Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2016/03/23/vitimas-de-atentados-terroristas-em-bruxelas.htm
  • totalImagens: 8
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20160323145446
    • Bruxelas [5199]; Bélgica [5204];
    • Atentado em Bruxelas - 22/3 [77633];
Fotos

23.mar.2016 - A peruana Adelma Marina Tapia Ruiz, casada com um belga e mãe de gêmeas, foi a primeira vítima a ter a morte confirmada após os atentados em Bruxelas. Ela estava no aeroporto com a família e viajaria para Nova York, nos Estados Unidos. Seu marido, Christophe Delcampe, ficou ferido e está hospitalizado com uma das filhas. Os peritos forenses iniciaram a identificação das vítimas dos terroristas. Antes dos trabalhos, o rei Filipe conduziu um ato simbólico depositando flores em frente ao aeroporto Zaventem Facebook/Reprodução Mais

23.mar.2016 - O estudante de direito Léopold Hecht, da Universidade de Saint-Louis, em Bruxelas, foi morto no atentado à estação de metrô Maalbeek. A morte foi anunciada pelo reitor da universidade. Ele havia ganhado no ano passado o primeiro lugar em um concurso de oratória Twitter/Reprodução Mais

22.mar.2016 - Olivier Delepesse, funcionário da Federação Valônia-Bruxelas, estava na estação de metrô Maalbeek, em Bruxelas Twitter/Reprodução Mais

O estudante Bart Migom, 21, morreu no aeroporto de Bruxelas. Morador de Diksmuide, na Bélgica, ele pegaria um voo para os Estados Unidos para ver sua namorada, Emily Eisenman, com quem tinha conversado logo após chegar ao terminal Reprodução/Facebook Mais

O casal de irmãos Alexander e Sascha Pinczowski, de nacionalidade holandesa, voltava a Nova York após visitar os pais, que moram em Lanaken, na Bélgica. De acordo com o jornal holandês "Algemeen Dagblad", as explosões aconteceram enquanto eles falavam ao telefone com a mãe para avisar que haviam chegado Cortesia/AP Mais

Fabienne Vansteenkiste, 51, também morreu durante o ataque no aeroporto de Bruxelas. Ela era funcionária do aeroporto e acabava de concluir o expediente quando as duas bombas explodiram. Depois de ficar alguns dias sem dar notícias, um primo, ex-funcionário da equipe de identificação de vítimas de catástrofes da Polícia Federal Belga, confirmou seu falecimento a "Het Laatste Nieuws" Reprodução/Facebook Mais

A italiana Patricia Rizzo, 48, morreu no atentado de Bruxelas. "Infelizmente, Patricia não está mais entre nós. É triste, mas colocamos um fim a esta corrida interminável para encontrá-la", escreveu Massimo Leonora, primo da italiana, em sua conta no Facebook. Patricia trabalhava na Autoridade Europeia para a Segurança Alimentar e estava no metrô de Maelbeek no momento do ataque terrorista. Ela era casada e tinha um filho Reprodução/ Facebook Mais

Elita Borbor Weah, 41, posou para foto no aeroporto internacional de Bruxelas, na Bélgica, minutos antes das bombas explodirem no local. Elita ia viajar para Rhode Island, nos Estados Unidos, para o funeral de seu padrasto e enviou a foto para a família antes de morrer no ataque terrorista AP Mais

Vítimas de atentados terroristas em Bruxelas

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos