Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2016/04/25/um-ano-apos-terremoto-cenario-ainda-e-de-destruicao-no-nepal.htm
  • totalImagens: 7
  • fotoInicial: 6
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20160425060000
    • Nepal [5881];
    • Internacional [35978]; Aplicativo notícias [55626];
Fotos

25.abr.2016 - Essa montagem mostra, à esquerda, moradores carregando vítimas de um deslizamento após o terremoto que atingiu Katmandu, no Nepal, em 25 de abril de 2015. À direta, vendedores comercializam flores na mesma rua, em 26 de fevereiro de 2016. Aos quatro minutos para o meio dia do dia 25 de abril do ano passado, há exatamente um ano, um terremoto de magnitude 7,8 devastou parte da nação himalaia. Outro tremor, ocorrido 17 dias mais tarde, castigou ainda mais a população. Mais de 9.000 pessoas morreram Navesh Chitrakar/Reuters Mais

25.abr.2016 - Essa montagem mostra, à esquerda, moradores caminhando em uma rua deserta após uma casa desabar com o terremoto de magnitude 7,8 que devastou parte da nação himalaia, em 29 de abril de 2015. À direita, está a mesma rua em foto feita em 17 de fevereiro de 2016. Aos quatro minutos para o meio dia do dia 25 de abril do ano passado, há exatamente um ano, começou um terremoto. Outro tremor, ocorrido 17 dias mais tarde, castigou ainda mais a população. Mais de 9.000 pessoas morreram Navesh Chitrakar/Reuters Mais

25.abr.2016 - Essa montagem mostra, à esquerda, moradores caminhando sobre os escombros de uma construção que desabou com o terremoto de magnitude 7,8, em 29 de abril de 2015. À direita, está a mesma rua em foto feita em 17 de fevereiro de 2016. Um terremoto, que devastou o país, ocorreu no dia 25 de abril de 2015, matando mais de 9.000 pessoas. Apenas no vale de Katmandu foram 2.000 vítimas Navesh Chitrakar/Reuters Mais

25.abr.2016 - Montagem mostra, à esquerda, equipes de resgate trabalhando em escombro em busca de possíveis vítimas após terremoto de magnitude 7,8 devastou parte da nação himalaia, em 1º de abril de 2016. À imagem direita é do mesmo local, já sem os escombros, sendo novamente habitado. Os nepaleses já prestam homenagens às vítimas do terremoto ocorrido no dia 25 de abril de 2015, que matou mais de 9.000 pessoas. A população segue adiante, mas uma em cada sete pessoas ainda vivem em casas improvisadas Navesh Chitrakar/Reuters Mais

25.abr.2016 - Montagem mostra, à esquerda, um homem passando por um edifício completamente destruído após terremoto, em imagem feita em 1º de maio de 2015. À direita, o mesmo local já sem os destroços, em 17 de fevereiro de 2016. Um terremoto de magnitude 7,8 arrasou o país no dia 25 de abril de 2015, matando mais de 9.000 pessoas. Para muitos nepaleses esse foi um ano perdido, com o país em meio a discussões políticas sobre uma nova Constituição, um bloqueio da fronteira com a Índia por seus oponentes e a incapacidade de gastar US $ 4,1 bilhões doados por países estrangeiros para reconstrução das cidades atingidas pelo sismo Navesh Chitrakar/Reuters Mais

25.abr.2016 - A imagem da esquerda foi feita no dia 28 de abril de 2015 e mostra abrigos improvisados montados logo após o terremoto de magnitude 7,8 que arrasou o país no dia 25 de abril de 2015 e matou mais de 9.000 pessoas. O mesmo local é retratado no dia 17 de fevereiro de 2016. A população segue adiante, mas uma em cada sete pessoas ainda vivem em casas improvisadas Navesh Chitrakar/Reuters Mais

25.abr.2016 - Essa escultura de madeira foi reparada após ser recuperada de um templo que desabou por causa do terremoto de magnitude 7,8 que atingiu o Nepal há exatamente um ano. Na foto, ele é colocado sobre a praça Patan Durbar, em Lalitpur. Os moradores de Katmandu se preparam para lembrar o um ano do pior terremoto da história do país. Milhões de pessoas ainda vivem em abrigos temporários Navesh Chitrakar/Reuters Mais

Um ano após terremoto, cenário ainda é de destruição no Nepal

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos