Reuters Mais

5.mai.2015 - Militar sobe em casa destruída em Sankhu, no Nepal, após terremoto no país que matou mais de 7.500 pessoas, segundo os cálculos mais recentes Athit Perawongmetha/Reuters Mais

5.mai.2015 - Mulheres fazem fila para pegar comida em acampamento para sem-teto em Katmandu, no Nepal. Mais de 7.500 pessoas morreram no terremoto do dia 25 de abril Olivia Harris/Reuters Mais

5.mai.2015 - Bombeira Reyes de Miguel (à dir.) é recebida por familiares e amigos no aeroporto de Tenerife Norte depois de regressar do Nepal. Ela estava viajando com o namorado, Víctor Hernández, quando foi surpreendida pelo terremoto que já matou mais de 7.500 pessoas Ramón de la Rocha/EFE Mais

5.mai.2015 - Caminhão da Cruz Vermelha chega ao aeroporto de Katmandu, no Nepal, com ajuda humanitária para minimizar a tragédia no país após terremoto que matou mais de 7.500 pessoas Narendra Shrestha/EFE Mais

5.mai.2015 - Nisan, um garoto nepalês de oito anos, ri enquanto brinca com o médico japonês Mazaki Miyazaki em uma tenda em Katmandu, no Nepal. O abrigo provisório foi construído para vítimas do terremoto no país que ficaram sem ter para onde ir após a tragédia. Miyazaki aguarda com outros médicos para instalar uma clínica na região Roberto Schmidt/AFP Mais

5.mai.2015 - Montagem de imagens feitas por satélite pela Nasa, a agência espacial norte-americana, mostra o antes (à esq.) e o depois (à dir.) do centro do Nepal ter sido atingido por um terremoto de magnitude 7,8 no dia 25 de abril. É visível a diferença na paisagem da pequena vila de Langtang (no centro de cada foto). O local era uma trilha popular perto de uma base de alpinismo. Uma mescla de neve, gelo e destroços deslizou da montanha e cobriu a vila. Até o rio Langtang sumiu em meio aos depósitos Nasa/AFP Mais

6.mai.2015 - Centenas de pombos se reúnem entre destroços na praça Durbar, considerado patrimônio mundial pela Unesco, em Katmandu, no Nepal, nesta quarta-feira. Em visita à região do epicentro do tremor, o primeiro-ministro do Nepal, Sushil Koirala, anunciou a construção de casas à prova de terremotos e a criação de um ministério para responder a esse tipo de crise Sunil Sharma/ Xinhua Mais

6.mai.2015 - Um monge budista observa a área central de Katmandu, a partir da Stupa Swayambhunath, danificada pelo terremoto. O tremor de 7,8 de magnitude destruiu construções históricas consideradas patrimônio da humanidade e deixou mais de 7.500 mortos Niranjan Shrestha/AP Mais

6.mai.2015 - Uma mulher espia pela janela de uma casa danificada na cidade de Sakhu, após terremoto que atingiu o Nepal em 25 de abril. O tremor matou mais de 7.500 pessoas e atingiu várias construções consideradas patrimônio da humanidade pela Unesco Bernat Armangue/AP Mais

6.mai.2015 - Sobreviventes nepaleses cuidam de uma criança na remota vila de Kerauja, no distrito de Gorkha, no Nepal. Em 25 de abril, o país foi atingido por um terremoto de 7,8 de magnitude, que destruiu várias construções e deixou mais de 7.500 mortos e quase 16,4 mil feridos pelo país, de acordo com o Centro de Operações de Emergência do Nepal Philippe Lopez/AFP Mais

6.mai.2015 - Criança nepalesa dorme em seu berço na remota vila de Kerauja, no distrito de Gorkha, no Nepal. Em 25 de abril, o país foi atingido por um terremoto de 7,8 de magnitude, que destruiu várias construções e deixou mais de 7.500 mortos e quase 16,4 mil feridos pelo país, de acordo com o Centro de Operações de Emergência do Nepal Philippe Lopez/AFP Mais

7.mai.2015 - Rochas ficam dentro de lojas e no meio de ruas em Kodari, no Nepal, após o terremoto que atingiu o país no dia 25 de abril. Um terremoto de 7,8 de magnitude atingiu país e devastou vários distritos Matthieu Alexandre/AFP Mais

7.mai.2015 - Rochas ficam dentro de lojas e no meio de ruas em Kodari, no Nepal, após o terremoto que atingiu o país no dia 25 de abril. Um terremoto de 7,8 de magnitude atingiu país e devastou vários distritos Matthieu Alexandre/AFP Mais

8.mai.2015 - Vítima do terremoto de 25 de abril lava roupas em campo para desabrigados improvisado em Katmandu, nesta sexta-feira. Na quinta, a ONU reclamou que Dos U$ 415 milhões aos países membros e parceiros na semana passada, somente 22,4 milhões foram fornecidos para auxiliar as vítimas da tragédia que matou mais de 7.500 pessoas no Nepal Navesh Chitrakar/Reuters Mais

8.mai.2015 - Uma equipe de resgate de animais da Humane Society International enviada para Katmandu, no Nepal, oferece alimentos em esquema emergencial aos animais que sobreviveram ao terremoto de 7,8 de magnitude que devastou a capital. Nesta imagem divulgada em 8 de maio, Seema Thapa dá comida a cães de rua. Ela é uma das seguidoras de Gyanu Devla, conhecida como "Mãe dos Cães", uma mulher nepalesa que toma conta dos cachorros sem dono. Gyanu e seus apoiadores realizaram um memorial para os cães que morreram no terremoto e preparou um banquete especial para os sobreviventes Jodi Hilton/Humane Society International/AP Mais

8.mai.2015 - Uma equipe de resgate de animais da Humane Society International enviada para Katmandu, no Nepal, oferece alimentos em esquema emergencial aos animais que sobreviveram ao terremoto de 7,8 de magnitude que devastou a capital. Nesta imagem divulgada em 8 de maio, Gyanu Devla, um mulher nepalesa conhecida como 'Mãe dos Cães" e seus seguidores alimentam cães de rua. Gyanu e seus apoiadores realizaram um memorial para os cães que morreram no terremoto e preparou um banquete especial para os sobreviventes Jodi Hilton/Humane Society International/AP Mais

8.mai.2015 - Gyanu Devla, uma nepalesa conhecida como "Mãe dos Cães", alimenta cachorros de rua em Katmandu, no Nepal. Gyanu e seus apoiadores realizaram um memorial para os cães que morreram no terremoto e preparou um banquete especial para os sobreviventes. Uma equipe de resgate de animais da Humane Society International enviada para Katmandu, no Nepal, oferece alimentos em esquema emergencial aos animais que sobreviveram ao terremoto de 7,8 de magnitude que devastou a capital Jodi Hilton/Humane Society International/AP Mais

8.mai.2015 - Um morador caminha entre edifícios danificados pelo terremoto na vila de Bungamati, no subúrbio de Katmandu. Um terremoto de magnitude de 7,8 atingiu o país em 25 de abril, destruindo completamente 288.798 casas em todo país, enquanto outras 254.112 residências foram parcialmente danificadas, de acordo com o comando do Centro de Operação de Emergência do Nepal Philippe Lopez/AFP Mais

8.mai.2015 - Um policial nepalês caminha por um templo destruído na vila de Bungamati, no subúrbio de Katmandu. Um terremoto de magnitude de 7,8 atingiu o país em 25 de abril, destruindo completamente 288.798 casas em todo país, enquanto outras 254.112 residências foram parcialmente danificadas, de acordo com o comando do Centro de Operação de Emergência do Nepal Philippe Lopez/AFP Mais

8.mai.2015 - Policial nepalês vigia templo destruído na vila de Bungamati, no subúrbio de Katmandu. 8.mai.2015 - Um policial nepalês caminha por um templo destruído na vila de Bungamati, no subúrbio de Katmandu. Um terremoto de magnitude de 7,8 atingiu o país em 25 de abril, destruindo completamente 288.798 casas em todo país, enquanto outras 254.112 residências foram parcialmente danificadas, de acordo com o comando do Centro de Operação de Emergência do Nepal Philippe Lopez/AFP Mais

9.mai.2015 - Nepaleses chegam a área atingida por terremoto na capital, Katmandu, para retirar pertences dos escombros neste sábado (9). Os moradores da região dizem que ainda não receberam nenhuma ajuda do governo desde o abalo sísmico, há duas semanas Mast Irham/EFE Mais

11.mai.2015 - Nepalesa bebe a água em uma área devastada de Sankhu. Várias avalanches ocorridas nos últimos dias no vale Langtang forçaram a interrupção das buscas de 300 pessoas desaparecidas desde o terremoto de 25 de abril e a retirada imediata de dezenas de cidadãos da área Mast Irham/EFE Mais

11.mai.2015 - Sobreviventes do terremoto de 25 de abril enchem recipientes com água de um poço em Sankhu, no Nepal. Várias avalanches ocorridas nos últimos dias no vale Langtang forçaram a interrupção das buscas de 300 pessoas desaparecidas e a retirada imediata de dezenas de cidadãos da área Mast Irham/EFE Mais

11.mai.2015 - Nepalesa recupera tijolos das ruínas em Sankhu. Várias avalanches ocorridas nos últimos dias no vale Langtang forçaram a interrupção das buscas de 300 pessoas desaparecidas desde o terremoto de 25 de abril e a retirada imediata de dezenas de cidadãos da área Mast Irham/EFE Mais

11.mai.2015 - Sobreviventes do terremoto de 25 de abril recuperam pertences em uma área devastada em Sankhu, no Nepal. Várias avalanches ocorridas nos últimos dias no vale Langtang forçaram a interrupção das buscas de 300 pessoas desaparecidas e a retirada imediata de dezenas de cidadãos da área Mast Irham/EFE Mais

11.mai.2015 - Soldados recuperam pertences de sobreviventes do terremoto de 25 de abril em uma área devastada em Sankhu, no Nepal. Várias avalanches ocorridas nos últimos dias no vale Langtang forçaram a interrupção das buscas de 300 pessoas desaparecidas e a retirada imediata de dezenas de cidadãos da área Mast Irham/EFE Mais

11.mai.2015 - Nepalesa repousa sobre os escombros de um edifício em Sankhu. Várias avalanches ocorridas nos últimos dias no vale Langtang forçaram a interrupção das buscas de 300 pessoas desaparecidas desde o terremoto de 25 de abril e a retirada imediata de dezenas de cidadãos da área Mast Irham/EFE Mais

11.mai.2015 - Estátua do Buda permanece intacta entre tijolos do templo Bungamati, que entrou em colapso após o terremoto de 25 de abril na vila Bungamati, em Lalitpur, no Nepal Navesh Chitrakar/Reuters Mais

12.mai.2015 - Militares nepaleses trabalham no local onde um prédio desmoronou após um terremoto no centro de Katmandu, no Nepal. Um novo terremoto, de magnitude 7,3 sacudiu novamente o país nesta terça-feira (12) Athit Perawongmetha/Reuters Mais

12.mai.2015 - Equipes de resgate procuram por sobreviventes em um prédio que ficou destruído após um terremoto de 7,3 de magnitude atingir Katmandu, no Nepal, a mesma região que foi a mais afetada pelo sismo do último dia 25. Segundo o Ministério do Interior do Nepal, o novo sismo deixou ao menos 36 mortos e mais de 1.000 feridos Narendra Shrestha/EFE Mais

12.mai.2015 - Maya Tamang, 20, dá à luz em um abrigo improvisado do lado de fora do hospital após novo terremoto atingir o Nepal, em Bhaktapur. O sismo de magnitude 7,3 deixou mortos e feridos Athit Perawongmetha/Reuters Mais

12.mai.2015 - Equipes de resgate do México trabalham no local onde um prédio desabou durante terremoto em Katmandu, no Nepal, nesta terça-feira (12). Um novo terremoto, de magnitude 7,3 sacudiu o Nepal e teve seu epicentro registrado a nordeste de Katmandu, a mesma região que foi a mais afetada pelo sismo do último dia 25. O novo tremor foi seguido de três réplicas, uma delas de magnitude 6,3, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, sigla em inglês) Niranjan Shrestha/AP Mais

12.mai.2015 - Equipes de resgate dos Estados Unidos trabalham no local onde um prédio desabou durante terremoto em Katmandu, no Nepal, nesta terça-feira (12). Um novo terremoto, de magnitude 7,3 sacudiu o Nepal e teve seu epicentro registrado a nordeste de Katmandu, a mesma região que foi a mais afetada pelo sismo do último dia 25. O novo tremor foi seguido de três réplicas, uma delas de magnitude 6,3, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, sigla em inglês) Bikram Rai/AP Mais

12.mai.2015 - Pessoas abandonam prédios de Katmandu após um terremoto de magnitude 7,3 atingir o Nepal, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês) Rajat Gupta/EFE Mais

12.mai.2015 - Nepaleses observam a destruição causada pelo terremoto que atingiu Katmandu, no Nepal, nesta terça-feira (12). Um novo terremoto, de magnitude 7,3 sacudiu o Nepal e teve seu epicentro registrado a nordeste de Katmandu, a mesma região que foi a mais afetada pelo sismo do último dia 25. O novo tremor foi seguido de três réplicas, uma delas de magnitude 6,3, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, sigla em inglês) Ranup Shrestha/AP Mais

12.mai.2015 - Pai e filha dormem em uma tenda plástica em um espaço aberto após um terremoto atingir a região de Katmandu nas primeiras horas da manhã, no Nepal. Um novo terremoto, de magnitude 7,3, sacudiu o Nepal e teve seu epicentro registrado a nordeste de Katmandu, a mesma região que foi a mais afetada pelo sismo do último dia 25. O novo tremor foi seguido de três réplicas, uma delas de magnitude 6,3, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, sigla em inglês) Bernat Amangue/AP Mais

12.mai.2015 - Moradores trabalham na retirada de escombros em um sítio histórico danificado em Lalitpur, antiga cidade próxima a Katmandu, no Nepal, nesta terça-feira (12). Um novo terremoto, de magnitude 7,3 sacudiu o Nepal e teve seu epicentro registrado a nordeste de Katmandu, a mesma região que foi a mais afetada pelo sismo do último dia 25. O novo tremor foi seguido de três réplicas, uma delas de magnitude 6,3, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, sigla em inglês) Lui Siu Wai/Xinhua Mais

12.mai.2015 - Equipes de resgate e moradores procuram por sobreviventes em frente a uma casa que desabou em Katmandu, no Nepal, nesta terça-feira (12). Um novo terremoto, de magnitude 7,3 sacudiu o Nepal e teve seu epicentro registrado a nordeste de Katmandu, a mesma região que foi a mais afetada pelo sismo do último dia 25. O novo tremor foi seguido de três réplicas, uma delas de magnitude 6,3, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, sigla em inglês) Prakash Mathema/AFP Mais

12.mai.2015 - Equipes de resgate procuram por sobreviventes em um prédio que desabou em Katmandu, no Nepal, nesta terça-feira (12). Um novo terremoto, de magnitude 7,3 sacudiu o Nepal e teve seu epicentro registrado a nordeste de Katmandu, a mesma região que foi a mais afetada pelo sismo do último dia 25. O novo tremor foi seguido de três réplicas, uma delas de magnitude 6,3, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, sigla em inglês) Prakash Mathema/AFP Mais

12.mai.2015 - Transeuntes se assustam com novo tremor de magnitude 7,3 que sacudiu nesta terça-feira (12) o Nepal e teve seu epicentro registrado a nordeste de Katmandu, a mesma região que foi a mais afetada pelo sismo do último dia 25. O novo tremor foi seguido de três réplicas, uma delas de magnitude 6,3, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, sigla em inglês) Abdulnasser Alseddik/AP Mais

13.mai.2015 - Equipes de resgate e soldados do Exército procuram sobreviventes em escombros em Bhaktapur, nos arredores de Katmandu. Um novo terremoto de magnitude 7,3 atingiu o país nesta terça-feira (12), deixando mortos e feridos Prakash Mathema/AFP Mais

13.mai.2015 - Morador descansa sobre escombros em Bhaktapur, nos arredores de Katmandu. Um novo terremoto de magnitude 7,3 atingiu o país nesta terça-feira (12), deixando mortos e feridos Mast Irham/EFE Mais

13.mai.2015 - Vítima de terremoto é levada para o hospital no aeroporto internacional de Tribhuvan, em Katmandu, no Nepal. Um novo terremoto de magnitude 7,3 atingiu o país nesta terça-feira (12), deixando mortos e feridos Niranjan Shrestha/AP Mais

13.mai.2015 - Morador observa casa que desabou durante o terremoto de magnitude 7,3, em Chautara, no Nepal. O novo sismo que atingiu o país em 12 de maio deixou mortos e feridos Bernat Amangue/AP Mais

13.mai.2015 - Nepalês lê um jornal dentro de um abrigo improvisado em Bhaktapur, nos arredores de Katmandu, no Nepal. O novo sismo de magnitude 7,3 que atingiu o país em 12 de maio deixou mortos e feridos Prakash Mathema/AFP Mais

13.mai.2015 - Militares levam vítima de terremoto para helicóptero, em Chautara, no Nepal. O novo sismo de magnitude 7,3 que atingiu o país em 12 de maio deixou mortos e feridos Bernat Amangue/AP Mais

13.mai.2015 - Equipe de resgate procura por sobreviventes em escombros e deslizamentos em Bhaktapur, nos arredores de Katmandu. Um novo terremoto de magnitude 7,3 atingiu o país em 12 de maio, deixando mortos e feridos Prakash Mathema/AFP Mais

13.mai.2015 - Pai leva criança ferida em terremoto para um acampamento improvisado em Chautara, no Nepal. O novo sismo de magnitude 7,3 que atingiu o país em 12 de maio deixou mortos e feridos Bernat Amangue/AP Mais

13.mai.2015 - Morador observa danos causados pelo terremoto no Palácio das 55 Janelas, na praça Durbar, em Bhaktapur, Nepal, nesta quarta-feira (13). Centenas de pessoas que tinham retornado a Katmandu, repletas de expectativas positivas pela aparente volta à normalidade, tentam fugir novamente, amedrontadas pelo terremoto que voltou a sacudir ontem o vale, onde continuam as réplicas após uma nova noite ao relento Pratap Thapa/Xinhua Mais

14.mai.2015 - Vista aérea mostra casas destruídas e danificadas após um terremoto no distrito Dolkha, Nepal. O balanço de vítimas do terremoto de terça-feira (12) chegou a 96 mortos, anunciaram as autoridades Navesh Chitrakar/Reuters Mais

14.mai.2015 - Moradores observam um edifício destruído após um terremoto em Katmandu, Nepal. O balanço de vítimas do terremoto de terça-feira (12) chegou a 96 mortos, anunciaram as autoridades Sunil Sharma/Xinhua Mais

14.mai.2015 - Uma mulher ferida é transportada de um vilarejo em Dolakha para ser tratada em Charikot, Nepal. O balanço de vítimas do terremoto de terça-feira (12) chegou a 96 mortos, anunciaram as autoridades Niranjan Shrestha/AP Mais

14.mai.2015 -Destroços se amontoam em Dolakha, no Nepal, após o terremoto de terça-feira (12). Segundo as autoridades, 96 pessoas morreram neste segundo tremor que atingiu o país Athit Perawongmetha/Reuters Mais

14.mai.2015 - Moradores improvisam abrigos com barracas em Katmandu, no Nepal. O balanço de vítimas do terremoto de terça-feira (12) chegou a 96 mortos, anunciaram as autoridades Navesh Chitrakar/Reuters Mais

14.mai.2015 - Soldados nepaleses procuram por um helicóptero da Marinha dos EUA desaparecido desde o novo terremoto que atingiu o país no dia 12 de maio, nesta quinta-feira (14), no distrito de Dolakha. O veículo carregava seis oficiais norte-americanos e dois soldados nepaleses que trabalhavam na ajuda humanitária das vítimas do primeiro terremoto quando desapareceu Niranjan Shrestha/AP Mais

14.mai.2015 - Moradores retiram escombros de casa destruída durante terremoto no nordeste do Nepal, nesta quinta-feira (14). O balanço de vítimas do terremoto de terça-feira (12) no Nepal chegou a 96 mortos, anunciaram as autoridades, que ainda procuram um helicóptero americano que desapareceu com oito pessoas a bordo quando realizava tarefas de resgate Prakash Mathema/AFP Mais

14.mai.2015 - Meninos se sentam na escada de uma casa que ficou parcialmente destruída por terremoto em Katmandu, no Nepal, nesta quinta-feira (14). O balanço de vítimas do terremoto de terça-feira (12) no Nepal chegou a 96 mortos, anunciaram as autoridades, que ainda procuram um helicóptero americano que desapareceu com oito pessoas a bordo quando realizava tarefas de resgate Hemanta Shrestha/EFE Mais

14.mai.2015 - Médico da organização MSF (Médicos Sem Fronteiras) trata uma menina de nove meses, ferida após um novo terremoto que atingiu o país no dia 12 de maio. O balanço de vítimas do terremoto no Nepal chegou a 96 mortos, anunciaram as autoridades, que ainda procuram um helicóptero americano que desapareceu com oito pessoas a bordo quando realizava tarefas de resgate Prakash Mathema/AFP Mais

14.mai.2015 - Soldados carregam vítima de terremoto para dentro de um helicóptero no distrito de Dolakha, a 130 km de Katmandu, no Nepal, nesta quinta-feira (14). O balanço de vítimas do terremoto de terça-feira (12) no Nepal chegou a 96 mortos, anunciaram as autoridades, que ainda procuram um helicóptero americano que desapareceu com oito pessoas a bordo quando realizava tarefas de resgate Pratap Thapa/Xinhua Mais

15.mai.2015 - Nepalês lê jornal enquanto amigo checa seu telefone celular, ambos sentados em meio a construções em escombros nos arredores de Katmandu, nesta sexta-feira (15), após dois grandes terremotos atingirem o país em duas semanas, deixando milhares de mortos Ahmad Masood/Reuters Mais

15.mai.2015 - Ramchandra Shrestha, sobrevivente do terremoto, permanece em um abrigo temporário depois de receber assistência médica em Sankhu, nos arredores de Katmandu (Nepal). Pelo menos 110 pessoas morreram no sismo de 12 de maio, de magnitude 7,3 Narendra Shrestha/EFE Mais

15.mai.2015 - Menino recupera madeira de sua casa que ficou destruída após um deslizamento na vila de Singati, em Dolakha, no Nepal Athit Perawongmetha/Reuters Mais

15.mai.2015 - Membros das Forças Especiais do Exército do Nepal se preparam para acessar o local onde foram localizados os restos do helicóptero dos EUA, que desapareceu no distrito de Dolakha com seis americanos e dois nepaleses a bordo, em Katmandu Narendra Shrestha/EPA Mais

15.mai.2015 - Menina carrega água potável em garrafa plástica, em Bhaktapur (Nepal). Um novo tremor de magnitude 7,3 atingiu o país em 12 de maio, deixando mortos e feridos Mast Irham/EFE Mais

15.mai.2015 - Moradores caminham sobre uma ponte parcialmente danificada após o terremoto de magnitude 7,3 que atingiu o Nepal em 12 de maio, na vila de Singati, em Dolakha Athit Perawongmetha/Reuters Mais

15.mai.2015 - Militares procuraram por sobreviventes e corpos em meio aos escombros de edifícios que desabaram após o terremoto de magnitude 7,3 que atingiu o Nepal em 12 de maio, na vila de Singati, em Dolakha Athit Perawongmetha/Reuters Mais

15.mai.2015 - Aldeia de Hagam, localizada no distrito de Sindhupalchwok, fica destruída após o terremoto de magnitude 7,3 que atingiu o Nepal em 12 de maio Narendra Shrestha/EFE Mais

15.mai.2015 - Soldados nepaleses comemoram a chegada de um helicóptero indiano carregado com comida, na aldeia de Hagam, no distrito de Sindhupalchwok. Um novo sismo de magnitude 7,3 atingiu o país em 12 de maio, deixando mortos e feridos Narendra Shresth/EFE Mais

15.mai.2015 - Mãe e filha participam de uma sessão de ioga do riso para ajudar a aliviar o trauma entre os sobreviventes de dois terremotos que destruíram grande parte do país em três semanas, em Katmandu, Nepal. Um novo tremor de magnitude 7,3 atingiu o país em 12 de maio, deixando mortos e feridos Prakash Mathema/AFP Mais

15.mai.2015 - Crianças nepalesas participam de sessão de ioga do riso para ajudar a aliviar o trauma entre os sobreviventes de dois terremotos que destruíram grande parte do país em três semanas, em Katmandu, Nepal. Um novo tremor de magnitude 7,3 atingiu o país em 12 de maio, deixando mortos e feridos Prakash Mathema/AFP Mais

15.mai.2015 - Menina joga futebol em acampamento em Katmandu, Nepal. Um novo tremor de magnitude 7,3 atingiu o país em 12 de maio, deixando mortos e feridos Prakash Mathema/AFP Mais

15.mai.2015 - Moradores recebem ajuda humanitária enviada pela China em uma zona afetada pelo terremoto em Lalitpur, no Nepal. Um novo tremor de magnitude 7,3 atingiu o país em 12 de maio, deixando mortos e feridos Sunil Sharma/Xinhua Mais

15.mai.2015 - Sobreviventes dos terremotos que atingiram o Nepal recebem comida em um abrigo em Katmandu, no Nepal. Um novo tremor de magnitude 7,3 atingiu o país em 12 de maio, deixando mortos e feridos Prakash Mathema/AFP Mais

16.mai.2015 - Nepalesa lava batatas para fazer o almoço em um abrigo provisório na vila Harisiddi, nos arredores de Lalitpur. O novo sismo do dia 12 de maio deixou mortos e feridos Hemanta Shrestha/EPA/EFE Mais

16.mai.2015 - Sobrevivente do terremoto carrega um saco de arroz durante uma distribuição de alimentos no Jaharsingh Pauwa, no Nepal. Dois fortes terremotos atingiram o país em menos de um mês, deixando mortos e feridos. As crianças afetadas estão "enfrentando uma carga emocional sem precedentes", advertiu a ONU Mast Irham/EFE Mais

16.mai.2015 - Sobrevivente do terremoto observa casa que se transformou em ruínas em Nanglebhare, no Nepal. Dois fortes terremotos atingiram o país em menos de um mês, deixando mortos e feridos Mast Irham/EFE Mais

17.mai.2015 - Desabrigados após terremotos, moradores montam tendas em área verde de Katmandu, no Nepal Harish Tyagi/EFE Mais

17.mai.2015 - Pertences de vítimas de terremotos são exibidos em hospital para ajudar na identificação de corpos, em Katmandu, no Nepal Harish Tyagi/EFE Mais

17.mai.2015 - Nepalesa caminha perto de casas danificadas por terremotos, nos arredores de Katmandu. Os sismos deixam mortos, feridos e milhares de desabrigados Prakash Mathema/AFP Mais

17.mai.2015 - Militares retiram escombros de edifício danificado pelos terremotos em Patan, no Nepal. Os sismos deixam mortos, feridos e milhares de desabrigados Mast Irham/EFE Mais

19.mai.2015 - Uma criança nepalesa observa acampamento para sobreviventes do terremoto no Nepal, em Katmandu. Cerca de 8.500 pessoas foram mortas no desastre que destruiu mais de meio milhão de casas e deixou um grande número de nepaleses sem abrigo, apenas algumas semanas antes das chuvas do período de monção Ishara Kodikara/AFP Mais

19.mai.2015 - Nepaleses fazem fila para receber alimentos e itens básicos em um acampamento para sobreviventes do terremoto no Nepal, em Katmandu. Cerca de 8.500 pessoas foram mortas no desastre que destruiu mais de meio milhão de casas e deixou um grande número de nepaleses sem abrigo, apenas algumas semanas antes das chuvas do período de monção Ishara Kodikara/AFP Mais

19.mai.2015 - Crianças brincam em acampamento para sobreviventes do terremoto no Nepal, em Katmandu. Cerca de 8.500 pessoas foram mortas no desastre que destruiu mais de meio milhão de casas e deixou um grande número de nepaleses sem abrigo, apenas algumas semanas antes das chuvas do período de monção Ishara Kodikara/AFP Mais

20.mai.2015 - Soldados nepaleses ajudam a remoção de escombros de um templo em Katmandu, Nepal. Dois terremotos atingiram o país nos dias 25 de abril e 12 de maio deixando cerca de 8.600 mortos, mais de 16.000 feridos e causando a destruição de quase meio milhão de casas Harish Tyagi/EFE Mais

20.mai.2015 - Uma mulher atravessa a praça Durbar, em Katmandu, Nepal. Dois terremotos atingiram o país nos dias 25 de abril e 12 de maio deixando cerca de 8.600 mortos, mais de 16.000 feridos e causando a destruição de quase meio milhão de casas Ishara S. Kodikara/AFP Mais

20.mai.2015 - Uma mulher observa a casa onde morava, destruída durante os terremotos que atingiram Katmandu, Nepal, nos dias 25 de abril e 12 de maio. Os terremotos deixaram cerca de 8.600 mortos, 16.000 feridos e quase meio milhão de casas destruídas Harish Tyagi/EFE Mais

21.mai.2015 - Mulher e bebê nepalês repousa sob um toldo em Katmandu após vários terremotos atingirem o país e matar mais de 8.000 pessoas e deixar mais de meio milhão de desabrigados Ishara S. Kodikara/AFP Mais

22.mai.2015 - Membro do Exército monta guarda na entrada do Palácio Gaddi Baithak, na praça Durbar Hanumandhoka, em Katmandu, no Nepal. A obra foi parcialmente destruída depois que terremotos atingiram o país Sunil Sharma/Xinhua Mais

22.mai.2015 - Tes Bahadur Ghale, 60, uma das vítimas do terremoto que atingiu o Nepal em 25 de abril, se cobre com um manto de lã de ovelha enquanto caminha em direção a sua casa que desabou no distrito de Gorkha Navesh Chitrakar/Reuters Mais

22.mai.2015 - Barbeiro corta o cabelo de cliente do lado de fora de uma casa em Katmandu, Nepal, danificada pelos terremotos que atingiram o país Sunil Sharma/Xinhua Mais

22.mai.2015 - Mulher tenta recuperar pertences dos escombros de sua casa em Changunarayan, próximo de Bhaktapur, no Nepal, destruída pelo terremoto que atingiu o país em 25 de abril, e deixou mais de 8.000 mortos Hemanta Shrestha/EFE Mais

25.mai.2015 - Morador observa edifício em ruínas em Bhaktapur, no Nepal. Um mês depois do primeiro terremoto que devastou partes do país, a população tenta reconstruir suas casa e voltar a vida normal Hemanta Shresth/EFE Mais

25.mai.2015 - Morador carrega tijolos de casas destruídas um mês após o primeiro terremoto atingir o Nepal, em Katmandu Navesh Chitrakar/Reuters Mais

25.mai.2015 - Moradora retornar para casa em ruínas após orações, em Katmandu, um mês depois do devastador terremoto que destruiu parte do país Navesh Chitrakar/Reuters Mais

25.mai.2015 - Moradores saem de templo danificado onde fizeram orações, em Katmandu, um mês depois do devastador terremoto que destruiu parte do país Navesh Chitrakar/Reuters Mais

25.mai.2015 - Mãe e filho recuperam cebolas de casa em ruínas um mês após o primeiro terremoto atingir o Nepal, em Katmandu Navesh Chitrakar/Reuters Mais

25.mai.2015 - Moradores tentam recuperar casas destruídas um mês depois do primeiro terremoto atingir o Nepal, em Katmandu Navesh Chitrakar/Reuters Mais

29.mai.2015 - Vista geral da praça Patan Durbar, perto de Katmandu, no Nepal. Mais de 8.600 pessoas morreram nos dois terremotos que atingiram Nepal em 25 de abril e 12 de maio, destruindo quase meio milhão de casas e deixando milhares de pessoas sem comida e água Prakash Mathema/AFP Mais

29.mai.2015 - O médico francês Richard Patrick faz tratamento de acupuntura em vítima dos terremotos, em campo médico temporário em um monastério tibetano, em Kathmandu, no Nepal. De acordo com um funcionário, 492 vítimas do bairro de Langtang foram abrigadas temporariamente no mosteiro depois de serem resgatadas de suas aldeias Navesh Chitrakar/Reuters Mais

29.mai.2015 - Operários trabalham na construção de sala de aula temporária no terreno onde havia uma escola, em Katmandu, no Nepal. De acordo com a mídia local, o Ministério da Educação tem declarado que as escolas serão reabertas em 31 de maio em 14 distritos afetados pelos terremotos Navesh Chitrakar/Reuters Mais

29.mai.2015 - Escavadeira demole casas afetadas pelos terremotos de 25 de abril e 12 de maio, em Katmandu, no Nepal. Mais de 8.600 pessoas morreram e quase meio milhão de casas ficaram destruídas Navesh Chitrakar/Reuters Mais

12.jun.2015 - Monges budistas nepaleses participam de uma vigília e oferecem orações em memória dos mortos no terremoto de 25 de abril, diante da Estupa Bouddhanath, em Katmandu Sunil Sharma/Xinhua Mais

13.jun.2015 - Policiais e soldados do exército do Nepal carregam traves de madeira que adornavam o tempo Laxmi Narayan para um lugar seguro na praça Durbar, em Katmandu, Nepal. A Unesco informou que aumento sua preocupação com os trabalhos de recuperação após o terremoto e que atribuiu como "zona de perigo" os monumentos listados como patrimônio mundial Sunil Sharma/Xinhua Mais

13.jun.2015 - Nepaleses acendem lamparinas durante uma oração em memória dos mortos no terremoto que devastou o país em 25 de abril, diante da Estupa Boudhanath, em Katmandu. Durante o evento, 100 mil lamparinas foram acesas Sunil Sharma/Xinhua Mais

15.jun.2015 - Turista fotografa um edifício danificado perto da praça Basantapur Durbar, em Kathmandu, no Nepal. A cidade reabriu seus monumentos históricos, sete semanas depois do terremoto que destruiu parte de seu patrimônio cultural e apesar de ainda existirem problemas de segurança Niranjan Shrestha/AP Mais

15.jun.2015 - Uma família compra sandálias diante de casas danificadas pelo terremoto em abril, em Bhaktapuri. Segundo as autoridades, mais de 8.000 casas foram danificadas ou destruídas pelo tremor de 25 de abril Sunil Sharma/Xinhua Mais

15.jun.2015 - Trabalhadores nepaleses reconstroem um edifício danificado na praça Basantapur Durbar em Katmandu, Nepal. O país reabriu a maioria dos locais listados como patrimônio da humanidade pela Unesco, esperando atrair turistas Niranjan Shrestha/AP Mais

15.jun.2015 - Dançarinos nepaleses encenam coreografias tradicionais em cerimônia na praça Durbar para marcar a reabertura dos locais listados como patrimônio mundial pela Unesco em Bhaktapur -- danificados pelo terremoto em 25 de abril. O governo decidiu reabrir esses templos, apesar dos avisos de que ainda não estariam seguros, em uma tentativa de atrair turistas AFP Mais

18.jun.2015 - Trabalhador nepalês carrega parte danificada de um monastério para um local seguro em Katmandu, capital do Nepal. Os moradores da região afetada por dois terremotos em abril e maio aos poucos retomam suas rotinas Niranjan Shrestha/AP Mais

9.jul.2015 - Trabalhadores reparam o complexo religioso budista Swayambhunath Stupa em Katmandu, no Nepal, danificados pelos terremotos de 25 de abril e 12 de maio. O diretor de operações humanitárias da ONU pediu ao governo nepalês para agilizar a burocracia e liquidar os impostos sobre as doações que irão ajudar as 500 mil pessoas que precisam de alimentos e 100 mil famílias que ainda estão desabrigadas após as tragédias naturais Niranjan Shrestha/AP Mais

Terremoto provoca destruição e mata milhares no Nepal

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos